1. Spirit Fanfics >
  2. Confusões e Ciúmes >
  3. Capítulo 30

História Confusões e Ciúmes - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia lobinhas e lobinhos 💕💕

Capítulo 30 - Capítulo 30


Stiles:

Eu estava observando o Derek dormir a meia hora, eu estava pensando em tudo que passamos nos últimos meses, quando paro pra pensar é difícil acreditar que todos nós ainda estejamos vivos, todos nos já vimos a morte em algum momento, eu mais do que ninguém, mas aqui estamos, vivos e vendo a próxima geração da nossa família nascer, espero que estejamos seguros por um bom tempo, todos nós estamos cansados de lutar.

- Está pensativo gatinho – Escuto a voz rouca do Derek, olho para cima e ele estava me olhando, seus olhos verdes que sou apaixonado estavam nublados de sono, me aconchego mais nele colocando a cabeça em seu peito, Derek acaricia meu cabelo

- Apenas pensando em como estamos vivos – Respondo fechando os olhos

- Também me pergunto Sti– Derek sussurra e me dá um beijo na testa – São onze horas, acha que precisamos levantar da cama? – Meu lobão pergunta, nego com a cabeça envolvendo meus braços pela sua cintura, Derek tinha um braço envolta do meu pescoço e fazia o triskelion no meu ombro, e a outra mão acariciava meu cabelo

- Enquanto ninguém bater na porta dizendo que temos um problema, não precisamos – Falo o fazendo rir – Já escolheu o apartamento? – Pergunto me referindo sobre o apartamento que íamos alugar em Washington até eu me formar

- Achei um que é sua cara – Derek fala, abro os olhos e apoio o queixo no seu peito e o olho nos olhos – É pequeno mas confortável, pra nós dois vai ser perfeito

- Não sou pequeno – Reclamo e ele me dá um selinho, suspiro feliz

- Mas me traz conforto – Derek sussurra, sorrio e ele me beija, levo uma mão até sua nuca o puxando para mim fazendo o beijo ficar mais quente ....uma batida na porta nós faz se separar, olho para a porta e Derek suspira se levantando, ele vestia uma calça de moletom enquanto eu estava apenas com uma camisa dele que fica grande em mim que vai até metade das coxas, sento na cama com as cobertas nas pernas, Derek abre a porta e Boyd está parado com os olhos arregalados

- Temos um problema – Ele fala e eu suspiro

- Acho que não vamos vamos ficar na cama – Derek fala me olhando sério

- Que problema Boyd? – Pergunto suspirando

- O pai do Scott está aqui – Boyd fala, droga o que Raphael McCall está fazendo aqui?

Issac:

Acordo com a voz do Scott, ele parece desesperado, abro os olhos lentamente e o encontro em frente ao berço dos nossos gêmeos, seguro a risada ao ver que ele tentava dar a mamadeira para os dois que se mexiam sem parar, levanto da cama e ando até ele, dou um beijo em sua bochecha e me inclino no berço

- Bom dia meus amores – Falo acariciando o rosto do Dylan e do Tyler que param de se mexer

- Estou tentando fazer isso a minutos – Scott resmunga e suspira, me viro pra ele

- Não tem como fazer isso sozinho amor – Falo segurando seu rosto

- Você estava cansado anjinho, não queria te acordar e esperava conseguir dar mamadeiras para os dois – Scott fala frustrado – Não vou ser um bom pai

- Scott, eu te amo mas se não parar de se lamentar e dizer que não é um bom pai, eu vou te bater – Falo o balançando, Scott me olha surpreso, o solto e passo a mão no cabelo - Eu falei ontem que vamos descobrir juntos como ser os melhores pais

- Sinto muito anjinho – Scott fala me dando um selinho - Agora que tal você me ensinar como acalmar esses pequenos? – Pergunta me fazendo rir, voltamos a olhar para dentro do berço, e encontramos nossos pequenos nos olhando

- Era pro lobos dele se manifestar tão cedo?- Pergunto pegando Tyler, os olhos dele brilhavam em amarelos

- Não – Scott fala pegando Dylan, os olhos dele brilhavam em vermelho, logo voltam a ser as cores de seus olhos e eles agarram as mamadeiras, olho para Scott surpreso

- Acho que temos que ligar pro Deaton – Falo olhando os bebês agora de olhos fechados mamando, porque os lobos deles se manifestaram tão cedo?

Uma hora depois:

Com exceção do Stiles e do Derek, todos estavam na sala conversando e rindo, Peter e Noah discutiam sobre Noah ficar comendo doce de manhã e nada de salgado, no final Peter conseguiu e fez Noah tomar um café da manhã saudável, Cora, Érica, Allison e Lydia conversavam sobre algo que nunca vi Cora conversar, moda, estou desconfiado que essa garota está afim de alguém, quando Derek descobrir vou ter dó do coitado ou coitada, Jackson e Boyd estavam jogando cartas, eu só não prestei atenção no nome, Ethan e Aiden tinham saído a pé e não falaram onde iam pra ninguém, Liam e Theo estavam deitados perto da porta conversando, aqueles dois viviam no próprio mundo deles quando estão juntos, e Scott e eu estávamos sentados vendo nossos bebês se encararem seriamente, de vez enquanto seus olhos brilhavam, todos estávamos curiosos para saber o porquê dos lobos deles terem se manifestado tão cedo, Deaton tinha falado que eles iam crescer rápido mas eu não esperava que de um dia pro outro, os lobos conseguissem tomar o controle dos olhos, Deus isso é tão complicado, deveria existir um livro para pais de primeira viagem de lobisomens. Ergo a cabeça quando escutamos uma batida na porta, o silencio se faz presente na sala, Peter e Noah se levantam e vão para o hall, a porta é aberta e escuto Noah perguntar “ O que você quer aqui?”, olho para Scott e levantamos indo até o hall, os outros nos seguem, Scott para quando vê quem é, era um homem alto e vestia um terno, ele olha para Scott sério, vejo o crachá do FBI no pescoço

- Oi Scott – O homem fala, coloco a mão no ombro do Scott

- Amor, quem é ele? – Pergunto tirando o Scott do transe

- Meu pai – Olho para frente e engulo em seco, eu não queria conhecer meu sogro assim, um dia depois de dar a luz aos netos deles – O que o senhor faz aqui?

- Temos que conversar sobre os...- Ele começa mas para de falar do nada e caí no chão desmaiado, atrás dele estava Aiden, Ethan e Melissa, Aiden tinha o derrubado e nos olha

- Ele venho por causa dos caçadores que matamos – Ethan fala mas que droga, o que vamos fazer agora?

- Alguém acorde o Stiles e o Derek – Scott fala e suspira acariciando o rosto do Dylan que olhava para o chão com o dedo na boca, tiro o dedo da boca dele e coloco a chupeta que tinha caído, por sorte tínhamos prendido na blusa dele e não caiu no chão, Tyler resmunga me fazendo o olhar, a chupeta também tinha caído, coloco na sua boca e o vejo fechar os olhos

- O que vai fazer querido? – Pergunto e Scott me olha, ergo a cabeça vendo certo desespero em seu olhar

- O que está acontecendo aqui? – Escutamos a voz do Stiles, olhamos para a escada, pela roupa bagunçada imagino que Derek e Stiles tenham se vestido com pressa, ambos olham para o meu sogro no chão – Por que o Raphael está desmaiado? – Olhamos para Aiden que dá de ombros

- Raphael foi me procurar no hospital – Mel começa fechando a porta – Ele queria saber onde o Scott estava e porque tinha digitais dele em corpos, os gêmeos ouviram e viemos o mais rápido possível, mas ele chegou na frente – Solto um suspiro passando a mão no cabelo

- O que vamos fazer? – Jackson pergunta e olhamos para o nosso Alfa e a mãe do pack, os dois se olhavam pensativos e preocupados

- Coloquem ele em um dos quartos desocupados – Derek fala olhando para nos – Depois que ele acordar vamos contar a verdade – Isso é um choque para todos nós

- O que? – Perguntamos juntos e com as vozes elevadas, o que faz meus bebês se agitarem, fico surpreso por eles não chorarem 

- E o único jeito de nenhum de nós sermos presos – Stiles fala suspirando – E depois damos um jeito dele ficar de boca calada – Ele não precisava dizer que nosso segredo tem que se manter seguro, se já somos caçados em segredo imagine se todos souberem a verdade, solto um suspiro, eu só queria passar um dia divertido e calmo com a minha família, porque sempre que tentamos relaxar uma surpresa nova acontece conosco?

Ethan:

Jackson me encarava sentado na beirada da cama, fecho a porta e suspiro colocando o envelope na cômoda

- Você já viu? – Jackson pergunta e eu nego balançando a cabeça, ele levanta e se aproxima de mim e envolve seus braços na minha cintura

- Eu posso ter desmaiado – Murmuro e ele me olha preocupado, Jackson acaricia meu quadril – Não comi nada de manhã e Aiden e eu fomos correndo até o hospital, quando cheguei na sala desmaiei, acho que um pouco de nervosismo também, quando acordei Melissa já tinha feito o exame e Aiden se negou a me contar o resultado, ele disse que gosta de me torturar com o suspense – Dou de ombros e Jackson suspira e me dá um beijo, envolvo meus braços pelo seu pescoço, separo nossos lábios e encosto nossas testas

- O que você quer que seja? – Jackson pergunta baixinho

- Eu quero muito formar uma família com você amor – Começo sem desviar o olhar dos seus olhos – Mas não agora, não tão cedo, talvez daqui a alguns anos mas se caso eu tiver, eu vou amar

- Também vou amor – Jackson fala me dando um selinho – Vamos abrir? – Concordo com a cabeça e me separo do abraço, pego o envelope e o abro, tiro o papel e Jackson me abraça pela cintura olhando por cima do meu ombro

“ Teste de gravidez”

Leio essas palavras ainda não sabendo o que sentia, medo, nervosismo e ansiedade, termino de abrir a carta

- Eu.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...