História Complicações no casamento - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Romance
Visualizações 48
Palavras 1.255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eai galerinha do bem, demorei mas voltei. Galera, eu realmente sinto muuito pela demora mas é pq meu tio tava aki em casa entt ficou meio complicado de mexer com o capítulo, mas agr ele já foi embora e posso postar normalmente. Boa leitura. <3

Capítulo 13 - Primeiro dia


Fanfic / Fanfiction Complicações no casamento - Capítulo 13 - Primeiro dia

Pov's Sakura on:

Senti uma claridade em minhas vistas. Abri meus olhos e vi que já era de manhã. Sinto um peso em meu braço, e rapidamente desço meu olhar para verificar, e me deparo com Sasuke dormindo profundamente.

Solto um suspiro apaixonada. É eu sei que eu já estou casada com ele faz tempo mas eu não posso evitar. Fazer o que se tenho um marido lindo, incrível e perfeito?

- Bom dia.- Disse ao ver que ele acordou;

- Bom dia.- Ele disse sonolento, começando a se levantar. Que pena, eu poderia ficar assim o dia todo.

- Quantas horas?- Perguntei

- São 6:39

- Hnn 6:39.- Repeti olhando pro nada.- 6:39!?- Dei um grito, o fazendo se assustar.- Que droga eu vou me atrasar.- Murmurei indo para o banheiro.

- Vai se atrasar para quê?- Que droga, parece que o Sasuke escutou.

- Eu tenho um compromisso as 7:00.- Respondi querendo encerrar o assunto, para que ele não chegue no Min Hyuk.

- Que compromisso?- Mas que merda! Desde quando o Sasuke se tornou tão curioso?

- Desculpe querido, eu não consegui te ouvir.- Fingir não ter escutado.- Você poderia ir preparando o café para mim?- Perguntei querendo que ele esquecesse do assunto, e claro, adiante-se as coisas para mim.

- Claro.- Ele disse e em seguida ouvi passos, logo depois escuto a porta se fechar e dou um longo suspiro.

Sai do banheiro, e fui escolher uma roupa para o meu 1° dia de trabalho. Ontem minha conversa com Sasuke foi tão intensa que eu nem ao menos me lembrei de escolher uma roupa.

Depois de escolher e me vestir, fui arrumara o meu cabelo. Resolvi deixar ele como o normal, somente com uma presilha de enfeite para diferenciar. Sai do quarto e fui rumo a cozinha. Assim que cheguei dei uma checada nas horas, e vi que já eram 6:49.

- Precisa de ajuda?- Perguntei a Sasuke louca internamente para ele dizer não.

- Ah não, obrigado. Eu já dei conta de tudo.- Ele disse enquanto terminava.

- Que bom, Sarada não deve demorar a se levantar. Tomem café juntos.- Disse pegando apenas uma torrada, indo me dirigir à porta.

- Você já vai?- Sasuke perguntou e eu assenti.- Mas você nem comeu!- Ele retrucou.

- Não se preocupe.- Disse afim de acalma-lo.- Vou ficar bem. Eu compro alguma coisa depois.

- Ok, mas vê se não vai esquecer.- Ele disse me olhando sério.

- Tudo bem ''papai''.- Disse rindo, mas vi que ele continuava sério.- Ok, eu não vou esquecer.

- É bom que não se esqueça.- Ele disse, e assenti.

- Estou indo.- Disse da porta.

- Vá com cuidado.- Ouvi ele dizer e segui porta à fora.

No caminho cumprimentava as pessoas enquanto andava. Passava tranquilamente pelas ruas, e dei uma olhada no relógio.

6:58 Oh my God!!

Apertei o passo, na verdade comecei a correr igual uma louca. Que tipo de pessoa chega atrasada no 1° dia de trabalho?
Resposta: Eu

Avistei a gigantesca empresa Ainsoft, e caminhei rumo à ela. Depois de chegar até as portas, passei por elas, e me identifiquei para o segurança, que prontamente, permitiu a minha entrada.

Fui caminhando até a sala do meu ''chefe'', a qual eu me lembrava muito bem onde era. Assim que cheguei à porta, dei três batidas.

- Entre.- Ouvi de dentro da sala, e adentrei.- Você sabe que horas são?- Ele perguntou. Iiii já vai começar.- São 7:03. Você ouviu?- Ele perguntou novamente.- 7:03. Que tipo de pessoa chega atrasada no seu 1° dia de trabalho?- Nossa, mas que ironia.

- Sinto muito senhor Ahn, isso não vai voltar a se repetir;- Disse me curvando e forma de pedido de desculpas.

- O que eu devo fazer com você Sakura?- Ele perguntou e eu abaixei a cabeça.- Agora chega de enrolação e vamos trabalhar. Você será minha guarda-costas e minha secretária.

- O que houve com o senhor Gong?- Perguntei. Afinal... Ele era o secretário do Min Hyuk.

- Nada.- Ele disse com uma cara de sonso, o que me deixou com cara de tacho olhando para ele.- Inclusive ele está aqui trabalhando normalmente.- Ele disse apontando para fora da sua sala, onde pude ver o senhor Gong.

- Então porque eu vou trabalhar de secretária para você?- Perguntei confusa o encarando.

- Por que eu quero.- Ele simplesmente disse, levantando-se de sua cadeira e vindo para perto de mim.

- Como é que é?- Perguntei olhando para ele.- Só estou trabalhando como secretária porque a ''vossa majestade'' deseja?- Perguntei completamente indignada.

- Isso mesmo.- Ele confirmou.- Agora, vamos a sua 1° tarefa.- Ele disse se dirigindo a porta.

- O que vamos fazer?- Perguntei e vi ele se virar e me encarar.

- Nós vamos as... Compras.- Ele disse e saiu da sala, e logo depois o segui.- Você irá me acompanhar como guarda-costas enquanto faço as compras.- Ele disse enquanto caminhava para fora da empresa.

- Tudo bem.- Respondi e o segui.

Caminhamos mais um pouco, e chegamos ao estacionamento, e esperei ele entrar para o seguir.

- Entre primeiro.- Ele disse mas eu não entendi.- Entre primeiro e ligue o motor.

- Mas porque?- Eu perguntei o olhando.

- Pode ter uma bomba ai, então quero que entre, e teste você.

- Ahhh, então quer dizer que se eu morrer tudo bem?- Perguntei indignada.

- Você é minha guarda-costas.- Ele disse.- É sua função colocar a minha segurança a cima da sua.- Ele disse me encarando.- Agora sem enrolações e vá fazer o que eu mandei.

Fui a contra gosto, e entrei no carro. Depois de o ligar, e verificar que não à bomba nenhuma, sai e deixei ele entrar. Estava preste a entrar pela porta de trás quando ele me chamou.

- Ei, o que está fazendo?- Ele perguntou olhando para mim.- Sente-se na frente.- Ele disse e o obedeci.

 

 

//~//

 

 

Estávamos rodando o centro de Konoha fazia horas, e claro, eu estava cheia de sacolas, enquanto Min Hyuk não carregava nem uma sacolinha pequena.

- Oh sinto muito. -Ele disse olhando para mim.- Comprei várias coisas para mim, mas não comprei nada para você- Ele disse.

- Está tudo bem senhor Ahn, eu não preciso de nada.- Eu disse.

- Mas é claro que precisa. Venha. Comprarei algo para você.- Ele disse e o segui.

 

//~//

 

 

Olhava Min Hyuk com uma cara de incredulidade. Um sorvete, sério isso?

- O sorvete está bom senhorita Haruno?- Ele perguntou me dando um sorriso.

- Está ótimo senhor Ahn.- Disse sorrindo falsamente.

Depois de fazer muitas outras compras, acompanhei Min Hyuk até sua casa.

- Obrigado por me acompanhar.- Ele disse dando um sorriso.

- Bom, eu não tinha escolha tinha?- Perguntei.- Isso faz parte do contrato. Agora preciso ir. Sasuke e Sarada devem estar me esperando.- Disse me dirigindo à porta.

- Ah, claro. Então até amanhã. E vê se não se atrasa.- Ele disse me fazendo rir

- Pode deixar.- Disse saindo.

 

 

 

Pov's desconhecido on:

- Gravou isso?- Perguntei.

- Sim. Inclusive tirei várias fotos.

- Essa matéria vai bombar em toda Konoha.- Disse passando todas as fotos de Sakura e Min Hyuk Ahn juntos.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Esse foi o capítulo de hj, espero que tenham gostado. Até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...