História Complicated - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Iris, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya
Tags Amizade, Amor Doce, Intrigas, Musical, Rivalidade, Romance, Romance Adolescente, Youtube
Visualizações 87
Palavras 1.613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Capítulo 17- Notícias


Fanfic / Fanfiction Complicated - Capítulo 18 - Capítulo 17- Notícias

#Pov Keyla

Estava beijando Castiel intensamente, eu estava em seu colo fazendo movimento provocativos, eu ia tira sua roupa quando... O meu despertador tocar me afastando do meu sonho picante isso só me lembrava uma coisa, enfim a segunda feira chegou mais um dia de aula, minha sorte que faltava um mês para as férias.
Eu me levanto e vou direto para o banheiro para tomar um banho.

Estava descendo as escadas quando Peter ficar na minha frente.

- Que foi Peter eu preciso tomar café ainda. - Eu disse.

- Bom dia pra você também. - Ele disse. - Nosso pai ligou.

- Sério o que ele disse? -Pergunto curiosa.

- Depois dessa patada logo de manhã eu não falo. - Disse Peter cruzando os braços.

- O meu bebê tá tristinho. - Eu disse apertando suas bochechas e fazendo voz bem fina.

- Tá para com isso. - É ele não gostava nem um pouco quando fazia isso. - A empresa planejou no caso nosso tio Sebastian um tipo de turnê pelas  3 filiais mas a principal de Londres, para ver melhorias para elas e essas coisas.

- Tá vai direto ao ponto. - Eu fui direta.

- Ele nos chamou para ir com ele, vai ser 2 semanas antes das férias tanto que já liguei para sua diretora para deixar você fazer as provas um pouco antes, ela disse para eu ir amanhã para dar os detalhes. - Finalizou Peter.

Eu apenas pulei em cima dele de felicidade mau podia esperar para essa viagem.

- Sabe a última parada vai ser em New York podemos ir no show do Justin Bieber que tá programado pra ter lá. - Ele disse.

- Seria muito bom. - Eu disse logo depois segui para cozinha onde meu vô tomava seu café eu me sento do seu lado e começo a comer.

Assim que eu sair de casa dou de cara com Castiel encostado na  sua moto do outro lado da rua. Eu estanho mas mesmo assim vou até ele.

- Quer uma carona?

- Até que não seria uma má ideia.  - Eu falo pensativa, logo em seguida ele me entrega o capacete reserva dele e subo na moto, passo os meus braços em volta de sua cintura podia sentir seu perfume invadir minhas narinas um cheiro bom e viciante.

Ele liga a moto e seguimos para a escola, assim que chegamos lá Castiel estaciona a moto e eu desço e tiro o capacete e entrego para ele. Olho para os lados era impressão minha ou estava todos olhando para gente é não era para tanto saímos da festa de sexta juntos e depois do final de semana chegamos juntos é meu palpite era que todos achavam que tínhamos algo.

Andamos lado a lado até chegar a entrada onde ser encontra Lys, Alexy e Rosalya eu comprimento os três.

Faltando mais ou menos 15 minutos para o sinal bater Rosalya e Alexy me puxaram para um canto.

- Então o que aconteceu depois da briga com a Ambre? - Perguntou Rosalya.

- Bem...Castiel me levou para fora da festa eu estava com o vestido molhado por conta da cerveja que ela jogou em mim, Castiel sugeriu para eu durmi na casa dele.

- Continue. - Disse Alexy com uma certa animação na voz.

- Depois disso liguei para Peter avisando que não passaria a noite em casa e seguimos para a casa do Castiel ao chegar lá ele me emprestou uma roupa sua e tomei um banho para tirar aquele cheiro de cerveja, logo depois disso assistimos algumas séries e bem...Acabou rolando um clima e nos beijamos e outra coisa a mais. - Eu disse já corada.

- Então vocês dois passaram a noite juntos?

- Sim, mas não fala nada para ninguém. - Eu disse. - E também tem mais uma coisa.

- O que? - Perguntou Alexy.

- Hoje de manhã o Peter disse que nosso pai ligo e ele planejou uma viagem em família.

- Vai falando. - Disse Alexy.

- Bem meio que vai ser duas semanas antes das férias e vou ficar as férias todas fora. - Eu disse.

- Sério mesmo, só porque tava planejando umas coisinhas. - Disse Rosalya.

- É teremos que deixar para próxima. - Eu respondi um pouco desanimada, nessa hora tocou o sinal, entramos para dentro da escola.

Hoje a primeira aula séria química no laboratório eu estava subindo para o andar de cima acompanhada dos outros.
Eu coloco o jaleco que o professor pedia pra usamos que ficava pendurado em uma espécie de armário, e me sento na bancada, logo Castiel e Lys sentam do meu lado um de cada lado. O professor dar as instruções da aula de hoje e o composto químico que iríamos fazer, anoto tudo em meu caderno e logo depois o professor distribui os material que utilizaremos na aula de hoje em cada bancada.

Em quanto Lys ser concentrava na mistura, Cast me faz uma pergunta no pé do ouvido.

- Quando aqui vai rolar novamente? - Ele ser referia as coisas que fizemos no último final de semana.

- Eu tenho a tarde livre hoje. - Eu disse.

- Bom eu também, e a Clarisse vai ficar para os clubes e depois vai na casa de uma amiga. - Ele disse.

- Tá então vão direto para sua casa depois da escola. - Eu falei.

- O que vocês dois tanto falam? - Perguntou Lys.

- Sobre aquela música e estamos tentando ensaiar. - Respondeu Castiel.

- Vocês podem deixar isso para depois eu preciso de vocês dois  agora. - Disse Lys.

Assim que terminamos essa aula eu acabei sendo a última a sair do laboratório, na hora que ia atravessar a porta dou de cara com Nathaniel.

- Keyla, e queria me desculpar sobre o que aconteceu com você e minha irmã. sexta a noite. - Ele disse.

- Não estar tudo bem, só que você devia controlar os impulsos dela. - Eu respondi.

- Eu quero ter compensar que tal um almoço depois da escola?

- Hoje não vai dar eu tenho um compromisso com Castiel depois da escola hoje. - Respondi e vir sua expressão rapidamente mudar.

- Castiel já disse que ele não é boa influência para você. - Ele disse.

- Nathaniel você não é meu pai para dizer quem eu devo andar ou me relacionar, e acho que já conversamos sobre isso e agora eu tenho que ir. - Eu disse pisando o pé me afastando cada vez mais de Nathaniel.

Quem ele pensar o que é para falar essas coisas para mim😑 devia dizer para a irmã dele que é uma completa maluca obsessiva. Sou interrompida dos meus pensamentos quando alguém me puxar em seguida me prensa na parede. E começa a beija o meu pescoço.

- Castiel quer para de me assustar assim. - Eu disse.

- Foi o único jeito que encontre de ter sua atenção. - Ele disse em meu ouvido seu hálito quente próximo do ouvido me fez arrepiar.

- Por que não espera até o final da escola aí vai ter toda a minha atenção. - Eu disse em um tom sedutor esse jogo era para dois.

- Tá bom mais antes.

Ele rosar sua boca na minha dando início a um beijo quente e cheio de desejo, foi rápido mas foi p bastante para os dois ansiar por mais.

- Melhor voltamos pra sala sei que os outros vão dar a nossa falta. - Eu disse.

***

Na saída eu me despedir de todos e fui para onde Castiel me esperava de baixo da sombra de uma árvore, ele me entregar o capacete reserva e subo na moto, ele a liga e fomos para sua casa. Assim que entramos Castiel só espera eu tirar a bolsa e me prensar na parede me beijando eu me solto dele e o puxo em direção a escada, subimos correndo para o seu quarto.

Logo que entramos eu o derrubo na cama e vou para cima dele. Castiel sem demora tira a minha blusa e faço o mesmo com a dele.

- Nossa que isso. - Ele disse com um sorriso de lado.

- Ue você é pior que eu. - Falo e logo depois ele me roda na cama de modo que ele fica-se por cima.

- Isso nois dois concordamos. - Ele disse e voltamos a nos beijar.

#Pov Nathaniel

Eu me sentir obrigado a me desculpar com a Keyla pelo o ocorrido de sexta, uma chance de falar com ela desde que chegou na escola Keyla me chama a atenção. Logo depois eu soube que também era uma youtuber assistir seus vídeos.

Keyla era carismática, engraçada, linda e canta muito bem. Mas quando percebi a aproximação dela e Castiel eu não deixei de ficar incomodado, principalmente quando eu vir os dois saindo juntos da festa de sexta. Esperei ela sair do laboratório para aborda-la.

- Keyla, e queria me desculpar sobre o que aconteceu com você e minha irmã. sexta a noite. - Fui logo falando

- Não estar tudo bem, só que você devia controlar os impulsos dela. - Keyla respondeu.

- Eu quero ter compensar que tal um almoço depois da escola? - Eu perguntei

- Hoje não vai dar eu tenho um compromisso com Castiel depois da escola hoje. - Ela responde, não desfaço fiquei muito incomodado quando Keyla disse que já tinha planos com Castiel.

- Castiel já disse que ele não é boa influência para você. - Eu falei.

- Nathaniel você não é meu pai para dizer quem eu devo andar ou me relacionar, e acho que já conversamos sobre isso e agora eu tenho que ir. - Ela disse pisando o pé e ser afastando de mim.

Ao eu voltar para o o grêmio no caminho vi Keyla e Castiel sair das sombras, e agora na saída vejo os dois saindo de moto.

Eu estou determinado a provar para ela que sou o melhor, do que aquele cara, que os jogos comecem.





Notas Finais


Eita Nathaniel que mesmo a Keyla, mas acho que em breve essa desputa pode vim ser tornar um pouco mais acirrada, com um nosso personagem que estar por vim em algum dos próximos capítulos. Afinal essa aventura é realmente bem complicada. 😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...