História Connection - Seventeen - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Seventeen
Personagens BamBam, Boo Seungkwan, Chanyeol, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jeon Wonwoo, Jung Hoseok (J-Hope), Junghan "Jeonghan", Kai, Kim Mingyu, Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Mark, Park Jimin (Jimin), Sehun, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Tao, Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8", Youngjae, Yugyeom
Visualizações 48
Palavras 1.724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Simbora com a história!

Capítulo 2 - 2 - Começando com novos amigos... Eu acho


Pov Minghao

A única coisa que eu ouvia era o vento fresco da manhã e que fazia as folhas das árvores balançarem. Olhei para a cidade da sacada do meu quarto, já estou com saudades da praia da Califórnia onde dava pra ver o mar. Aqui é apenas uma cidade.

Solto um suspiro, cheguei a dois dias e já estou com saudades do pessoal. Normalmente Tao e eu estaríamos tomando café juntos agora, com Chanyeol correndo na nossa volta enquanto tio Kai ficava falando e rindo com o Jimin e o Jae. Enquanto Sehun e Jaebum hyung rindo do Chanyeol me puxando pra brincar com ele. Saudades dos meninos.

Mas o que eu podia fazer? Para meu omma, a mudança foi uma forma de acalmar as coisas. Para o bem dele e para o meu.

Entreu no meu quarto de novo e me olho no espelho, vestia uma camisa preta, jeans azul meio fesbotada e rasgada nos joelhos, tênis allstar e meu cabelo preto comprido na nuca com franja também comprida, coloquei meus brincos e peguei minha pasta, seria mei primeiro dia na faculdade aqui em Seoul. Não sei se estou animado.

-"Bom dia omma." Digo deixando minha pasta no sofá da sala e me sento na mesa.

-"Oi, dormiu bem?" Omma Mark tinha cabelos loiros e vestia uma roupa de trabalho, calça social e camisa preta com casaco bege.

Sorri pra ele como ele senta do meu lado. -"Dormi sim, mas não sei se estou animado..." Digo baixo como coloco café na minha caneca.

-"Eu sei que vai ser difícil pra você se acostumar a ficar longe dos meninos. Mas é só temporário, okay?" Ele acaricia meus ombros e eu assinto, sorri e volto a comer meu café. Comi um bolo, uns biscoitos e mais meu café antes de sair de casa com a bolsa atravessada no ombro.

-"Volto as 16:00." Digo quando saio pela porta.

-"Eu chego um pouco mais tarde, mas pode ficar tranquilo." Sorri e vai até o carro.

-"Okay!" Abri meu sorriso e segui caminho até a faculdade, não era muito longe e eu não estava com pressa, solto um suspiro e deixo as mãos no bolso, fiquei pensando no que nos levou a nos mudar pra cá, e as vezes... Eu penso de a culpa é minha.

Fiquei andando sem olhar para os lados, apenas seguindo meu caminho para chegar logo, nem olhei para as pessoas que andavam do meu lado.

...

Quando cheguei, a única coisa que fiz foi entrar. Não era tão grande quanto a minha outra na Califórnia, mas era bonito e até acolhedor. Eu nem sequer sabia pra onde ir, fiquei perdido e olhando para os lados sem saber pra onde ir.

-"Perdido?"

Uma voz diz, acho que foi pra mim. Olhei pra frente, pra trás, para os lados, e não vi o dono da voz. Foi ai que eu olhei pra cima...

-"Ahhh!"

-"Hahaha." Ele pula de cima do muro de concreto e me olha, eu? Eu estava segurando meu peito! -"Te assustei?" Ele vem com um sorriso.

-"E precisa perguntar???" Digo irônico.

-"Hahaha, foi mau. Amo fazer isso." Ele diz e vem até mimm, me olha de frente e cada detalhe do meu rosto, achei que ele estava perto demais...

-"Eh... Você é...?" Tento me afastar dele.

-"Relaxa ai novato. Apenas queria te ver mais de perto." Esse cara era entranho.

Olhei mais atentamente para ele, calças largas, tênis, moletom preto. Ta ai um jeito estranho de se vestir. Ele bota as mãos nos bolsos e eu posso ver o rosto dele quando tira o boné.

Cabelos castanhos avermelhados e olhos bem puxados, mais que os meus... O sorriso dele era fofo também.

-"Seu nome é...?" Peço inclinando a cabeça pra ele.

-"Soonyoung, mas todos me chamam de Hoshi." Ele se apresenta pra mim. -"E você?"

-"Minghao. Prazer." Digo e ele solta outro sorriso.

-"Você é chinês certo?"

-"Sou, mas vim da América." Digo e ele solta um assobio.

-"Wow, veio de longe. Se quiser posso ser seu guia aqui."

-"Bom, já qur não conheço nada nem ninguém aqui, não vejo porque não." Dou os ombros e ele faz um biquinho.

-"Eu valho como ninguém é? Chato. Mas então vamos, tenho que estar no teatro logo, vem." Ele começa a caminhar e me pede para seguir ele. E assim eu fiz.

O lugar era maior por dentro do que por fora, os pátios internos eram enormes, os prédios também, era uma Universidade completa como a que eu tinha na Califórnia.

-"Ali é o prédio da cantina, ali o predio dos laboratórios, ali o teatro de música, os banheiros ficam sempre no andar 2 de cada um." Ele dizia e me apontava todos os lugares. -"Se precisar de ajuda tem o pessoal do apoio ali no bloco F e no D tem a biblioteca."

Eu ia me perder muito até aprender onde ficava cada lugar, é... Vou precisar de ajuda nesses primeiros dias. Fiquei olhando para os lados e nem vi quando ele parou de andar. Dei de cara nas costas dele.

-"Ai! Por quê parou?" Digo esfregando meu nariz.

-"Piranhas a vista." Ele diz e quando eu vejo, tem umas garotas ali na frente, Hoshi hyung não parecia feliz com isso.

-"Quem são elas?"

-"Garotas que gostam de encher meu saco." Rosna, decidi não falar demais, ainda mais quando uma delas vem até ele.

-"Oppa vamos ter aula hoje certo?"

-"Vamos sim, agora tchau. Vem Hao." Ele diz e simplesmente pega minha mão e me arrasta dali, a cara das garotas empalideceu por um instante, mas o que esse cara tava fazendo???

-"Hey já pode me soltar." Digo e solto minha mão da dele. -"O que foi isso?"

-"Não me leve a mau, mas precisei de uma desculpa para sair dali." Ele dizia com um suspiro.

-"Não tem problema mas, por quê? E como assim aula???" Ele solta outra risada.

-"Eu dou aula de dança, estou no meu último ano aqui no curso de música e dança. Então eu dou aula a pedido dos professores e as vezes sou orientador para os interessados em atividades extras."

Aquilo me surpreendeu um pouco, a primeira vista eu não imaginava que ele dançava. Mas essa coisa de atividade extra pareceu interessante.

-"Não sabia que tinha dança aqui também." Digo.

-"Tem, você fazia antes?"

Assinto. -"Uhum, com uns amigos."

-"Entendo, se quiser posso passar na sua sala e te entregar o formulário, se quiser entrar é claro."

-"Você vai ser meu professor?" Olhei curioso.

-"Vou, por quê?"

-"Nada não." Sorri. -"Acho que será divertido." Meu primeiro amigo aqui me dará aula, interessante como as coisas são. Fiquei conversando com ele, eram assuntos meio aleatórios e eu estava gostando de falar com ele. Ele tinha uma face meio de rebelde mas era uma criança grande de 23 anos. Gostei dele.

-"Hoshi!" Ouvimos alguém chamar, ai vi um garoto de cabelos compridos e castanhos vindo até nós.

-"Ah, oi Jeonghan." Hoshi se vira pra ele. -"O que foi?"

-"O pessoal do teatro tá te chamando. Melhor ir."

Ele suspira. -"Okau neh, vou lá. Passo na sua sala depois Hao, bye!" Ele bagunça meus cabelos e se despede, me deixando com o garoto de cabelos compridos.

Eu soube que era um garoto por causa da voz, se não eu teria pensado errado. Ele tinha a minha altura, cabelos castanhos, dentes bonitos em um sorriso que ele dava quando olhava pra mim.

-"Já fez amizade com o Hoshi?" Ele sorri.

-"Bem, sim." Coço a nuca. -"Jeonghan, certo?" Peço e ele acena com a cabeça.

-"Aham, posso ver seu programa?" Ele pede e eu dou a ele meu papel com minhas aulas. -"Você está na mesma turma que eu e meus amigos." Ele abre um sorriso. -"Se quiser podemos te mostrar o lugar."

-"Não precisa, Hoshi hyung já me mostrou." Digo e ele solta uma risadinha.

-"Vejo que sim." Outra risada. -"As aulas ja vão começar, quer que eu te leve até lá?"

-"Na verdade eu vou precisar ficar com alguém nesses primeiros dias..." Coço a nuca. -"Ou me perderei fácil aqui." Ri um pouco e ele solta uma risada.

-"Okay, vem comigo." Ele pega meu pulso e me arrasta pelos corredores cheios de alunos, me senti pressionado aqui. Não estava acostumado com tanta gente.

-"Tem muita gente no seu grupo de amigos?" Peço pra ele.

-"Umas 3 pessoas. Garanto que eles vão gostar de você." Acho que eu podia confiar nele.

Ficamos caminhando pelos corredores até a sala de aula e conversando, bem, até uma garota desmiolada resolve trombar em mim.

A batida foi forte e eu senti a ponta da bolsa dela contra minhas costelas, mas que...! Segurei o local da batida e Jeonghan chega mais perto. -"Tudo bem?"

-"Eu acho... Aish doeu..." Resmungo e olho para a garota, baixa e de cabelos negros meio compridos, eu não sou de julgar pelas aparências, mas ao meu ver e pelo fato de ela estar mais preocupada com a roupa amassada ou suja do que com a pessoa que ela acabou de bater na costela, pra mim já foi o bastante.

-"Aish minha bolsa." Ele resmunga. -"Ainda bem que não estragou."

Eu não sou de revidar ou de procurar briga, mas quando essas coisas aconteciam, eram Tae e Jaebum que cuidavam disso, agora eu não tenho mais eles aqui... Então...

-"Um 'desculpe' seria bom." Digo e ela de vira pra mim.

-"Desculpe? Eu nem sei quem é você." Ela se vira pra mim. -"Oh, um transferido. Não tenho nada com você então, bye."

Essa garota conseguiu me irritar...

-"Você mete essa bolsa na minha costela e fica ai é? Okay, pelo menos já sei quem presta e quem não presta aqui dentro." Digo e viro as costas. Jeonghan me olhava surpreso.

Foi ai que eu vi que a garota me olhava com raiva. -"Quem é você pra falar de mim assim?"

-"Eu? Um transferido que acabou de ver o quanto mimadinha e egoísta você é." Digo e viro as costas, eu não estava com saco pra aturar desaforos no meu primeiro dia, aprendi isso com o Taehyung.

Quando deixei aquele corredor com o Jeonghan todos estavam olhando pra mim, entre essas pessoas, um alto de cabelos castanhos que estava encostado na parede apenas olhando a treta.

-"Você é afrontoso." Ele disse quando eu passei por ele.

-"Não sou assim mas sou quando preciso ser." Digo mas não olhei no rosto dele, quando eu levantei a cabeça, eu vi. Ele estava sorrindo.

Ele sorri pra mim, desencosta da parede e bagunça meus cabelos antes de ir embora. Mas... O que foi isso? Olhei pro Jeonghan para ele me explicar, mas só fiquei mais confuso.

-"Wow, o Jun te notou."

Jun? Quem era esse?

Bem, acho que não importa.


Notas Finais


Começamos bem! Mas vcs me conhecem ne? Hehehehe

Bem, bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...