1. Spirit Fanfics >
  2. Conhecendo uma sereia. >
  3. Uma festa, um desafio.

História Conhecendo uma sereia. - Capítulo 9


Escrita por: CHEGUEI334

Capítulo 9 - Uma festa, um desafio.


Hoje era aniversário do meu primo , Douglas, então estávamos na casa dele, em uma festa com minha família e amigos.

-Devíamos brincar!-reclamou Vera, pela terceira vez.

-Você já disse isso, várias vezes. Retrucou Renato. Um pouco antes de pegar um salgadinho e por na  boca.

-O Bernardo foi pegar um jogo já volta -  explicou Michelle.

Depois disso Vera ficou emburrada por alguns minutos, enquanto fazia sons de raiva, e ninguém disse mais nada.

-Lívia e Renato dá para parar de comer- ela exclamou.

-O que a gente fez?- perguntou Renato.

-Vocês chegaram sentaram no chão, pegaram um prato com salgadinhos , e estão aí tranquilos comendo.- ela queria que a gente fizesse o que?

Eu e o Renato nós olhamos, e eu vi ele se segurando para não rir.

-Mas se tem comida a gente come, minha cara Vera. -disse Liminha.

-Lívia fala alguma coisa. -mandou Vera.

-Você está muito mandona- ela queria que eu falasse o que?

-Concordo com ela- disse Renato apontando para mim antes de pegar mais uma comidinha.

-Lívia , achei que tinha sido você que tenha mandado o Renato tem educação , onde está a sua?

-Mas eu nem falei de boca cheia.

-Sim, mas os outros convidados merecem comer também.

-Eu sei, tem bastante ali.

-Chega Vera, eu sei que você está entediada , mas não adianta causar confusão- disse Millena.

-Mas eu quero fazer algo, e brigar é algo. Por favor alguém briga comigo.

-NÃO!- dissemos todos juntos.

E a Dona Vera voltou com os barulhos estranhos.

-CHEGUEI - gritou Bernardo.

-FINALMENTE !- berrou Vera.

-Ué cadê o Douglas?- perguntou o Bernardo.

-Saiu andando- respondeu Liminha.

-Voltei, Finalmente você chegou  Bernardo, demorou- exclamou Douglas.

-Desculpa, eu me perdi na casa.

-A gente pode jogar logo, o que quer que seja- ordenou Vera.

-Bom o jogo é Stop.

-O que isso Bernardo?- perguntou Millena.

-Stop, é um jogo que você escolha uma palavra , com uma determinada letra inicial, para cada categoria.

-Isso não é Adedonha?- perguntou Michelle.

-Isso ficou interessante- exclamou Vera.

-Deixa eu responder essa, Stop ou Adedonha , é a mesma coisa, com nomes diferentes.- eu expliquei.

-Não minha cara prima, o certo é Stop.- o Douglas tava tão bem quietinho.

-Eu não queria dizer isso, mas a Lívia está certa. Mas me explica por que tem dois nomes para a mesma coisa?- obrigada por concordar comigo Liminha.

-Primeiro obrigada por concordar comigo. Segundo não sei por que é assim, quando virar presidente você muda.

-Presidente, isso parece bom.

Enquanto conversávamos, os outros quatro continuavam brigando.

-Isso é tipo discutir  biscoito ou bolacha.- exclamou Renato.

-Pois é, não leva a nada,  é como uma  missão impossível.- comentei.

-Nunca existirá um consenso !

-JÁ SEEEIII !!!- exclamou Vera.

Todos olhamos para ela, e assim ela prosseguiu o raciocínio .

-Um desafio para ver quem é o  melhor  : Adedonha ou Stop, Michelle e Millena vs Douglas e Bernardo. O que acham?

Os quatro briguentos concordaram.

-Perfeito, Lívia e Renato são os apresentadores, e eu sou a juíza.- falou Vera.

-O que temos á ver com isso ?- eu perguntei.

-Por favor, não temos nada pra fazer mesmo.- retrucou Vera.

-Temos, podemos comer- eu retruquei.

-Concordo - falou Renato.

-Para de reclamar vocês dois- exclamou Vera.

No final todos nós aceitamos, a ideia, e o desafio começou, eu só acho que vai dar algo errado.

-Tá como se apresenta um, programa?- perguntou Renato.

-Não sei não senhor futuro dublador.

-Outro apelido.

-Sim.

-Já sei.

-O que exatamente? Apelido ou apresentar um programa.

-Apresentar podemos falar: Aqui é o biscoito, e aqui a bolacha.

-HI ,HI . Isso parece nome de palhaço. Melhor não Renato.

-Tá , tem ideia melhor?
-Não , mas a sua ideia é péssima.

-Não faça queixas sobre minha ideia Dona Lívia.

-Faço sim.

-Oi , meus doces apresentadores.- exclamou Vera.

-Tá tudo bem?-  perguntou Renato.

-Sim, vamos ver o circo pegar fogo. E o melhor é que não vai ter vencedor nem perdedor.

-Peraí, quer dizer que você Vera enganou todos, só para  ter um  divertimento?- eu perguntei.

-Basicamente -ela respondeu.

Na hora em que fomos apresentar o programa o Renato começou:

-Estamos aqui hoje, para fazer algo inútil, já que não haverá ganhador nem perdedor, pois a nossa juíza não irá  votar.

Tive que me segurar para não rir.

E os quatro começaram a reclamar e a Vera disse :

-Renato , não era pra contar.

-Você não avisou , a culpa não é minha - ele se defendeu.

No fim  das contas o circo pegou mesmo fogo.

Agora podemos esperar acontecer a briga se é bolacha ou biscoito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...