1. Spirit Fanfics >
  2. Consequências do Amor 2 (SasuNaru) >
  3. Despertar

História Consequências do Amor 2 (SasuNaru) - Capítulo 15


Escrita por: roxyw e leviw

Notas do Autor


Oi, oi. Tudo bem com vocês? :))

Capítulo fresquinho para vocês e fora do horário kkkk

Não betado.

Boa leitura!

Capítulo 15 - Despertar


Ryujin pov'

 

Ryujin observava da janela a chuva que caía em abundância. A lareira acesa esquentava toda a biblioteca, deixando-a confortável. Ali era um dos seus lugares preferidos do mundo, era onde se permitia sem amarras. 

Há algumas semanas atrás, finalmente tinha despertado o sharingan, e não sabia como tinha sobrevivido a tamanha felicidade. 

Apesar da conversa séria que teve com o pai Sasuke, a emoção que sentiu ao ver que realmente tinha o kekkei genkai não poderia ser descrita. Ele tinha entendido tudo o que lhe foi falado, mas aquela vontade de possuir os olhos rubros não sumiria tão cedo.

Os treinos finalmente estavam indo para frente. Antes, tinha dificuldade em se conectar com a gêmea. Ela era muito mais rápida por causa do sharingan, o que acabava por deixá-lo de lado, mesmo sem intenção.  

Nesses poucos dias, já tinha obtido dois tomos, alcançando a gêmea que os tinha há um ano e meio. Seus pais disseram nunca ter visto nada igual, Raiden tinha levado três anos para completá-lo e o pai quatro.

Particularmente não achava aquilo tão incrível. Sempre treinou duas vezes mais para conseguir seguir o ritmo da irmã, talvez aquilo fosse os frutos do seu sangue e lágrimas. 

Ainda se lembrava de como ficou triste e sem vontade quando a irmã despertara os olhos. É claro que não deixou transparecer, nunca iria por suas frustrações acima da felicidade da gêmea, não era hipócrita. 

A partir daquele dia, as coisas na escola ficaram piores. Antes apenas ignorava as piadinhas, mas quando a notícia se espalhou, foi como jogar água em uma panela de óleo quente. 

Por onde passava os colegas o chamavam de resto de aborto, vergonha dos Uchihas, defeituoso, adotado e vários outros apelidos. 

Querendo ou não, aquilo lhe afetou como um tsunami. Suas inseguranças sendo elevadas ao extremo, até mesmo tinha perdido a vontade de treinar, inventando desculpas para não ir.

E isso se arrastou por vários meses, até Raiden ir buscá-lo na escola quando Sayuri faltou por causa de um resfriado. 

O irmão tinha chegado de surpresa bem no momento em que um grupo de garotos do último ano o cercava, fazendo piadas de mal gosto.

Foi uma confusão.

Raiden entrou na roda como um trovão, fazendo sua voz retumbar pelo corredor. Com o tumulto, a diretora apareceu e antes dos garotos sumirem com ela, o irmão tinha feito questão de colocar o garoto que lhe segurava na roda em um genjutsu. 

Poderia dizer que sua vida tinha melhorado depois disso, e havia, apenas em partes. Os garotos tinham lhe deixado em paz, mas ainda ouvia sussurros maldosos por onde passava. 

Só queria paz.

O seu sonho, aos poucos, foi se perdendo junto com os sussurros. Voltar para o treino era como enfiar uma faca em suas costas e até mesmo cogitou parar. Seus pais não o forçariam a fazer algo que não queria, todavia, com certeza não aceitariam que saísse por covardia. 

Não podia ser covarde. Não mesmo.

Quando conversaram sobre o futuro, Raiden disse que queria ser médico para conseguir cuidar do máximo de pessoas que pudesse, Sayuri iria ser uma ninja de elite, como o pai Sasuke e ele ficou em silêncio, sabia o que queria, mas nunca iria dizer em voz alta, não era digno. 

Ser Hokage sempre tinha sido algo incrível para si. Ver seu pai Naruto trabalhar, comandar toda Konoha era simplesmente magnífico. Seu coração pulava no peito quando se sentava na cadeira do pai fingindo ser o Hokage enquanto brincava com Sayuri.

No começo, treinava arduamente para ser um ninja digno do cargo. Uma bela ilusão.

Força de vontade não era nada perto do poder. Ninguém iria querer um Hokage fraco.

Quando não despertou o sharingan, o pai sugeriu que tentasse o modo sábio. Não foi surpresa quando fracassou também. Ele seria apenas um civil comum.

Todo o treino árduo seria jogado fora. Tinha se tornado espadachim e mestre de Akira, a grande cobra da Caverna Ryūchi, para nada.

Ao contar suas decisões para os amigos – únicos que sabiam do seu sonho – foi brutalmente massacrado. Disseram que era um alívio não ter um candidato a Hokage com tamanha covardia e falta de amor próprio, além de finalizarem com “não queremos ser amigos de uma pessoa sem a vontade do fogo”.

Foi como um banho da água mais gelada do universo. Os amigos o ignoraram por semanas, até começar a repensar em todas as suas atitudes.

Descobrir que estava sendo um tolo covarde não foi tão difícil, na verdade Sayuri tinha desvendado tudo e jogado em sua cara antes mesmo dos amigos falarem algo, mas não se importou, como disse a ela “você nunca entenderia”.

Como um mero espectador da própria vida, viu que o problema nunca foi não ter sharingan, e sim, a covardia disfarçada. 

O pouco tempo de vida escutando todos os comentários negativos sobre si tinham entrado em sua corrente sanguínea como um veneno poderoso, fazendo-o questionar seus sonhos e esforços.

E conseguir sair daquela bolha não foi fácil. Teve muitas batalhas internas e superar o medo do julgamento era como elevar o espírito ao mais alto precipício sem temer cair.

No final, abriu o jogo para a família, como deveria ter feito desde o começo. Sendo essa umas das partes mais essenciais, esconder coisas de seu sangue nunca deveria ter sido uma opção, afinal, eles eram sua sombra e ossos.

Falar tudo para a família tinha o libertado de toda e qualquer amarra.

A vida tinha ficado mais colorida com o que chamava de renascimento. Procurou os amigos e fez a amizade novamente, começou a se impor sobre os comentários maldosos, voltou com tudo para os treinos, enfim, paz.

O despertar dos olhos rubros vindo como um bônus algum tempo depois e pasmem, estava pronto para perseguir o futuro.

Tudo tinha seu tempo e aprendeu isso da forma mais difícil possível, mas não mudaria nada.

Ele era Uchiha Ryujin, filho mais novo de Uzumaki Naruto e Uchiha Sasuke, e seria Hokage um dia. 


Notas Finais


E então, o que acharam? Ryujin hokage... VAI TER UCHIHA COMANDANDO KONOHA SKM CARAKHOS AKAKAKKAKAKAKAK quem não gostou q lute pq finalmente o dragãozinho virou dragão e saiu da jaula hshshahahs

Espero que tenham gostado! Não deixem de curtir e comentar, vejo vocês no domingo ✨❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...