1. Spirit Fanfics >
  2. Consequences... >
  3. A chegada - parte 2

História Consequences... - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - A chegada - parte 2


Fanfic / Fanfiction Consequences... - Capítulo 2 - A chegada - parte 2

- Nao irei me aproximar, você  pode ter certeza disso - a olhei, ela deu de costa para mim, que vontade de voar naqueles cabelos loiros de agua oxigenada que ela tem. Como Justin egole esse noivado com essa pessoa repugnante que Luna e - vadia - disse entre labios observando ela ir em direcao a cede da fazenda.

- Oque ela queria - ouvi a voz da minha mae atras de mim.

- Dizer oi apenas - me sentei na cadeira de balanço que havia ali.

- Nao seja falsa - ela deu um meio sorriso.

- Me disse para nao me aproximar do seu noivo.

- Nao arrange problemas. Todas as consequencias quem ira responder  e seu pai.

- nao quero nada com Justin, ela deveria saber disso. 

- Vamos ver ate vc o velo - ela entrou para dentro e eu fiquei admirando o por do sol, e pensando em quantas coisas legais eu e Justin fizemos nessa fazenda quando criança.

Mas tudo mudo quando Luna chegou, ao longo do tempo ela foi se tornando tudo que uma pessoa nao deveria ser, invejosa, mal carater, mentirosa e ambiciosa. Ela morria de ciumes de mim e Justin ate que um dia ela conseguiu nos afasta, Justin e eu tinhamos uma diferenca de idade um pouco grande, ele está com seus 25 anos e eu com meus quase  18...sim sao 6 anos, mas isso nunca impediu que a gente fosse amigo. Quando fiz meus 15  anos Justin me pediu em namoro, no começo  meu pai achou um absurdo, mas depois foi cedendo. Foi quando Luna com toda a inveja que tinha, inventou coisas sobre mim para ele e desde entao nos separamos cada um para seu lado...e hoje vejo que ela esta conseguindo oque quer...so nao sei como ele pode acreditar nas mentiras que ela falou.

- A janta esta pronta - minha mae gritou de dentro de casa, eu olhei para a cedi as luzes estavam  acesas entao vi Luna e Justin aos beijos na varanda. Me encomodo? Logico que nao, ja nao sinto mais nada por ele. 

Entrei para dentro desligando as luzes de fora. Nos jantomos em silencio e eu fui para meu quarto sentei em um bau que havia debaixo da janela e fiquei  por tempos observando as estrelas...elas brilham mais aqui pensei comigo, irei dormi amanha vou ir nadar na velha cachoera da ponte.

Assim o fiz, tomei um banho  e fui dormi. Logo pela manha, tomei meu cafe e ajudei minha em alguns afazeres assim que terminamos peguei uma toalha e sai, andando pela estrada de terra vermelha, peguei o carreiro em meio ao mato e logo estava naquela linda cachoeira tirei minha roupa, nadaria pelada pois nao ha ninguem em meio a esses mato, pulei na agua, quando escutei vozes.

- Quem esta ai? - escutei vozes vindo da beira da cachoeira, era conhecida - e proibido nadar aqui.

Sai um pouco com a cabeça para fora da agua e olhei era Justin, como estava mudado, estava forte tatuado, bem diferente daquele garoto que conheci.

- ha desculpe eu nao sabia que estava proibido nadar aqui - eu disse trampando meus seios indo em busca da minha toalha.

- esta querendo isso aqui ? - ele estava com ela nas maos.

- Sim - ele me entregou.

- Como vc esta diferente Angel.

- posso dizer o mesmo - me cobri.

- Eu...bom e proibido nadar aqui 

- eu nao estava sabendo.

- Agora saabe. Vc quer uma carona pra fazenda? 

- Nao Justin muito obrigada - peguei minja camisa e a vesti, ela parecia um vestido para mim.

- Você  poderia aceitar, temos coisas para conversar.

- Oque por exemplo? Eu nao tenho nada pra te fala- peguei a toalha em uma mao e o shorts na outra - Aa gente nao tem nada para conversa eu so vim por causa do meu pai, e de sua festa de aniversário. 

Saai andando sem olhar para tras e ele ficou la parado me olhando, na moral? Nao quero me envolver em confusoes....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...