História Confusão - Jikook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtanboys, Jeonjungkook, Jikook, Kookmin, Parkjimin
Visualizações 24
Palavras 280
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Poesias

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :3 sz

Capítulo 1 - Penúltima vez


Eu disse que não iria mais te escrever, que não iria dar mais espaço pra esses sentimentos corrosivos que pegam todo meu bom humor e o jogam da sacada do décimo oitavo andar.

Sim Jeongguk, eu me mudei, estou em um novo apartamento.

Eu sei que é preciso sentir, é preciso falar. Não pra te manter na memória recente, mas pra poder — talvez, com muito esforço — te fixar em memória passada.

Que saco, que caramba, quando escrevo pensando em você, me sinto criando um novo feriado em pleno domingo, é algo praticamente sem utilidade alguma.

Mas mesmo assim, irei prosseguir com as palavras...

Me desculpe, não quero a culpa, e também não vou te culpar, expectativas não devem ser criadas quando se está perdidamente apaixonado por alguém. Pois essas expectativas são com frequência irreais, e altas demais.

Lição aprendida. Leu isso universo? Leu isso Jeon?!

Estou te deixando ir por completo, de maneira regrada porém definitiva.

Sem boa noite hoje, não te esperarei voltar no dia seguinte, nem na semana ou mês. Nem mesmo ano.

Não é um tchau ou até logo. É um vá: a porta está aberta, você já pode partir.

E por favor, quando você cruzar a linha da distância máxima e eu começar a andar na direção oposta, não pense em olhar para trás, não queira, nem deseje, e muito menos tente, dar passos na minha direção novamente.

Será tempo perdido, ao pé da letra, em vão.

Ah que lindeza, eu me encontro em um estado de completa confusão.

Escrever sobre a dor, não querer mais a dor. Precisar sentir a dor, mas querer que tudo pare logo...

Que bagunça você causou em mim kookie!

Quantas vezes mais irei te escrever dizendo ser a última?

Dez, vinte, quarenta, talvez trezentas?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...