1. Spirit Fanfics >
  2. Consequences - Ivar e Hvitserk >
  3. Vulnerable

História Consequences - Ivar e Hvitserk - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Tenham uma boa leitura ! 💖

Capítulo 5 - Vulnerable


Fanfic / Fanfiction Consequences - Ivar e Hvitserk - Capítulo 5 - Vulnerable

Me vi mais uma vez acordando de um sonho horrível , Ivar me olhava com certa preocupação enquanto eu olhava de um lado para o outro da cabana.

- O tom. Cadê o tom ? - Perguntei preocupada.

- Ele dormiu no chão , o acordei e mandei ele ir para cabana dele. - Ivar disse me tranquilizando.

- Preciso conversar com você.

- Estou a ouvidos.

Ivar se sentou ao meu lado na cama e segurou a minha mão.

- Desde que tive contato com sua mãe pela primeira vez coisas esquisitas tem acontecido. Sonho com mortes , falo coisas involuntariamente e tudo acontece.

- O que você quer dizer ? - Ivar disse confuso.

- Isso nunca aconteceu comigo , talvez sua mãe tenha passado isso pra mim ou seja alguma coisa doida de grávida..

- Talvez você esteja preocupada demais com as coisas , amanhã a gente vai a Wessex e depois disso vamos para casa , ok ?

Não respondi Ivar , acenei a cabeça como afirmação e continuei pensando.

- Como o hvitserk está ? - Perguntei aleatoriamente.

Ivar e eu nunca mencionavamos o nome de hvitserk em uma conversa , eu por não achar necessário e nem querer criar uma rivalidade idiota e ele por não gostar.

- Deve estar pensando sobre como ele ajudou a matar seu pai. - Ivar disse com certo deboche na sua voz.

- Como assim ?

- Ane.. pense.. Se ele sabia que estava cercado deveria ter recuado , se ele tivesse recuado não tinham matado seu pai. - Ivar disse me olhando.

- Está falando que seu irmão foi pivô da morte do meu pai ?!

- Estou deixando claro.

Ivar se virou para dormir e eu fiz a mesma coisa.

{Hvitserk P.O.V }

Imagens se repetiam na minha mente , Anelise chorando enquanto se despedia do pai.

( Horas antes da batalha )

- Hvitserk posso falar com você. - O rei Sven disse me pegando de surpresa.

- Claro. - Disse gentilmente.

- Olha.. eu sei que o bebê da Ane é seu filho de alguma maneira.. e na verdade eu queria pedir desculpas por não ajudar vocês a ficar , você sabe , juntos !?

- Deveria dizer isso para ela , não acha ? - Acabei rindo baixo.

- Ane tem a cabeça quente , ela não entendi o que um rei precisava fazer pelo bem do seu povo , mas sei que você entende.

(...)

- Hvitserk ? - Uma voz feminina soou pela porta da cabana.

- Quem é ? - Perguntei sem olhar.

- Você não reconhecer sua melhor amiga é preocupante ? - Eve disse antes de me abraçar.

- Não acho que é a hora certa de você estar aqui. - Disse ainda sem a olhar.

- Ubbe disse que eu deveria vir aqui , você não está bem por isso estou aqui.

E então eu cedi. Começamos a conversar não só sobre o dia de hoje mas sobre tudo ( ou quase tudo ) , depois nos beijamos e não me lembro mais do que aconteceu a noite , mas aparentemente ninguém acorda sem roupa sem motivo.

- Bom dia. - Eve disse e me beijou.

- A noite passou tão rápido que nem percebi que dormir. - Falei e ri.

- Aliás preciso te dar uma notícia.

- Diga.

- Estou grávida. - Ela sorriu.

- Grávida de quem ? - Perguntei confuso.

- de você. Ontem. Não lembra ?

Pra ser sincero eu não lembrava.

- Mas como pode ter tanta certeza ?

- Mulher sabe essas coisas , Hvitserk. Olha preciso ir agora , mas depois volto aqui.

Eve me beijou e foi embora. Acho que o pior do que fazer uma coisa impulsiva e não lembrar sobre quando fez essa coisa.

Minha primeira reação depois de saber da notícia foi ir atrás de ubbe.

- Eai melhorou ? - Ubbe perguntou quando me viu.

- Melhorei ? Como você faz aquilo comigo?

- Aquilo? - Ubbe parecia mais confuso que eu.

- Mandar a eve pro meu quarto.

- Você deve estar confuso , por que eu não fiz isso.

- Ivar. - disse com certa raiva.

Sai dali rápido e fui até a cabana onde o Ivar dormiu , entrei sem avisar e dei de cara com a Anelise sentada

- Hvitserk. Tudo bem..? - Ane parecia assustada.

- Desculpa assustá-la. - Disse com vergonha.

- Na verdade é uma ótima hora. Feche os olhos e abra a mão.

Tentei relutar mas sabia que não adiantaria , então fechei meus olhos e abri as mãos.

Senti uma coisa leve e macia nas minhas mãos , mas só abri os olhos quando Anelise permitiu.

- O que é isso ? - Disse aparentemente confuso e Ana riu.

- Sapatinhos de lã. Aprendi a tricotar no castelo e aparentemente o bebê vai nascer no inverno então vai ser ótimo.

Dava pra ver o ânimo no rosto de Anelise , principalmente em suas bochechas coradas. E eu não iria tirar a alegria dela brigando com o Ivar , não agora.

- A tenebrosa Anelise fazendo sapatinhos de lã , a gente nunca conhece uma pessoa o suficiente..

Dizer coisas idiotas para a Anelise rir deveria ser uma das minhas habilidades.

- Posso saber qual é a graça ? - Ivar disse quebrando totalmente o clima.

- Hvitserk trouxe mais lã pra mim , só que eu pedi amarelo em vez de azul por isso estamos rindo. - Ane disse sorrindo.

Não esperava que Anelise mentisse para o Ivar , mas ela mentiu e me fez sorrir antes de virar para o Ivar.

{ Anelise P.O.V }

- Vai pedir desculpas a ele pelo seu plano ou vou ter que contar tudo ? - Disse e me sentei.

- Sobre o quê você está falando ? - Ivar perguntou.

- Sobre a eve ,ela veio cedo me dizer o fato que meu "marido" pagou para ela dormir com hvitserk. Só acho que deveria escolher uma mulher que pode engravidar da próxima vez. - Me levantei e sai.

- Só queria que ele se ocupasse com outra pessoa que não fosse você. - Ivar disse depois de segurar minha mão.

- Você passa o dia todo sem nem me ver, não deveria se importar do hvitserk me ver.

Sai da cabana para respirar um ar livre , me sentei na grama e deixei o vento bater no meu rosto.
Me levantei rápido , o que escureceu minha vista por um momento mas logo me recuperei e então fui até a cabana do ubbe.

- Deu certo ? - Perguntou ubbe assim que entrei.

- Não sei , Ivar está do mesmo jeito e hvitserk está melhor.

- Provavelmente o Ivar realmente queira ser rei , principalmente depois que mataram a Aslaug.

- Olha ubbe , eu vou para Yellowstone passar um tempo lá , mas você e os outros devem continuar se protegendo do Ivar. - disse antes de sair.

- Vou ir com você.

Puta merda , estavam me seguindo agora.

- Não pode ir comigo , Hvitserk. - Disse séria.

- Se Ivar tentar alguma coisa eu quero estar por perto. - Ele disse se aproximando.

- Sei me proteger.

- Eu sei. Mas só vou ter a certeza que está bem se eu estiver por perto.

- Ok. Amanhã depois de atacar Wessex nos iremos ir. - disse e sai dali.

Claramente tinha feito a escolha errada mas já estava tarde para voltar atrás.

Comecei a me preparar para invadir Wessex , o que não foi algo tão difícil. Não havia ninguém em Wessex , apenas o rei e alguns homens.

Fiquei andando pela cidade vazia enquanto os filhos de Ragnar conversavam com o rei Egberto.

- General Henrique , gostaria que mandassem preparar os barcos para voltarmos a Yellowstone hoje mesmo. - Disse séria.

- Sim , Rainha. - Ele disse e se retirou.

- Era só o que me faltava... - disse pra mim mesma.

- Rainha Anelise , claramente combina com você. - Halfdan disse me pegando de surpresa.

- Halfdan , pensei que tinha voltado com seu irmão. - Disse assustada.

- Depois daqui vou viajar com o Bjorn.

- Bjorn não vai voltar para falar com a esposa ? - Perguntei curiosa.

- Quer saber , não importa. Até logo , Halfdan. - Terminei de falar e sai dali.

Mais uma eu estava andando perdida , mas dessa vez eu procurava por Ivar.

- Finalmente te achei. - Disse quando finalmente vi Ivar sentado em uma mesa sozinho.

- É , você me achou. - Ele disse desanimado.

O olhei com os olhos cerrado e estranhei o comportamento dele.

- O que houve hein ? - Me sentei ao lado dele.

- Como você pediu , pedi desculpas ao hvitserk. Ele disse que só aceitaria se eu deixasse ele ir a Yellowstone , então eu deixei.

- Por que está mal com isso ? - Perguntei confusa.

- Por que eu tenho medo da proximidade de vocês , Anelise. Medo de ser trocado e não ter ninguém.

Ivar disse e pela primeira vez senti total sinceridade na voz dele.

- Olha , você diz que ninguém nunca te amou mas é mentira. Além da sua mãe , seus irmãos e amigos te amam. Eu te amo , Ivar the boneless. Não o suficiente como a sua mãe mas o suficiente pra você acreditar em mim. - Disse e beijei a testa dele.

E pela primeira vez eu também estava sendo totalmente sincera.

- Quero que volte antes de ter o bebê. - Ele disse com a mão na minha barriga.

- Vou estar de volta antes que você sinta a falta de uma mulher deitada do seu lado. - Falei e nós 2 rimos.

E então me despedi de Ivar e dos outros , segui meu caminho para Yellowstone.

( 1 mês depois.)

- Queria saber o que você e ubbe tanto conversam. - Hvitserk me perguntou enquanto olhava o mar no barco.

- Vamos fazer troca , Ivar fica com a Margaret e eu pego o Ubbe. Quer participar ? - Disse e ri.

- Não teve graça. - Ele disse sério.

- Você é um velho chato , Hvitserk. - Disse e dei a língua.

- Só sou 5 anos mais velho que você.

- Ok. Eu e ubbe conversamos sobre ele achar as atitudes do Ivar preocupantes para mim e pro bebê. Ubbe acha que Ivar vai tentar tomar Kattegat.

- O que você acha ? - Ele perguntou enquanto me olhava.

- Ivar tem sonhos grandes demais , Talvez ele consiga isso. Acho que se eu tentar posso fazer ele mudar mas nada certo..

- Não coloque sua vida em risco por causa dele. - Hvitserk disse e saiu.

( 1 mês depois..)

Finalmente chegamos em Yellowstone , durante a viagem minha barriga cresceu.. E cresceu muito na verdade.

A primeira coisa que fiz foi ir ao castelo. Deu de cara com Karen que estava feliz por me ver e igual a mim estava com uma barriga enorme.

- Não acredito que você me enganou. - Ela disse apontando para a minha barriga.

- Acredite também foi uma surpresa pra mim. - Disse e sorri.

- Ane. - Gustaf disse e me abraçou.

- Melhor sentarmos para conversarmos.

(...)

- Olha todos nós sabemos que o mais preparado para governar é o Gustaf. - Karen disse séria.

- Não posso governar , não como ele.

- Como assim , sua vida foi aprendendo a como ser um bom rei. O papai nunca deixou você lutar em nenhuma guerra pra não por o reino em risco caso ele morresse. - Falei com raiva.

- Olha eu sei, mas eu não estou preparado. - Gustaf disse com as mãos tampando o rosto.

- Muito menos eu. - Karen disse séria.

- Anelise devia ser a rainha , ela sabe lutar , o povo ama ela e já tem um herdeiro a caminho.

- Por que não dividem ? - Hvitserk falou me fazendo lembrar de que ele estava ali.

- Como assim ? Perguntei confusa.

- Os três serão reis e rainhas. Anelise e Karen agora vivem em Kattegat , mas Gustaf fica aqui. Quando forem tomar decisões importantes vocês se reúnem e Gustaf cuida do dia a dia do Reino.

- Hvitserk você é um gênio ! - Gustaf disse e abraçou ele.

E assim foi , um reino e 3 reis. Ninguém sabia se daria certo ou não , mas valia a pena lembrar.

- Posso entrar ? - Disse batendo na porta do quarto de hvitserk.

- Não precisa nem perguntar.

- Olha , eu preciso te agradecer por hoje.

- Não tem o que agradecer.

Me sentei ao lado dele antes de continuar.

- Tenho sim.. você escutou meu pai falar que queria que eu governasse e você não contou. É por isso que estou te agradecendo.

- Pra ser sincero , não fiz por você , foi por mim.

- Como ?

- Quero ver meu filho crescendo , se você não tiver um reino pra governar isso vai ser mais fácil. - Ele disse e riu.

- Melhor eu ir , da última vez que ficamos juntos no mesmo quarto acabei ficando grávida. - Disse e me despedi dele.

Saindo dali fui para o quarto da Karen.

- Espero que conte tudo , desde o começo.

(...)

- Você quase beijou um homem que conhecia a menos de uma semana. Como assim , Anelise ? - Karen disse rindo.

- Dormi com o hvitserk 2 dias depois de conhecer ele , eu nem sei o que esperar de mim. - Falei e ri.

- Não fique chateada comigo mas o Sigurd tinha me falado que o Ivar não.. "funciona".

- Sigurd ? Como ele sabe ? - Perguntei surpresa.

- A vadia da Margareth. Ela dormiu com os 4 não sabia ?

- Ubbe não merece isso , ele é um amor. - disse ainda chocada.

- Se aproximou do ubbe também , você está uma grávida muito safadinha.

- Sabe esse negócio de gravidez muda as pessoas , quando eu soube que eu não poderia fazer sexo com o Ivar eu não me importei , mas essa gravidez tá me enlouquecendo.

- Por que você não vai no quarto do hvitserk ? - Karen me fitou.

- Por que eu não enlouqueci o suficiente. - Disse séria.

- Ele e pai do seu filho. Ninguém vai saber , tirando eu.

E então eu fui levada pela ideia da Karen , Bati na porta do hvitserk e sai de perto.

Hvitserk estranhou quando me viu parada na porta.

- Esqueceu alguma coisa aqui ? - Ele perguntou.

- Na verdade..

Tentei achar uma desculpa qualquer mas eu não tinha , então simplesmente o beijei e fui correspondida na mesma medida. Quando menos percebi eu já não estava na porta e sim na cama de hvitserk o olhando.

- O que foi ? - Ele perguntou enquanto me observava.

- Estou cansada e não deveria estar aqui. - disse e me joguei na cama.

- Por que você acha isso ?

- Hvitserk , o Ivar tem razão. Sempre que eu acho que consigo ficar longe de você eu não consigo , eu queria te olhar e saber que eu não te amo mas eu te amo.

De repente percebi que eu estava chorando então hvitserk me abraçou.

- Eu nunca soube o que era querer viver com alguém pra sempre , até me apaixonar por você. - Hvitserk disse enquanto mexia no meu cabelo.

- Por que está dizendo isso agora ?

- Eu só quero que você saiba.

- Eu sei. - Disse e sorri.

Fechei os olhos por uns momentos mas abri assim que percebi algo diferente.. o bebê , ele estava chutando !

- Hvitserk , o bebê ! - Disse me levantando animada.

- O que houve ?

- Ele tá chutando. Eu tô sentindo.

Me aproximei dele e coloquei a mão dele sobre onde estava chutando.

- Ele tem força hein. - Hvitserk disse e riu.

- Tem a quem puxar. - disse rindo.

- Aliás "ele" tem nome ?

- Eu tava pensando que se for uma menina quero que se chama Sigrid , em homenagem a minha mãe. Se for um menino...

- Que tal "levi" ? - Ele disse sorrindo.

- Levi era o nome do meu avô. - Disse surpresa.

- Uma vez Gustaf disse isso pra mim e para o Sigurd.

- Levi. Levi Bohr. É lindo.. - Disse animada.

Eu e hvitserk conversamos até dormimos , pela primeira vez estávamos sendo amigos de verdade.

( 2 mês depois )

- Aparentemente tudo está certo por aqui , acho que devo voltar a Kattegat. - Disse a Gustaf.

- É o que você realmente quer ? - Gustaf perguntou.

- Não sei , mas não posso me esconder aqui pra sempre.

- Ane , tem razão. - Karen disse e me abraçou.

- Vou providenciar tudo pra vocês terem uma viagem tranquila. - Gustaf falou e se retirou.

- Ele mudou depois da morte do papai , pelo menos foi pra melhor. - Karen disse e nós 2 rimos.

- Agora a gente só tem um ao outros , é o melhor ficarmos unidos. - Disse e beijei a testa dela.

- E agora ?

- Vou me despedir do tom e da lia , pegar umas coisas para ir a Kattegat.

- Então seja rápida.

(...)

- Estão gostando da cidade ? - Perguntei enquanto lia me servia chá.

- Amando , Gostei das missas aqui e tom está adorando o emprego.

- Já disse a ele que nenhum dos 2 precisam trabalhar aqui , vocês salvaram a vida da princesa , tem tudo que quiserem ! - Disse séria.

- Anelise , nós sempre seremos gratos a você. - Ela disse e me abraçou.

- Não me esperaram pra reunião ? - Tom disse entrando em casa.

- A reunião é na verdade uma despedida.

- Vai voltar a Kattegat ? - Tom perguntou.

- Preciso voltar , o bebê já está bem grande.

Tom me abraçou com cuidado devido a barriga que me atrapalhava , foi aí que percebi que lia não estava mais na sala com a gente.

- Você deveria ficar , pelo povo. - Tom disse segurando a minha mão.

- Pelo povo ? - Disse e ri.

- Eu sou do povo também , não é ?

- Eu volto logo , prometo. - Disse antes de sair.

Arrumei minhas malas e junto de Karen e Hvitserk entrei no barco a caminho novamente de Kattegat.


Notas Finais


Não esqueçam de dizer oque estão achando nos comentários 😍💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...