História Complicado amor 2 temporada - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Comedia, Original, Policia, Romance, Yaoi
Visualizações 6
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi povo lindo eu tô meio depre porque o site que uso pra ler mangá tá offline, então leiam ou sei lá

Capítulo 13 - Capítulo 10: O resgate


Yuki: on

  Depois que nos nós separamos da Ella formos de encontro do Zeno para intercepta um caminhão que trazia algumas garotas sequestradas, enquanto o Nagato bloquiaria as rotas de fuga no gualpão: Como as cpisas estão indo ai? - pergunto pelo comunicador.

- A Ella ainda não mandou o sinal - responde Nagato - e por ai?

- Nem um sinal do caminhão - digo ficando atento a qualquer movimento.

- Ok, qualquer alteração havisse - disse Nagato desligando.

- Tem certeza que é aqui? - pergunto para o homem ao meu lado.

- Tenho, daqui a pouco ele passa - responde Zeno num tom calmo, enquanto mexia no celular.

- Você está levando isso a serio? - pergunto irritado tirando o celular de sua mão vendo que ele estava jogando um joguinho.

- Claro que estou, já que o eu sou o único que vai ser morto se isso fracassar - disse ele - agora de volta o celular que o caminhão já chegou.

  Com isso sinalizo para o resto da equipe cimeçar a aproximação me fazendo jogar o celular daquele idiota em sua direção, indicando para ele parar o caminhão, guardando o aparelho no bolso Zeno vai até o começo da estrada sinalizando para o motorista que diminui a velocidade: - Zeno tá fazendo o que longe da sua dona? - pergunta o motorista num tom risonho - conseguiu soltar a coleira, foi?

- Muito engraçado, mas não - responde ele - a Ella me mandou verificar como está sendo o transporte da mercadoria, já que o lider da máfia mandou ela fazer uma avaliação do seu chefe, ou seja, eu tô responsável pela sua.

- Eu tranporto a mercadoria dobmesmo jeito dês que comecei não preciso ser avaliado por um Zé ninguém como você - disse o motorista irritado.

- Ah, então as mais de 15 mercadorias que são perdidas no seu transporte é uma coisa que o lider tem que ignorar? - pergunta Zeno num tom áspero deixando o outro pálido - você tem razão o lider vai adorar saber disso no relatorio.

- Espere eu vou abrir - disse ele a contra gosto saindo da cabine do caminhão enquanto caminhava para trás segurando as chaves nas mãos.

  Aproveitando o momento que o motorista abre a porta os polícias se aproximam ao meu sinal rendendo o motorista junto ao Zeno para que não levantassem suspeitas sobre ele e devo admitir que adorei fazer aquilo, mas não tive muito tempo para aproveitar mais que aquilo: - Não se assustem somos da polícia - digo para as garotas encolhidas no caminhão - e viemos tira-las daqui.

  Sabendo que o tempo estava contra nós, rapidamente tirámos as garotas do caminhão as mandando para o hospital, com isso pegamos o caminhão para executamos a segunda parte do plano, entrar no gualpão: - O que está fazendo? - pergunto vendo Zeno encostado na lateral do caminhão enquanto mexia no seu celular.

- Coferindo uma coisa - responde ele sem desciar o olhar da tela.

- Conferindo o que exatamente? - questiono desconfiado.

- Isso - responde ele mostrando o celular que continha a seguinte mensagem.

[Mensagem: on]

[Patamança] - Já podem vim seus bundas moles. 😎😎🏃🏃🚛🚛

- É a Ella? - pergunto com a sobrancelha arqueada.

- E você tem dúvida? - pergunta Zeno - bem vamos antes que ela decida ver se realmente tenho uma bunda mole.

Yuki: off

Ella: on

  Já haviam passado uns 20 minutos dês que eu mandara o sinal, então sabia que a equipe do Nagato naquela hor estariam cercando o gualpão somente esperando o caminhão chegar com a equipe do Yuki, mas enquanto isso não acontecia eu realmente estava revisando o livro caixa, dentro de uma sala sendo vigiada por um dos capangas do Yuri, e pelo pouco que vi até então deu para perceber que boa parte dos lucros estavam mal investidos e o mais importante, descobrir o principal lugar de vendas das garotas:

- Acho que preciso dar um oi para o meu amigo no mercado negro - digo me esticando na cadeira - mas antes preciso resolvee o problema atual.

- A onde você vai? - pergunta o capanga quando me levanto.

- Dá uma olhadinha na nova mercadoria - respondo indo até a porta - agora se não for muito incomodo saia.

  Com isso ele sai da minha frente permitindo que eu passasse, mas antes que chegasse no caminhão, escuto um barulho me fazendo abrir um sorriso: - Hora do show.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...