História Consequências de uma aposta ! - Capítulo 88


Escrita por: e Turuboum

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Ana, Delfina, Gaston, Jazmin, Luna Valente, Matteo, Nico, Nina, Pedro, Ricardo, Simón, Yam
Tags Gastina, Lutteo, Simbar
Visualizações 382
Palavras 1.672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 88 - Me perdoa amor ? " Eu te amo ! "


***Autora***

Bom dia família (fala Gaston no final da escada)

Bom dia(fala Nina meio tímida) 

Não precisa ficar com vergonha(Edna)

É você ja é parte da família (J.C)

Obg(Nina)

Como é o nome da garota que roubou o coração do meu neto(Edna)

Meu nome é Nina(Nina)

O meu é Edna,e o nele é João Carlos(Edna)

Prazer (Nina)

Prazer é todo nosso(J.C)

Nina que tal a gente ir da uma volta?(Gaston)

Vamos,eu sou vou me trocar (Nina)

Licença (fala Nina saindo)

Gaston tomou café? (Liana)

Já sim mãe (falou Gastón )

Tô pronta(Nina)

A gente ja vai indo(falo indo ate Nina e pegando sua mão e levando ela ate a porta)

Tchau gente(Nina)

Tchau (todos)

(Eu e Nina estamos dando voltas pelo jardim,estamos conversando sobre baile,coitada mal sabe que vai ser humilhada no dia , só espero que esse dia chegue logo )

Gaston? (Nina)

Hã oi(Gaston)

Eu to te chamando a horas(Nina)

Foi mal eu tava pensando em outra coisa(Gaston)

Posso saber que coisa é essa?(Nina

É que... Eu tava pensando quão sortudo eu sou por ter uma namorada tão incrível (falo mentindo)

Eu que so sortuda (fala ela me beijando)

Vem (falo a puxando em direção a piscina)

Gaston o que você vai fazer ?(Nina)

Isso(empurro ela na piscina)

Gaston,agua ta gelada(Nina)

Calma eu vou pegar uma toalha,e sai da piscina que ideia maluca de entrar na piscina (falo tirando onda da cara dela)

Gaston me paga(Nina)

(Eu vou em direção ao quarto onde a Nina tinha dormindo com a minha mãe, só que eu escuto minha falar com a minha vó)

Liana você vai falar quando para o Gaston?(Edna)

Em breve(Liana)

Em breve quando?,ele precisa saber que o seu estado piorou minha filha(Edna)

Eu sei mãe,so que eu to com medo de com o Gaston vai reagir (Liana)

Ele vai ficar triste mas vai estar do seu lado(Edna)

(Eu não acredito que o estado da minha mãe piorou,pq isso ta acontecendo comigo,ela falou para mim que tava bem,logo sinto algumas lágrimas no meu rosto)

***Gastón***

Entro de uma vez no quarto fazendo elas se assustarem .

Liana - filho ?

Gastón - vo-você piorou ? - eu disse com com meus olhos cheios de lágrimas . - fala a verdade mãe . Por favor ? - eu disse já chorando . - ela não disse nada só me abraçou fortemente enquanto eu chorava como nunca chorei .

Edna - vou deixar vocês a sós . - ela disse e saiu do quarto .

Gastón - mãe não me deixa - 😭 - por favor .

Liana - não vou deixar você meu amor . - disse chorando .

Gastón - não mente pra mim . - eu disse a olhando - eu escutei sua conversa com a vovó . - eu disse chorando .

Liana - não meu amor você escutou errado .

Gastón - PARA ! PARA DE MENTIR PRA MIM ! - eu gritei me afastando dela .

Liana - Gastón meu amor ... - ela tentou tocar no meu rosto mais eu não deixei .

Gastón - ME DEIXA EM PAZ ! VOCÊ MENTIU PRA MIM ! - eu disse e sai correndo . No caminho encontrei com a Nina e minha prima mais não queria ver ninguém naquela hora , saí de casa correndo até chegar num jardim mais afastado da casa . Sentei em baixo de uma das árvores e comecei a chorar . Minha mãe não podia me deixar , não agora , eu não estou pronto pra ficar sem ela , já perdi meu pai pra outra família o que será de mim sem ela ? Quem vai cuidar de mim e das minhas idiotices ?

Me levantei e fui andando devagar até em casa .

***Nina***

Entrei em casa e eu estava toda molhada , quando subi as escadas para ir pro quarto ouvi gritos e trombei com o Gastón saindo correndo do quarto , mas ele não parou ao me vê , ele continuou correndo .

Nina - Gastón ? O que houve ? - perguntei mais ele já havia ido embora . Logo vejo a mãe dele saindo do quarto com a cara cheia de lágrimas . - o que houve tia liana ?

Liana - é uma longa história , deixe ele sozinho um tempo . Vá se trocar se não você vai pegar um resfriado .

Nina - tá bem .

Entrei no quarto e tomei um banho quente , enquanto tomava banho ,começou a chover , aqui onde os avós de gastón mora é bastante frio e chove muito .

Saí do banho e vestiu uma lingerie branca e um roupa apropriada para o clima ( N.F) . Fiz um coque no meu cabelo é saí do banheiro , na hora que saí encontrei Gastón sentado na bancada do lado da janela olhando a chuva .

Nina - Gas ... - o chamei e ele me olhou ,seu rosto estava inchado e seu cabelo estava um pouco bagunçado , e caia lágrimas de seus olhos . - tá tudo bem ? O que aconteceu pra você sair correndo daquele jeito ? - ele nada respondeu só virou o rosto e voltou a olhar a chuva . - bom ... Acho melhor deixar você sozinho. - quando eu me virei pra sair sinto ele segurar minha mão . Me virei e o olhei e ele olhava pra mim .

Gastón - fica aqui comigo ? - ele perguntou alisando minha mão .

Nina - tem certeza ?

Gastón - uhum .

Nina - tá bom .

Ele me puxou e me fez sentar entre suas pernas , ele me abraçou por trás e deu um beijo em meu pescoço , depois ficou com sua cabeça colada a minha .

Ficamos olhando a chuva cair enquanto ele ainda me abraçava .

***Gastón***

O que vou fazer agora , acho que eu no meu estado normal ou no outro Gastón popular nunca faria isso . É mais uma confissão a se fazer .

Bom ... Antes de tudo, escrevi isso em meu diário ... Onde guardo dentro de uma gaveta trancada . Vou contar tudo o que escrevi nele no dia em que eu a pedir em namoro .

Diário on :

Não sei o que sinto quando estou com a Nina , eu sempre a odiei , mais todo esse meu ódio nunca teve um motivo . Ela sempre foi uma nerd , mais uma nerd diferente de todas as outras , ela é linda , seu sorriso é perfeito e encantador , sua boca é rosada e desenhada , seu corpo é magnífico , o jeito dela falar é encantador , sua voz é calma e me traz paz , seu jeito carinhoso e compreensivo mexe comigo de uma forma que eu não sei bem como explicar ; seu olhar é tranquilizador e profundo , sua pele é macia e delicada .

E pensar em tudo o que passamos juntos , me dá vontade de ficar ao lado dela pra sempre , ela é o tipo de garota na qual um cara quer para namorar , casar, ter filhos e viver o resto da vida ao seu lado . Qualquer homem se sentiria feliz ao tê-la ao seu lado para sempre . Bom ... Pelo menos eu me sentiria feliz .

Ela diferente de outras garotas que a conheci . Há quem diga que ela é delicada como uma flor e explosiva como uma granada . As vezes que brigamos ,fingi não estar nem aí pra nada , mais por dentro me importava ,e muito , nunca aguentei vê-la chorar por minha culpa .

Quantas vezes me senti mal ao ouvir o Matteo dizer aquelas coisas . Mais por mais que eu não confessasse eu sabia que ele tinha razão , e ainda tem . Ele diz verdade , quando a Nina descobrir essa aposta ela nunca anos vai querer olhar na minha cara , e eu ? Eu vou ter que viver com o peso na consciência do que eu fiz , e com a raiva de pensar em outro cara a tocando a beijando , a fazendo sentir prazer na cama , raiva em saber que ela formará um família com outro cara .

Bom ... Entre essas coisas e muito mais , eu só posso chegar a uma conclusão ...

Estou apaixonado por Nina Simonetti . Estou apaixonado pela nerd que eu mais odiava no mundo ...

Eu a amo ... A amo mais que tudo na minha vida ( ela e minha mãe ) ,queria pode ficar com ela para sempre ,mais pena que isso não vai acontecer .

Diário off .

Nina - Gastón ? Está me ouvindo ? - despertei dos meus pensamentos com sua voz me chamando .

Gastón - há oi ? - desperto dos meus pensamentos e a vejo sentada de joelhos a minha frente .

Nina - por que está chorando ? - ela perguntou então só aí percebi que eu estava chorando .

Gastón - é ... Por nada . Nada amor .

Nina - te conheço . Sei quando mente . - ela disse fazendo carinho no meu rosto e enxugando minhas lágrimas .

Fechei os olhos e aproveitei seu carinho . Logo não aguentei e a puxei pra mim a abraçando , comecei a chorar como nunca chorei antes , sua cabeça estava em meu peito e eu a abraçava enquanto eu chorava , chorava porque eu sabia que ia perdê-la , chorava pela minha mãe , chorava por saber que a garota que amo será feliz com outro cara , que com outro cara ela formaria uma família .

Nina - gás ... Não chora . - ela disse em olhando .

Gastón - me perdoa ? - eu disse pegando seu rosto entre minhas mãos e colando nossas testas . - me perdoa meu amor ?

Nina - pelo quê gás? O que houve ? - ela disse em tem desesperador ,logo suas lágrimas começaram a cair - gastón eu tô ficando preocupada , me fala ,o que tá acontecendo ? - ela começou a chorar e eu a abraçei .

Ficamos os dois abraçados chorando um no ombro do outro .

Gastón - eu te amo Nina Simonetti ! 

Nina - Eu também te amo Gastón Perida ! 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...