História Complicada e perfeitinha - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Diego Alves, Diego Ribas da Cunha, Lucas Paquetá
Personagens Lucas Paquetá
Tags Esporte, Flamengo, Futebol!, Lucas Paquetá, Sexo
Visualizações 83
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente vocês estão gostando ??
Tô sentindo que a fic não está engajando muito :(
Comentem e me digam !!
Boa leitura !!

Capítulo 13 - Namorada?


Fanfic / Fanfiction Complicada e perfeitinha - Capítulo 13 - Namorada?

Lucas Paquetá

Dias se passaram e a Mari já podia ir para casa, mas ainda sim precisaria ficar em repouso, então eu e minha mãe a convencemos a ficar na nossa casa, mesmo com muita resistência, a Mari acabou cedendo. Ela acabou perdendo o emprego, o chefe dela disse que não queria uma viciada.Ela estava arrasada, e eu não podia deixar ele nem um minuto sozinha, já que foi em um momento de desespero que ela usou aquela maldita droga.

Chegando na nossa casa, Mari se sentou no sofá e minha mãe falou:

-Mariana, você quer que eu arrume sua cama no quarto de hóspedes? -Ela falou pegando as bolsas de roupa que eu busquei na Mariana

-Pode ser tia -Ela falou sorrindo, mas incomodada por estar fora de casa 

-Não mãe, deixa ela dormir comigo -Falei suplicando 

-Lucas Tolentino, ela precisa de repouso, você não vai dar descanso para essa menina-Ela falou séria, eu e Mariana rimos.

Eu e minha mãe sabemos bem o que estávamos lidando, Mari era dependente química e tinha acabado de ser despedida,ela precisa de amor. 

Me despedi das duas e fui para o treino, daqui a 1 semana já teremos jogo no Maracanã. Me despedi de Mari com um selinho e fui.

Cristiane (mãe do Lucas)

Olhava para Mariana sentada no sofá, ela encarava a televisão desligada com uma cara tão abatida, sem ânimo nenhum, nem parece a mesma menina que estava aqui, dias atrás.

-Minha linda, você está com dor ? Que carinha é essa ? - Falei sentando do lado dela

-Não tia, eu estou bem, só um pouco triste- Ela falou olhando pro chão e continuou - Eu voltei a usar aquela merda depois de tanto tempo, e por conta disso perdi o meu emprego, e sem trabalhar não vou poder pagar meu aluguel ou arcar com as despesas da minha faculdade -Ela falou já chorando

-Quando você melhorar, vai arrumar outro emprego, quem sabe até um estágio na sua área-Falei sorrindo-E olha, você pode ficar aqui o tempo que você precisar 

Ela sorriu meio sem jeito e eu a abracei, Mariana me conquistou, conquistou a amizade do meu filho mais velho e o coração do meu caçula. Ele a ama, mesmo que ainda não perceba.

Lucas Paquetá

Estava no vestiário, trocando mensagem pra minha mãe para saber da Mariana quando o Diego Ribas senta do meu lado e fala:

-Ta aflito meu garoto?- Ele falou em tom gentil

-uma pouco maestro, minha mina tá doente lá em casa, tava mandando mensagem pra minha mãe pra saber dela -Falei enquanto calçava as chuteiras

-O que sua namorada tem?-Ele falou trocando a camisa

-Não é minha namorada, e ela teve uma parada cardíaca- Falei chateado

-Tão nova? -Ele assustado

-Ela teve uma overdose-Falei olhando para baixo

Mesmo sendo um assunto delicado, eu sabia que podia contar para o Diego, ele é como um pai pra mim.

-Que barra!! -Ele sem saber o que dizer -Manda melhoras para ela por mim, qualquer dia vou conhecer sua não namorada -Ele falou rindo debochado

No treino, eu não consegui me concentrar, estava com um rendimento péssimo, o professor logo notou:

-Aconteceu alguma coisa Lucas?- Ele falou preocupado 

-A mulher dele tá doente,professor-Diego respondeu antes de mim

-Vai pra casa ficar com a sua namorada, claramente não está rendendo nada hoje-Mauricio em tom severo

Saí de cabeça baixa do treino e fui para o vestiário, tomei um banho e corri para casa, só queria ficar com a minha morena. 

Quando eu cheguei, a procurei na sala e nada, no meu quarto nada, entrei no quarto de hóspedes e ela estava lá, encolhida, e chorando. Deitei do lado dela,a abracei e disse:

-Você não precisa mais ficar sozinha

-Eu sou uma viciada Lucas, você não pode ficar comigo, você precisa de uma menina novinha que nem você, saudável, que come salada e é saudável mentalmente -Ela falou chorando

-Ei, eu quero você Mariana, mesmo comendo mal, e fumando maconha e bebendo muito mais que eu, eu quero você-Falei segurando sua mão

-E se eu não sair dessa e cheirar de novo? -Ela ainda chorando 

-Eu vou estar aqui de novo- Falei a abraçando forte

Então ela chorou, muito, até dormir.


Notas Finais


Gente, preciso saber se vocês querem que eu continue ou não?
Eai?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...