História Confiança - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Yandere Simulator
Personagens Ayano Aishi, Budo Masuta, Osana Najimi, Taro Yamada
Tags Butaro
Visualizações 41
Palavras 170
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Shonen-Ai, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi Gente! Eu acho que deveria estar atualizando Only one Love mas acabou que ainda tô formulando o próximo capítulo, podem me xingar se quiserem. Bem, a ideia pra isso aqui surgiu quando eu estava vendo um anime boladão de terror e lembrei que tinha um GIF que tinha desenhado fazia uns meses, e era meio estranho (sim, eu desenho)

E PHA, INSPIRAÇÃO BOLADONA

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Fanfic / Fanfiction Confiança - Capítulo 1 - Capítulo Único.

Taro Yamada sabia que não podia confiar em ninguém.

Depois das inúmeras experiências horríveis com pessoas, quando tentava socializar, ele desistiu. Desistiu finalmente de encontrar uma pessoa com quem poderia confiar, com quem poderia contar nos no ntos tristes e felizes de sua vida pacata de estudante.

Até que ele apareceu.

Budo Masuta, líder do clube de artes marciais. 

O baixinho mais feliz que já havia visto desde a infância, com quem pouco falava na mesma. Sempre fora tão alegre e prestativo, não poderia ter nada de errado com aquele garoto.


Porém lembre Taro, não se pode confiar em ninguém.


Mas... Por que não em um garoto tão dócil e gentil como Budo Masuta? Seu amigo de infância?

Poderia dar uma chance ao moreno, e foi isso que fez.


Só que estava totalmente errado sobre isso.




Lembre- se Taro, as pessoas podem não ser o que aparentam ser.
Elas podem ser cruéis e te partir em pedacinhos.
Elas podem te magoar, te machucar, te apunhalar pelas costas.

Depois dessa experiência, Taro nunca mais precisará ao menos falar com alguém de novo.

Notas Finais


OLHA QUE MERDA QUE A PESSOA ESCREVE, TUDO BOM AZUSA?

Bem, vou sair correndo antes que eu própria me mate aqui. Flw, vlw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...