1. Spirit Fanfics >
  2. Concertando o passado - Obisaku >
  3. Capítulo VIII

História Concertando o passado - Obisaku - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem pela demora, mas aí está o novo capítulo.🙆

Espero que gostem.❤️

Capítulo 8 - Capítulo VIII


Fanfic / Fanfiction Concertando o passado - Obisaku - Capítulo 8 - Capítulo VIII

Sakura e Obito se separaram rapidamente ao escutarem gritos femininos não muito longe dali. Sem pensar muito a garota correu em direção ao local, mas não antes de falar 'pro companheiro chamar seu sensei. O Uchiha concordou a contra gosto, queria ir com ela, mas sabia que tinha que avisar ao Namikaze. 

Enquanto corria a rosada tirou uma kunai de sua bolsinha e se escondeu atrás de uma árvore, fitou o lugar em que uma menina - que aparentemente tinha a idade de seu corpo - era amarrada em um tronco. Ela tinha cabelos azuis e olhos vermelhos, algo que chamou a atenção de Sakura.

Voltou suas esmeraldas para os homens - que no total eram 7 - e encarou suas bandanas. Todos eram da Vila Oculta da Pedra. Se questionou do porque raptarem aquela garota, talvez ela fosse filha de alguém importante? Ou talvez a queriam para ameaçar sua família? Ou... Não! Se negava a pensar naquilo, era horrível só de imaginar. Olhou para a roupa da menina procurando por algum símbolo que indicasse sua Vila ou Clã, mas não encontrou nada.

Fez alguns sinais de mão e uma neblina surgiu aos poucos, voltou sua atenção novamente para os homens só que não um já não estava mais entre eles. Sentindo uma aproximação atrás de si jogou a kunai que segurava na direção, fez mais alguns sinais de mãos e trocou de local com um arbusto. Ao ouvir um estrondo olhou para o lugar, seu sensei já estava batalhando com os homens. Até pensou em ir, só que se lembrou da garota. Rastejando pela grama foi até a menina que estava assustada com tudo aquilo, a mesma a olhou com os olhos arregaladas, mas não disse nada, sua boca estava tampada com um pano.

Sakura olhou novamente para seu sensei e o viu com Kakashi, procurou por Obito e Rin, mas logo desistiu. A garota ali era a prioridade, seus companheiros eram ninjas, sabiam como se cuidar. A Haruno tirou outra kunai - agora do coldre - e cortou a corda das mãos e pés da menina. A azulada a abraçou enquanto choramingava, isso deixou Sakura em transe, fazia tempo que não recebia contato com alguém assim, a não ser Obito.

Separou a garota de si depois de alguns minutos e a levou para trás de uma árvore longe da batalha, entregou sua kunai a ela e voltou. Não sabia quem era ela, mas não deixaria levá-la sem que a mesma quisesse. Ao voltar para a luta viu Obito e Rin protegendo o senhor que escoltavam, o mesmo tremia. Correu até os três e pediu para que a morena fosse até a azulada, a mesma concordou levando o idoso consigo. Sakura olhou para Obito e sorriu, se não fosse por ele a garota ainda estaria nas mãos dos homens. 

— SAKURA! — a citada olhou para o dono da voz, era Kakashi. — ATRÁS DE VOCÊS.

Assustada olhou para trás, um dos homens corria em sua direção com uma espada. Empurrou Obito para longe e recebeu o ataque em seu abdômen, aquilo não era nada em comparação a de Akasuna no Sasori. O do ruivo tinha veneno, e ela nem tinha o Byakugou no In para se regenerar. Forçou a espada para fora de seu corpo enquanto encarava o homem que ria de sua frustração, não estava tendo sucesso nenhum.

Suas forças estavam se esvaindo, ela não podia usar o poder que herdou da mestra, se usasse as coisas começariam a desandar. Seus olhos estavam pesando, mas não iria perder, se recusava. Concentrou um pouco do chakra em seu pé esquerdo e chutou o homem, esse que voou longe. É, ela ainda não estava tão acaba. Forçou a espada para fora enquanto suor escorria de sua testa, já na ponta da espada a tirou com tudo e soltou um grito curto.

Caiu de joelhos no chão e fitou sua barriga, arregalou os olhos. 

— Filho da put** — gritou chamando a atenção dos companheiros que a olharam espantados com a palavra, mas logo ficaram assustados ao verem um líquido roxo escorrendo do seu ferimento. — eu nem percebi que tinha veneno, é por isso que está doendo tanto.

Preocupado Kakashi terminou de matar o último homem e correu até a rosada que respirava fraco, Obito fez o mesmo, assim como Minato. O Namikaze deitou a aluna na grama e começou a estancar o sangramento.

— S-sakura... — Obito chamou tocando sua bochecha. — porque você não me deixou receber o ataque? 

A Haruno riu baixinho.

Porque eu prometi que ia te proteger. — pensou enquanto se mantia em silêncio. — isso não é nada, eu irei achar a cura rapidinho.

— SAKURA! — a mesma olhou para a companheira que corria em sua direção acompanhada pelo idoso e a menina que salvou. — fique quieta, eu irei te curar.

— Não, Rin. — afastou as mãos da Nohara. — tem veneno, eu tenho que achar a cura primeiro.

— Anō... — a azulada murmurou se agachando. — eu tenho o antídoto.

Todos olharam para a garota fazendo-a se encolher.

— Então dê a ela. Afinal, é por causa dela que você está solta. — Kakashi disse, e Sakura o olhou feio.

— Kakashi! — Minato brigou. — ela não tem culpa do que aconteceu, pare com isso.

A azulada tirou um frasco de vidro de dentro de sua bolsinha e entregou para Rin, a morena o abriu e colocou na boca de Sakura. Mas não deu certo, naquela posição o líquido cairia todo.

— Nē... — chamou. — eu vou ter que te beijar?

Sakura arregalou os olhos, assim como os outros seis.

— Ou você pode ficar sentar. — riu. — acha mesmo que eu ia te beijar? 

— Eu não sei, talvez. — riu enquanto tentava se sentar, mas logo sangue começou a escorrer. — parece que você tem que me beijar, Rin-chan.

A morena corou, e os dois meninos olhou feio para a rosada. Claro que Sakura estava brincando, era cômico ver a cara da Nohara.

— NÃO! — Kakashi e Obito gritaram juntos. — de jeito nenhum.

— Me de logo isso. — Minato pegou o frasco e colocou na boca de Obito que se engasgou, depois empurrou sua cabeça até a de Sakura que tomou o líquido.

Obito estava de olhos arregalados enquanto fitava as esmeraldas da rosada, se dando conta do que estava fazendo se separou da mesma que lambeu seus lábios, ato que deixou o moreno vermelho dos pés a cabeça. 

— M-minato-sensei. — e correu para longe deixando todos rindo, menos um certo alguém que já se afastava.

Rin concentrou chakra nas mãos e começou a curar e limpar o ferimento da rosada que estava quase de olhos fechados. A garota ao lado observava Kakashi ir embora, ele tinha chamado sua atenção. Não só sua beleza, mas também seus olhos que demonstraram tristeza ao ver seus dois companheiros em contato um com o outro.

Após algum tempo depois todos voltaram para o local em que estavam e encontraram Obito deitado na beira do rio, e Kakashi sentado no tronco observando a fogueira que estava quase em seu fim.

— Voltamos. — Rin anunciou sorridente. Kakashi olhou para o corpo desacordado da rosada nos braços do sensei e logo desviou os olhos. — A Sakura-chan está bem, logo ela acordará.

— Vocês podem voltar para suas tendas, eu irei fazer o turno de agora. — todos assentiram. — e Rin-chan... A Mina ficará com você, tudo bem?

— Sim, claro. — sorriu. — vêm, Mina-san.

Rin pegou na mão da azulada e entrou em sua tenda, logo o senhor fez o mesmo. Obito olhou para a rosada e sua atenção foi para os lábios entreaberto da mesma, corou. Não conseguia esquecer aquilo, talvez nunca mais esquecesse.

Minato pediu para que o Hatake abrisse a tenda da Haruno, algo que o mesmo fez. O loiro colocou Sakura deitada e saiu, fechou o zíper e olhou para Kakashi. Ele parecia triste, talvez conversasse com ele depois.

Encarou Obito que mantinha uma mão na boca e sorriu, parece que ele foi bem precipitado. Olhou para o albino e o viu entrar na tenda, é... Ele realmente estava triste. Foi até o Uchiha e se sentou ao seu lado, ele parecia estar perdido em pensamentos.

— O que foi, Obito? Não gostou do beijo? — o citado olhou para o sensei que tinha um sorriso malicioso nos lábios. — a Sakura-chan vai ficar triste se saber disso.

— Não foi ruim. — disse rapidamente, algo que fez Minato rir. — espera... Minato-sensei, você...

— Eu sei que você está gostando dela, Obito. — se sentou ao lado do aluno. — mas lembre-se, não é só você.

Obito encarou o loiro, do que ele estava falando?


Notas Finais


O que é isso, Rin? Quer beijar a garota do Obito, que coisa feia Kkk.😹

Mina é uma personagem fictícia, eu vou precisar dela no futuro.🙆

Quem percebeu que vai ter mais do que um trisal aí? Kkk.💅

Espero que tenham gostado.❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...