1. Spirit Fanfics >
  2. Conforto >
  3. Capítulo II - i can accept your heart if you accept mine

História Conforto - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


olha quem não sumiu

gente esse capítulo foi um amorzinho de escrever eu to mto soft kkkkkk
mas é isso gente, desculpa a demora em postar!

espero que gostem! boa leitura 💛

Capítulo 2 - Capítulo II - i can accept your heart if you accept mine


— Eu falei para chegarmos cedo, se tivéssemos saído as duas tínhamos conseguido pegar aquele chaveiro. — Hwanwoong não pode evitar o bico que se formou. — Será que eles vão repor mês que vem? Ou sei lá, amanhã? Semana que vem? 

Youngjo estava sentado ao lado dele, olhando algo a sua frente, porém ainda sim comentou. 

— Você sabe que ainda sim teríamos demorado para chegar né? 

Hwanwoong estava pronto para fazer seu melhor olhar de cachorro que caiu da mudança quando o maior virou para o encarar e continuou.

— Você não vai conseguir me sentir culpado, mesmo com esses olhos de dó, espero que você saiba disso.

— Que droga, até onde eu sei você não é tão sem sentimentos assim. — Ele claramente estava parecendo uma criança cruzando os braços, mas não pode evitar, ele queria muito aquele chaveiro e só porque haviam chegado alguns minutos atrasados não conseguiram nem tentar entrar na fila para pegar um pôster. 

Tudo por conta de um acidente que havia acontecido na via principal, o que levou ônibus deles atrasar alguns belos minutos. Então de certa forma Youngjo estava certo, eles iriam acabar chegando atrasados tendo saído de casa cedo ou não. 

— Você, meu querido, é o sem coração dessa amizade. — Youngjo disse sorrindo — Já venho, você quer alguma coisa? 

Hwanwoong negou com um bico. 

— Só queria aquele chaveiro. — Murmurou deixando seu corpo cair em cima da mesa. 

O café apesar de estar consideravelmente cheio, não havia perdido o ar confortável de sempre, talvez por isso aquele era o lugar favorito do dançarino, mesmo que fosse um pouco longe de onde morava. 

Hwanwoong tinha se distraído com algumas mensagens que Dongju mandara, falando sobre pintar o cabelo de alguma cor fantasia quando a voz de Youngjo se fez presente.

— Levanta, Woongie. 

Lá estava Kim Youngjo em toda sua glória levando uma das pequenas bandejas marrons do café com duas xícaras e um pedaço do bolo favorito de dançarino. 

— Você comprou comida? E meu bolo favorito? — De certo Hwanwoong estava confuso, não tinham combinado nada daquilo, o plano inicial era só pegar o chaveiro e ir embora, ainda mais estando perto das provas finais da faculdade. 

— Claro, aproveitar que estamos aqui e também compensar que você não conseguiu pegar o chaveiro que você queria. 

O menor não soube muito bem como responder, mas não negou o garfo que lhe fora oferecido pelo outro. Os dois caíram em um silêncio confortável, Hwanwoong percebeu que era bem comum entre eles, depois do dia da competição os dois se aproximaram. 

Eles estavam conversando quase todos os dias, Youngjo não ia para a mesma universidade porém ainda sim fazia questão mandar uma mensagem sempre que possível. Dongju estava convicto que aquilo significava bem mais do que uma amizade, mas, Hwanwoong insistia que o mais velho o via como um amigo querido. 

Nada de mais, de verdade. 

— Woongie, se você não tomar seu chocolate ele vai esfriar. 

Os pensamentos do dançarino foram interrompidos pela voz suave de Youngjo que o encarava com um sorriso tímido. 

Hwanwoong por sua vez fez um gesto com a mão e começou a falar sobre o dia que ele decidiu arrastar Dongju e Seoho para o mesmo café em um evento de Halloween. O clima entre os dois era algo muito além do que ele sentia com os outros amigos, porém ao mesmo tempo ele não sabia explicar muito bem o que era. 

Os dois conversaram até que o café já havia esvaziado consideravelmente, o céu do lado de fora passará de um azul com nuvens para o alaranjado indicando o início da noite. 

— Nossa já são quase seis! — O dançarino disse depois de olhar o celular. 

Na mesa ambos os aparelhos estava esquecidos assim como as louças de ambos os cafés e o bolo. 

— É assim mesmo, Woongie, quando a conversa está boa a gente nem percebe o tempo passar. — Youngjo disse sorrindo, algo bem comum quando o menor estava presente — Nossa isso soou piegas né? 

— Que bom que você conseguiu perceber sem eu falar nada.

— Você vai querer mais alguma coisa? Ou vamos voltar já? 

Hwanwoong ponderou, ele poderia pegar algum doce para Dongju afinal ele não tinha vindo com ele o que resultou em Youngjo entrando em cena, e por mais que o dançarino não quisesse admitir em voz alta ele queria encontrar com o maior. 

— Acho que vou pegar alguns daqueles donuts para o Dongie, sabe como é ele adora doces. 

— Sem problemas, enquanto você compra vou fazer uma ligação e te encontro lá fora, pode ser? 

O menor concordou e foi em direção ao balcão fazer seu pedido, não demorou para que estivesse com a pequena sacola do lugar indo encontrar Youngjo, a única coisa que estranhou foi ter saído do pequeno café e não ter encontrado o outro do lado de fora.  

Quando estava pronto para discar o número do outro, viu o moreno atravessando a rua em passos rápidos. 

— Achei que ia ter tempo — Disse em respirações rápidas. 

— Tempo do que? Eu demorei demais né? Eu não deveria ter deixado você aqui esperando- 

A fala de Hwanwoong foi interrompida por um pequeno objeto que Youngjou mostrou, pendurado no indicador como um anel estava um chaveiro de bicho preguiça, era a coisa mais fofa do mundo, porém, o dançarino não pode evitar em perguntar. 

— O que é isso? 

— Exatamente o que você está pensando que é: um chaveiro! 

Hwanwoong tinha certeza que sua face estava mostrando totalmente sua confusão com tudo aquilo. 

— Bom, não conseguimos pegar o do evento e quando vínhamos para cá eu vi uma lojinha que tinha essas coisas, eu achei que ia dar tempo de ir e voltar, mas você chegou antes. 

— Você comprou um chaveiro para mim? 

— Sim? 

— Youngjo! Você ta fazendo isso parecer um encontro, e eu nem comprei nada para você... Não é justo…

Youngjo sorriu e o puxou para um abraço ladino, o mesmo que haviam compartilhado no dia da competição. 

— Primeiro de tudo, eu comprei porque eu quis, sou mais velho que você e qual o problema eu pagar as coisas, da próxima vez você paga e ficamos quites. 

Próxima vez.

— E tem mais, se você quiser que isso seja um encontro, por mim tudo bem.

Hwanwoong podia jurar que naquele momento seu coração havia parado e voltado a bater em questão de segundos, mas ele tomou coração de dizer. 

— Então é um encontro. 

Caminharam abraçados até a estação, o caminho todo foram conversando sobre amenidades, sobre suas respectivas graduações e amigos, Hwanwoong estava se sentindo nas nuvens. A parte ruim foi quando tiveram que se separar para pegar seus respectivos ônibus, porém, Youngjo ajudou o menor a colocar o chaveiro novo em sua bolsa assim como antes de finalmente ir para sua estação envolveu o corpo do dançarino em um abraço. 

— Obrigado por hoje Woongie, eu me diverti demais. 

Hwanwoong poderia ter respondido porém decidiu ser mais impulsivo que o normal, se afastou levemente do outro para depositar um beijo nas bochechas vermelhas do maior. 

— Me avisa quando chegar em casa, sim? 

Lógico que quando voltou para o dormitório teve que contar tudo para Dongju, que foi um anjo em dividir os doces com um Hwanwoong envergonhado contando sobre seu primeiro encontro com Youngjo, com direito a quase um beijo no final do dia, talvez não ter conseguido aquele chaveiro tenha sido muito melhor. 

 


Notas Finais


me deixem saber o que estão achando!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...