História Conquering A Heart - Neagle - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Neagle, One Direction, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft, Zayn Malik
Personagens Gabriel "Neox" Soares, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Mike, Niall Horan, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Victor "Eagle" Trindade, Zayn Malik
Visualizações 97
Palavras 1.202
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - I Trusted My Most Hidden Secrets To You


Eagle POV

Passei a noite toda só no choro. Neox estava tão mudado, que parece até que é mentira! Ele era um cara tão legal comigo, me dava carinho, atenção, me consolava sempre e me ajudava quando eu mais precisava. Agora só vive me atormentando.. nunca pedi tanto a seus pra morrer como estou pedindo agora.

Estou com medo de ir pra escola e reencontrar ele. Ainda estou inseguro da sua proposta, aquilo soou mais uma ordem, mas tudo bem!

Ele parecia realmente confiante quando ordenou-me para ir morar com ele. Meu deus, eu estou tão quebrado! Será que ele não consegue entender isso? Entender o meu lado?

Ao pensar nisso, as lágrimas só aumentaram mais e mais. Ele é um idiota, isso sim. E eu pensar que ele seria diferente dos outros.. mas não, eles sempre serão todos iguais. Idiotas, babacas, cretinos e falsos. Foi só ele conseguir me levar pra cama, aproveitar-se de mim enquanto eu estava bêbado, que muda logo de personalidade comigo.

Argh, eu odeio ele!

[...]

Já faz alguns dias desde a proposta dele. Neox parece que anda me perseguindo na escola. Nós sempre terminamos nos beijos no banheiro, no fim das aulas. Mas ele acha que eu estou feliz com aquilo? Acha mesmo? Pff, tudo o que eu mais queria era estar longe dele, mas eu simplesmente não consigo. Ele é mais forte que eu e tal e essas coisas, eu não iria conseguir nada contra ele.

- Bom dia – o mesmo passou por mim, me beijando em seguida, apertando forte a minha cintura. Tive que aguentar as lágrimas, era essa a minha encenação. Sempre fingir que está tudo bem, mas não está. Não, não está tudo bem. Eu peço socorro, em silêncio, será que ninguém consegue ver?

Ele me puxou para si, sussurrando em meu ouvido.

- Nós precisamos conversar depois da aula, tudo bem pra você? – estranho.. ele foi calmo comigo. Mas tudo bem, né? O que há de errado em aproveitar toda essa calmaria?

- Tudo bem – sussurrei.

- Ótimo – ele deu um sorriso antes de ir pra sala, que era a mesma que a minha claro, e eu ir atrás dele.

- Eagle – antes que eu entrasse na sala, alguém me chamou. Virei-me prontalmente, encontrando Jéssica e seus amiguinhos atrás de mim – Não acha que precisamos conversar não, garoto? – ela falou ameaçadoramente. Engoli seco.

- N-não – tentei correr pra sala, mas seus amigos me seguraram. Encolhi-me mais.

- Sabe, eu bem que ainda te dei um aviso, mas você foi rebelde né? E me desobedeceu, então agora apenas terá seu troco – ela riu no final, indo embora pra sala. Vaca! E agora? O que faço? Meu deus, nunca pedi tanto a seus para que o Neox estivesse aqui comigo.

As lágrimas começaram a descer sem parar. Nós estávamos em um canto escuro e que poucas pessoas conheciam na escola, ou nenhuma conhecia, na verdade. Os garotos começaram a arrancar minhas roupas, me fazendo ficar em pânico. Não, não, não, de novo não!

Minha respiração voltou a ficar desregulada, eu não conseguia respirar direito. Então desmaiei ali mesmo.


Neox POV

O Eagle tá demorando muito pra vir pra sala. Vi Jéssica entrar na sala com um sorrisinho de canto tanto malicioso como vitorioso no rosto, hm.. suspeita.

- Bom dia amorzinho – ela tentou subir para meu colo e me beijar, mas eu a empurrei. Vadia, euem?

- Sai, vadia – alguns mais atrás riram baixinho, a fazendo ficar com o rosto vermelho de raiva.

- Argh, para Neoxzinho, eu sei que você também me quer, hm? – ela tentou sensualizar na minha frente, o que me fez bufar. Será que ela não entende de uma vez por todas que eu gosto da mesma fruta que ela?

- Sai fora, garota – revirei os olhos – Você viu o Eagle?

- Aff, mas bom.. ele com certeza ele deve estar apenas tendo o que merece – ela sorriu maldosa. Ah, sua cretina!

Quase pulei pra cima dela, a deixando assustada, mas alguns da sala me seguraram. É bom que fique mesmo assustada, sua puta asmática!

- Sua puta asmática! O que você fez com ele? – ela sabe que o Eagle e a sua segurança são meus pontos fracos. Que merda, Jéssica!

- Eu nada! Mas meus amiguinhos... Hm... A esta hora ele já deve estar sem andar – ela deu uma risada maldosa. Todos a olharam feio. Toma, pelo menos ela já não é bem-vinda aqui. Quem mandou, sua prostituta?

- Que vaca – era isso o que as pessoas falavam, o que a deixava triste? Ah, mas foda-se também, ela só tá tendo o que merece mesmo!!

Sai da sala de imediato, procurando por ele.

Procurei por todos os cantos. Todos mesmo, até ouvir um choro vindo de um canto que eu pouquíssimo conhecia. Quase ninguém vai pra lá.

Fui para lá encontrando ele. Meu bebê, o meu pequeno estava ali. Ele tremia, enquanto vestia apenas uma boxer e uma blusa que ficava na altura das suas coxas.

Ele me olhou e eu rapidamente o peguei no colo.

- Baby, o que houve com você?

- E-eles fizeram c-coisas horríveis comigo, e-enquanto eu estava desmaiado, Neox. E-eles me falaram c-coisas h-horríveis! – ele começou a chorar ainda mais, soltando alguns soluços.

Suspirei, andando rápido até minha casa. Não havia tempo para ele se vestir, então suas roupas ele mesmo só segurava, no caso as calças, pra tapar suas pernas.

Chegamos em minha casa e sentei-me no sofá, ele se encolheu mais em meu colo e enterrou o rosto em meu pescoço, passando ali o nariz em um ato inconsciente, o que me fez arrepiar.

- Eu amo tanto você.. me desculpa, me desculpa por tudo! – ele começou a chorar mais, me olhando com seus olhos castanhos claros e agora cristalinos, por estarem cheios de lágrimas – Me perdoe, Eagle, de verdade. Eu.. eu queria ter te contado isso antes, mas n-não deu.. me de-desculpa!

- C-contar o quê?

Suspirei, me preparando mentalmente para o poder contar toda a verdade e o porquê de eu ser assim, tão explosivo de uma hora pra outra.

- Eu.. eu sofro de bipolaridade, Eagle, e de dupla personalidade também. Eu já estou sendo recitado por um médico a tomar alguns remédios que me ajudam a controlar isso, me perdoa por não ter te contado antes.. é que eu só.. eu só estava com medo, entende?

- E-eu.. eu entendo você, Neox. Só.. não entendo o porquê de você não ter me contando antes. Sou eu, o problema? É isso Neox? V-você acha-me inútil demais a ponto de já nem conseguir contar as coisas pra mim, porque acha que eu vou ficar falando tudo por aí. Eu sempre contei tudo sobre mim a você, Gabriel! Eu confiei meus segredos mais ocultos a você, e você nunca me conta nada, Gabriel... O p-problema sou e-eu, é isso? V-você não me ama mais, é i-isso?

Ele soluçou alto. Também já tinha esquecido de como ele tem a auto-estima baixa demais. Que merda, Neox!

- Não é isso, Eagle. Eu te amo demais. Só.. fiquei receoso de te contar e depois você ficar com medo de mim, e isso é tudo o que menos quero e...

- Mas isso você já tava fazendo – ele falou como se fosse algo óbvio.

- A culpa não é minha, tá? – falei um pouco mais alto, o que o fez se encolher mais entre meus braços – Eu só.. não queria que isso nos atrapalhasse, você me entende, né?

- Eu...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, rsrs, my cupcakes 🍰💕
O que acharam, hm? Bem dramático mesmo qoeijdjsdbjs
Beijão, nos vemos no próximo capítulo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...