1. Spirit Fanfics >
  2. Confissões de uma garota adolescente >
  3. Primeiro encontro??

História Confissões de uma garota adolescente - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!!
Hoje vai ser mais curtinho!!

Capítulo 5 - Primeiro encontro??


Fanfic / Fanfiction Confissões de uma garota adolescente - Capítulo 5 - Primeiro encontro??

Toc toc 

Acordei com algumas batidas na porta e ainda bamba fui em direção à porta onde dei de cara com um menino de cabelo negros com uma calça xadrez folgada sem camisa. Olhei da cabeça aos pés fazendo o mesmo ficar com vergonha.

-Meu irmão pediu para te chamar, ele tá na cozinha -- disse ele antes de sair e me ignorar totalmente.

Eu vou em direção às escadas, indo à procura da cozinha e então vejo um garoto de cabelo azulado:

- ALEXY, te achei.

- Você me achou -- diz ele, sorrindo - acordou animada, oque houve.

Eu realmente havia acordado bem animada, mas eu não sei o porque exatamente, acho que por causa o encontro que não é um encontro, pera.

- Vou ter meu primeiro.. ENCONTRO - penso alto - acho que pensei alto demais.

- Pera, você "Primeiro Encontro".

- Sim, mas não, não sei - digo um pouco embolado - o jade me chamou pra sair hoje após a escola.

- Que bom você já está avançando - exclamou alexy - bom vamos se não vamos nós atrasar, e ainda temos que contar a novidade para a rosa e a violette.

Eu o alexy e o armin fomos juntos à escola, o caminho foi tranquilo eu e o armin ficamos falando sobre jogos, que era uma das poucas coisas que meus pais me mandavam, eu acho que vou ser grande amiga do armin além de ele ser muito lindo e tem um corpinho bem definido para um gamer. PERA PERA. no que eu tô, pensando aí meu deus acho que tô andando demais com o alexy.

{...}

As aulas passaram muito rápido e eu e a rosa fomos em direção à minha casa, o alexy infelizmente não pode vir com à gente por mais que ele quisesse muito ele disse que a rosa ia fazer um bom trabalho sem ele. Chegando no meu quarto rosalya foi direto para o closet,  e começou a jogar todas as roupas na cama.

- Oque você tá fazendo - exclamei, um pouco irritada.

- Você não tá vendo procurando uma roupa, mas aparentemente você não tem nenhuma decente - disse rosa - mas vou achar algo não se preocupe.

- tá, mas rosa como você conheceu o seu namorado? 

- bom, o leigh tinha acabado de abrir sua loja e é óbvio que eu fui fazer umas compras lá, e agora namoramos.

- Como foi o seu primeiro encontro com ele?

- Bom.... ACHEIIII - disse rosalya interrompendo a si mesma - é perfeitoo.

Rosalya veio com um vestido preto florido (NOTAS FINAIS) em suas mãos. O vestido que eu tinha usado no meu aniversário de 15 anos, meus avós queriam que fosse especial e eu fiquei muito feliz mas não usei desde então porque não tive a oportunidade.

- Nossa, nem me lembrava que tinha ele - disse indo em direção a rosa e pegando o vestido - Ele é perfeito mesmo.

- Tá esperando oque, vai se arrumar.

Rosa me empurrou para dentro do banheiro  junto com o vestido. Eu tomei um banho lento, vesti o vestido, passei um perfume e sai do banheiro. A rosa pranchou meu cabelo e fazendo uma maquiagem leve, passando só um gloss e um delineador fino.

O namorado da rosa veio buscar ela então ele acabou me dando uma carona até a escola. Assim que cheguei na escola me despedi de rosa e leigh e desci do carro indo em direção ao jardim, chegando até a porta do quartinho e bati:

- olha só, você veio - exclamou jade.

- achava que eu não viria??

- não tinha certeza, mas achava que viria.

- bom, pra onde vai me levar ? - pergunto levantando as sobrancelhas e sorrindo fraco.

- Vamos.

Jade fechou a porta e me segurou minha mão fazendo nós corrermos, depois de algumas ruas chegamos a um portão grande de ferro que o mesmo abriu fazendo nós no depararmos com um lindo jardim. Fiquei tão encantada que não havia soltado à sua mão, pelo contrario estava segurando mais firme do que antes e não pretendia soltar, aquele  momento era único, ok ar era puro e gostoso de se sentir, me perdi na beleza daquele lugar e fechei os olhos não falei e senti o momento, fiquei assim por alguns minutos mas acordei do meu transe.

- Obrigada jade - agradeci.

- Por que está me agradecendo - disse ele virando-se de frente pra mim.

- Por me trazer aqui, esse lugar me a sensação de segurança - disse sorrindo para ele - Oque vamos comer? acabei de lembrar que sai sem comer.

- ali perto do lago tem umas mesas, e umas barracas - disse apontando para umas barraquinhas e umas mesinhas - vamos.

Nós fomos em direção à essas mesas e pedimoz alguns sanduíches. Terminamos de comer e ficamos conversamos sobre algumad coisas.

- Como era sua vida antes de vim pra cá? Você não fala muito sobre você.

- eu morava no interior com meus avós, meus me levaram pra lá quando eu tinha 8/9 anos e voltei agora - expliquei rápido 

- então você já morou aqui, você têm algum amigo aqui?

- na verdade tenho ou tinha, um menino chamado ken ele era meu melhor amigo até que um do sem muita explicação meus pais me levaram.

- nossa você deve sentir falta dele né - exclamou jade.

- Sim, sinto mas não vamos falar só de mim, você ajuda à escola no jardim como conseguiu.

- Não vamos falar sobre isso é besteira - disse jade meio seco.

Ele claramente não queria falar sobre isso, então não forçar ele a me  contar nada.

- claro, então vamos caminhando já está ficando tarde - disse me olhando o relógio.

Nós fomos caminhando pelo lindo jardim agora escurecido pela noite mas assim lindo, nós vemos um linda flor e diferente de qualquer uma que já havia visto, ela era lilás nas pontas e esverdeadas no meio dela, jade pegou  a rosa e colocou meus cabelos atrás da orelha colocando a rosa logo é seguida e fomos até a minha casa. 

- Chegamos, obrigada por me trazer - disse dando -lhe um abraço.

- obrigado você pela companhia, fazia tempo que não conversava com alguém assim.

Jade começou a se aproximar de mim, eu fiquei um pouco assustada, ele ia me beijar e eu não saberia como reagir  a isso. Mas não aconteceu usso, ele me deu um beijo  na bochecha antes de me dar "tchau" e lançar um sorriso para mim. Eu entrei em casa e não havia ninguém além do Dani sentado no meio da sala.

- Dani, cadê todo mundo?

- já foram, sua mãe ligou falando que podia dispersar mais cedo hoje - exclamou Dani com  a cabeça baixa.

- obrigada Dani, boa noite - me despedi mas...

- Valen, me desculpe - disse Dani me fazendo virar surpresa e indo me sentar no sofá - me desculpe pelo.. você sabe.

- beijo? Tudo bem Dani eu é que devo te pedir desculpa.

Dani começou a me olhar de um jeito estranho e foi se aproximando de mim devagar, eu realmente gostava dele mas não assim, eu me afastei fazendo ele se assutar.

- Desculpa dani - disse antes de sair correndo.

Subi as escadas correndo até o meu quarto onde me joguei na cama, e adormeci antes de pensar em qualquer coisa e nem me trocar.





Notas Finais


https://pin.it/1i2jp9B
Roupa que a valen usou no encontro.
( Cap ruinzinho e curto porque estou atolada de coisas, mas tá aí)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...