1. Spirit Fanfics >
  2. Como te Conheci. Taekook, Vkook. >
  3. Capítulo 58

História Como te Conheci. Taekook, Vkook. - Capítulo 58


Escrita por: CopinhuYoongi

Notas do Autor


não seja um leitor fantasma 👻🤚🏻😔💙

Capítulo 58 - Capítulo 58


Eu voltei na casa de Jungkook naquela mesma semana e agora estava meio que arrependido.

Fui lá vê-lo — e mentir dizer que fui ver sua rua — e ele me bota pra limpar a casa.

Ajuda-lo a limpar a casa, corrigindo. É a mesma coisa, de qualquer modo!

E ele é simplesmente o menino mais atentado de toda minha vida. Estou esfregando a vassoura pelo piso e isso faz com que espuma brote do chão e tente nos devorar de tão grande que era aquela porra, e o menino ainda fica me abraçando por trás, me fazendo quase cair.

— PARA, BOCETA! EU NÃO QUERO CAIR!

— FODA-SE O QUE VOCÊ QUER!

Ele também só vive xingando.

Eu acabei de xingar, mas você, diário, sabe quem é o pior boca suja daqui.

Tentei lhe dar uma cotovelada, mas falhamente falhei.

— Jungkook, para com isso. Você vai nos derrubar.

— eu não ligo. Tô só de short.

— é, mas eu não quero sujar minha roupa ou molhar meu cabelo!

Resmunguei, irritado. Meu cenho desfranziu quando senti seu beijo em minha nuca, e depois em seu pescoço, dando um chupão barulhento nele.

Revirei os olhos pra mim mesmo. Por que eu era tão gay por esse vagabundo?

Me virei, deixando a vassoura de lado pra beijar sua boca, pra enfiar minha língua nela e chupar a sua enquanto sinto suas mãos grandes segurando minha cintura.

O beijo molhado demorou. Era cheio de "clacs!" e "clocs!", cheio de mão de Jungkook passeando por meu quadril e apertando minha bunda, ou, tipo, querendo arrancar meu short fora.

Me afastei do beijo.

— sai. Não é pra tirar.

— queria ver o que tem ai de baixo.

— um pau que nem o seu.

— não. O seu tem no máximo sete centímetros.

Revirando os olhos de novo, eu me afastei pra pegar a vassoura de novo, mas Jungkook aproveitou isso pra abaixar meu short.

— não. Cinco centímetros.

— VAI SE FODER! DEIXA MEU PAU EM PAZ!

— mas ele é fofo. Parece uma minhoquinha.

Rindo, Jungkook foi acender seu cigarro antes de me puxar pra mais um beijo.

— pausa pra beijar.

— pausa pra beijar. — repeti, passando a mão por seu peitoral definido, sentindo os gominhos do seu abdômen enquanto minha blusa era tirada. — não vamos transar.

— eu sei.

Quando meu sutiã foi jogado no sofá e eu me sentei nele, Jungkook chupou um dos meus peitos, me fazendo arfar as costas.

— e-eu não esperava por isso. Não estava preparado. — ri, um pouco nervoso quando sua boca me chupou de novo, me fazendo ficar todo arrepiado.

— seus peitos vieram. Acha que vo perder a oportunidade de chupa-los sempre que eu ver?

Ele indaga, não querendo saber da reposta, já que estava chupando meu peito de novo.

Segurei seus cabelos, os puxando levemente antes de rir.

— você tá rindo enquanto te chupo?

— fez cócegas!

— isso me broxou. — ele mordeu minha barriga, se afastando quando quase o chutei. Continuou tragando seu cigarro, o asfatando de sua boca quando seu celular tocou. — e ai. Oi. Fazer o corre agora? Eu tô ocupado e não tô a fim de sair.

— que corre, seu bandido? — dei um beliscão em sua bochecha, vendo seus resmungos.


Notas Finais


QUE CORRE SEU BANDIDO

oq ce ta fazendo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...