1. Spirit Fanfics >
  2. Companheira >
  3. Capítulo XXIV

História Companheira - Capítulo 24


Escrita por:


Capítulo 24 - Capítulo XXIV


Fanfic / Fanfiction Companheira - Capítulo 24 - Capítulo XXIV

Hermione estava com Fen, na floresta, não conseguia acreditar que seus amigos não sabiam sobre ela ser loba.

Foi quando Remus chegou transtornado tinha acabado de pedir demissão. Remus estava zangado demais para prestar atenção, em vez disso, ainda olhando por cima dos ombros largos para dar uma olhada em Greyback.

_Como pode engana-la desse jeito? - disse seu ex-professor. - Ele acabou com nossas vidas, também mordeu você, não foi? Assim como ele me mordeu! - disse Lupin se aproximando de Hermione

Fen colocou ela atrás dele pra proteger

_Você não tem nada a ver com isso Lupin-disse com raiva. - Você ouviu? Ja disse que não é da sua conta .
Hermione estava sem reaçã

_Do que ele ta falando Fen?-disse Hermione

_Ele não disse!? - riu sem humor - Que foi ele te mordeu - olhava pra Greyback com ódio. - Como você pode o colocar as patas sujas em cima dela? - Remus questionou bruscamente, suas narinas dilatando. Seus punhos se fecharam ao lado do corpo. - Ele é um psicopata! Você não sabe o que ele faz?.Como ele atacau as pessoas? -  disse ele se aproximando de Hermione 

Hermione se afastou de ambos.Em sua cabeça milhares de perguntar.Ele realmente te mordido ela?

_É verdade Fen? - perguntou olhando diretamente pra ele.

Fenrin fechou os olhos,respirou fundo e disse:

_Sim , mas eu não consegui controla pequena.Quando te encontrei na livraria tudo me atraiu pra perto de você - disse respirando profundamente

_Você foi um covarde nem mesmo o seu nome de verdade falou pra ela. - Remus se pronunciou novamente trazendo Hermione pra perto dele

_Não encosta nela. - Disse com a raiva puxou Hermione pelo braço.

Era muita informação para Hermione que sentiu que tudo tinha sido quebrando naquele momento.Mágoa,Traição,Mentira entre outros sentimentos tudo ao mesmo tempo.

_ ELE É FENRIR GREYBACK - gritou Remus e continuou . - O lobisomem mais selvagem e cruel que existe. Ele mordeu o inúmeras pessoas possível, para um dia existam lobisomens em número suficiente para segui-lo e se rebelar contra a comunidade dos bruxos.Para se junta a Voldemort , forçar as pessoas a fazer o que deseja.Ele nos tornou mostros,p ra entramos na sua tropa de seguidores.

Fenrin tentou se aproximar de Hermione,mas a mesma recuou dois passos

_Deixa eu explicar pequena por favor - disse suplicando

_Não, vai embora - disse as lágrimas, ou o sentimento inexplicável de cegar de traição que afundou em seu coração muito, muito mais profundamente do que qualquer uma de sua raiva justa havia enterrado. Ela engoliu a dor que parecia quase fisicamente incapacitante.

_Você acha que seus "amigos" vão entender o que você se tornou? A maioria dos bruxos e bruxas não consegue nem aceitar lobisomens em sua sociedade.- disse Fenrir com raiva. - Ninguém vai aceitar isso, Hermione. Não é seguro pra você. Albus acabou de usar o feitiço obliviate eles, porque nem ele aceita.

Lupin so assistia a cena, sabendo que acabou cometer um erro

_VAI EMBORA - gritou Hermione. - Quão hipócrita você pode ser, Fenrir? - ela gritou, sentindo lágrimas nos olhos. - Como você pode me dizer que ele é perigoso , quando foi você que me mordeu? Eu confiei em você. - Ela bateu as mãos no peito dele, seu corpo tremendo com o esforço se soltando dele. - Vai embora por favor. - suplicou

Ele foi embora, com lágrimas saído de seus olhos e coração mutilado por perder sua companheira.

Sua Pequena mandou embora.

Agachando-se, Hermione abraçou os braços ao redor das pernas enquanto chorava, soluços enormes sacudindo seu corpo. Realmente valeu a pena todo essa mentira?. Ela sabia que o mundo bruxo nunca a veria como mais do que um monstro fora de controle, mas ainda tinha um vislumbre de esperança de que seria ela a pioneira, a tornar as coisas diferentes para os lobisomens. Agora que ela sabia que Remus e Fenrin via da mesma maneira, era como uma adaga no coração.



Fenrin estava destruindo quando chegou na vila. Brigou com todos da sua matilha.Geira tentou se aproximar mas recuou quando olhou nos olhos de Fenrir.

_Não entre no meu caminho - ronou pra Geira e Alfredo. - Nenhum de vocês ou vão encontrar so os pedaços de seus corpos pela floresta - ronou e disparou pra floresta

Se transformou totalmente. Seu Lobo corria sem direção dentro da floresta.Um sentimento de culpa o consumia. So pensava no que tinha falado pra Hermione, nas lágrimas que escorria pelo rosto da sua Companheira. Parou no memso lugar. Foi nesse momento que entendi ela é Minha Companheira

_MINHA - rosnou meu lobo.Não tinha outra explicação pra todos os sentimentos que tinha se desenvolvido em relação a Hermione.

Eu estava ligando a ela.

Isso explicava os laços invisíveis, mesmo quando estamos afastados um do outro, permanecemos unidos. Os laços se formaram sem que eu percebesse, mas sabia que são fortes e continuarão a crescer. O que nos prendia um ao outro são os nossos laços, as ideias que temos em comum, os sentimentos. Meu Lobo apontou para ela, isso foi tudo. O vínculo me atrai para ela, me diz onde ela está e como está, mas não é a mágica que me garante. Eu andava no fogo, comia vidro, destruía qualquer coisa no meu caminho para chegar até MINHA PEQUENA. 

Estava Destinado .Era algo que não podemos evitar, por mais que a gente tente. Essa ligação já havia sido criado muito antes de nascermos e independente do caminho que andarmos, iremos cumprir tudo que foi destinado a nós.Mas...

Eu machuquei a minha mulher. Mesmo sendo ainda uma criança ainda.

Ela não me perdoaria.

Acabei com tudo.

Mentir por ser egoísta.

Não tinha dado escolha a ela.

Fui a pessoa que mais a machucou e isso eu podia sentir mesmo estando longe.

Teria que ficar longe dela, mesmo meu ser, corpo e alma implorando pra ficar perto.Essa minha penitência por não ter dado escolha a ela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...