1. Spirit Fanfics >
  2. Confident (TaeKook) >
  3. Theft to the museum

História Confident (TaeKook) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa os erros!

Capítulo 5 - Theft to the museum


No dia seguinte 


Era de madrugada quando Taehyung estava arrumando sua bolsa de pronto ataque. De dia ele era um super empresário dono de empresa e de noite, era um mafioso que metia o terror nas ruas de Nova York.

Taehyungvai super se arriscar, e hoje pretende fazer um roubo, roubo não neah, pegar emprestado e nunca mais devolver. Esse pequeno serviço é arriscado e ele vai em ordem de Namjoon, que quer isso em sua mãos pra pagar alguém.

Enquanto ajeitava o seu mini microfone na roupa ele pegava a bolsa de brinquedos que matam e descia até seu estacionamento. Taehyung trocou a placa da moto e colocou uma máscara e um capuz. Ele não pensava nenhum pouco que poderia morrer ou levar um tiro de qualquer que esteja lá, que seja policial ou ladrão.   

Taehyung seguiu seu caminho confiante até o museu. Ele foi por trás do local e o subiu usando uma árvore que estava bem perto das paredes. O teto era transparente podia se ver de baixo quem estava em cima. 

Kim muito esperto, abriu sua bolsa e pegou um computador. Ele não é bom em hacker mas namjoon ensinou ele.

Enquanto o mesmo hackeava os sitemas de segurança, um vigilante estava lá em baixo vigiando em volta do mais precioso diamante peça cara. 

- Yeah! - Os sistemas foram bloqueados por Kim, cortando assim toda a passagem de câmeras e alarmes. Taehyung abriu o teto solar, amarrou uma corda na árvore e outra no apoio que puxava o teto solar para o lado, ele jogou a corda lá em baixo e desceu com sua bolsa. 

- Ei você não pode entrar aqui.

- Eu sei. - Taehyung disse enquanto se abaixava do lado do diamante. 

- Se não sair vou precisar acionar a polícia. - O moreno de máscara ignorou o pronunciamento e finalmente abriu a caixa de vidro. - Você não me deu outra escolha. 

- Merda cala a boca. - Taehyung levantou, pegou um pano com droga sonolenta  e tampou a boca e o nariz do indivíduo fazendo ele desmaiar na hora. - Ok ok. - Taehyung ligou seu microfone e levou o cara para dentro do banheiro. - Namjoon, Taehyung aqui. - Disse pelo mini microfone na sua roupa. 

- Pegou?

- Calma. - Ele tirou o diamante e colocou uma pedra com o mesmo peso, ele fechou o vidro cuidadosamente e guardou o diamante na sua bolsa. Taehyung subiu pela corda, guardou a mesma e fechou o teto solar. - Pronto namjoon. 

- Ok. - Taehyung ligou o sistema novamente e desceu indo até sua moto. 

Ele só não imaginária que teria mais um guarda lá fora. 

- Ei!

- Eita porra. - O cara mirou a arma para Taehyung e o mesmo subiu na moto bem rápido fugindo do local. Taehyung contente e descido escondeu sua moto em um local velho e abandonado dali, tirou sua máscara a colocando de volta na sua mochila. 

Ele começou a andar normalmente na rua como se nada tivesse acontecido.  

- Consegui. - Ele diz comemorando sozinho. 

Kim foi direto para a mansão de Namjoon, chegando lá, encontrou Hoseok, Jin, e o próprio Nam. 

- Chehuei namjoon. - Ele tirou sua mochila e entregou o diamante para Namjoon. - Foi muito legal mano, eu-

- Interressante. - Disse sem  mínima vontade de saber e deu de ombros o mais novo o ignorando totalmente.

- Não vai me agradecer Namjoon? - Deu semblante que estava sorrindo literalmente mudou-se para um sorriso psicótico.

- Não tenho obrigação. 

- Essa porcaria é mais importante? Quer que eu pegue mais algumas para você? 

- Ah Taehyung você enche o saco.

- Calma Namjoon.

- Tudo bem Hoseok, quem se importa? Só fique sabendo de uma coisa, eu tô fora dessa merda. - Taehyung pegou a máscara e jogou no sofá. 

- Você vai sair Tae?

- Não vou sair, eu já saí. - Kim decepcionado saiu da casa com muita raiva, ele agradeceria muito aos homens de preto se tivessem acabo com sua vida antigamente. - Eu sou tão otário. - Enquanto ele andava pelas ruas movimentadas de Nova York, Kim atravessava a rua e quase foi atropelado por um carro conhecido. 

- O porra viu. - Ele diz ainda bravo. 

- Taehyung? ENTRA AQUI! -  Era o Jimin e o Yoongi no carro. Taehyung não pensou duas vezes antes de entrar no carro. - O que você tava fazendo essa hora na rua anjo? - Jimin perguntou enquanto Taehyung entrava.

- Fui comprar salgadinho.

- E comprou?

- Não, esqueci.

- Tendi. - Yoongi começou a dirigir. Eles tinham bebido um pouco, Taehyung viu as garrafas no banco de trás, Jimin estava bêbado com certeza e Yoongi também porém com consciência. 

Eles chegaram na casa de jimin, e os três saíram, a casa estava com a porta aberta oque foi estranho para Taehyung, tem mais alguém na casa? Ele pensou. 

- Jungoo, encontrei seu namorado na rua. - Jungkook? 

- Que namorad.. Taehyung?

- Ah oi. - O garoto se encontrava de toalha na cintura e a outra no pescoço , ele vive de toalha.

- Já volto tchau. - Jeon com vergonha subiu as escadas e foi trocar de roupa. 

- Jimin eu vou para o quarto bebi demais. 

- Tá bom Guinho já subo também. - O branquinho de cabelos loiros subiu as escadas e foi para seu quarto, jimin chegou perto de taehyung e riu. - Olha, dorme aqui hoje pode ser?

- Pode.

- Escuta, jungkook tá muito, muito, muito, muito.. gay! Eu e o guinho vai dormir e não vai acordar tão cedo.

- Se quiser vocês podem tran..

- Voltei. 

- Boa noite seu bonitos. - Ele subiu as escadas e foi para o quarto que o Yoongi estava.

Jungkook olhava o vestimento e Taehyung e ficou sem entender.

- Tava roubando?

- Não, eu ia ir comprar salgadinho sem querer ser reconhecido.

- Ata.- Jeon de calça folgada e blusa larga seguiu até a sala. - Vem cá.

- Tá bom. - Taehyung foi pra sala e sentou do lado do garoto. - Então você mora com os meninos?

- Não, eu tenho minha casa mas não gosto de ficar sozinho. 

- Tendi. - Jungkook não gostava de ficar sozinho com Taehyung, ele só pensa merda quando tá perto do mesmo. Ele olhou para Taehyung e recuou novamente olhando pra cima enquanto mordia sua boca e apertava sua mão.  Taehyung intrigado com oque acontecia com o garoto, chegou mais perto. - Você está bem? - Disse baixo perto do mesmo que teve um surto de arrepiou e o motivo é o simples, a voz do moreno soou tão leve e sexy, para jungkook era pertubador.

- Tô. - Taehyung viu os roxos no pescoço de Jeon e sorriu. 

- Você não vai fazer nada pra tirar esses roxos do pescoço? - Ele diz passando a mão no pescoço de Jungkook devagar. O garoto já não estava se segurando, estava obviamente com tesão. A mão de Taehyung passando devagar no pescoço de Jungkook era simplesmente mágico. - Hum?

- Eu.. eu não sei.- Jungkook pegou a mão do moreno e a tirou do local que estava. - Não toca no meu pescoço. 

- Ué porque?

- Porque eu não gosto. 

- E porque deixou eu chupar ele? - Jeon passou sua língua em cima da boca e olhou novamente pra Taehyung.

- Porque é bom. 

- E minha mão não? - Questionou a resposta do outro. 

- Eu não vou responder isso.

- Que foi Jeon?  Tá bravo? 

- Não. 

- Então tá. - Taehyung tirou sua mochila e a colocou no chão. Os dois ficaram calados até Jungkook virar totalmente para Taehyung e encarar ele. - Que foi? Que cara é essa?

- Nada não só quero olhar pra você. - Taehyung voltou a assistir um vídeo clipe que pasava na tv enquanto jungkook admirava cada detalhe de seu rosto, do pescoço ao cabelo ele olhava a beleza e a pele queimadinha de sol. - Te odeio muito. 

- Eu também Jungkook.

- Porque você tá aqui ainda, não quero olhar pra você.

- Não quer olhar pra mim ou não quer confessar que adoraria me beijar agora? - Jeon ficou calado e olhou pra baixo. - Eu sei que você gosta de Jeon, você só não quer ficar excitadinho na minha frente. 

- Não sabe de nada calado.

- Vem calar. - Jungkook é teimosos e inventou de ir calar o garoto, ele só não imaginária que seria puxado e acabar sentando no colo dele. Jungkook ficou calado pois ainda estava sentado apenas na perna.. - Pelo visto quem ficou calado foi você. - Ele se exibe. 

- Ah vai se fuder.

- Teimoso. - Jeon levantou e sentou no seu lugar. - Você tá se fazendo de difícil mas fica todo safadinho quando o propósito é vir pra beijar. 

- Você quer calar a boca?

- Porque tô deixando nervosinho?

- Taehyung você para.

- Porque kookie? Não gosta de ser provocado? - Taehyung se aproximou e trouxe jungkook pra mais perto. 

- Taehyung eu..

- Xiuu... - O moreno passou seu dedo na boca do garoto insinuando que quer silêncio. Ele se aproximou e encostou seus lábios, Taehyung ia formar um beijo, mas Jungkook já estava excitado e não queria ficar mais que isso, então recuou.

- Não.. não Tae.

- Não quer?

- Você tá certo, eu não quero ficar excitado na sua frente.

- Tudo bem amor.

- Amor?

- Gostou?

- Uhun. - Disse com um pouco de vergonha.

Os dois ficaram assistindo na tv e acabaram dormindo juntinhos, estavam juntinhos um no outro, Jungkook estava abraçando Taehyung por trás e o mesmo a frente abraçava um travesseiro.


Notas Finais


Até a próxima atualização 💕🍃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...