História Consegue me ver agora não é? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bichu!fanfics, Capítulo Único, Drabble, Escolar, Fanfic Original, Fic Original, Oneshot, Original, Realidade
Visualizações 41
Palavras 400
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


hOI!(*^*
Aqui com minha segunda drabble, espero que gostem;u;
O assunto abordado, sinceramente, nunca aconteceu comigo, mas aconteceu com uma grande amiga minha, e com certeza pode ter acontecido com vários de vocês,_,
Nunca amem alguém sem amar a si mesmo em primeiro lugar, vc pode se machucar bastante...
Bem, boa leitura seus coiso! s2

~ Dia

Capítulo 1 - Capítulo único


CAPÍTULO ÚNICO

Ei, eu tenho uma dúvida que me surgiu aqui... Você, por acaso, já olhou para mim antes da minha repentina e desnecessária mudança? Sabe de qual mudança estou falando, certo? Não? Bem, você é mais cafajeste do que eu pensei, então.

A mudança de que falo é aquela que você tem um tremendo tesão, assim como você tem tesão quando vê outras garotas com aquela roupa ridícula que praticamente mostra o meu cu. Essa mudança também me obrigou a usar maquiagem, algo que eu odeio com todas as minhas forças; algo superficial que fica me tocando a todo tempo, e ainda por cima, em exagero extremo, me sentia um palhaço. Eu passei a vestir roupas curtas sem pudor algum, afinal, você gostava, mas era tão "não eu". Passei a passar a exagerada maquiagem que fazia eu me sentir "não eu". Passei a agir de um modo "não eu". Você me mudou. O seu falso amor me mudou. Eu sou tão idiota em mudar o meu eu por alguém tão nojento e desprezível como você...

Antes de eu mudar, quando eu vestia meus moletons largos, minhas calças confortáveis e meus tênis surrados e discretos, você não sabia da minha existência, você não sabia que eu respirava o mesmo ar que você, mas aí, quando eu comecei a agir como prostituta, você veio correndo atrás de mim, querendo se aproximar, me tocar. Acho que o que te deixa mais nojento é o jeito doentio e nojento que você me encarava. Você chegou a ter a coragem de me apalpar e perguntar: Vamos fazer?

Lembrar disso, só faz com que eu te odeie mais e mais, se é que é possível.

Mas bem, uma novidade para você: vou voltar a ser quem eu era, vou voltar a andar com os meus amigos e vou, principalmente, abandonar o "não eu". Ah, também vou te ignorar, seu filho da puta.

Vai atrás das suas prostitutas que você consegue ver e, que Deus me ajude, que você nunca mais consiga me ver de novo.

 

Atenciosamente,

Garota Fantasma.

 

-Alguém até agora nunca visto-

 

Quando eu te vi, pela primeira vez

Você não me chamou a atenção

Era comum e nem um pouco produzida

Suas curvas, não enxergava

Só via seu sorriso, impossível de se esconder

Agora, que te conheci

Percebi que devia ser vista por todos

E não alguém até agora nunca visto.

 

~ Dia.


Notas Finais


Acabou;w;
Espero que tenham gostado e que levem o assunto abordado a sério.
Amem a si mesmos e amem alguém que ame vcs do mesmo jeito!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...