1. Spirit Fanfics >
  2. Consequences >
  3. Capítulo único.

História Consequences - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Em tempos difíceis, nós sofremos juntos e nos mantemos juntos.
É isso.

Capítulo 1 - Capítulo único.


Gostaria de sentar e dizer pra ti “hoje eu tive medo”. Tu perguntaria por que, e nós conversaríamos a noite toda sobre. Pensei, pensei e não fiz.

Agora estou aqui, deitado na cama de casal e tu está ao lado. Não ao meu lado, mas ao lado da cama. Ao meu lado, sempre outra pessoa. E como vou me vitimizar? Fui eu quem escolhi.

Cavei a cova em que caí dentro quando tropecei nos meus próprios pés. São consequências.

Não consigo te julgar ou sentir raiva por ter me colocado com a única pessoa fora você que realmente me traz algum conforto pra sair. Eu mesmo me coloquei nessa posição. Tu só ajudou a completar a merda e aumentou minhas chances de ficar. Talvez eu devesse ter dito que gostaria de sair.

Não só do programa, mas da minha mente, do meu próprio corpo. Queria poder arrancar o coração fora e colocar numa caixinha. Deixá-lo lá, e só pegar de volta quando as coisas começassem a fazer sentido.

Nada mais faz sentido depois que te conheci.

Nunca quis te causar problemas, ou causar problemas aqui dentro. Gostaria da oportunidade de te dizer isso também. Tive várias... De muitas coisas. Enfiei todas no lixo. Tentei, por diversas vezes, enfiar o coração junto. Não funcionou também.

Felipe Antoniazzi Prior, o que tu tem, que me deixa tão leve? O que tu tem, que faz com que eu me ache e me perca na mesma proporção? Como tu virou a minha cabeça? Quando foi que a possibilidade de que tu escapasse pelos dedos começou a me deixar tonto?

O que foi que eu fiz pra ti, pra me atirar no peito?

Me coloquei nessa situação, porque as demais se tornaram insustentáveis. Não consigo mais carregar nas costas o peso das minhas escolhas enquanto quero ameniza-las perto de ti. Não é justo comigo, com os outros, nem contigo.

Tu também não tem que pagar pelos meus erros.

Talvez essa sejam as últimas noites que dormimos no mesmo cômodo. Talvez sejam os últimos dias que passamos por perto. E o que quer que aconteça, espero ter coragem de agradecer a ti por tudo que passamos. Espero ter coragem de abraçar e que, caso aconteça, consiga segurar o choro que passei muito tempo querendo deixar escapar no teu colo.

O que quer que aconteça: tu é o meu campeão. Quando as coisas se acalmarem, lá fora tomamos uma breja. Vamos rir de tudo que aconteceu aqui e pensar “puta merda, onde estávamos com a cabeça?”.

Às vezes, nem mesmo um ator consegue segurar a vontade de chorar, mas dizem que se o choro vem pela noite, a alegria vem pela manhã. Se assim o universo quiser, nos vemos por aí.

 


Notas Finais


Espero não apanhar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...