1. Spirit Fanfics >
  2. Conflitos >
  3. Conflitos; Capítulo Único

História Conflitos - Capítulo 1



Notas do Autor


oioi, minha primeira fanfic nesse projeto maravilhoso🥺👉👈
eu tentei o meu máximo na hora da revisão ( inclusive obg beta maravilhosa)
ah e pra quem não sabe o a pessoa que ta no edo tensei não tem controle de suas ações:)

Capítulo 1 - Conflitos; Capítulo Único


Em meio à quarta Grande Guerra Ninja, Obito Uchiha observava seu "mentor", Uchiha Madara, aniquilar as forças do inimigo.

Bufou de tédio e levantou-se. Teria de arrumar algo melhor para fazer, já que toda atenção ia para Madara — bem, quase toda.

Iria bufar mais uma vez se não fosse o barulho de uma explosão — aparentemente grande — vindo do campo de batalha onde alguns shinobis de Iwagakure estavam.

Estranhou e olhou para a direção, não se surpreendendo ao ver Deidara usando sua C2. Até ficou um pouco alegre ao se lembrar da época que ambos eram uma dupla e seu "senpai" não estava… Morto.

Mordeu seu lábio inferior, pensativo. Parte sua adorava irritar o loiro e ficar perto dele, mas a outra parte se irritava quando ele o explodia ou citava Sasori.

Ainda em meio de seus pensamentos, ouviu outra explosão, só que desta vez mais alta. Lembrou-se do jeito egocêntrico que o loiro tinha — pelo o menos em sua visão —, mas também se lembrou dos bons momentos que teve com o mais novo, por exemplo quando foram capturar Sanbi e até mesmo quando foram comer dangos — escondidos de itachi, óbvio, pois era possível o outro uchiha matá-los se soubesse disso.

Abriu um sorriso sapeca e se direcionou até onde a explosão havia sido feita, surpreendendo os shinobis ali que tremeram de medo — claro, estavam em frente ao causador de tudo aquilo.

Deidara olhou para o Uchiha com uma feição extremamente irritada. Apenas não o explodia por não ter controle de seu corpo, caso contrário, o moreno já estaria voando pelos céus há tempos.

— Oi, Deidara-senpai! — Obito forçou a voz de Tobi, apenas para irritar o menor, coisa que funcionou.

— MORRE, PRAGA! — Deidara berrou e sentiu seu corpo voltar a preparar argilas. Bufou, irritado — O que você quer, hein? Uchiha maldito.

— Nossa, senpai — Obito choramingou — Não posso ver meu parceiro, não? — sorriu travesso.

— Hm. — Deidara deu um resmungo — Não depois se mentir para todo mundo. — disse seco e com uma voz embriagada.

Obito abriu a boca em uma tentativa de falar algo, mas foi pego de surpresa pela fala do antigo parceiro, parando para pensar.

Sempre mentiu e enganou aqueles ao seu redor, então Deidara estava certo em ficar irritado. Era sua culpa que milhões haviam morrido.

Bem, a princípio, o plano era reviver Rin em um mundo perfeito no Tsukuyomi Infinito, mas ao passar do tempo, conheceu Deidara. O loiro coloriu seu mundo com suas explosões e sorrisos, até o dia que se matou para acabar com Sasuke. Neste dia havia decidido continuar com o plano original, tamanha a saudade sentida.

Agora Obito se encontrava em um conflito interno: continuar com o plano de reviver Rin e colocar todos em um sonho infinito, ou esperar o fim daquela guerra com o objetivo de perder propositalmente para ficar com o nukenin de Iwagakure em sua próxima vida?

Bem, independente de sua escolha, seria melhor se apressar, pois Madara não gostaria nem um pouco se escolhesse a última opção — mas isto era o de menos, claro.

Poderia viver com uma garota calma e amigável em um sonho, ou um garoto explosivo e irritado no mundo "real".

Rin havia sido sua luz quando criança, seu único motivo de viver, mas agora tinha um outro alguém.

Não sabia se o que sentia era recíproco, e talvez morreria sem saber.

— Humpf — Deidara resmungou, quebrando aquele silêncio.

Obito voltou à realidade, vendo os cadáveres dos ninjas ali. Soltou um sorriso orgulhoso e abraçou o Edo Tensei.

— O que você 'tá fazendo, Uchiha fedido?! — Deidara perguntou envergonhado — Me solta! — disse dando um soco na cara do moreno.

— Deidara, obrigado. — Obito disse calmo, dando um sorriso.

— Ahn?! — Deidara, mesmo sem entender nada, apenas aceitou o abraço do antigo companheiro e paixão.

[...]

Obito estava junto de Kakashi, Naruto, Sasuke e Sakura, lutando contra Kaguya Otsutsuki. Estava triste desde que Deidara havia sido libertado do Edo Tensei, e, após a traição de Zetsu, resolveu se aliar a Naruto e os outros, apenas queria ver seu senpai novamente.

Viu Kaguya preparar as estacas feitas de Gudoudamas. Uma era na direção de Sasuke e a outra na direção de Naruto. Pôs-se em frente ao Uzumaki que lembrava seu amado, enquanto Kakashi se pôs em frente ao outro Uchiha. Não queria que o grisalho atrapalhasse seus planos outra vez, então usou seu Kamui para redirecionar ambas as estacas para si.

Foi atingido por elas com um sorriso no rosto. Não se encontrava em conflito mais, apenas sentindo uma felicidade inexplicável de rever seu senpai.




Notas Finais


cabo:)
queria agradecer ao @N4rutoG4y por essa capa Divosa e a @vulgo_gaspar pela betagem!^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...