História Construindo uma família - 2 Temporada - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Dean Winchester, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Dean Winchester, Drama, Família, Filhos, Palmadas, Personagens Originais, Sam Winchester, Spanking, Supernatural
Visualizações 247
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores!
Outro capítulo para vocês, o capítulo anterior teve muitos comentários e eu realmente agradeço por isso. Me alegrou muito e me motivou a postar outro hoje ❤️
Espero que gostem!

Capítulo 32 - Complicações


POV Manu

Ajudo Joey a dar banho em Melissa, embora seja uma tarefa realmente complicada. Minha sobrinha não parou de se debater durante o banho todo. Ela está chorando muito e isso parte meu coração. Seu corpo está cheio de hematomas e cortes deixando visível que tudo ocorreu na força bruta. Não quero imaginar o que essa menina passou... Foi um luta lavar sua coxa e sua região íntima. Joey deixou essa parte comigo, mas ainda assim Mel fez um escândalo dos grandes. Ela está tão machucada...

Assim que terminamos o banho Joey a enrola na toalha e a leva para o quarto, lhe secando com cuidado.

— Manu, você pode chamar o meu irmão? – Pergunta Joey baixinho.

Assinto e me apresso em sair em busca de Tyler. O encontro na sala junto com todos os outros.

— Como ela está? – Questiona Dean preocupado.

— Está muito mal.. – Respondo tentando não dar detalhes, visto que as crianças estão aqui.

— Mamãe... Eu posso vê-la? – Pergunta Johnny se aproximando devagar e me abraçando. Como eu amo esse menino... Ele é tão carinhoso.

— Desculpa filho, mas agora não é uma boa hora. – Respondo acariciando seu cabelo – Ty, Joey pediu para você ir examinar a Mel... Leve sua maleta.

— Ok. Eu já estou indo. – Ty não perde tempo para fazer o que lhe pedi.

— Fica aqui querido, mamãe precisa ajudar os meninos a lidar com sua prima agora.

— Vai me deixar vê-la hoje?

— Não sou eu quem decide isso Johnny...

— Por favor...

— Espera aqui ok? – O solto devagar. John cruza os braços emburrado, mas não diz nada. Suspiro e volto para o quarto, onde vejo Joey segurando Melissa na cama enquanto Tyler a examina.

Um exame bem detalhado por sinal, meu namorado faz uma careta ao terminar. Abaixa as pernas de Mel e tira as luvas de látex, as jogando no lixo.

— Joey.... Podemos conversar em particular?

Joseph assente e pede para que eu vista Melissa. Assinto e assim que eles saem começo a vesti-la.

— Tio Ty me viu nua... – Chora ela.

— Eu sei meu amor.. Eu sei. – Acaricio seus cachos, sentindo uma pontada em minha barriga. Faço uma careta mas decido ignorar... Foi muito stresses​ em um dia só.

— Mas ele viu tudo tia... Tudo. – Minha sobrinha me olha com os olhinhos vidrosos. Mel tem quinze anos, tem o corpo bem desenvolvido, é realmente bonita. Mas não passa de uma criança. Como um desgraçado sem escrúpulos teve coragem de fazer isso com ela?

— Não se preocupe meu amor. Seu tio está estudando medicina, ele já fez enfermagem, está acostumada a lidar com situações de nudez. Ele nunca te machucaria querida. – Falo suave, sentindo outra fisgada em meu ventre. Dessa vez mais intensa que da primeira vez.

Tento me concentrar na minha sobrinha.

— Escuta meu amor, eu sei que é difícil e que você está assustada. Mas ninguém aqui vai lhe fazer mal ok? Estamos aqui para cuidar de você, não tenha medo...

— Ele me machucou... Eu não podia gritar tia, não podia... Quando eu tentava ele me batia... Sem pensar. Eu chutei e arranhei... Mas ele era mais forte. Doeu tanto...

Ela volta a chorar novamente, se encolhendo na cama.

Sinto um aperto no peito, dói tanto vê-la assim... A abraço mais.

— Mas agora ele nunca mais irá te machucar meu amor. Nem ele e nem ninguém. – Falo suave. As dores em minha barriga estão aumentando.

Me distraio ao ouvir vozes alteradas do outro lado da porta.

— A tia já vem Mel.

Levanto devagar e caminho para fora, encontrando meu marido e meu filho discutindo. Joey está quieto com uma expressão fria...

— Não interessa John! Não é uma boa hora agora ok?!

— Eu não ligo papai! Eu vou vê-la sim e ninguém vai me impedir! – Se altera meu filho e sem perder tempo vem em minha direção.

— Hey, aonde pensa que está indo mocinho? – Cruzo os braços parando diante da porta.

— Mamãe... – Johnny me olha surpreso e para onde está.

— Eu não mandei você esperar lá na sala?

— Mandou... Mas eu preciso vê-la.. – Murmura com a voz chorosa.

— Não, você está precisando é de umas boas palmadas para ver se aprende a obedecer! – Indaga Ty com uma expressão irritada.

— Joey, vai ficar com a sua filha. Ela precisa de atenção. – Falo séria olhando meu cunhado, que assente e entra sem hesitar. Olho John:

— E você trate de vir comigo. – Falo segurando sua mão.

— Eu preciso sair amor... Preciso comprar uma pílula para Melissa... – Murmura meu marido com o olhar triste.

Uma pílula? Então quer dizer que o imbecil que a violou ainda teve a audácia de... Balanço a cabeça e sinto as dores piorarem. Dessa vez muito mais forte. Seguro no braço de Johnny com força.

— Aii mamãe! – Reclama ele, mas assim que nota minha expressão seu olhar muda. – Hey, você está bem?

— N-não...aii!!– Dessa vez a dor não para como das vezes anteriores. Só aumenta..

Tyler arregala os olhos e me pega no colo.

— Manu... Calma amor, calma...

— Pai... A Lis tá nascendo?! – Questiona Johnny já apavorado.

— Tudo indica que sim... – Responde Tyler com a voz baixa.

— Não!! Não tá na hora Tyler, não tá! Eu tô de quatro meses ainda, não pode nascer antes! – Me desespero. O certo é cinco meses, será que minha filha já está formada?! Eu não faço ideia...

Sinto lágrimas tomando conta do meu rosto.

— Calma amor... Você precisa se acalmar...

— Não Ty!! Nossa filha... Ela precisa nascer bem... Não tá na hora! Aiii! Tá doendo tanto...

— John, pegue cinquenta dólares na minha carteira e vai até a cidade. Coloque gasolina no carro e compre a pílula para Melissa, eu te darei o nome ok?

— O vô Dean...

— Não! Seu avô vai ficar aqui, vamos precisar dele. Vai lá, chama Alex para ir com você se quiser. E não demore está me entendendo?!

Tyler está nervoso, mas está lutando para permanecer calmo. John deposita um beijo suave em minha bochecha:

— Vai ficar tudo bem mamãe... Eu prometo. – Murmura com a voz rouca – Com você e com a Elizabeth...

Assinto apertando sua mão. Como eu amo esse menino...

Em seguida vejo ele correr para a sala.

— Calma querida... Respira. – Ty me leva para o nosso quarto.

— Ty... O que está acontecendo?!

— Você passou muito nervoso. Se abalou muito com o caso da Mel... Foram emoções muito fortes. E isso influenciou na gravidez. Acontece com gravidez normal também. Eu já vi casos.

— Mas ela só tem 4 meses Ty.... – Choro.

— Eu sei amor, eu sei... Não pense nisso ok?

— Como eu não irei pensar?! 4 meses Tyler!! Ela pode não estar totalmente formada ainda.. Ela pode não... Não sobreviver... – Começo a chorar de forma intensa, o que só faz com que as contrações aumentem.

— Acalme-se Emanuelle! – Ty me coloca delicadamente na cama e segura minhas mãos agora frias. – Amor você precisa se acalmar... Olha para mim.

O encaro, notando seus olhos marejados.

— Salva ela Ty... Por favor... – Choro apertando sua mão, estou me sentindo tão fraca... Fecho os olhos.

— Amor... Olha para mim... Por favor fica acordada ok? – Pede ele com a voz chorosa.

   Abro os olhos o olhando... Dói tanto. Aperto mais sua mão, eu só quero que minha filha nasça bem.


Notas Finais


Ih parece que o problema da Mel não é o único que os Winchester terão que lidar agora ksks O que acham que vai acontecer?
Comentem amores, que talvez eu poste outro logo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...