História Consequence of power (imagine kim seokjin) - HIATUS - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Henry Lau, HyunA, Lee Taemin, Mamamoo
Personagens Chanyeol, Henry Lau, Hwasa, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Lee Taemin, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Suho
Tags Imagine Kim Seokjin, Máfia, Suspense
Visualizações 40
Palavras 2.672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Postei e sai correndo boa leitura amores e se não gostam de violência pulem a penúltima parte vou parar de enrrolação boa leitura

Capítulo 7 - Amardilha part 3


Fanfic / Fanfiction Consequence of power (imagine kim seokjin) - HIATUS - Capítulo 7 - Amardilha part 3

Eu ja sabia que estava ferrada literalmente após o jin me          "castigar"  eu me senti  dolorida     mas eu tinha algo a comprir  com um pouco de dificuldade me dirigir ao banheiro e la tomei um banho quente  passei um pouco de óleo aromático em minha pele e me enrolei na toalha  e depois de vesti um short jeans e um top vermelho sangue, coloquei  o macacão  que era extremamente colado em meu corpo  e meus famosos cuturnos( sim eu amo cuturnos)  coloquei um conjunto de moleton rosas para parecer uma pessoa meiga sinceramente eu odeio a cor Pink sou bem  esquisita eu acho depois que tudo que me aconteceu eu virei outra pessoa bem pior do que eu era.  longo que cobria meu corpo todo  coloquei uma música aleatória de uma banda que eu escutava quando morava na Rússia 

               

"Deixe ele dormir

Deixe ele dormir"


    Fiz um coque bagunçado em meu cabelo " você é  uma pessoa pública então não pode  de cara limpa, mimimi mimi"  mas não iria fazer tanta diferença  eu iria para matar e não uma entrevista coloquei meu óculos de grau, o jin estava arrumado e se olhava no espelho como se tivesse  a coisa mais linda do mundo, ali como sempre ele iria participar de qualquer jeito ja que obedece seu papaizinho como um cachorrinho que aprendeu todos os comandos  - oh cosplay de narciso  se eu me atrasar vai ser por tua

culpa, embuste, peso morto- ah como eu adorava insultar o seokjin mas nada são flores eu levei um   daqueles choques perturbadores, - ah querida sabe a vontade que eu tenho?- ele perguntou retóricamente - de apertar seu lindo pescoço e deixar marcas roxas em você-   ele ainda acha que as ameaças dele me dão medo  - ah  o cachorrinho adestrado também aprendeu a bater? Se toca jin eu não tenho mais 11 anos-  dei as costas e fui para a cozinha ja que o quarto que reservamos parecia mais um flat  tomei um pouco de café e comi uma fruta e vi um jin furioso me esperando para sair do quarto de hotel  o acompanhei


Como boa esposa só que não.


    ೊ ● ೊ♥ೊ ● ೊ  

         

Como sempre a adrenalina me dominava coloquei as duas katanas nos suportes que ficavam nas minhas costas  e coloquei os cintos para minhas armas - hey jeon vamos fazer um pequeno teste?- o garoto me olhava um pouco boquiaberto   mas assentiu  -tome essa pistola e vamos ali na área de treino-  estendi a minha mão com a arma e o garoto pegou - você tem certeza disso eu não irei pegar leve- dei de ombros - se quiserem presenciar tem uma parte que tem vidro blindado-


Your povs off.


Apesar de tudo a garota estava confiante e precisava se gabar um pouco dos que iriam com ela nesta missão  quando a garota entrou na sala com o jeon ela sabia que o garoto nao gostava dela e ele tinha seus motivos talvez não tão grotescos quanto os delas o que todos tinham certeza que o ódio era mútuo   - preparado jeon ?-  deu uma risadinha nasalada enquanto os outros estavam atrás do vidro escuro com medo do que aconteceria - eu ja nasci preparado ____-  deu de ombros como sempre fazia  - pode mandar bala-  quando o jeon carregou a pistola a

Garota tirou suas espadas do suporte e os garotos que olhavam do vidro ficaram incrédulos com atitude da mesma  em um piscar de olhos o primeiro disparo foi feito  em direção ao peito da garota mas  um movimento descomunal   a garota fez a bala recochetiar para o vidro ao lado fazendo o hoseok que estava em direção a bala se esquivar achando que o vidro iria se estilhaçar e consequentemente o acertar os outros riam baixinho do garoto mas voltaram a sua atenção a sala - e isso que sabe fazer jeon? - disse com seu sorriso zombeteiro  - eu só estava me aquecendo- novamente o jeon deu de ombros  nisso  jeongguk atirou diversas vezes contra a garota que  deu um mortal para trás usando suas katanas como um "X"e as afastando fazendo faíscas saírem das lâminas  o mais novo continuou a atirar até que as balas, Se acabassem mas nehuma atingiu a kim  -essa é minha garota- hiroshi comemorou já que ele havia sido um dos treinadores da garota porém fora repreendido poe um olhar raivoso do jin  - você a treinou bem- disse chen que deu um pequeno soco no braço do japonês  se algo sobrenatural existisse  o bangtan a classificaria como um demônio talvez ja que ela ostentava um sorriso doetiu nós lábios  - Então o que acharam, e hoseok fecha a boca se não entra mosca-   ela piscou enquanto saia da sala e guardava as lâminas em seus devidos suportes  -eu poderia te chamar de deadpool, sabia-  hoseok  sorriu - tanto faz,  vamos que está na hora-  a garota cutucou o jin que permanecia na mesma posição era evidente que ele estava morrendo de ciúmes   - oh cachorrinho  ta na hora de ir já que, parece que você não escutou-   ela disse debochada e sorridente  o kim saiu do seu pequeno transe e quando olhou a garota ficou admirando seu sorriso e logo voltou a realidade  - to nem ai não sou obrigado a ir junto com eles - ele se virou e seguiu para onde os outros se encontravam -  namjoom e hiroshi vão no segundo furgão já lá está todos equipamentos,  e chen pode dirigir   outro ? - o moreno assentiu  a kim sabia exatamente o que estava fazendo tirando o jeon do volante ja que o moreno estava morrendo de raiva -   boa sorte seus filhas da puta- disse jin enquanto entrava no esportivo uma lamborghine veneno  preta com seus vidros escuros  a garota bufou - espero que estejam usando seus coletes de forma certa já que eu

Não adimito mortes nesse caralho-  ela entrou no carro e deu partida, todos sabiam que o resgate seria complicado porém todos ignoravam os riscos ja que o exo a spetrum e o bangtan estavam trabalhando juntos sim os integrantes do exo haviam vindo,junto com os agora  integrantes da spetrum o kris, tao e o luhan.


Sim a carnificina seria clara ja que tinham ordens de não deixar ninguém vivo naquele lugar. A  kim apertava o volante exalando sua ansiedade enquanto o jin a observava cada expressão da mesma aquela roupa que a garota usava o deixava com uma vontade imensa de rasga la e tela ali mesmo sem nehuma preocupação  logo eles chegaram ao local   encontrando o exo em sua quase formação original  a garota saiu do carro indo até os garotos - noona que dizer que você os roubou do exo- sehun disse - noona minha piroca imaginária eu sou mais nova aqui ainda vou fazer 19- ela sorriu e continuou - as oportunidades são melhores do meu lado-  riu fraco todos ja sabiam o potencial da garotinha de aparência frágil - verdade e aliás, teremos mais um pouco de trabalho parece que eles aumentaram a segurança - disse kris enquanto carregava sua metralhadora - as três gangues juntas ai que carnificina-  o Taehyung  disse com uma voz afeminada - se não for pra matar geral eu nem vou- disse o park  debochado - Hahaha conta

outra você so serve pra saco de pancadas jimin-  todos riram menos o park que ficou olhando o namjoom com uma cara de: "você me paga filha da puta."   - o rebanho de putas e melhor irmos lá  e  botar pra quebrar -  a garota disse despreocupada - vamo meter pipoco nesses desgraçado- o  kris  se pronuciou   fazendo todos rirem  -nós temos ordens expressas para matar o castellan - o japonês se pronuciou raivoso  -eu sei que o castellan trabalhou muito tempo com a gente mas ele nos traiu- a garota olhou pra baixo  mordendo seu lábio o kris se encheu de ódio asim como o z-Tao e o luhan  - vamos lá cambada- O  jin se pronuciou tentando quebrar o clima ruim e todos se separam começando a invasão,  a garota  atirou em dois

Homens que guardavam a porta lateral onde ela e o kris entraram primeiro e logo o Tao,  já o  luhan preferiu ir com o exo.


seis  homens armados foram em direção aos três   a garota deu um mortal pra trás e tirou suas katanas, ela sorriu  maldosa e  correu em direção ao primeiro homem o golpeando no pescoço, e logo atravessou a barriga do outro - você é maldosa querida- Tao imitou uma voz feminina arrancando risos dois três  ela mordeu o seu lábio e voltou a sorrir - meu anjo se não for pra matar direito eu nem vou -,  sua voz ficou três vezes mais fina,  guardou as armas ainda  sujas de sangue e sacou uma das armas, - não é atoa que você assumiu a  liderança-   eles riram  e continuaram  mas homens  apareceram e rapidamente foram abatidos mas agora eles estavam juntos do exo o som dos saltos da garota ecoavam por todo galpão que mais parecia um labirinto  o grupo parou com a aproximação de exatamente trinta homens fora os que chegavam  - eu ja sabia- Chanyeol susurrou   - ora ora o que temos aqui, o grupinho de patetas- Cameron se pronuciou saindo de trás dos homens que o protegiam - tsc  a mariquinha precisa se esconder assim ? -   ela estalou a língua no ceu da boca  e colocou seu indicador apoiado em seus lábio - continua se achando como sempre jeung-  ele deu um passo a frente e ela também - eu não me acho castellan eu sou, ou acha que eu sou uma jeung por acaso ?-  o acastanhado  riu  - claro a

princesinha, pra assumir tem que ser filha dos chefes-, o sangue da garota ferveu  ela era igualzinha  a seu pai - vamos ver Cameron- ela cuspiu as palavras - você não acha que é melhor quê eu, vamos provar em uma luta justa sem armas de fogo- ela sorriu  ele a conhecia mas não sabia de seu árduo treinamento em todas artes marciais orientais e ocidentais  - eu aceito, com a condição que só sairá um vivo dessa batalha- a garota passou a língua em seu polegar e entregou as pistolas  a seu esposo que havia acabado de chegar com o bangtan e a sua melhor amiga  que era uma oriental baixinha de cabelos loiros quase brancos e longos - so poderam ser usadas

Facas e espadas e só sairá um vivo dessa disputa-  o Chanyeol se pronuciou - porém o começo será de luta corporal-  ela apenas sorria  de um jeito tão macabro que assustou os meninos que a olhavam, no meio do círculo com o castellan que tirava  sua jaqueta de couro   - que comecem os jogos-  a garota disse despreocupada ela apenas alongou seu pescoço  enquanto o castellan a atacou primeiro com um golpe falho - eu aposto 100 dólares,  no patrão- um dos homens do ocidental  disse - eu aposto  dois mil dólares na minha esposa- jin gritou e os outros seguiram apostando  o bangtan o exo e alguns dos integrantes da spetrum apostaram na garota ja os outros no castellan, o homem tentava acertar a garota

porém ele acertou um único soco  em seu rosto deixando a garota mais furiosa que  fez uma pequena acrobacia e chutou o rosto do homem que continuou de pé   os homens gritavam insadecidos parecia aquelas lutas ilegais  ele teve um ataque de risos  - e isso que sabe fazer ? - perguntou entre risos   - homens se acham tanto-  ela apenas esperou, ele a empurrou no chão e começou a socar em seu abdômen  - você bate tão fraco castellan- ela cuspiu sangue no rosto do mesmo e  ficou por cima socando o rosto do maior  o deixando  atordoado ela saiu de cima do mais velho e jogou uma de suas facas ao lado do mesmo

-vamos mariquinha traidora levante se-  ela se encheu de sascamo e passou o polegar no machucado de sua boca  e olhou para o seu sangue com ódio do ocidental que havia se levantado e pegado a faca que a garota jogou para ele e com outra em sua mão - você não vai viver pra contar história princesinha-  ele avansou golpeando a cintura da garota  - eu vou levar sua cabeça pra casa como troféu castellan e talvez empalhar e colocar em meu escritório-   a garota continuou desviando dos golpes do castellan  mas ele havia feito um pequeno corte em seu rosto, ela apenas começou a cantalorar uma  música

Que sempre cantava  quando estava prestes a matar alguém "dead death death"  ela tirou uma das espadas e atingiu o braço do mesmo  fazendo um corte fundo que jorrou sangue e poderia se ver seus tendões - vadia-  ele gritou - você não será o único a me insultar assim nem o último porém vai para minha enorme lista- piscou e voltou a cantarolar  "blood, blood blood" e   pulou por cima do homem com sua katana arrancando a cabeça do mesmo para todos parecia que a mesma havia feito isso em câmera lenta   o sangue do homem começou a jorrar sujando os que estavam perto  inclusive a garota que sorria feito uma psicopata com seu rosto sujo de sangue - entao quem será o

próximo? - ela caminhou até a cabeça do homem e pegou em seus cabelos e a levantou como se fosse um troféu muitos a chamariam de psicopata mais a quem conhecia sabia que aquilo era so uma personagem, e que ela era uma menina doce  apesar da personalidade forte   - parece que vocês ganharam um bom dinheiro -   os capangas do castellan  a olharam horrorizados  e murmuravam  " ela parece ser tão frágil" "droga eu apostei alto naquele inútil"  - meninos peguem  o dinheiro que lhe pertencem e se apaguem os- ela jogou a a cabeça do homem no chão e retirou o macacão  mostrando que a mesma

Vestia por baixo um short jeans e um top  logo ela correu para abraçar a sua amiga - ah Kat eu senti tantas Saudades suas-  elas se abraçaram  como nunca - relaxa  eu vou voltar a morar na Coréia- a garota arregalou os olhos  - mas não foi você  que não queria voltar pra lá ?- a park sorriu  -não foi você que disse para enfrentar os meus problemas, e isso que vou fazer-  ela deu de ombros -  senhorita Kathleen park olhe o que você irá fazer-  a mais velha a advertiu - to nem ai-.  Elas se disvencilharam do  do abraço e  logo a garota voltou a matar com a ajuda de sua amiga, depois de se certificarem de que não haveria niguem vivo e de pegar alguns papéis atearam fogo no galpão.


ೊ ● ೊ♥ೊ ● ೊ


Eles voltaram para o hotel  a garota fez um curativo em suas feridas e em sua mão e vestiu um conjunto de moleton preto que era igual de seu marido  as malas já estavam arrumadas a tempo  eles esperam o carregador levar as malas mais com exceção de duas a que carregava  a cabeça do Cameron castellan  e as katanas que  seus cabos foram encrusdados de jóias e suas lâminas banhadas a ouro já que a garota iria usar como decoração em seu escritório  na saída  do hotel foi um pouco conturbada com paparazis e jornalistas " o que foi isso em seu rosto ?" Uma jornalista chamou a atenção dos outros repórteres a garota com seu cabelo em um coque frouxo e óculos escuros sorriu fraco - foi um pequeno acidente apenas e um arranhão- ela se pronunciou e saiu murmurando alguns xingamentos  ao falecido de que a mesma ainda segurava a mala com nitrogênio líquido conservando a cabeça do "desgraçado", a garota entregou as duas malas para o kris  - oppa trate de  leva lá para empalhar  e eu quero à como um belo troféu para o meu abeoji-  eles  foram separados para evitar alguma suspeita o diamante estava em seu colar  e estaria bem seguro poe hora, eles entraram no avião e se acomodaram na primeira  classe ....





                      




Notas Finais


O que acharam eu sei que não ficou tão bom como deve mais espero que tenham gostado o que acharam da morte do castellan ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...