História Consequências do destino - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Karol Sevilla, Luna Valente, Matteo, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Ruggero Pasquarelli, Simón, Yam
Tags Destino, Ruggarol, Solggero
Visualizações 37
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo two - Próximos? Um novo alguém?


Fanfic / Fanfiction Consequências do destino - Capítulo 2 - Capítulo two - Próximos? Um novo alguém?

Point of View - Dove Cameron

Logo após que Karol foi a entrevista,Kat e Male chegaram com Luna do colégio

Então,após almoçarmos todas juntas, Luh foi fazer suas tarefas.

Depois ela havia voltado para sala,com seu violão, cantando uma música que me disse que o professor de música os ensinou.

Quando ela estava cantando, Karol chegou em casa,mas assim que ouviu atentamente uma parte da música, ela acabou por desmaiar na entrada do apartamento.

- Karol,Karol! - eu a chamava,mas nada dela reagir - Karol,acorda.

- Mãe, Mãe, Mãe acorda! - Luna já estava desesperada - Acorda mãe!

Após alguns segundos Karol acordou.

- O que aconteceu? - Perguntava meio tonta.

- Eu estava cantando mãe,quando você desmaiou na porta - Luna já dizia mais calma.

Eu sabia muito bem porque Karol havia desmaiado ao ouvir aquela música, na verdade, só eu sabia o que havia acontecido com Karol e principalmente, para o nascimento de Luna,era a música favorita do ex-melhor da Kah,ele a estuprou, por isso Luna acabou por nascer,e como eu, Sof,Lina,Anita,Chia,Male e Kat,já morávamos juntas,resolvemos trazer Kah pra morar com a gente,já que ela havia sido expulsa de casa, alguns meses atrás, Kah resolveu me contar o que aconteceu com ela, nunca espalhei o que ela tem tanto trabalho de esconder.


Dia seguinte 

Terça - Feira - Buenos Aires

06:35 hrs - Dia de inverno 

Point of View - Luna Sevilla 

Acordo,faço as minhas higienes matinais,tomo meu café com a minha mãe,e minhas Ana e Sofia,e também tia Dove e Chiara me levariam ao colégio.

Bom,parece que hoje teremos um novo aluno na classe,ainda não sei o nome dele.

Termino meu café,e saio até o colégio.

Assim que chego,vejo um garoto lindo,pele branca,olhos castanhos, seu lindo cabelo acastanhado também,e usava óculos.

Vou até ele e resolvo puxar conversa :

- Olá! - digo com um sorriso de orelha a orelha - Você é o aluno novo?

- Sim - ele responde com um sorriso torto - Sou Matteo,e você?

- Sou Luna, que bom te conhecer.

- É muito bom te conhecer Luna.Luna,você é  uma pessoa popular?

- Sim,mas,eu não sou má como os meus amigos,eu respeito todo mundo e os trato bem.

- Bem,acho que seus amigos não vão gostar que eu seja seu amigo.Eu sou um nerd.

- Para de besteira Matteo, a Nina,ela é popular e é nerd,isso não tem nada haver.

- Se você diz.Vamos?

- Vamos.

Então logo nos encaminhamos para a sala de aula.

Point of View - Karol Sevilla

08:45 hrs - Escritorio Pasquarelli Ronda

Bom,aqui estou eu no meu emprego,eu e o senhor Pasquarelli nos tornamos bastante amigos,apenas no meu primeiro dia de trabalho ,ele e o senhor Ronda são bastante educados.

Percebo que estou sem minha medalhinha,que tenho desde que sou pequena.

Logo o senhor Pasquarelli me chama.

- Karol?Procura isso? - estava com minha medalhinha na mão.

- Estava com o senhor? - senti meus olhos brilharem ao vê - lá

- Primeiro, nada de senhor,só Ruggero, e,segundo você deixou cair ontem e eu encontrei.

- Obrigado sen...Quer dizer Ruggero.

- Posso colocar? 

- Claro!

Então ele coloca,e me viro pra ele,estávamos a ponto de nós beijar quando o Michael entra no escritório.

Quando me viro,vejo ele e Valentina de mãos dadas,minha irmã e meu chefe juntos?

- Valentina? - digo surpresa - O que faz aqui?

- O que você faz aqui? - ela me pergunta.

- Eu trabalho aqui!

- E eu namoro o Michael!

- Vocês se conhecem? - Ruggero perguntou.

- Ela é minha irmã.- respondi 

- E a Luna,como está? - ela perguntou.

- A Luna não é do seu interesse, tanto você,como a mamãe e papai,nunca ligaram pra mim depois que Luna nasceu,as minhas amigas agora são a família que eu precisei e preciso agora,você não tem direito sobre a MINHA FILHA! - digo enfurecida.

- EU SOU A TIA DELA! - GRITOU

- Você não é tia coisa nenhuma,assim que mamãe e papai me expulsaram de casa,a primeira coisa que você fez foi rir de mim e dizer que era uma irresponsável.

EU TE ODEIO VALENTINA!

EU TE ODEIO!

Sai dali com lágrimas nos olhos,sem me importar com que ela ia dizer.

E acabei por me trancar no banheiro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...