História Como treinar o seu Zumbi - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jungwoo, Kun, Lucas, Taeyong, Ten
Tags Dojae, Luwoo, Markhyuck, Taeten, Woocas
Visualizações 86
Palavras 1.836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Canibalismo, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Broken


Broken





Quebrado. Essa era palavra que resumia Yukhei, ou lucas como preferiria ser chamado, e Jungwoo soube disso após passar apenas um dia com o zumbi. Lucas estava quebrado.

O coreano encarava os traços bonitos do morto - mesmo sua pele apodrecendo cada vez mais - o fato de um de seus olhos ter sido arrancado, sua boca roxa cortada e as veias bem visíveis não era o suficiente para distorcer a beleza do garoto; Era bonito. Jungwoo se pegou pensando em como o outro deveria ser antes de morrer

ㅡ Eu tenho que ir no acampamento. ㅡ Jungwoo diz enfim depois de longos minutos observando Yukhei. ㅡ Meu amigo pode estar lá

ㅡ É perigoso ir sozinho ㅡ Lucas disse o óbvio ㅡ Lucas têm medo dos humanos, e se ainda tiver humanos lá?

ㅡ Eles não vão te machucar, Lucas. Eu não vou deixar. ㅡ Jungwoo disse cheio de si, mesmo que tenha passado a sua vida inteira preso no acampamento e não tivesse nenhuma habilidade com luta ou sobrevivência, ele não iria deixar que machucassem aquele zumbi desengonçado que fala seu próprio nome em terceira pessoa ㅡ Você me salvou e é um zumbi consciente, eles com certeza não vão matar você depois que verem isso

ㅡ Eles não podem saber que Lucas existe! ㅡ De repente o zumbi pareceu estar desesperado, Jungwoo não entendeu

Porque não podiam saber sobre o si? porque ele tinha tanto medo?

ㅡ O que há de errado?

ㅡ Lucas foi mordido por um zumbi já faz bastante tempo, algumas pessoas ruins fizeram coisas ruins ㅡ O morto mostrou marcas que tinha nas pernas e braços, eram marcas de cortes, furos e até mesmo ferro quente ㅡ Eles queriam achar o antídoto pra' acabar com os zumbis

ㅡ E porque eles te machucaram? ㅡ Jungwoo estava horrorizado enquanto vias as marcas feias no corpo do zumbi ㅡ Yu...Lucas..

ㅡ Quando ficavam estressados, eles descontavam aqui ㅡ apontou para as marcas ㅡ Eles pensavam que era apenas mais um corpo morto com consciência, que não sentia dor quando faziam isso.

Yukhei suspirou olhando agora para o coreano que o encarava tristonho. Jungwoo jamais imaginária algo assim, pensava que o outro apenas tinha sido mordido e agora estava ali.

ㅡ Lucas pediu para eles pararem, mas em troca tiraram esse olho ㅡ Apontou pro seu olho esquerdo que estava totalmente vazio ㅡ Uma manada de zumbis entraram no território deles

ㅡ Então foi assim que você conseguiu fugir

ㅡ Sim, mas nisso Lucas descobriu que os outros zumbis ainda o viam como um ser vivo.

ㅡ Por isso tem tantas marcas de mordidas pelo o corpo ㅡ Jungwoo recebeu um sorriso sem alguns dos dentes de trás do zumbi e retribuiu ㅡ Eu não vou deixar que eles te machuquem novamente, se o melhor for eu não falar nada então não vou.

ㅡ Obrigado ㅡ Lucas suspirou aliviado, Mas algo ainda martelava a cabeça de Jungwoo

Ele de qualquer forma precisava voltar para o acampamento onde morava, tinha tantos estoques de sobrevivência lá. Yukhei pareceu notar a preocupação do coreano e teve uma idéia um tanto maluca mas que ajudaria bastante Jungwoo

ㅡ Lucas poderia se disfarçar enquanto vamos lá no acampamento ㅡ Falou e os olhos de Jungwoo brilharam com a idéia, era boa afinal.

ㅡ Você é um gênio! ㅡ Jungwoo sorriu e já iria abraçar o morto quando lembrou o fato do mesmo ser um zumbi, qualé' ainda era um zumbi ali ㅡ Mas como iremos fazer?

ㅡ Espera ㅡ Lucas foi até uma espécie de mochila rasgada tirando de lá diversos panos que Jungwoo logo reconheceu como roupas. O zumbi vestiu um moletom de capuz e colocou o mesmo sobre a cabeça, também pegou um óculos escuro rachado e pôs escondendo a falta do olho esquerdo. ㅡ Melhorou?

ㅡ Uau, me impressionou ㅡ Jungwoo sorriu e foi retribuído, não tardou até que finalmente saíssem do celeiro e caminhassem durante a floresta escura









ㅡ Então você viveu no acampamento a vida inteira? ㅡ Yukhei perguntou interessado na história de vida do outro, aliás não era justo só ele contar a sua história.

Jungwoo, que até então observava os esquilos sobre as árvores, sorriu ao lembrar de casa. Certo o acampamento não era exatamente o que poderia chamar de Lar doce lar mas dava pro gasto, tinha comida, remédios e segurança. O que mais poderia querer?

ㅡ Desde que me conheço por gente, sim. ㅡ Jungwoo quis rir do semblante em desgosto do maior mas se conteve ㅡ Yah! Não é tão ruim quanto parece, sério.

ㅡ Lucas não gostaria de morar em um acampamento onde não pudesse sair, aposto que eles não ensinaram nem o mínimo de defesa em combate. ㅡ O zumbi falou e de fato estava certo, o governo - que fundou o acampamento até então - não tinham ensinado nem o básico de sobrevivência

Claro que tinha uma desculpa de "só aprende a sobreviver aqueles que fariam parte da elite", e Jungwoo definitivamente não queria ser da elite.

ㅡ Yah! Mas ainda… eu vivi lá a vida inteira, claro que eu sinto falta. ㅡ Jungwoo suspirou e passou a observar novamente a aparência doente do zumbi, o óculos escondia a falta de seu olho porém ainda era visível os lábios em tons azuis e as veias, além do cheiro podre.

Jungwoo se perguntava como conseguia suportar todo aquele odor.

ㅡ Aqui? ㅡ Jungwoo voltou a realidade quando ouviu a voz arrastada de Yukhei. Esse apontava para uma espécie de vila queimada com sangue por todos os lados, de fato chegaram.

Jungwoo assentiu e ambos foram cuidadosamente entrando no acampamento sem proteção, o local estava aparentemente vazio e o coreano se segurava para não gritar o nome do melhor amigo até que esse ouvisse. Lucas então deu a brilhante idéia de vasculharem as casas, talvez Kun estivesse escondido.

Ambos passaram a entrar nas casas a procura de Kun quando Jungwoo sentiu a cabeça ser batida contra algo e caiu no chão pondo as mãos na mesma, Lucas se alarmou ao ver o corpo de jung aído no chão, virou com tudo e acertou um soco em quem bateu no coreano.

ㅡ Ai porra! Desculpa, não me devora!!! ㅡ Ambos ouviram uma voz infantil vindo do ser, Jungwoo levanto-se com a ajuda de Yukhei e se virou assustado pro adolescente caído com os braços na frente do rosto e um vermelho recente em sua bochecha

ㅡ Donghyuck? ㅡ Jungwoo perguntou desacreditado ao ver o outro, suspirou baixinho quando o adolescente o olhou assustado e sorriu aliviado em seguida.

Jungwoo sempre odiou o adolescente irritante que morava com sua vizinha, como Donghyuck era inconveniente e impressivel.

ㅡ Woojin! ㅡ Donghyuck sorriu levantando-se indo abraçar o mais velho porém foi impedido ao ver o homem que lhe bateu lado deste ㅡ Não acredito que está vivo, Hyung. Na verdade pensei que fosse um dos primeiros a morrer

ㅡ É Jungwoo, Donghyuck. ㅡ bateu em sua testa, claro que esperava um comentário maldoso não intencional vindo do mais novo. ㅡ Todos foram mortos?

ㅡ Sim, né. ㅡ Donghyuck repondeu o óbvio ㅡ Eu fui o último a sobreviver aqui dentro, eu tô tão feliz por não ser o único!

ㅡ Esse aqui é o Lucas, ele me ajudou a sobreviver ㅡ Jungwoo apontou para o zumbi disfarçado ao seu lado, Donghyuck olhou fixamente para este e logo arregalou os olhos em pavor

Tanto Jungwoo quanto Yukhei se desesperaram ao ver a reação do outro, mas tudo se acalmou quando o adolescente soltou um; ‘’ㅡ Nossa, como você fede.’’ deixando Lucas desconfortável e ofendido e um Jungwoo risonho.

ㅡ Você sabe se Kun está… morto? ㅡ Jungwoo perguntou após a crise de riso passar mas para a sua infelicidade a resposta não veio como queria.

ㅡ Ele veio aqui no acampamento depois do ataque, ainda tinha alguns daqueles monstros passando por aqui e quando Kun soube que eu estava vivo ele se sacrificou em afastar os zumbis daqui, depois ele voltou e me mostrou a marca de mordidas que levou ㅡ Donghyuck desviou o olhar realmente triste e Jungwoo desesperou-se ao ouvir a última parte ㅡ Ele disse que iria se transformar em breve e que não poderia ficar comigo

ㅡ E o que aconteceu? ㅡ Dessa vez foi Yukhei quem perguntou falando pela primeira vez desde que chegou ali

ㅡ Ele foi embora e me mandou ficar aqui enquanto ainda tivesse suprimentos, depois que acabasse era para eu ir atrás de comida com cuidado. ㅡ Donghyuck suspirou ㅡ Eu sei que era teu melhor amigo, Hyung. Desculpa. Eu sinto muito.

ㅡ Eu… Merda. ㅡ Jungwoo sentou-se em uma cadeira aleatória da casa e suspirou engolindo seco o choro na garganta, ele não aceitava a idéia de perder Kun. Doía demais. ㅡ Ele não morreu, eu sinto isso!

ㅡ Ele se transformou, woo. ㅡ Yukhei se aproximou mas logo foi afastado pelo o próprio Jungwoo que ja chorava sem se importar

ㅡ Você também se transformou e está aqui!

Jungwoo logo percebeu o que tinha feito quando Donghyuck olhou assustado para o Zumbi e gritou; ‘’ㅡ você é um monstro?!‘’ e Yukhei tirou os óculos mostrando a sua falta de olho. Donghyuck gritou tanto que poderia se facilmente ouvido por outros zumbis, Jungwoo tentava acalmar o mais novo, esse que tacava tudo o que via pela frente em Yukhei. Até mesmo a frigideira que tinha usado pra acertar a cabeça de Jungwoo enquanto gritava.Yukhei aproveitando que Jungwoo segurava os braços de Donghyuck e acertou a cabeça do mesmo com a frigideira o fazendo desmaiar.

Ambos suspiraram aliviados quando o adolescente caiu adormecido e Jungwoo logo tratou de pedir desculpas ao Zumbi, sabia que o fato de ter sido transformado mas ainda sim estava vivo o machucava. Principalmente por tudo o que já tinha passado.

ㅡ Woo, o que vai fazer com ele? ㅡ Lucas perguntou se referindo ao mais novo no chão, Jungwoo suspirou olhando esperançoso para o Morto ㅡ Não, Lucas não vai deixar um adolescente retardado sozinho. Ele não fez isso com você, Woo.

ㅡ Yuk-Lucas… Aish, certo. ㅡ Jungwoo bufou e Jungwoo pegou o adolescente no colo, logo iria anoitecer e a noite era a pior hora se tratando de Zumbis. Yukhei até mesmo perdia um pouco de controle sobre suas ações e preferia que durante a noite se afastasse dos mais novos.




Ambos levaram o adolescente para o celeiro antes de escurecer de vez, afinal querendo ou não, lá ainda era mais protegido que o acampamento. Mas na cabeça de Jungwoo não saia o fato de que Kun poderia sim estar vivo, e só iria desistir de procurar o seu melhor amigo quando o visse como um zumbi.







Chegando a noite, Lucas saiu do celeiro sem dar explicações certas sobre o que estava acontecendo, não queria perder a confiança de Jungwoo e sabia que isso iria acontecer caso contasse que perdia o controle as vezes. Yukhei se acostumou a ser sozinho desde cedo quando se transformou, agora que finalmente tinha pessoas ao seu lado ele faria de tudo para as proteger.

De tudo.


Notas Finais


eh isto


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...