1. Spirit Fanfics >
  2. Confissões >
  3. Faça como quiser...

História Confissões - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Faça como quiser...


 Momentos depois não escutar mais a tal mulher chamar, Madara volta para a igreja e surpreende o Padre com um beijo, deixando-o irritado, porém ruborizado. 

Padre Tobirama: O que você acha que está fazendo? Minutos atrás quase fomos pegos, isso será ruim para nós dois, você sabe disso muito bem. Agora saia. 

Uchiha Madara:Ah, para com isso, eu sei que você adora esse meu toque, adora meus beijos... 

Enquanto isso a mulher, de nome Nayume Uchiha acaba por ver os dois juntos e fica aterrorizada, um padre com outro homem na igreja? Isso não pode. 

A mulher que sempre foi apaixonada por Madara uchiha desde que era criança, decide que iria contar tudo ao bispo da Igreja, mas acaba por ter um outro plano. 

Chantagear seu amado para que ele fique com ela e assim não contar nada sobre seu relacionamento com o padre, caso contrário todos na cidade saberiam

Dentro da Igreja, padre Tobirama e Madara uchiha conversam sobre tudo que aconteceu e oque está acontecendo com os dois

Padre Tobirama: Uchiha, eu já não posso mais negar que meu corpo o deseja porém eu sou um padre, escolhi essa vida após meu irmão ir embora, fui tão bem acolhido neste local, aqui encontrei a paz que eu precisava. 

Madara Uchiha: uma paz falsa se você precisa esconder seus sentimentos, se impede você de viver um amor... No início que eu vinha para essa igreja, era só para olhar você de longe e desejar seus afagos por um momento, não imaginava que se tornaria realidade

Bom meu bom padre, eu partirei agora, se quiser me encontrar fora dessa igreja, te passarei meu telefone... 

Padre Tobirama: creio que não irei querer... 

Madara então sai da Igreja pela porta dos fundos, no entando a mulher está lá a espera dele

Nayumi: Ei Madara, preciso falar com você

Madara*pensamento* oque essa pirralha quer? 

Madara:siga Nayumi, o que você quer? Por que está aqui? 

Nayume: Eu.. Eu.. 

Madara: fala logo mulher, estou com pressa! 

Nayume:EU VI VOCÊ E O PADRE JUNTOS

Madara: como assim viu? Você está louca. 

Nayume:Nao, não estou, eu vi muito bem vocês aos beijos. Bom você sabe que eu sempre amei você, então só vou dizer uma coisa

Madara: Hm, eu sei sim sobre esse seu amor por mim, mas eu não a amo. Nunca amei, nunca quis você... 

Nayume:Se você não casar comigo, contarei ao bispo e a todos da cidade sobre seu relacionamento decreto com o padre Tobirama e ele será expulso desta  Igreja

Madara fala irritado e ao mesmo tempo sarcástico:

Madara: escuta aqui sua pirralha dos infernos, eu jamais me casaria com alguém como você, alguém que usa de chantagem para ter o que quer, vai lá conte tudo a todos. 

Eu amo esse homem e ele ser expulso da Igreja será o melhor para mim, assim poderei te-lo em meus braços sem me esconder, agora saia da minha frente. 

Madara então sai, deixando a mulher sozinha chorando e ao mesmo tempo bufando de raiva. 

Nayume: isso não vai ficar assim, todos ficaram sabendo. 

Madara: ok, faça o que quiser. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...