1. Spirit Fanfics >
  2. Como um girassol >
  3. Capitulo cinco:

História Como um girassol - Capítulo 5


Escrita por: tililin

Notas do Autor


dois no mesmo dia partiu inspiração!!

Capítulo 5 - Capitulo cinco:


Kakashi já havia selado a pequena mochila de Naru em suas costas e estava esperando o loiro voltar para preparar o jantar do mesmo, Gai precisou sair para ver seu pupilo enquanto Kurenai e Asuma tinham ido jantar em um restaurante ali perto, ao espiar pela janela para ver se o loiro já estava vindo pode o avistar caminhando com Shikamaru em direção ao prédio, se despediram na rua mesmo enquanto o garoto das sombras caminhava de volta para casa Kakashi correu para fora para levar o loiro até o apartamento, poderiam ser poucos degraus até o apartamento, mas não arriscaria a segurança de seu Otōto, não estando tão perto de trazer a paz para o mesmo.

(Kakashi): se divertiu pequeno?

Perguntou o prateado quando chegou até o loiro que correu até ele sendo recebido por um abraço, Naru amava os abraços de seu Nīsan.

(Naru): f-foi legal Kashi-Nii, n-nós já p-podemos ir?

 Kakashi sabia que o loirinho estava com medo da noite que se aproximava, mas enquanto a troca de guardas não fosse feita seria difícil passar despercebido, então levou o pequeno até o apartamento onde pediu para Naru tomar um banho enquanto fazia a janta, controlando o horário Kakashi serviu a jante do pequeno e minutos depois pegou Naru no colo.

(Kakashi): você vai precisar ficar bem quietinho e agarradinho, ta?

(Naru): t-ta!

Kakashi o envolveu com um pano negro o amarrando em seu peito para que o pequeno não caísse, após isso apagou as luzes se escondendo na escuridão e saindo pela janela, passava pelas ruas ocultando seu chacra enquanto encobria qualquer rastro sobre si, ao chegar ao portão pode ver Gai conversando com os guardas dando passe livre aos dois que saíram pelos portões sem nenhum problema, enquanto corria pela floresta colocou clones seus para correram pela floresta em varias direções diferente enquanto sumia em meio à imensidão.

Kakashi correu até o amanhecer do outro dia quando finalmente parou perto de um rio para beber agua e descansar pelo menos alguns minutinhos, Naruto que ficou acordado consigo a noite toda também estava cansado, mas enquanto seu Nīsan não dormisse não dormiria também!

Kakashi colocou Naruto no chão e o pequeno sorria ao ver um ambiente que nunca havia visto antes, Kakashi se manteve atento ao menor enquanto descansava sentado no chão, o Hatake pela primeira vez em muito tempo não se sentia tão leve, como se tivesse finalmente quebrado as correntes que o prendiam, tirou sua bandana da testa a olhando com pesar, não a riscaria em honra a seu ex-sensei e seus falecidos amigos, e em honra a seu incrível rival.

Ele a pegou e invocou Pakun que surgiu em uma nuvem de fumaça a sua frente, assim que Naru viu seu amigo canino o abraçou enquanto fazia carinho no mesmo.

 (Kakashi): cachorro ingrato pelo menos finja que sentiu minha falta invés de esfregar na minha cara que só gosta do meu Otōto!

(Pakun): ele é mais fofinho que você e cheira a carinho e pasta de amendoim quer mesmo competir com isso?

(Kakashi): acho melhor não, quero só que você me entregue uma coisa pra mim.

Disse estendendo minha bandana pra ele que me olhou chocado.

(Pakun): uou... Certo... Pra quem devo dar?

(Kakashi): dê ao Gai, ele vai saber o que fazer.

(Pakun): certo, pode considerar feito, ah só uma coisa, se quiser um conselho pare em Suna eles são bem receptivos com ninjas famosos, principalmente os que não têm bandana.

Disse para logo depois pegar a bandana e correr na direção oposta da que estavam.

(Naru): Kashi-Nii O-onde é Suna?

(Kakashi): é uma cidade no deserto, é aliada de Konoha, mas o laço é frágil.

(Naru): n-nós i-iremos p-para lá?

(Kakashi): acho que sim, eles vão poder nos abastecer e abrigar por uns dias.

(Naru): l-legal!

Disse sentando ao lado de seu Nīsan que sorriu com o ato e pegou seu cantil de água, ao se aproximar do lago percebeu que seu Otōto estava curioso ao seu lado, sabia que Naru não gostava de agua já que quase já foi afogado por uns garotos ruins, mas que sabia nadar.

Então em um movimento rápido pegou Naru no colo e começou a entrar na água, sentia o pequeno tenso em seus braços enquanto o mesmo exclamava desesperado sobre ter medo de agua, mas Kakashi o tranquilizava ao dizer que estava aqui e não o deixaria se afogar.

(Kakashi): está tudo bem, viu? A agua não é sua inimiga, você pode se divertir nela.

Dizia cauteloso enquanto calmamente ia se abaixando até ficar sentado na agua sentindo a água agora bater em seu pescoço e na cintura de Naru que ainda estava agarrado em seu corpo como um bebe coala.

Aos poucos ia se soltando e sentindo o pânico inicial ir embora principalmente enquanto ouvia a raposa o incentivar em sua mente a brincar um pouco, coisa que o loiro nunca havia feito na agua afinal em sua mente água significava perigo ou banho era muito simples, mas diversão? Isso era novo.

Enquanto Kakashi o segurava Naru experimentou bater na agua o que resultou em muitos respingos e uma risada tímida do mesmo, em poucos minutos já estava rindo abertamente 

enquanto batia na agua e dava curtos mergulhinhos com ajuda de Kakashi que estava contente ao ouvir o menor se divertindo, mas a diversão não poderia durar muito, pois ainda estavam fugindo e a essa hora provavelmente o Hokage já estaria a procura de Naru pela vila, precisavam chegar a outra vila antes que ele percebesse que os dois tinham ido embora, então após só mais uns mergulhinhos os dois trocaram de roupa e prosseguiram viagem.

A viagem até Suna demorou cerca de dois dias para finalmente poderem ver os portões da vila, com um simples jutso de transformação Kakashi mudou a sua forma física para cabelos escuros e baixos para cobrir seu sharingan enquanto só tirou a mascara de seu rosto já que ninguém nunca havia o visto antes, mas antes de mudar a aparência de Naru seus cabelos amarelos começaram a mudar para um tom vermelho e dentro de seus cabelos duas fofas orelhinhas de raposa surgiram vermelhas da cor agora de seu cabelo, junto de uma calda fofinha da mesma cor, seus cabelos rebeldes foram abaixando se tornando menos rebeldes, mas suas grandes esferas azuis continuavam as mesmas, claras como o céu, profundas como o mar.

(Naru): otou-san d-disse q-que pode m-me d-deixar a-assim p-por um t-tempo.

(Kakashi): e as orelhas e rabo?

(Naru): d-disse que e-esse vai f-fica.

(Kakashi): tudo bem, só mantenha-se perto de mim o tempo todo ta?

Com um aceno positivo os dois foram até o portão onde foram imediatamente interceptados pelos guardas que apontaram suas lanças na direção dos dois.

“identificação e intenções?!”

(Kakashi): meu nome é Kuro e esse é meu Otōto Natsu, somos andarilhos e gostaríamos de ficar alguns dias em Suna, gostaríamos de falar com o Kazekage, por favor.

Concordando os dois chamaram outros dois guardas que ficaram onde os dois estavam anteriormente e fizeram sinal para que os seguíssemos como eles andavam rápido peguei Naru no colo e os segui de perto, Naru dava leves tremidinhas em meu colo por sermos alvos de olhares curiosos de todos as pessoas.

Ao chegarmos á torre do Kazekage o guarda deu duas batidinhas na porta e ouviu um entre, ao entrarmos o guarda disse a situação e nos deixou sozinhos com ele.

(Kazekage): muito bem, sei que não são quem dizem ser já que essa não é a primeira vez que isso acontece então quem são vocês e o que querem em Suna?

Como não tinham escolha seria mais fácil abrir o jogo com o mesmo, afinal se ele permitisse que os dois ficassem seria bom para descansar e seguir viagem em segurança.

(Kakashi): eu sou Kakashi Hatake e esse é meu Otōto de coração Naruto Uzumaki, somos fugitivos de Konoha, entreguei minha bandana hoje e fugimos ontem anoite por questões de vida ou morte de Naru, viemos buscar abrigo em Suna por apenas uns dias para seguirmos viagem.

Aquilo era algo que o Kazekage não esperava, aquele era Kakashi Hatake filho do canino branco, o ninja que copiou mais de mil jutsos e ninja AMBU de elite pedindo para ficar em sua vila por um tempo! Aquilo era maravilhoso, poderia fazer um trato com o Hatake, ele se tornaria um ninja de Suna pelo tempo que ficar por aqui em troca da estadia! Traria lucro para a vila e seu Otōto era um Uzumaki! Ele tem a maior reserva de chacra do mundo shinobi! Sem contar que aquele é o portador da Kyubi! O quanto sua vila ganharia se ficassem na vila e melhor se a estadia deles se tornasse permanente poderiam tornar sua vila uma das mais poderosas com dois portadores de bestas em uma só vila!

(Kazekage): tenho uma proposta então, vocês poderão ficar por aqui o tempo que quiserem, terão lugar para ficar e só pagaram o alimento que consumirem, terá segurança e não serão entregues para Konoha, mas em troca quero você Hatake para treinar meu esquadrão novato de AMBUS e fara parte do meu esquadrão de missões especiais, seu Otōto não terá o status revelado e como cortesias podem ficar na minha casa, faço questão.

(Kakashi): é mais do que o suficiente obrigado senhor! Quando posso começar?

(Kazekage): pode começar amanhã mesmo, meu cunhado mora em minha casa dês que minha mulher faleceu então não se preocupe ele cuidará bem do Naruto enquanto estiver fora e terá meus filhos para fazer companhia.

Kakashi apenas agradeceu e seguiu um ninja que o esperava na porta, Kakashi sabia que ainda não estava seguro com Naru, tentaria ficar no máximo uma semana em Suna então seguiria viagem, não sabia ainda para onde iriam, mas o albino planejava falar com a raposa antes de partir, talvez ele tivesse um plano, já Naru estava contente, dês do momento que entrou não havia recebido nenhum olhar torto ou mal intencionado, apenas pessoas normais seguindo suas vidas sem se importar se ele era ou não um garoto ruim!

Os dois seguiram o ninja até uma grande casa e lá foram recebidos por um homem de estatura baixa, loiro de olhos azuis que possuía um sorriso agradável aos olhos do agora ruivo que sorriu tímido de volta.

Assim que o ninja foi embora o homem se aproximou para dar as boas vindas, não confiava nos dois, mas recebeu ordens claras de Raza para recebê-los bem e manter o ruivo longe de Temari e Kankurun por que aparentemente o garoto tem o mesmo problema de Gaara.

(Yashamaru): bem vindos, meu nome é Yashamaru e estou aqui para guia-los e tomarei conta dessa fofura enquanto estiver fora, sigam-me, por favor. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...