História Confident - Capítulo 38


Escrita por: e camsbieber1994

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Colegial, Confident, Criminal, Fanfic, Justin Bieber
Visualizações 574
Palavras 1.958
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellooo, voltei
Gente eu e a cams andamos ocupadas e digamos que confident ta demorando um pouco pra ser publicada, mais quando dar sempre estaremos publicando pra vocês
Espero que gostem
Boa leitura!!!!

Capítulo 38 - Returning To Normal


[...] continuação...

Nova York, Manhattan

New House Bieber

Havia se passado uma semana, estávamos em NY e eu não saia do quarto desde o enterro do meu pai 

O máximo que eu consegui comer foi uma torta de morango, eu não sei exatamente o porque de eu estar assim mas não foi literalmente pela morte do meu pai talvez 20% seja pela morte dele mas os outros 80% era uma bola de neve que simplesmente veio à tona e me deixou frágil 

Meu pai deixou todo o império do Tráfico pro Justin e pela primeira vez eu senti medo por isso, mas mesmo estando assim eu não deixaria transparecer então achei melhor me trancar aqui e tentar reorganizar minhas mente antes de encarar tudo isso 

A morte do meu pai fez minhas piores lembranças se despertarem e começarem a vir à tona, eu nem sempre fui forte, pelo contrario eu era uma garota extremamente frágil, aos meus 14 anos eu tive minha primeira crise de personalidade e comecei a me cortar, eu via uma maneira de descontar tudo ali

 Durante um período meu irmão sofreu um acidente de carro e morreu  e eu me vi no fundo do poço , e agora tanto tempo depois da morte do meu pai fez todas essas lembranças e os sentimentos voltarem e como eu fazia antes com todos, os afastava, exatamente o que eu estava fazendo com Justin

"Eu estava fraca e não conseguia vê-lo a cada mais que ele se aproximava mais eu o afastava mais"

- ASHLEY MARIE PARKER ! ABRE ESSA PORTA AGORA - Justin grita com raiva do outro lado da porta

 - Ja deu né ! Você vai sair daí agora , você precisa viver, encarar as coisas - Ele grita de novo 

Fazia uma semana que eu não o via pois ele só vinha me ver quando eu dormia , foi um espaço que pedi a ele e a todos e  eles respeitaram, me levanto vagarosamente e abro a porta vendo a figura seria de braços cruzados na minha frente e volto a me sentar na cama sem olhar em seus olhos

- Gonzales acabou de me contar que quando veio deixar sua comida você recusou de novo, por que tá fazendo isso com você em ? Você está se machucando Ashley ? - Ele pergunta serio e eu nego , ele me puxa e me segura firme

- Olha nos meus olhos - Ele diz e eu faço isso sentindo um desconforto como se o seu olhar estive-se me julgando

- Você vai ir pro nosso quarto hoje - Ele diz pois eu estava dormindo no quarto de hóspedes, ele me abraçou e me levou no colo até o nosso quarto e cuidadosamente me colocou no chão me envolvendo em um abraço

- Quando você me olha, é como se pudesse ver todos os meus erros e estivesse os julgando - Digo fraco pela primeira vez e a sua expressão muda completamente

- Eu nem ninguém tem o poder de julgar os seus erros - ele diz olhando diretamente nos meus olhos 

- Mas eu posso te ajudar a não cometer mais um - ele diz e eu o abraço mais forte ainda sentindo pela primeira vez nessa semana um pouco de segurança

- Tira essa blusa - ele diz me ajudando a tirar delicadamente minha blusa pois eu estava me sentindo fraca demais pra isso e quando meus braços estão livre eu me arrepio com o frio

- Você está com febre , precisa de um banho - Ele diz me ajudando a tirar toda a minha roupa 

Justin me obrigou a tomar um banho gelado pra passar a febre e me ajudou a vestir um pijama confortável , ele saiu do quarto dizendo que ia buscar comida e voltou com um prato de sopa

- Que nojo eu não vou comer isso - Digo fazendo careta

- Vai comer sim e não vai deixar sobrar nada - ele diz

- Justin isso parece lavagem , olha a cor disso, parece enxurrada com vômito - digo virando a cara

- Para de ser fresca porque você está a vários dias sem comer algo que te sustente e so beliscou um pouco de torta e umas barrinha de cereal então se não quiser vomitar tudo que comer, come essa porra logo porque é leve - ele diz vindo com a colher de sopa e eu engulo fazendo careta

- Isso tá horrível - digo

- Que pena porque você vai comer - ele diz e me obriga a comer a sopa ate o final é quando ele acaba deixa o prato em cima da mesinha de centro do quarto

- Você vai dormir que eu já volto , se eu voltar e você estiver acordada o bicho vai pegar e amanhã se prepara dona Ashley que a senhora vai voltar ao normal - ele diz serio e até rude e logo sai do quarto, e eu estava cansada demais pra desobedecer então acabei caindo no sono antes dele voltar

[...]

Acordo com um líquido sendo jogado sobre mim , era água , abro os olhos e vejo Justin me olhando

- Isso ja é maldade - Digo mudando de lado da cama e tampando minha cabeça com o edredom e ele puxa o mesmo

- Pode ir acordando e saindo dai , não vai ficar sofrendo não - ele fala tirando o resto do edredom do meu corpo

- Vai toma no cú  - Mando o dedo do meio pra ele que sorri

- Ja está voltando ao normal - ele diz

- Vai se fuder - digo e me levanto

- Assim que eu gosto , a Ashley normal ,  não a Ashley burra que se machuca - ele diz e me agarra por traz e eu até rio

- Ótima maneira de me incentivar - digo e ele ri

- A gente faz o que pode - ele diz com humor

- Você é muito chato - Digo e me viro pra ele o beijando

- Sabe que é o novo imperador dessa porra ? - ele pergunta

- Hum... Justin Drew Bieber ? - falo e ele me beija

- Acertou , derrubaram seu pai mas nem imaginam que ele tem um " sucessor" mas isso vai mudar

- Me conta isso direito - Digo ja curiosa

- derrubaram seu pai achando que com a morte dele o controle do tráfico seria dessa pessoa mas não contam que haja um sucessor pois seu pai deixou tudo pra mim , algumas pessoas já sabem quem tem um sucessor mas não sabem quem é , estão a todo custo tentando tomar o império do Parker mas eu serei uma pedra no sapato deles - Justin fala e eu sorrio

- Imperador Bieber - Digo rindo

- Eu assumo Nova York agora é já está na hora do novo imperador dar as caras, vamos na boate mais famosa do seu pai que agora é minha - Ele diz

 - A noite é claro - Ele completa e sorrio o beijando

- Quer dizer que tenho que me arrumar ? - Pergunto desanimada

- A qual é Ashley ? A Kah e a Liv estão no quarto ao lado, porque não vão ao shopping e essas coisas de mulher ? - ele diz

- Justin eu estou enjoada - Digo colocando a mão no estômago e ele revira os olhos

- É serio eu vou vomi... - Não consigo terminar de falar pois corro pro banheiro colocando tudo pra fora no vaso e sinto Justin segurar meus cabelos ,quando eu ia dizer alguma coisa sinto mais uma anciã e solto mais um pouco

- O que tá acontecendo ? - Justin pergunta preocupado

- Estou enjoada desde que comi aquela enxurrada em forma de sopa -  Digo

- Ashley você está grávida ? - Ele pergunto serio e eu rio

- Credo Justin , claro que não , vai demorar pra termos um mini Bieber e se tivermos não gosto de criança e eu estou em dia com os meus remédios e isso foi só uma reação do meu corpo a aquela sopa pois não comia a muito tempo - Digo

- Adoraria que fosse um mini Bieber - Ele diz

- Credo Justin , vira essa boca pra lá - digo empurrando seu ombro

- Ai acho que não vou poder ir nessa festa - Digo dramatizando ao máximo e ele ri

- que drama , você vai comer alguma coisa leve agora e depois fazer um teste de gravidez - ele diz e eu reviro os olhos

- Para de paranoia garoto - Digo me deitando na cama

- não vai doer nada , é só pra ter certeza e logo depois você vai pro shopping ficar muito gostosa pra mim - ele dia

- Ai meu deus - Digo revirando os olhos

- Ashley Parker , eu estou a uma semana sem foder você , sabe o que é isso pra mim ? Ver essa bunda e esses peitos nao ta ajudando - ele diz indignado e eu rio

- Você só pensa em sexo - digo

- Você não reclama quando tá gemendo meu nome - Ele diz malicioso

- Justin eu vou pro shopping ta bom ? E ficar muito gostosa pra você agora pode ir

- Da pra ter uma rapidinha antes ? - Ele faz beicinho e eu seguro o riso

- Justin vai - Ele bufa saindo do quarto e vou tomar um banho e me arrumar , visto um vestido listrado coladinho no corpo e uma jaqueta jeans e logo depois calçando meus vans pretos , Justin entra no quarto com uma caixinha na mão e joga a mesma na cama

- É serio que você compro ? -pergunto franzindo o cenho

- Segurança é tudo - ele diz fechando a porta 

- Tomara que dê positivo - ele grita do corredor e eu rio , abro a caixinha e começo a ler as instruções pois nunca tinha visto um negócios desse na vida

- Se der 1 risco negativo ... 2 riscos positivo ... 5 minutos.. beleza - Leio tudo e vou até o banheiro fazer o teste , coloco em cima da pia e vou arrumar minha bolsa , pego meu iPhone cartões e documentos e pego o teste indo até a sala vendo que um risco estava se formando

⁃ não faz isso comigo meu deus - digo em voz baixa indo até a sala onde estava Pattie minha mãe as meninas e Justin

- E ai ? - Justin pergunta assim que me ve

- Ta formando um risco - Digo encarando o teste e Pattie arregala os olhos

- Você tá gravida ? - Ela pergunta surpresa e todos na sala arregalam os olhos menos Justin

- Não gente , o Justin que cismou com isso só porque estou enjoada

- O que tem que aparecer para dar positivo ? - Ele pergunta simples

- 2 riscos - Respondo na mesma naturalidade

- Como vocês podem estar tão tranquilos - Kah pergunta

- Eu sei que não estou , é só paranoia do Justin - Digo

- Eu adoraria se estivesse - Justin diz

- Justin , minha filha é muito nova então bote calma - Minha mãe diz e eu rio , o risco se forma é nada de um segundo risco e eu suspiro jogando o teste do lixo

- Nada de mini Bieber galera - Digo e todos suspiram fazendo eu e Justin rirmos , ele me abraça e sela nossos lábios , tomamos café e parecia que tudo estava voltando normal eu e as meninas saímos pra ir ao shopping 

[...]continua...


Notas Finais


Aaaa ta ai o capítulo espero que tenham gostado!!
Foi bem sem emoção o capítulo,mais o próximo promete..
Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...