História Compass Rose - Min Yoongi - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Got7, JJ Project
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Agust D, Bangtan, Bts, Jackson Wang, Jeon Jungkook, J-hope, Jin, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Suga
Visualizações 2.162
Palavras 3.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu amo essa foto ❤

RITINHA TOMA AQUI SEU CAPÍTULO

(Postando cedo pq eu posso e quero)

⚠FOCO NAS NOTAS⚠

Capítulo 18 - Novo teste


Fanfic / Fanfiction Compass Rose - Min Yoongi - Capítulo 18 - Novo teste

Yoongi Povs

 

 

 

S/N é uma chata de verdade... eu? Ciúmes? ATA

 

 

Não sei porque, mas estava revoltado, e não, não é ciúmes, NÃO É CIÚMES. Entrei no bar pra reabastecer o estoque como sempre faço já que esse trabalho braçal poupo minha amigas de fazerem.

 

 

Suga – Idiota… - falava sozinho – transa com ele vá… foda-se, eu sou melhor mesmo… DROGA! – Chutei a caixa vazia que acabara de terminar de tirar as garrafas de cerveja e por na geladeira. 

 

 

Vou até as de conhaque e começo empilhar na prateleira, faço o mesmo com as de soju, após vou a de shochu e mais uma sequência de bebidas, paro no whisky e encho o copo virando de vez pra amenizar minha rainha sem motivo.

 

 

Suga – Idiota… - resmunguei, dei mais um gole e comecei pensar nela.

 

 

Lembrei do seu sorriso, seus gritinhos euforicos quando pedia pra fazer algo contra sua vontade, seus gritinhos de medo quando acelerava minha moto, suas mãos ao redor de meu tronco procurando segurança, seu jeitinho ainda tímido onde sempre fica coradinha quando nos encontrávamos, seus surtos de medo do Namjoon se decepcionar, seu olhos olhos lindos e redondos assustados quando lhe proponho algo, seu corpo nú, sua boca gostosa, sua língua sapeca, sua boceta sempre molhada pra mim, sua entrega, seus gemidos… Aaah ela é uma delícia. Valeu a pena conhecer ela, diferente de qualquer mulher que conheci... Isso é intrigante por me fazer viciar em sua companhia. Quase dois meses brincando virtualmente e uma sema possuindo seu corpo por completo.

 

 

Suspiro involuntariamente e…

 

 

Bi – Isso foi um suspiro? Min Yoongi suspira? – entrou rindo toda fofa com uma camisa de Supernatural e me acordadando de meus delírios

 

 

Suga – vai se fuder Bibi – voltei a fechar a cara, eu realmente suspirei devo estar louco e mesmo sendo a Byanka não posso me deixar parecer frágil, isso parecer, não sou frágil, pois esse suspiro foi tão ???????? Foi puro engano.

 

 

Bi– Suspirou sim – ria e baguncei seu cabelo como de costume – idiota - me deu um abraço, sempre fica sem jeito com seus abraços por não ter esse costume com ninguém mas sempre me deixava levar por ser ela e lhe recebia em meus braços com carinho

 

 

Suga –  veio fazer o que? Já fizemos a contabilidade esse mês

 

 

Bi – esqueci minha bolsa ontem – Taehyung entra com cara de quem acordou agora – era ora me esperar lá no carro Taetae

 

 

Tae – Tava chato… e aí Yoongi – Batemos as mãos, gosto muito do Tae, quando Namjoon foi embora ele era um dos que mais se aproximou de mim, fazia questão de ver se eu estava bem pelo meu problema, um problema que quero esquecer, mas gosto dele também por cuidar bem da Byanka, pois sou uma amigo desleixado e jamais conseguiria cuidar de minha pestinha.

 

 

Suga – cara advinha quem voltou a me oportunar?

 

 

Tae – JinYoung? Porraaaa – ele sabia pois era o único cara que sempre me enchia, Júnior é um cara que me fez mal e me faz, ele me faz lembrar de um passado que quero esquecer

 

 

Suga – Seu colega é um mala

 

 

Tae – Poem mala nisso…

 

 

Bi – Ele é um Sonso, paga de bom moço pros professores, pros pais, mas entre a galera ele é um capeta além de iludir as menininhas que pega

 

 

Suga – eu ainda acabo o que comecei naquela noite, meu sonho socar ele todo é ver seu sangue nobre jorrar

 

 

Tae – nada de agressividade, você prometeu a mim e ao Namjoon antes dele viajar, Júnior basta ignorar e fim… mas o que ela fez agora? – Não ia falar de S/N, não mesmo

 

 

Suga – aquelas provocações de sempre… vou ignorar como você disse, relaxe

 

 

Bi – será que um dia ele se toca de como foi e é babaca?

 

 

Suga – Pode até se tocar mas eu quero distância dele até assim…

 

 

Tae – Vou no banheiro, tou apertado pra porra

 

 

Bi – Vai logo que temos que ir na biblioteca – assentiu saindo e ela me olhou seria – FALA… eu sei que tem algo aí, Primeiro suspirou e agora mudou de assunto sobre o que o Júnior fez, Tae pode não ter notado mas eu sei que o Júnior fez algo além das provocações normais – ri apertando sua bochecha

 

 

Suga – Não sei de nada do que você tá falando... nadaaaa – fez uma careta

 

 

Bi – Hoje a noite você VAI ME FALAR... Suga quando te conheci você tava passando por aquilo tudo, não quero ver você daquele jeito de novo - ela é fofa, mas eu sou duro na queda

 

 

Suga –Nao, eu tou bem e hoje a noite você vai é trabalhar coisa implicante, nada de querer fugir das obrigações com essa desculpa

 

 

Bi – Te odeio Yoongi! – fez bico

 

 

Suga – Nossa... nem sabe mentir - ri

 

 

Bi – Me ensina, você é ótimo - disse com seu olhar implicante, que perde pro meu sempre

 

 

Suga – Sou mesmo – ri desdenhando e ela me bateu

 

 

Tae – Nossa quanta agressão – abraçou ela pelas costas e eu arqueei a sobrancelha pra lhe oportunar

 

 

Suga – E ai? – ria

 

 

Bi – E ai o que seu chato?

 

 

Suga – Dormiu hoje onde Byanka? – Tae rio e ela corou – tá cuidando dela né seu filho da puta? Se ela aparecer grávida vai se ver comigo

 

 

Tae – porque não pergunta se ela cuida de mim? Isso é injusto – rimos - eu sou seu amigo a mais tempo, se preocupe comigo também Yoongi - fazia drama

 

 

Suga – Quero ver até onde vão fingir que não tão se pegando… Marcelle tá todo dia me perguntando se eu sei de algo

 

 

Bi – e você como a pessoa que nós confiamos fica em silêncio Certo? CERTOOO – ri

 

 

Tae – Os meninos tão me enchendo muito também, maaas… tá legal assim né amor - deram um selar

 

 

Suga – acho chato essa invasão, as pessoas são curiosas demais, por isso me isolo, em segredo as coisas são mais gostosas

 

 

Tae – MUITO MAISS – apertou ela com malícia

 

 

Bi – TAEEEE – corou e ele rio - nossa amizade é mais importante, se descobrirem vai ficar aquela chatisse de "namorem logo" - era uma amizade colorida escondida, não um namoro - mas enfim, tá legal assim mesmo - Tae lhe deu um selar mais demorado

 

 

Suga – tá, chega de mimimi, tenho que continuar aqui

 

 

Tae – certo... e a gente já vai, a noite trago ela tá mano?

 

 

Suga – certo

 

 

Bi – Até parece que a mercadoria dos dois

 

 

Suga – quase isso… - me bateu e eu segurei sua mão rindo e pisquei pra ela – vai logo pestinha

 

 

Bi – adeus – fez um bico e saíram e eu ri desdenhando 

 

 

Malucos

 

 

Diferente do que eu estou tendo com S/N eles se amam, por isso queria que se assumissem, mas tá difícil, são dois indecisos, e usam esse papo de amizade colorida, eles são praticamente namorados, não vivem separados, um dos dois precisa tomar atitude.

 

 

Não é problema meu, então... Foda-se.

 

 

Pego meu smartphone e sem quer, mas querendo vou a galeria de fotos… enquanto S/N dormia hoje, logo quando o sol raiava a luz do sol que entrou por uma fresta na janela tocou suas costas nuas fazendo um contraste lindo principalmente pela sua nova tatuagem e tirei uma foto, ela nem notou.

 

Linda

 

 

Ri olhando a foto, suas costas bem desenhadas por suas curvas… era linda! Meu corpo queimou e meu coração acelerou quando lembrei que todo toque que dava nela seus poros arrepiavam… aaaaaaaahhhhh.

 

 

Isso tá perigoso, não posso mentir que ela tá me abalando, nem dá , tá na cara isso, mas ainda bem que sou duro na queda 

 

 

NÃO VOU ME APAIXONAR

 

 

NÃO MESMO

 

 

Sabe? Tomara que transe com Namjoon mesmo, assim ela pode aprender e não se apegar a mim.

 

 

Medo da paixão é real.

 

 

 

S/N Povs

 

 

S/N – devo parar? – falei baixinho ainda deslizando minha mão sob o corpo de Namjoon de forma instigante

 

 

Nam – Não, tá ótimo – olhavamos alternando entre boca e olhos, bem safados – O que tá acontecendo contigo? Tá muito safada amor

 

 

S/N – eu só tou tentando me descobrir, viver... ao poucos – Ata, aos poucos? trepo com Yoongi a todo instante.

 

 

Nam – essa insistência vai me fazer perder o controle

 

 

S/N – Talvez eu queira justamente isso – olhou pra rede e Jack quase roncava de sono e se levantou de meu colo

 

 

Nam – Vem… - segurei sua mão e saímos em silêncio do quarto, fomos pro seu quarto, assim que fechei a porta Namjoon me prensou contra ela – Vamos testar isso direito já que insiste…

 

 

Os lábios carnudos de meu amigo voltaram a tocar os meus, mas dessa vez mais quentes, acho que acendi seus hormônios, homem é uma máquina ativa demais. Levei a minha língua a sua boca entreaberta e ele chupou ela pra si me fazendo arfar no beijo… várias mordidas e chupões quentes eram trocados por nós dois, Namjoon é bom…

 

 

Enfim um beijo bom…

 

 

Acho que é questão de momento.

 

 

Depois de tempos nos olhamos ofegantes e eu ri, indo ao seu pescoço, o fazendo delirar. Se virou e agora ele estava prensado na porta por mim e apertava minha bunda com gana. Chupei seu pescoço com força ao sentir seu pau ereto roçar em mim, e fui em seu ouvido afim de provocar, esquecendo totalmente da sanidade que habita meu ser.

 

 

S/N – Você ficou duro foi? – ele gemeu por mim voz manhosa e minha risadinha safada no fim da frase e mordi seu lóbulo da orelha

 

 

Nam – Porra S/N isso é quase um incesto. Culpa sua.

 

 

S/N – bobinho… esse teste vai ser ótimo… Eu preciso testar… veja… - peguei sua mão e levei pra direção de minha boceta bem acessível por meu shortinho folgado, estava molhada não tanto quanto Yoongi me deixa mas estava, e ele arregalou os olhos que brilhavam quando gemi pelo contato e ela piscou em seu dedo que começou a circular ali, ele circulava gostosinho seu dedo me fazendo gemer sorrindo – Me chupa Nam? Seus lábios carnudos devem provocar algo surreal em mim...

 

 

Nam – menina você tá demais…. Vamos lá então, se insiste não vou recusar – me deu um selar e me puxou pra o colchão

 

 

Retirei minhas peças de baixo e ele se deitou atento no colchão, com o dedo me chamou rindo safado e eu me posicionei sentando perto de sua boca, quase que no pescoço.

 

 

S/N – amigo? me faça delirar… - só disse isso e sentei em sua boca gemendo baixinho quando seus lábios começaram me saborear

 

 

Talvez me arrependa, provavelmente me arrependerei, esses meus surtos safados não duram muito, mas no momento quero ser comida de novo. E ele quer me comer.

 

 

A língua dele me deixa louca, o oral dele também é bom, MUITO BOM. Me olhava gostoso abocanhando meu sexo e eu rebolava em sua boquinha

 

 

A língua dele circulava agilmente meu sensível clitóris inchado, ele gemia sentindo meu sabor.

 

 

O meu amigo safadinho me fez gemer mais ainda quando apertou minhas coxas me segurando firme, parei de rebolar com seu ato e ele começou me mordiscar todinha… queria gritar mas não dava. Minha boceta estava quente, meu corpo estava quente... que tesão!... que prazer!...

 

 

Me chupava com destreza, aqueles lábios são malvados. A línguinha dele começou penetrar minha entradinha... Delícia de homem. Sinto muito prazer, mas nada além disso, o coração não bate como pra Yoongi nem meus poros ficam arrepiados, porém tava gostoso.

 

 

S/N – hummm… vou gozar Nam… AAAAAWWWWWWWWWWN – não precisou muito e me derramei em sua boca, ele bebeu tudo… Caralho foi bom, demais, delicioso.

 

 

Ri satisfeita saindo de cima dele que lambia os lábios rindo deitei sobre seu corpo… comecei lhe beijar apertando seu pau por cima de sua calça e ele rosnou fechando os olhos, tava durinho.

 

Adentrei minha mão em sua calça e pela primeira vez tive ele em minha mão, era grande, porra Namjoon que armamento gostoso... Olhei pra baixo rindo masturbando seu membro duro e ele gemia.

 

 

S/N – muito gostoso... quero… quero chupar!!! – bateu em minha bunda me olhando safado

 

 

Nam – vai… - lhe Beijei rindo

 

 

Eu ia

 

 

Mas...

 

 

Fer – amores eu tou carente do Namjoon… sem sono… e sozinha já que o Jackson dormiu... Posso entrar? – bateu na porta e eu ri pela cara de tristeza do Namjoon

 

 Acho que o universo não quer que brinquemos

 

 

S/N – Acho que vai ter que ficar pra próxima, não consigo ver Nandinha carente, não dá - mordi seu lábio

 

 

Nam – eu tou duro o que faço?

 

 

S/N – vai tomar um banho eu enrolo ela – lhe dei um beijo – foi um prazer tá?! – rio safado

 

 

Nam – porra Nandinha… só perdoou pois a amo demais – se levantou me dando um selar e saiu, o olhei vestindo meu short e meu coração apertou.

 

Cara consciência, não é hora pra me encher, a culpa foi toda dos meus hormônios e da minha infantilidade querendo provocar o Suga 

 

 

Sacudi a cabeça e fui abrir a porta pra esquecer isso

 

 

S/N – Oi Princesa – Bocejei pra fingir

 

 

Fer – Te acordei? Desculpa – lhe abracei

 

 

S/N – que nada, só cochilava… Namjoon foi se banhar e sabe como ele é né?! Demora mais que nós três juntos… pra matar sua carência serve uma outra Br? Eu no caso? – sorriu me beijando forte na bochecha

 

 

Fer – Clarooo…. Aliás? Trouxe um vestido lindo pra ti de seda chinesa – Fernanda sempre compra roupas pra mim, as vezes ela mesmo que usa por eu não sair, mas são minhas, dividimos muitas roupas, somos realmente irmãs

 

 

S/N – Vamos pro meu quarto? Pega lá e eu visto

 

 

Uns minutos depois eu já estava com ela no quarto e olhava o lindo vestido nude de alcinha, bem folgadinho do jeito que amo, rente a meu corpo

 

 

Fer – Lindo né??

 

 

S/N – PERFEITO

 

 

Fer – Agora veste – estava ansiosa demais e retirei meu shortinho de novo, removi a camisa e quando ia vestir... Eita esqueci um detalhe, FUDEO

 

 

Fer – S/N? Que tatuagem é essa? – PUTA MERDA EU ESQUECI – Meu Deus… ela é linda e tá recente… porque não me falou? Pera? Namjoon deixou? S/N o que você tá aprontando? Não faria uma tatuagem do nada – me encheu de perguntas como sempre faz ao me ver fazendo alguma merdinha e falou por minha cara de medo, a culpa estava estampada na minha testa

 

 

S/N – Então… amiga… assim…

 

 

Fer – não, sua cara te entrega, o que foi que houve? – acho que precisava mesmo de alguém que confio pra ser minha conselheira, o destino talvez queira que Nanda abra meus olhos

 

 

S/N – espera… - fui a porta e fechei – senta aqui… amiga? Tá… preciso te contar um segredo

 

 

Fer – Eita mano, que tensão na fala é essa amor?

 

 

S/N – Eu tou saindo com o Yoongi – fui direta, ela se espantou rindo e eu fiquei com vergonha

 

 

Fer – MENTIRAAAA

 

 

S/N – precioso que mantenha em segredo, Namjoon não pode saber por enquanto

 

 

Fer – nem o meu Jackson? Conto tudo pra ele

 

 

S/N – Fernanda entenda, é complexo… Yoongi não é um homem qualquer, Namjoon já falou que ele é perigoso, talvez seja um choque eu a queridinha dele se envolvendo com alguém tão intenso! Deixa eu resolver como poderei contar e eles saberão, e como ultimamente Yoongi me faz fazer algumas coisas loucas, precisava de alguém que soubesse, assim como Tata amiga dele e nossa vizinha sabe, você vai ser minha comparça 

 

 

Fer – pra eu tipo te encobertar? Cuidado amor… eu agora estou preocupada, você gosta dele ao menos?

 

 

S/N – relaxe, não vou me meter ou te meter em problemas, mas preciso de uma segurança... E amiga ele me deixa louca… -  disse apaixonada e ela rio fofinho

 

 

Fer – por mais que ele tenha cara de perigoso você realmente parece estar bem, toda alegre, tá viva, só vivia presa na sua jaula, confio em ti, vai saber se é bom ou não... Agora me faz um resumo, começaram se pegar quando?

 

 

S/N – Então… desde o Canadá já temos algo – ela se assustou

 

 

Fer – PERAAAAA AQUELE DIA PELADA COM O NOTEBOOK ABERTO?… - assenti tímida e ela rio – Meu Deus, que safados… como isso começou?

 

 

S/N – ele é implicante e começou me chamar de chata e santinha, eu simplesmente tirei meu sutiã no meio de nossa call e depois quando menos notei... estava tatuada, em sua moto correndo pra cá, com medo do Namjoon descobrir que não dormi aqui hoje, depois dele me comer na mesa dele pela noite – Nanda abriu a boca e rio safada

 

 

Fer – Você transou com ele ontem mesmo? Na mesa? Caralhooo - riamos baixinho

 

 

S/N – Não só ontem, mas na noite que cheguei e depois na outra noite também – ela ria 

 

 

Fer – meu deus minha irma tá viciada no coreano motoqueiro… mas é bom mesmo? – perguntou sapeca

 

 

S/N – muitoooo ele me instiga, me provoca, me desafia… cada toque dele me deixa louca, ele é muito pecaminoso… ele é mau muitoooo mau mesmo, o corpo mais gostoso do mundo... Tem um probleminha só, ele é frio, as vezes, mas sozinhos não, porém eu vou derreter seu coração por completo

 

 

Fer – Que safada e que fofa – rimos – será que isso tem futuro?

 

 

S/N – Ele não quer namorar, no nosso pacto ele me fez prometer que não me apaixonaria

 

 

Fer – Como assim??? Ele é louco?? Isso não se decide

 

 

S/N – Ele teve um passado difícil, Namjoon até o ajudou embora eu não faça ideia de nada, só sei que fugiu da casa dos pais e o tio que lhe abrigou morreu, aí ele tem medo de relações, isso é nítido, mas ele tem ciúmes de mim, isso tá claro, principalmente com o Namjoon, ciúmes talvez seja o primeiro passo infelizmente pois odeio, mas ter um ser frio com ciúmes já me ajuda a derreter o iceberg de seu peito

 

 

Fer – Primeiro: não importa o passado dele, se você se apaixonar não dá pra controlar… segundo: Você e o Mon jamais se envolveriam, tantas vezes deixaram isso claro, se bem que você disse que o beijou – ri sem graça

 

 

S/N – então amiga… Suga me encheu tanto dizendo que não entendia porque Namjoon nunca teve nada comigo e tal que eu fiquei curiosa e passei analisar o Namjoon, principalmente por ele dizer pra eu não me apaixonar por ele e Namjoon é super apaixonante, poderia dar certo como Jackson fala, então o beijei pra testar como eu falei antes, mas não senti nada no dia

 

 

Fer – tá vendo – ri sapeca - aí meu Deus porque ta rindo assim?

 

 

S/N – eu tava a pouco provocando o Yoongi quando você foi se banhar, eu estava dizendo que ia transar com o Namjoon pra testar direito isso… comecei instigar o Namjoon, provoquei ele muito... e quando você chegou batendo lá no quarto eu tinha acabado de receber um oral perfeito do nosso amigo e ia retribuir mas tive que parar – a cada palavra ela se assustava maise quando findei o relato ela nem piscava mais

 

 

Fer – PERAAA... Você e o Namjoon estavam transando enquanto você está num relacionamento estranho com o motoqueiro? Tu ta de sacanagem né? – neguei com vergonha – MEU DEU AMIGA, COMO ASSIM??? Tu pegou os dois?

 

 

 

 

 

 

 

Jack – S/N? Pegou quantos? Nossa S/N? Quem são esses? - esntrou rindo com sua mania de nunca  bater, meu Deus Jackson não!!! 

 


Notas Finais


Então... Hora de panfletar aqui!!!

Minha chatinha favorita, fez mais uma fanfic MARAVILHOSA tá no comecinho, mas logo de cara já tem o que vocês mas amanhã: PEGAÇÃO! é do Kim Gostoso Taehyung E ELE É UM BOMBEIRO (suspiro) vão lá ler e dar amor

https://spiritfanfics.com/historia/um-amor-abalado-10922348


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...