História Confuse Love - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, Shawn Mendes
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Drama, Justin, Justin Bieber, Shawn, Shawn Mendes
Visualizações 2
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente,essa é a minha primeira fanfic espero que gostem,aqui em baixo vai ter algumas coisas sobre a história.💕

•eu me inspirei no romance da série "the vampire diares"

•mesmo eu me inspirando nela,a história não vai ser tão igual,até porque é uma inspiração

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction Confuse Love - Capítulo 1 - Piloto

SETEMBRO DE 2017-12:00

Me olhei pela última  na frente do espelho,eu estava incrivelmente bonita,não querendo me gaba mas eu realmente estava.Eu estava usando minha inseparável jaqueta de couro preta,junto de um vestido preto simples por de baixo e por último uma botinha preta.meus cabelos estava soltos e ondulados e a minha maquiagem até que estava simples a única coisa que ser encontrava de forte era o batom vermelho.eu estava pronta então eu sair do meu quarto descendo para a sala aonde ser encontrava Ariane,Sophia,Mason.sentir falta de Jhonatan olhei pela sala toda mas ele não estava lá

  -cadê o Jhon? –perguntei terminado de desce a escada

  -ele falou que ia encontrar a gente lá –falou Ariane se levando do sofá

  -ah...então bora ir logo pra racha –falei indo até a porta fazendo todos ser levantarem e concordarem.

Fui até a minha lamborghini preta entrando na mesma e indo até a racha.não demorou muito eu já á via chegado,eu já conseguia escuta a musica alta,estacionei o meu carro aonde os meus amigos estavam e sai do mesmo atraindo vários olharem sobre mim,alguns de desejo,outros de inveja e os de respeito.fui andando até o pessoal que me esperavam perto de seus carros

 -o que vocês ainda tão fazendo parados aqui? –perguntei pegando a bebida das mãos de Mason 

 -a gente tava esperando a realeza chegar –falou Mason com uma cara de bravo por eu ter pegando a sua bebida 

 -ahh..que fofos –falei apertando a bochecha do moreno

-abram espaço que o mais gostoso chegou –falou Jhon se aproximando de braços abertos segurando um copo com algum tipo de bebida dentro

  -só ser for nós seus sonhos –falou Sophia fazendo todos do grupo rir

  -você não disse isso quando nós estavamos no quarto sozinhos –Jhon respondeu de volta me fazendo arregalar os olhos surpresa 

  -pera ai,vocês já ficaram? –perguntei espantada fazendo Sophia corar na hora

 -já,mas isso foi só uma vez –falou desesperada 

 -e porque você não me falou? –perguntei indignada já que a gente era melhores amigas

 -ah sei lá –falou me fazendo revira meus olhos e logo abri um sorriso sacana pra ela 

 -bom eu vou pegar uma bebida –sair de perto deles e fui entrando dentro da multidão de pessoas que estavam dançando ali,alguns abriam espaço pra eu ir passando por saberem quem eu era.cheguei até o balcão pedindo uma vodca pro barman que tinha ali,logo ele voltou com o copo e me deu,bebi tudo batendo o copo no balcão e fui dança um poucos com as meninas que estavam lá no meio

A musica que tocava era Don’t Blame Me da Taylor Swift.movi meu copo de acordo com a batida da musica ,rebolei até o chão com a bunda colada com a da Ariane depois levantei e continuei movendo meu corpo.peguei o copo que Ariane segurava nas mãos tomando todo o liquido que continha dentro dele fazendo minha cabeça gira um pouco

De vez em quando vinha algum cara me agarra mas eu dispensava todos,nenhum deles me interessava,a essa hora eu me encontrava sozinha, Ariane tinha indo pegar mais bebida e Sophia...bom ela deveria ta pegando algum cara por ai.

De repente meu celular começou a treme,peguei o mesmo e vir que era uma ligação da minha mãe,achei estranho ela me ligando a essa hora da noite, atendi já me afastando do meio da pista,eu já me encontrava fora da racha,ali aonde eu tava só a via uma estrada coberta por uma floresta

 -alô? –falei mas a ligação caiu

tirei da orelha e tentei ligar de novo,mas não deu em nada 1,2,3,4,5 vezes tentei mas nada de novo,o que deve ter acontecido pra ela me ligar e não me atender?.tentei ligar pro meu pai mas ele também não me atendia,eu já tava ficando preocupada com os dois

-Lavína? –tomei um susto com alguém falando a minha frente

Rapidamente olhei pra frente e vir um cara de topete com os olhos castanhos claros,desci mais meu olhar reparando que ele era todo tatuado.voltei pra realidade e olhei pros seus olhos de novo,ele a via me chamando de Lavina,mas meu nome não é esse 

 -ah eu não me –antes de eu terminar ele me interrompeu

 -me desculpe,eu te confundi com outra pessoa –falou confuso por eu não ser quem ele procurava

 -alías eu me chamo Justin –continuou esticando a mão para que eu a pegasse 

 -eu sou a Natacha -falei pegando na mão dele logo depois eu soltei a mesma

-bom sem quere ser rude Justin,mas é meio esquisito,você aqui no meio do nada.-falei olhando ao redor

-olha quem fala,você estar aqui fora também -falou olhando ao redor também

-que eu saiba nada de rui vai acontecer comigo -falei olhando pro celular,digitei uma mensagem pra Jhon ver o que tinha acontecido com os meus pais 

-tiver uma brigar com o meu namorado –menti,eu não iria falar sobre a minha vida para um estranho

-por que se posso perguntar –falou levantando as mãos em forma de rendição

-pela vida,o futuro.ele planejou tudo –nessa parte tinha um pouco de verdade,eu tava ficando com o Mason e ele queria dá um passo adiante,mas eu não estava certa sobre isso

-é você não quer isso? –perguntou 

-eu não sei o que eu quero –fui sincera 

-bem isso não é bem verdade –falou me fazendo ficar confusa

-você quer o que todos querem –continuou

-o que ,moço estranho e misterioso que tem todas as respostas –falei esperando que ele me disse o que eu queria,ele riu um pouco com o que eu lê chamei

-bom digamos que eu aprendi algumas coisa –falou me olhando,por míseros segundos eu vi tristeza em seu olha,mas logo sumiu 

-então Justin,fale o que eu quero –perguntei de novo

- você quer uma amor que te consome  

-que paixão e aventura –continuou se aproximando mais de mim

-até um pouco de perigo -falou parando a minha frente

-e o que você quer ? –perguntei para o mesmo esperando sua resposta 

Mas antes que ele respondesse ouvir a voz de Mason me chamando,olhei pra trás e ele estava vindo até nós.

-é o meu amigo –falei e me virei de voltar

-bom,eu quero que você consiga tudo o que deseja –falou por fim 

-mas agora eu tenho que ir,boa noite Natacha –falou se afastando e indo embora 

Não sei o porque,mas Justin  avia me intrigado,tinha algo nele que me fazia ter curiosidade sobre o mesmo,aqueles olhos misteriosos  que eu ficaria olhando por horas sem cansar,a realidade bateu na porta e eu voltei a minha atenção para Mason que ainda estava ali parado me esperando,andei em direção a ele e parei na sua frente

-o que foi ? –perguntei mas ele ficou meio receoso pra fala o que de fato avia acontecido

-fala logo! –perguntei já impaciente 

O que devo fazer sem você

É  tarde demais para pegar os pedaços

Muito cedo para deixá-los ir 

-sua mãe e seu pai sofreram um grave acidente –disse triste,por um segundo o meu coração parou,meus olhos rapidamente se encheram  de lagrimas prontas pra cai 

Você se sente danificado assim como eu

Seu rosto, ele faz meu corpo doer

Isso não me deixará em paz 

-o carro derrapou varias vezes,e –ia continua mas parou 

Não,não,não isso não pode ter acontecido,por favor,por favor não diz essas palavras,eu não sei se vou agüenta.

E isso parece um afogamento

Dificuldade para dormir

Sonhos inquietos

-eles não resistiram -em fim falou me olhando com pena,dor e tristeza

Você está na minha cabeça

Sempre,sempre

Eu prefiro me sufocar com minhas más decisões

E então carregá-las para meu túmulo

Ali após ouvi aquelas palavras o meu mundo desabou,eu já não enxergava nada por conta das lagrimas,os meus gritos escoavam por todo aquele lugar causando até eco,eu gritava de dor,mas não física,era uma dor que vinha me corroendo de dentro pra fora.

Você está na minha cabeça

Sempre,sempre,sempre

Mason tentou me abraça mais eu o empurrei logo andando para trás,eu me sentia culpada,culpado por não ter prevenido a eles.meu peito doía e meus olhos ardiam,sem força eu cai de joelhos no chão,eu não me importei com a dor quando eles ralaram no asfalto,logo vi o resto do pessoal chegando.Sophia veio até mim se ajoelhando e me abraçando me dizendo que tudo ia ficar bem,mas no fundo eu sabia que não ia.eu acabei de perde as pessoas que eu mais amava no mundo por culpa unicamente minha,por um simples erro meu.

As rachaduras não vão se concertar

E as cicatrizes não irão desaparecer

Acho que eu deveria me acostumar com isso


Notas Finais


Tomara que tenham gostado,bjs 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...