História Complex - Capítulo 47


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Álcool, Amor, Armys, Bangtan Boys, Brigas, Bts, Comedia, Complexos?, Confusões, Drama, Drogas, Homicidio, Hoseok, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Monstax, Morte, Namjoon, Romance, Shows, Suga, Taehyung, Tour, Tragedia, Yoongi
Visualizações 15
Palavras 4.808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey amores! Sorry pela demora Kk
Acabei me enrolando um pouco.
Espero que vocês gostem!
Ainda me sinto abalada com o capítulo.
Perdoe-me se tiver alguns erros.
Let's Go
By:Nathy

Capítulo 47 - Jeon Jungkook (Parte II)


Fanfic / Fanfiction Complex - Capítulo 47 - Jeon Jungkook (Parte II)

Minha cabeça dói. Acho que acabei bebendo demais. Aish, ontem foi louco. Eu lembro de dançar com a Cadence, das gargalhadas de todos juntos, do Yoongi praguejando sobre o tal Hoseok.. Ah! O ex da Kanya também se chama Hoseok, mas seu nome artístico é Wonho. Ele pertence ao grupo do Monsta X, com aquele líder atrevido, irritante, safado, que deu em cima da Cadence a noite toda. Tinha um de covinhas secando a Marjorie e dando mole para ela, eu lembro que graças a ele rimos muito já que o Hoseok, se incorporou e começou a dançar loucamente para seduzir a Mj, que estava ficando confusa, pois Yoongi pediu ajuda dela sei lá para que e até mesmo beijou ela. Eu lembro da voz da Kanya brava. Mas não das palavras. Jin ficou com uma amiga das meninas que coincidentemente tinha o nome do Ji Soo Hyung.  Lembro que eu quase beijei a Cadence, mas ela desviou, ela sorriu “Esse é seu lado impulsivo?”

 

Ah! Como eu me controlei para não agarrá-la. Estou louco, louco, louco. Só para de pensar isso Jungkook! Tente vê-la como uma irmã. Não! Como irmã não, pois meus pensamentos irão ser incestuosos.

 

A volta para casa foi uma confusão. Não sei porquê do tema beijo. Lembro do Hoseok beijando a Marjorie e no meio daquela brincadeira em algum momento de Jin roubando o beijo da Cadence. Aquela cena me deu inveja, o querer de fazer tanto algo... Mas não poder por medo. No fundo, eu tinha medo de machucar os sentimentos do Taehyung Hyung, pois eu estava com ele quando vi ele chorar depois daquele encontro com a Cadence. O vi o quão abalado ele ainda está quando está sozinho, eu percebo seus sorrisos falsos, os seus tons brincalhões vazios, o quão nervoso ele pode ser com a Naomi as vezes, o quanto ele está se esforçando para seguir em frente pois prometeu a ela tentar. Somente a ela, a dona de seu silêncio e a tormenta de meus pensamentos...

Lembro de ver Naomi beijar o Taehyung e de sentir uma dor se preocupando com ela. Vi quando Marjorie sugeriu algo a ela, e apesar do sorriso um pouco triste, os seus passos seguros indo até o Jimin hyung. A maneira que eles se beijaram, também me deu inveja. Era confuso pois antes eu não saberia de quem sentir inveja.

 

“Se permita, JK”

 

Agora eu sei. Se eu continuar seguindo seus conselhos, sinto que não irei resistir.

 

 Eu tive medo ao reparar a feição do Taehyung. Apesar da Naomi o abraçar, eu vi seu olhar sombrio e triste. Cadence murmurava algumas coisas, até que ela parou de subir as escadas e me chamou. Lembro de sentir tentação, mas só deitamos na mesma cama juntos enquanto ficamos rindo, ela estava tão cansada que logo dormiu. Enquanto eu? Bem precisei de 15 banhos gelados para conseguir me acalmar. Abri meus olhos e vi no meu celular as horas, era 14:30h. Minha companheira de quarto sumiu, então rapidamente fiz minha higiene e tomei um belo de um banho e desci.

 

Naomi e Taehyung estavam jogando, mas vi que ele realmente não parecia de bom humor, já que o mesmo apertava os botões do joystick com força e fúria. Namjoon e Kanya estavam sentados um do lado do outro, mas o foco seus olhos fuzilavam os “Sopej”, ou seja, Suga, Jhope e Mj que estavam muitos animados falando da festa de ontem.

 

– Oh! Jungkookiee, Jungkookiee – Levantei a sobrancelha surpreso pela animação do Yoongi hyung. Jin Hyung e Cadence cozinhavam algo. Sorri quando a vi se virar com um sorriso nos lábios.

– Boa tarde, dorminhoco – Ela depositou o prato de em minha frente na bancada. – Você precisa experimentar minha especialidade: Spaghetti a bolognese – Ela fez questão de fazer sotaque causando risos em todos. Eu estava com tanta fome e parecia tão apetitoso que tratei logo de comer.

– Hoje você arrasou completamente – O estalo de beijo me chamou atenção e só vi quando Jin Hyung se afastou da bochecha da Cadence. Tsc, eu não me importo. Foi isso que disse para mim mesmo.

 

Yoongi estava bem confortável enquanto Marjorie o abraçava. Ouvi o Hoseok dizer “Tá dando certo hyung!”, enquanto olhava para trás disfarçando.

 

– Eu acho que eles estão de mau humor – A risada típica do Jin nos fez rir ainda mais. Vi quando um assunto aleatório começou e do nada sentir mãos finas em meu ombro direito.

– Jungkook, você tem que jogar conosco! Está me abandonado? – Naomi apelou um pouco para o aegyo. E percebi quando ela franziu um pouco a sobrancelha um pouco nervosa. Ao olhar na direção que ela estava olhando, Jin abraçava a Cadence por trás enquanto apoiava seu queixo em sua cabeça enquanto nos olhava. – Jin hyung, não vamos mais ter as aulas de culinária juntos? – Percebi o tom meio confuso e desapontado da Naomi. Seus olhos transmitiam uma confusão mental.

– Ah! Sobre isso... Acho que eu tenho uma dupla perfeita agora, mas qualquer coisa a Cadence te ensina. Já que ela tem mãos tão abençoadas – Ele pegou as mãos delas e a beijou.

– Isso é flerte? Jin Hyung ainda está sofrendo efeitos do álcool – Hoseok hyung ria.

– Isso foi tão sem Swag. Ma Joo vem aqui, vamos ensinar esse hyung – Vi um sorriso nos lábios do hyung. E o barulho do vaso se quebrar atrás.

– Ah! Droga, Marjorie pode me ajudar? – Namjoon hyung perguntou. Vi um sorriso diabólico nos lábios da rapper.

– Pede a Kanya, ela é melhor do que nisso – Ela disse sarcásticamente.

Naomi murmurou algo baixo. – Vamos jogar Jungkook! – Ela puxou meu braço e senti sendo puxado de volta.

– Sorry, Nao-Chan, mas eu e o Golden Maknae temos ensaio assim que ele terminar de comer. — Cadence se apoiou no meu braço. Ela tentava esboçar um sorriso gentil.

– Naomi. – Vi Taehyung hyung se aproximar e Naomi o abraçar com um pouco de raiva da Cadence. Ele envolveu seus braços na cintura da japonesa e vi seus olhos fixamente nos olhos da americana que sorriu.

– Não esqueça de mastigar, J. U. N. G. K. O. O. K – Ela sussurrou meu nome em meus ouvidos com aquele sotaque americano tão rouco.

 

Estava enlouquecendo! Ainda mais que ela fazia de propósito me abraçar. Comi rapidamente, pois tinha que me distrair o mais rápido possível.

 

– Marjorie, temos que terminar aquela música juntos! – Fiquei um pouco assustado pois percebi que Namjoon hyung estava muito irritado, seu maxilar estava trincado.

– Ah hyung – Vi que ela falou de propósito já que a Cadence queria rir do que estava por vim. – Sobre aquela música, o melhor seria descartá-la pois são só palavras vazias, sem sentido, pois nada daquilo vale a pena – Ela respirou fundo e prosseguiu rindo debochada – Além do mais eu e Yoongi estamos em uma vibe sincronizada e que vale muito a pena, já que temos o temperamento parecido, somos intensos sem medo de se impor – Vi o Yoongi hyung rir.

– Tirando o fato que ela tem que dançar comigo, então ela não tem tempo para você. – Hoseok hyung disse

– Não se meta! Estou falando com ela! – Vi o pescoço vermelho do Namjoon. Marjorie quase caiu da cadeira, já que estava apoiada no Yoongi e só vi quando a Kanya veio que nem um flash e o arrastou. A brasileira iria se impor

 

“Marjorie, não se meta!”

 

– Que loucura – Cadence sussurrou. Namjoon e Hoseok trocavam farpas até a Marjorie sair com Hoseok hyung. “EU NÃO TENHO MAIS TEMPO PARA VOCÊ! NÃO ME AMOLE”

– Jungkook! – Senti as mãos do Taehyung no meu braço. – Preciso falar com você. Eu sabia o que ele queira falar. Possivelmente sobre a Cadence. Merda, aquilo estava tão confuso.

– Desculpe Taehyung, mas ele tem um compromisso comigo agora. – Cadence interferiu.

– Cadence.. – Ele quase rosnou. Era como se eu sentisse que eles se conheciam através de seus gestos. Então ela sabia que ele estava pedindo para ela não se meter.

– Agora não dá hyung. – Peguei a mão da Cadence e saímos a um rumo desconhecido. Antes disso apareceu o Jimin que me olhou um pouco confuso e suspeito para mim. Olhar para ele era como se Jimin hyung pudesse ler minha mente naquele momento.

 

E o agradeci internamente quando ele impediu Taehyung de nos seguir.

 

━━━━━━ ••• ━━━━━━━

 

Eu queria tanto que saíssemos de Hong Kong naquele momento.

 

“Jungkook, o que está acontecendo? – KT”  – Eu ficava relendo a mensagem de Taehyung hyung.

 

Realmente não sei o que estava acontecendo. A tarde foi muito boa, acabei indo a uns lugares aleatórios com a Candy. Fomos no parque que tinha por perto, a uma sorveteira, no local que iríamos fazer o show e treinamos o cover que iríamos fazer, “We dont talk anymore”. Estava tudo tão em paz, eu desfrutando de sua companhia, das inúmeras risadas que dávamos juntos, dos assuntos que nunca acabavam, até que tivemos que voltar. Eu deveria ter desconfiado das coisas ao reparar a feição indignada de Hoseok hyung.

 

– Oh! Pocachontas! – Minha cara fechou ao vê-lo aqui. Aquele vampiro pirata desgraçado.

– Shownu? – A Voz dela saiu tão inocente. Eu me senti muito confuso, pois percebi que começava a ficar com raiva enquanto o via a abraçar cheio de intimidade. Qual é a dele? Esse bombado, Tsc. Desse urso irritante. Os meninos estavam sentados na bancada todos de braços cruzados indignados com tudo aquilo. Todos murmurando “Tsc” enquanto fingiam rir. Me juntei ao Clube dos indignados.

– Ah! Como eu amo seu perfume Nya – Vi o tal de Wonho que mexia em sua orelha.

– Quando eu acho a solução dos meus problemas... – Suga hyung resmungava.

– Era só o que faltava essas oferendas que saíram do mar para atormentar – Todos voltamos o olhar para Hoseok devido sua fala – Marjorie que me ensinou sobre as oferendas. – Ele explicou.

– Ah! Mais são todas cheirosas aqui Hyung. – O covinhas assanhadas disse. Apelido que Jin Hyung colocou. Enquanto abraçava Cadence. Naomi também estava no meio, perto do caveirinha magrelo. Apelido dado pelo Taehyung.

– O hyung tinha tanta saudade de você Kanya, que tivemos que acompanhá-lo já que também ficamos com saudades. – A formiga a tônica disse. Apelido dado por mim. Vi seus olhos famintos pelas meninas. Formiga abusada.

– Que pena que ontem não deu para verem vocês fantasiadas. Deixe-me adivinhar, você foi de fada já que só com o simples fato de você respirar, ilumina tudo aqui. – Um outro se sentido o mais engraçadinho do grupo cantou a Naomi na cara dura. Os meninos ficaram boquiabertos.

– Você vai deixar Taehyung?! – Jin Hyung deu uma risada nervosa. Taehyung hyung se sentia tão perdido que não sabia para quem olhar ou era a Naomi ou a Cadence.

– De tanto navegar por aí, sinto que minha bússola me levou a encontrar meu destino – Taehyung soltou uma gargalhada um pouco nervosa chamando atenção. Fazendo com que inconscientemente Cadence afastasse a mão quando o tal de Shownu iria beijar.

– Oh! Kim Taehyung? – A Voz dele saiu curiosa não foi uma pergunta e sim uma afirmação para si mesmo.

– Hyung, acho que estamos tão hipnotizados pelas ninfas que não percebemos os Sunbaes. – O engraçadinho disse. – Como falamos anteriormente, esse é o Shownu – O projeto de urso fez sinal de paz com os dedos. – Wonho – O que estava perto da Kanya sorriu fazendo uma leve referência. – Jooheon – Ele apontou para o covinhas assanhada – Kihyun – A formiga a tônica fez uma referência. – Hyungwon – O esqueleto levantou as mãos. – Eu sou o Minhyuk – O tagarela apontou para si próprio. – E ele... –

– Sou o I’m ou melhor, Changkyun – O único que parecia um pouco mais sério respondeu. Claro que ele tinha que fazer uma gracinha e deu um beijo na bochecha de cada uma delas.

 

 Dei uma risada seca. Era um pouco incômodo fazer sala para eles. Os meninos não queriam deixar as meninas sozinhas com eles. “Eles são um bando de oportunistas” foi isso que Hoseok Hyung disse. Mas eu sabia que só olhar não daria muito certo...  Até que quando nos damos conta, Yoongi hyung foi o primeiro a se sentar ao lado da Kanya. Já que ele não aguentou muito os papos “Ah! Vocês assinaram um contrato para fazer essa turnê?”; ”Vocês dividem um apartamento?”;” Assinam conosco também! Iremos tratá-las como princesas”. Aquilo foi a gota d’água para não irmos com a cara deles. Então é claro que nem Jin Hyung e Hoseok hyung concordaram com aquilo e se juntaram a aquela conversa. De certa forma aquelas cenas deles cheio de intimidades e risos me irritou e isto fazia eu ficar enjoado. Era como se as atitudes deles fossem de propósito a maioria.

 

Tsc. Eu senti como se eles tivessem tirando as armys de nós. “Vocês deveriam ver nosso grupo se apresentar. Irão se apaixonar, eu garanto.” Elas não percebiam o quanto elas eram inocentes algumas vezes. Então não viram problema quando eles chamaram só as 4 para sair. E elas foram nem se importando com o que iríamos achar. Fomos simplesmente abandonados para a nossa frustração. É claro que Jin Hyung e Hoseok falou que iriam “rastrea-las”. Enfim, Namjoon se trancou no quarto e Yoongi hyung sumiu.

 

– Agora você tem tempo? – Levei um susto ao ouvir Taehyung perto de mim. Seu cabelo estava na frente de seus olhos então era difícil perceber sua expressão. – Está acontecendo algo Jungkook? – Ele bagunçou seus cabelos e virou o olhar para mim seriamente. – Tá acontecendo algo contigo?

 

 Esse lado direto de Taehyung sempre me assustou. Pois ele sabia fazer as perguntas que eu não gostava de responder nem para mim mesmo.

 

O que está acontecendo? É isso que ele quer saber? Como responder se eu não tenho a merda da resposta?

 

– Não entendi hyung.

– O seu olhar para ela mudou. – Ele desviou os olhos para um outro lugar. – Eu conheço seus olhares Jungkook. – Ele riu pelo nariz de uma forma sombria. Eu engoli em seco e continuei olhando para ele. – Eu já vi você olhar para Marjorie quando suas coxas estão de fora, eu já vi você olhar para Naomi quando ela coloca uma roupa mais sexy – ele respirou fundo e olhou na minha direção com um sorriso vazio. – eu já vi você olhar para Kanya por causa de seus decotes... eu percebia a maneira que você costumava olhar para Cadence por quê seu olhar está tão diferente para ela? Que porra Jeon. – Ele deu um soco no balcão. – Eu reconheço todos seus olhares! Por que ultimamente você está mudando a maneira que está vendo ela?! Por quê? Por ela não Jungkook.…– Eu vi seu olhar ficar meio avermelhado e decepcionado.

– Taehyung hyung... – Tentei falar algo. Minha mente estava uma confusão.

– Só me responda uma pergunta – Vi que ele trincou o maxilar e olhou para mim enquanto apoiava suas mãos no balcão atrás de si. – Você está se apaixonando pela Cadence? – Vi seus olhos atentos ao menor movimento meu.

– Responda! – Ele disse seriamente.

 

O que eu sentia? Aquilo não era amor né? Mas ao mesmo tempo me sentia confuso. É horrível você não ter o que responder.

 

– Eu não sei hyung. – Aquilo não era uma mentira. Eu realmente não fazia ideia do que estava sentido pela Cadence Moore. Não sei se era coisa da minha cabeça, ou se de fato algo realmente estava começando a criar raízes. Eu só sei que ver outra pessoa flertando com ela... Me irrita demais... Mas isso é normal, é coisas de amigos Jungkook! Coloca isso na cabeça.

 

Vi Taehyung franzir o cenho irritado. Era como se ele pudesse ler minha mente. Ele sabia exatamente o que meu “Não sei” significava.

 

– Caralho! Que merda! – Vi ele jogar umas coisas no chão aleatoriamente e sair furioso.

– Jeon Jungkook. Você está tentando surfar em um tsunami, cuidado para não se afogar. – Pulei de susto ao ouvir a voz do Jimin hyung e vi o sorriso fraco que ele deu para mim. Eu me sentia abalado pela reação do Taehyung hyung. Mas não deixaria aquilo me afetar... Não tenho nada a temer.

– Que coisa hyung.... Eu sempre quis surfar nas ondas perigosas – Meu tom saiu com um pouco de duplo sentido. Peguei meu celular e vi que tinha uma mensagem no Talkao. Era dela, Cadence.

 

É estranho sorrir sem ao menos ler a mensagem? Se sim, então essa garota está me deixando com alguns problemas sérios.

 

“ Hoje tivemos uma ótima tarde. Deveríamos fazer isso com mais frequência – C. M”

 

Me sentia de certa forma ansioso só de imaginar o próximo. Sorri ao ver as fotos que a mesma me mandou. Era uma dela com o sorvete. Que maldade a sua Moore... Isso faz meus pensamentos ficarem sujos. E vi que ela mandou uma outra foto. Era de nós dois juntos.... É... Até que seria um ótimo papel de parede.

 

É Jeon Jungkook... Estamos muito ferrados.


 

━━━━━━ ••• ━━━━━━━

 

Finalmente chegou o dia que iríamos sair de Hong Kong. Já não aguentava mais ficar longe dos palcos. O clima entre todos estava um pouco mais controlado. Naomi estava bem feliz, já que Taehyung e ela começaram a agir como casal repentinamente. Estranhei um pouco aquela atitude do Taehyung, pois o seu olhar parecia querer me matar a qualquer instante. Fui chamar a Naomi para jogar e ele simplesmente soltou “Não está vendo que ela está ocupada comigo? Ela não tem tempo para você agora”. Hoseok hyung parecia mais na dele, sem dramas querendo só curtir a vida. “Tem horas que temos que deixar as coisas serem como são”. Esse hyung e suas frases doidas do nada. Jimin hyung aproveitava para conhecer um pouco mais do lugar antes de irmos “Temos que desfrutar enquanto a correria não volta”. Kanya e Yoongi pareciam mais unidos, não sei se era impressão minha... Seus olhos pareciam com vida. Só que nessa equação tem um pequeno problema: Kim Namjoon, pois supostamente ele e a Kanya deveriam estar juntos. Isso é muito confuso, não sei mais o que está acontecendo. Marjorie aproveitou para sair com uma das oferendas. Foi assim que Hoseok hyung falou né? Tsc. Traidora.

 

Bem.... Agora tem duas pessoas que eu adoraria saber onde estão.... Jin Hyung e a Cadence. Me perguntava se eles tinham saído juntos. As horas só iam passando e nada deles. Eu tentava me distrair com o Jimin Hyung e o Namjoon Hyung, já que nós três resolvemos sair juntos. Minha mente não parava. Eu queria notícias... Queria notícias dela. Revisava o celular a cada minuto e nada.

 

Então lembrei de hoje de manhã. Todos estávamos juntos pela manhã curtindo harmoniosamente um café da manhã. Eu senti que era que nem aqueles primeiros dias de nós juntos. Trocando conversas e risadas. Uma verdadeira paz

.

 

Até que o furacão chamados “Staffs” surgiram pedindo para que já começássemos a organizar nossas malas.

 

 

 

Flashback On

 

– Jeon Jungkook. É esse seu nome certo? – Engolia em seco na forma que aqueles olhos azuis me analisavam.

– Sim. Er.. – Me xinguei mentalmente por não lembrar seu nome.

– Archie. Meu nome é Archie – Ele sorriu debochadamente. – Você gostou?

 

Franzi minha sobrancelha confuso com aquela pergunta. Tentava me concentrar em guardar minhas roupas. O que ele quis dizer com gostou?

 

– O gato comeu sua língua? – Ele sabia que eu estava tenso com aquela pergunta, pois ele tinha um sorriso cínico em seus lábios. O vi resmungar umas palavras em inglês baixo o suficiente para eu não ouvir.

 

Preferi não responder sua pergunta. Primeiro que aquele Archie me dava pânico. Segundo eu via a forma que ele tratava a Cadence, desde quando um staff é assim tão amoroso? Ele praticamente faz tudo para agradá-la. Se ela espirrar já quer interna-la no hospital. A forma que eles conversam... É algo livre sem regras e preocupações... Sem limites. Além do fato dele ser todo estiloso e ele é bonito. Bem bonito mesmo.... Ele faz questão de ser o mais diferente dos staffs. Ele está sempre com roupas que o deixam sexy, a forma de falar dele as vezes parece flerte. A intimidade que ele tem com elas... É algo invejável.  A maneira que em um tempo é engraçado e na outra tão másculo.

 

Quando fui olhar para ele de relance, cai no chão devido ao susto. Seu rosto estava um pouco próximo de mim. Meu coração batia muito rápido devido a adrenalina. Seus olhos cismavam de olhar para mim.

 

–  Você gostou né? De ficar três longos dias aqui... Com minha Candy. Que está tão desprotegida – Ele deu ênfase quando falou “Minha Candy “ então não consegui controlar um pouco de raiva que surgiu. – O que foi isso? – Ele olhou para mim desconfiado.

– Eu não sei do que você está falando –Disse visivelmente desconfortável enquanto me levantava do chão. Enquanto o encarava.

– Minha Cadence. – Dessa vez ele falou o nome dela. Tsc. Vi seu olhar ficar irritado.

– Por que você fez de novo? – Sua voz transparecia sua irritação.

– Fiz o quê? – Não aguentei manter a calma.

– Minha Cadence! – Qual é a dele? Com essa possessão toda?! – Você! – Ele apontou para mim com raiva. – Pode parando com isso! Que dessa vez não irei deixar! – O loiro disse meio histérico.

– Parando com o quê?! Você está louco! – Joguei minha mochila no chão.

– Archie! Vem! – Apareceu um staff que vivia perto da Kanya.

– Chai ele! Eu não vou deixar! Ela não chorará por outro! Vai ter que passar por cima de mim – Fiquei em alerta vendo ele se aproximando de mim com certa facilidade me impresando na parede.

– Eu sou muito bom em Taekwondo! Faixa preta! Se afaste dela!  – Sua voz saiu grossa e fria. Com um simples cotovelo ele quase me suspendia no ar. Quando estava preste a empurrá-lo quando o outro interviu.

– Enlouqueceu Campbell?! – O sotaque arrastado do outro deixava claro que ele era tailandês. Era assim que a Kanya costumava a falar quando irritada seu sotaque era forte.

– Ele tá gostando da Cadence! – O loiro apontou para mim irritado. Franzi o cenho. Senti meu coração falhar com aquela afirmação.

– Seu dever é fazer seu trabalho! Não se intrometa –

 

“Ele tá gostando da Cadence.”

“Você está apaixonado pela Cadence?”

“Eu não sei hyung.”

 

 Apesar daquelas perguntas serem tão complicadas de responder, era como se no fim de um corredor eu visse a luz. Era estranho… pois eu sabia que se eu realmente quisesse a resposta, eu a teria. Esses dois dias foram claros para mim em relação aos meus sentimentos. Não sentia mais que eu precisava me descobrir. Achar uma pessoa que te compreende verdadeiramente é algo raro. Algo que devemos apreciar. Não posso afirmar 100% que eu estou apaixonado por ela. Eu sei que Cadence se tornou uma pessoa especial para mim. O que me assusta é os dias que virão. Tenho medo de me entregar a esses sentimentos que estão criando raízes. Isso me dá pânico. São tantas coisas envolvidas… Para alguém tão confuso como eu lidar.

 

 Por hora... Acho que só deixarei a correnteza me levar.

 

– Se você consegue ser um cubo de gelo problema é o seu! – Archie deu um sorriso debochado. – Eu sou puro Vulcão – Vi seu olhar sobre mim. E engoli em seco.

 

Até que do nada surgiu mais um deles. Ah! Aquele! Que mantém seu olhar sempre para Cadence e que protege a Naomi. Ele olhou furiosamente para o Archie e o puxou para fora do quarto.

 

– Er.. Perdoe ele. Ele anda meio temperamental. – Aquele que se chamava Chai disse sorrindo falsamente e logo em seguida saiu.

 

Eu ainda conseguia ouvir as vozes deles no corredor.

 

– Você está louco? Hitachi estava defendendo seus interesses!

– Você enlouqueceu foi Ar?! Isso pode gerar demissão ou então o mesmo afastamento que eu tive! Nessa altura do campeonato seria problemático.

– Trate de cuidar dele Hitachi! Tenho que terminar de checar os outros.

– Não se preocupe Tachi, irei fazer ela ver os sinais. Então ela vai para o caminho certo.

– Dá para você parar de maluquices cara?!

– Irei realizar seu sonho e é assim que sou tratado? Irei tirar minhas bênçãos! Cadenceeeeee mooreeeeee – Olhava indignado para a porta. Que raios de conversa foi essa?! O que aquele loiro irritante quis dizer “Irei fazer ela ver os sinais?”

– Não posso deixar ele me atrapalhar! – Franzi o cenho com as palavras que saíram da minha boca. Ahhh!

– Não enlouqueça Jungkook! – Agarrei meus cabelos enquanto me jogava na minha cama novamente.

 

Flashback off

 

Para o meu azar, a Moore desapareceu completamente. Estávamos já fazendo o check in no aeroporto e só faltava ela e o Jin. Marjorie e Hoseok conversavam baixo rindo enquanto compartilhavam uma música no fone de ouvidos. Ela mantia seu queixo apoiado no ombro do hyung. Naomi estava sentada ao lado do Taehyung hyung e o mesmo dormia abraçando sua mochila. Jimin hyung jogava em seu celular enquanto conversava com Namjoon hyung. Já era 21:30 da noite. Estranhei que quando voltamos do nosso passeio, ela não havia chegado ainda. Até a Marjorie já havia retornado e nada dela. Tsc.

 

Eu descartei a hipótese de que algo grave aconteceu. Já que os staffs estavam todos calmos e relaxados. Principalmente o protetor dela que tinha um sorriso traiçoeiro em seus lábios. Então fechei meus olhos por alguns segundos, até que ouvi barulhos de saltos correndo e risadas.

 

– Sorry, sorry, sorry – Abri meus olhos olhando para ela. Cadence respirava fundo, estava na cara que os dois haviam corrido, já que seus cabelos estavam bagunçados.

–  Aish. Como tivemos que correr.. Aigoo – Jin Hyung choramingou. Fazendo beicinho para Cadence.

– Tsc. – Ouvi Naomi resmungar enquanto se levantou indo na direção dos banheiros. Aproveitei a oportunidade para esticar as pernas. Que cena patética a do Jin Hyung. Tsc.

 

Estava distraído, até que a voz da Naomi falando com uma pessoa me chamou atenção. A voz da pessoa parecia irritada. Era uma mulher já que Naomi colocou no viva voz. Me aproximei mais um pouco com cautela.

 

– Qual seu problema Naomi?! Não é para você ficar feliz, era para vê-la chorando mais! Você precisa separar as três. Principalmente a Marjorie, faça com que ela e a Cadence se separarem! Eu preciso ter uma oportunidade de encontrar a Wendy pessoalmente. Ou você quer voltar a sofrer vendo eles juntos novamente? Eu sei o que você fez Naomi... Não se esqueça.

 

Que? O que era aquilo?!

 

– Ha Na, eu já disse que estou tentando! Mas é quase impossível. A Candy é difícil de se lidar, a Marjorie então...

– Se vira Naomi! Tchau tenho visitas.

 

 Permaneci estático e confuso. O que está acontecendo?!

 

Vi Naomi arregalar os olhos quando me viu.

 

– Na.. –

– Que feio bisbilhotar os outros. Cuida da sua vida Jeon Oppa – Pisquei algumas vezes confuso. A voz dela saiu fria e seus olhos não eram mais a mesma Naomi fofinha. Ela simplesmente voltou para seu lugar enquanto tinha um sorriso sombrio em seus lábios.

 

Resolvi retornar também enquanto tentava processar ainda as informações. Vi a maneira que ela voltou a agir normalmente, toda fofinha querendo a atenção dos demais. Observei a forma que ela começou a abraçar Marjorie e Cadence, já que a americana estava sentada no colo da brasileira.

Quem era aquela outra pessoa? Ha Na? O que você fez Naomi? O que você irá fazer?

 

Era desconfortável e estranho olhar para a japonesa, então quando estávamos a entrar no avião, Taehyung percebeu isso. Mas ele parecia que entendeu errado. Agora ele olhava para mim mais irritado ainda, depois que Naomi sussurrou algo para ele. Isso está confuso. Sentei ao lado da Cadence e vi que ela estranhou um pouco, pois ela esperava a Kanya. Mas eu já havia pedido para trocarmos de lugar.

 

– Estranhei sua ausência. – Dei um sorriso envergonhado. E sorri a vendo sorrir para mim.

– Sentiu minha falta Jeon? – Ela brincou.

– Estranhamente sim. – Fui honesto. Ela gargalhou e se aninou em meus braços. Seu shampoo era cheiroso. Ela era cheirosa. Se controle Jungkook!

– O que você fez hoje à tarde? – Perguntei deixando me levar pela curiosidade.

– Não posso contar. É um segredo. – Ela me disse calmamente. – E você? – Ela me perguntou levantando seu olhar. Ela ainda mantia sua cabeça sobre meu ombro. Então se eu descesse mais a minha cabeça rapidamente chegaria na sua boca.

– Não posso contar. É um segredo – Imitei sua voz. Arrancando uma gargalhada gostosa de se ouvir enquanto ela fingia bater no meu braço.

– Palhaço – Ela resmungou. E logo tratei de imitá-la de novo. Meu objetivo era cada vez mais arrancar suas gargalhadas.

 

Cadence, não se preocupe... Não deixarei que você chore mais ou que algo ruim aconteça com você e a Marjorie. Pode crer que eu darei um jeito de conseguir saber o que aquela pessoa quer de vocês. E darei um jeito de descobrir o porquê da Naomi estar envolvida nisso. Por enquanto deixe-me guardar em minha memória essa gargalhada tão contagiante e despreocupada.

 

Deixe me sarar suas lágrimas... Como o Ji Soo Hyung sarou as minhas.

 

Apesar de ter sentir aqueles olhos azuis me olhando e volta e outra Taehyung também. Não me importei. Pois tudo que eu mais queria era desfrutar de sua companhia, então prefiro focar em apreciar a nova dona de meus pensamentos.

 


Notas Finais


Capítulo termina por aqui :(
Espero sinceramente que vocês tenham gostado, cada capítulo que passa eu sinto que uma hora eu surto de vez Kkk pois é um pouco impossível controlar as emoções.
Até o próximo capítulo guys :*

Escrito por: @MinFlowerHope
Corrigido por: @AnamiSeok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...