História Complicada e perfeitinha - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Diego Alves, Diego Ribas da Cunha, Lucas Paquetá
Personagens Lucas Paquetá
Tags Esporte, Flamengo, Futebol!, Lucas Paquetá, Sexo
Visualizações 76
Palavras 576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteeeei!!!
Espero que gostem do capítulo !!
Boa leitura !!!

Capítulo 14 - Fica comigo? Pra sempre ?


Fanfic / Fanfiction Complicada e perfeitinha - Capítulo 14 - Fica comigo? Pra sempre ?

Mariana

Acordei e me vi abraçada pelo Lucas, virei de frente para ele, fiquei o analisando enquanto dormia, era tão sereno, tão calmo, tão lindo. Então ele acordou e abriu um sorriso sonolento, como ele ficava irresistível rindo assim. Eu fui beijando ele devagar, coloquei a mão no seu pescoço e fui descendo sobre o seu peito, mas ele segura minha mão e fala:

-Nada disso Dona Mariana,você precisa repousar-Ele falou se levantando 

-Ah Lucas, volta aqui -Falei choramingando

-Quando você melhorar a gente transa até você não aguentar mais, mas agora você descansa-Ele disse pegando a toalha e entrando no banheiro 

Peguei meu celular e vi algumas mensagens e uma ligação perdida do Vizeu, retornei a ligação e fiquei conversando com ele, sobre vários assuntos, conversar com o Felipe é uma das poucas coisas me deixam sã, uma pena que ele tenha ido para Itália jogar na Udinese, sentirei saudades certamente.

Então eu levantei e fui até a cozinha passar o meu café de todo dia, mas a tia Cristiane já tirou o coador da minha mão e mandou eu sentar, eles me trataram igual bebê, tem horas que é irritante, outras e bom, pois me sinto amada.

Lucas foi para o treino e eu fiquei ajudando a Tia Cris a cozinhar, sentada, apenas picando os legumes, pois se eu levantar ela me me mata.

A noite o Lucas chegou em casa e a janta estava pronta, ele sentou pra comer com a gente e contou como foi o seu dia, e ele perguntou a mãe se ate domingo eu poderia sair, e ela disse que sim, então ele falou:

-Vamos no jogo comigo? -Ele suplicou 

-Claro !! -Exclamei animada, não há nada nesse mundo que eu amo mais do que ir ao Maracanã

-Você fica junto com as esposas dos outros jogadores-Ele falou e nem sentiu o peso da palavra esposa 

-E esse namoro aí? Sai ou não sai?-Tia Cristiane nos olhou e eu encarei Lucas com expectativa que respondeu:

-Tudo no tempo de Deus, mãe -Ele falou e eu concordei.

Admito ter me decepcionado com a resposta, mas tudo bem, ele está certo, para que apressar o que tá indo tão bem? 

Na hora de deitar, pus uma calcinha linda de renda, preta,e uma blusa dele para dormir,"ELE PRECISA ME COMER HOJE" !! pensei, deitei na cama e esperei ele entrar no quarto, ele entrou de toalha, secando o cabelo e então me encarou e disse:

-Que isso morena, assim eu não me seguro-Falou safado

-Então não se segura-Falei provocativa

Puxei a toalha da cintura dele e ele se deitou por cima de mim, começou a beijar o meu pescoço e a apertar minha cintura, eu já estava excitada e ele também, eu tirei a camisa larga dele deixando meus seios a mostra, ele apertava e lambia meu corpo inteiro, eu já estava molhada e louca para ter o Lucas dentro de mim, até que ele para e diz:

-Não Mariana, não podemos-Ele falou levantando atrapalhado

-Vai negar isso? -Falei de joelhos na cama, me referindo a mim mesma (auto estima é tudo)

-Hoje eu vou, é pro seu bem-Ele falou enquanto vestia uma samba canção

Então ele se deitou do meu lado e nos cobriu, virei de costas para ele, emburrada , e ele me abraçou, me puxou para perto dele e disse no meu ouvido: 

-Mas quando você melhorar, eu juro que te quebro ao meio

Senti meu corpo todo se arrepiar quando ele falou isso e ele percebeu, tanto que riu baixinho.

Ele ficou ali agarrado comigo até dormir



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...