História Complicada e perfeitinha - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Diego Alves, Diego Ribas da Cunha, Lucas Paquetá
Personagens Lucas Paquetá
Tags Esporte, Flamengo, Futebol!, Lucas Paquetá
Visualizações 96
Palavras 609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, talvez eu fique meio sumida, mas pronto me esforçar ao máximo para publicar um capítulo por dia.
Como já dito antes, Mariana é totalmente inspirada na minha história e a minha faculdade de Geografia (olha que coincidência) volta amanhã !!

Capítulo 15 - Domingo, eu vou ao Maracanã


Fanfic / Fanfiction Complicada e perfeitinha - Capítulo 15 - Domingo, eu vou ao Maracanã

Mariana

Hoje era Domingo, dia de ir ao Maracanã, estava feliz, pela primeira vez em tempos, PLENAMENTE FELIZ,como me alegrava estar ali, cantando, pulando, torcendo e mandando energias positivas para o meu amor. Lucas fez um gol e apontou para onde eu estava, fez um coração. Flamengo vencendo e convencendo, gol do meu amor dedicado a mim, não tem como o meu dia ficar melhor, pensei.

Então, quando o apita o árbitro, fim do jogo, Lucas veio em minha direção na arquibancada, eu estava bem na frente, ele pulou a mureta e me deu um beijo e disse: "me encontra no vestiário" saiu pulando e sorrindo em direção ao túnel.

Como eu tinha uma credencial, pedi timidamente para que Bruna, esposa de Diego, me levasse no vestiário. Ela, muito gentil, me levou até lá e no caminho conversamos, e ela me falou sobre muitas coisas em relação ao Diego e a família. Certamente Bruna tem um perfil totalmente diferente do meu, mas é justamente o que o Diego precisa, fiquei admirada com a sua plenitude e seu amor pelos filhos, um estava no colo e o outro de mãos dadas.

-Aqui querida, você espera os meninos saírem do vestiário-Ela falou sorrindo e parou do meu lado, para esperar o marido.

Quando o Lucas apareceu, ele se apressou em minha direção e me pegou pela cintura e me rodou.

-Ah o amor é lindo-Diego disse rindo do meu lado

Olhei para ele e e fiquei paralisada , meu Deus, era o Diego Ribas, na minha frente. 

-Travou? -Ele falou em tom brincalhão, eu sorri e ele continuou -Escutei muito de você Mariana, está melhor ?

-Estou sim, obrigada !!-Falei envergonhada

-Graças a Deus, você é mais forte do que imagina -Ele falou dando um tapinha no meu ombro e abraçando a esposa.

Os dois caminharam em direção ao estacionamento, e o Lucas, me deu aos mãos e fez o mesmo.Voltamos para casa e fomos deitar. 

Tomei um banho, coloquei a lingerie mais linda que eu tinha e fui em direção a cama,(DE HOJE NÃO PASSA) acendi a luz de modo baixo (amo casa de rico que dá para regular a intensidade da luz) e me deitei do lado dele, quando eu reparo me deparo com ele dormindo, ou melhor apagado, obviamente ele estava cansado por causa do jogo. O cobri e deixei ele dormir, e eu ? Bom eu fui dormir na vontade de novo !!

Lucas Paquetá

Acordei, e fui fazer um café para mim e para Mariana, preparei uma bandeija e levei para o quarto, a acordei com beijinhos e vi ela se sentar com o rostinho inchado e carinha de sono, ela sorriu e eu fiquei encarando o quanto ela ficava linda naquela lingerie. Nós comemos Croissant de chocolate e um cafézinho coado na hora, do jeito que a minha menina gosta. 

A manhã estava muito romântica, ainda era cedinho, quando ela lembra de forma repentina.

-PUTA QUE PARIU MINHAS AULAS VOLTAM HOJE E EU TO MUITO ATRASADA !!-Ela levantou berrando 

-Se arruma que eu te levo- Falei sorrindo e catando a chave do carro.

Deixei ela na UERJ, que para quem não sabe, tem uma unidade EXATAMENTE na rua do Maracanã, quase em frente, e é lá onde ela estuda. Ela saiu correndo do carro, com a mochila embolada e roupa amassada. Tão linda, pensei.

No caminho para casa, pensei, Mariana está subindo pelas paredes de tesão, então, por que não preparar uma tarde romântica e especial para gente fazer o que sabemos de melhor? 

Então eu parei em uma loja e comprei, várias coisas para deixar o ambiente mais romântico, aproveitei e parei em um sex shop para apimentar ainda mais nossa relação.

Hoje eu ia matar a saudade daquele corpo




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...