1. Spirit Fanfics >
  2. Como Tudo Começou >
  3. Um presente de aniversário

História Como Tudo Começou - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 7 - Um presente de aniversário


Fanfic / Fanfiction Como Tudo Começou - Capítulo 7 - Um presente de aniversário

       Demorou um pouco até chegarem até  Arendelle.  E Iduna estava ansiosa e nervosa.

-Agnarr? - Perguntou a jovem

- Diga. 

- Não terá problemas se o povo nos ver juntos? - Disse meio receosa. Sabia que Famílias  Reais tinham vários protocolos.

- Não, eu vou precisar comprimentar algumas pessoas, mas ouso dizer que sou bem próximo  do meu povo. - Sorriu orgulhoso. 

Iduna sorriu. 

Assim que chegaram na entrada, Iduna olhou encantada.

- Uau.....- Havia tanta coisa que nunca havia visto, que ela nem sabia por onde começar. 

- Primeiro vamos ao Palácio, depois iremos à cidade. 

- O Palácio? O que  vamos fazer lá?

- Pedi um favor à Tina, uma das camareiras do Palácio, preciso ver se já está pronto. - Disse Agnarr enquanto direcionava Loki para um lado menos movimentado da pequena cidade. 

Ao chegar lá, comprimentaram os funcionários. Agnarr ajudou Iduna à descer e foram até um quarto do Palácio. 

Tina abriu um largo sorriso ao ver o jovem casal.

Tina era uma jovem de seus 30 anos, que cuidava das roupas de Agnarr. Era sua estilista  pessoal. 

Tina fez uma leve referência. 

- Iduna, essa é Tina, minha estilista, Tina, essa é  Iduna.

Iduna sorriu.

- Prazer em conhecê-la Tina!

- Igualmente senhorita! 

- O que eu pedi está pronto? - Perguntou curioso. 

- Sim sim, mas a próxima vez me avise com antecedência para ficar mais bonito ainda vossa alteza. - Tina tinha uma expressão entre zangada e risonha.

Agnarr riu.

- Desculpe, isso não irá se repetir. Pedirei isso com antecedência prometo. Bom, vou deixar Iduna nas suas mãos. Até mais! - Dito isso, saiu rapidamente do cômodo. 

Iduna ficou encarando a porta e Tina confusa. 

- Senhorita, Agnarr pediu para eu preparar um vestido para a senhorita. - Tina sorriu.

- Sabia que tinha algo de errado...ele disse que vc era uma camareira- E Riu.

- Príncipe Agnarr sendo Príncipe Agnarr. - E riu também. 

Tina vestiu Iduna com um belo vestido azul claro, não havia muito detalhes. Era simples mas belo. O vestido ia perto do chão, mas não o tocava para facilitar na hora de andar. Era justo na cintura, deixava os ombos nús, mas possuia mangas que iam até os pulos. 

Para completar, havia um colete marrom com detalhes em verde. ( Imagem da capa só que colorida)

Iduna estava corada enquanto se olhava no espelho.

- Tive que fazer na pressa mas ficou maravilhoso, modéstia  parte claro! -Tina tinha um sorriso enorme no rosto.

-Tina...isso é lindo! É roupa mais linda que já usei na vida! - Iduna abraçou  Tina, que a recebeu alegremente. 

- De nada minha querida! Agora vamos,  Agnarr deve estar furioso pela demora.

Ambas riram.

Quando Tina abriu a porta, Agnarr quase caiu, pois estava apoiado na mesma.

- Alteza, apresento a senhorita Iduna, com um belo vestido feito pela melhor estilista desse Palácio! 

Iduna riu envergonhada. 

Agnarr sorriu sarcástico.

- Nem se acha não né? 

- Olha como fala comigo  rapaz, se não um alfinete vai estar no seu braço. 

Agnarr riu mais ainda. E finalmente olhou para Iduna direito.

Sorriu carinhosamente para a jovem. Que corou mais ainda. Abaixando o olhar.

Tina saiu silenciosamente, completamente feliz.

- Você está mais linda ainda. O azul combinou super bem. - Iduna levantou a cabeça  e olhou nos olhos de Agnarr.

- Camareira não? 

- Desculpe por isso, queria lhe fazer uma surpresa - Disse segurando o riso.

Se aproximou mais de Iduna, que levantou as duas mãos perto do peito pelo nervosismo. 

- Mas valeu a pena, novamente, está linda. - Sorriu mais ainda ao perceber o nervosismo de Iduna.

- Obrigada....- Agnarr segurou uma das mãos de Iduna, que estava mais vermelha que eu tomate e a guiou para fora do Palácio. 

- Onde  vamos primeiro? - Perguntou animada.

- Onde você quiser, estarei segurando sua mão, então pode andar tranquila. - Disse olhando para Iduna, lhe passando  confiança. 

Iduna sorriu tímida mas fez que sim com a cabeça. 

        Horas mais tarde......

Iduna e Agnarr estavam no estábulo , esperando que Loki estivesse pronto para voltarem para a Floresta.

Agnarr havia adentrado para ajudar o cocheiro a colocar a sela, e Iduna estava do lado de fora. O sol já estava se pondo, estava quase à noite. O dia tinha sido maravilhoso.

Sorriu enquanto fechava os olhos.

Agnarr apareceu alguns minutos depois, com Loki e um casaco na mão livre.

- Vamos? - Iduna fez que sim e se aproximou. Agnarr colocou o casaco ao redor de Iduna, e olhou para a mesma por vários segundos, e logo depois ajudou a mesma a subir na cela. 

Agnarr foi cavalgando devagar, para adiar o momento da despedida.

 Iduna se enconstou mais em Agnarr e suspirou.

- Gostou do seu dia? - Perguntou o príncipe.

- Foi maravilhoso...obrigado por tudo Agnarr. - Iduna estava meio sonolenta. 

- Não foi nada, fico feliz que tenha gostado. - Sorriu. 

Quando chegaram na entrada da Floresta, Agnarr teria que deixá-la pelo do local de encontro dos dois. Para evitar o máximo possível de fofoca entre os aldeões. 

Mas o Líder sabia, pois havia falado com ele horas antes.

Assim que ajudou Iduna à descer a observou.

- Bem...obrigada novamente, boa noite Agnarr. - Iduna corou de leve e se virou, mas antes que desse mais alguns passos, foi abraçada por trás. 

Agnarr  não disse nada, e Iduna também não. Depois do leve susto, Iduna  juntou suas mãos e as colocu sob o braço do jovem.  Que ainda a abraçava.

Ela tomou coragem e virou seu rosto para Agnarr, ela lhe daria um beijo na bochecha, mas Agnarr também teve essa mesma idéia. 

E os dois acabaram por trocar um selinho, mas que por mais que estivessem surpresos, não se afastaram. Agnarr fechou os olhos, virando Iduna gentilmente para ele. Mas sem desfazer o abraço. Iduna fechou os olhos logo em seguida.

Agnarr introduziu  a língua gentilmente na boca da jovem, que aceitou o beijo mais aprofundado sem hesitação, por mais do nervosismo. 


Agnarr mantia a mão na cintura da jovem, e a outra no rosto delicado da mesma.

Quando o ar fez por falta, Iduna e Agnarr se olharam nos olhos. Iduna estava corada ao extremo, mas sorria levemente. 

Agnarr estava corado também, mas estava feliz demais para ligar para a vergonha. 

- Iduna...eu amo você. - Disse enquanto colocava ambas as mãos no rosto de Iduna.

A mesma pôs suas mãos por cima da do jovem.

-Eu também te amo Agnarr...- Iduna  deu um selinho  rápido em Agnarr, e se afastou um pouco. 

- Boa noite..- Disse sorrindo e saiu correndo.

Agnarr quase gritou, tamanha felicidade que estava sentindo. No caminho de Arendelle, ele fez Loki saltar várias vezes. O cavalo sentia a felicidade de seu cavaleiro, e fazia os saltos com perfeição. 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...