1. Spirit Fanfics >
  2. Construir a minha história ou construir a minha casa. >
  3. Capítulo 02:Sequestro.

História Construir a minha história ou construir a minha casa. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Salve pessoal,aqui estamos para o segundo capítulo da fic. Espero que vocês curtam esse capítulo assim como a história em si.
Chega de papo e simbora.

Capítulo 2 - Capítulo 02:Sequestro.


Carla entra na casa soltando um longo suspiro. Ação da qual não passou despercebida pelo Eren que caminha na direção da sua mãe.

- Eren o seu pai ele...

- Tá eu entendo que ele é alguém ocupado. Disse Eren com um tom calmo para a surpresa da sua mãe.

- Você entende?

- Espera Eren? Até mesmo o Armin ficou surpreso com o que seu amigo acabava de dizer.

- Se eu nego é pior,se eu reclamar não vai adiantar em nada,o que resta é aceitar que ele é um pai ausente. Eren coloca as mãos no bolso da sua calça. - Eu vou jogar algum jogo.

- Está ficando tarde,eu vou voltar para casa antes que meus pais fiquem preocupados. Disse Armin. 

- Vai lá irmão...se cuida. Disse Eren apontando o seu punho na direção do seu amigo.

- Digo a mesma coisa para você Eren. Armin sorri batendo o seu punho com o do seu amigo. - Até logo senhora Yeager. 

- Até Armin,tome cuidado. Disse Carla abrindo a porta enquanto sorria de forma meiga para o loiro que pega o seu livro e sai da casa dos Yeagers.

Carla fecha a porta vê Eren subindo as escadas. A mãe da família solta outro suspiro longo e olha para um quadro que se encontrava na sala,a foto do objeto era dela segurando o seu filho que era apenas um bebê com o seu marido estando presente do seu lado.

“Porque essa sensação ruim não sai do meu peito”. pensa Carla mordendo os lábios com força.

Vários minutos se passam e Carla que estava sentada no sofá da sala olha para a janela vendo a presença do segurança que Grisha mandou para a casa.

“O que está acontecendo Grisha...”

Laboratório Wolfsbane.

Grisha caminha pelos corredores do laboratório acompanhado por Keith que o seguia.

- Então Keith,o que foi que aconteceu de tão urgente. Disse Grisha caminhando pelos corredores.

- Sabe eu estava caminhando pelos corredores e encontrei isso. Disse Keith abrindo a porta de uma sala apontando para uma pichação na parede que dizia.

“Abandone o projeto”

~ Blood Night.

- Blood Night...quem são eles? Pergunta Grisha olhando para o Keith que levanta os ombros. - Teve mais alguma coisa que você viu?

- Parece que eles conseguiram os dados do projeto do Rod. Disse Keith deixando Grisha surpreso. - Você deve saber se o projeto dele for exposto você e a sua família estarão em sério problemas. 

- Tsc...merda. Grisha tira os óculos e coloca as suas mãos na mesa. - Por que essas pessoas estão querendo isso...o projeto é inovador para os militares.

- Você vai abandonar o projeto? 

- É claro que não vou,essa tal de Blood Night não vai acabar com o meu projeto. Disse Grisha. 

- Mas e se eles ameaçarem a sua família. 

- Eu vou reforçar a segurança deles...eu não posso deixar o projeto que eu passei anos trabalhando acabar agora. Grisha coloca os seus óculos. - Keith eu quero que você revise as filmagens e tente descobrir quem é que fez isso,não posso deixar isso em vão e também não deixe ninguém entrar nessa sala.

- Sim senhor. Disse Keith vendo Grisha sair da sala. O segurança abaixa a cabeça e pega o seu celular ligando para alguém que atende na hora. - Ele negou a oferta,vamos para o plano B. Disse Keith.

Residência Yeager. 19:45 PM

Carla estava na cozinha preparando o jantar. A matriarca não parava de se preocupar com o seu marido que estava fora. 

Enquanto isso Eren estava no seu quarto jogando em seu computador enquanto escutava músicas em seu headphone. No lado de fora da casa o segurança que protegia a porta da casa solta um longo bocejo.

- Por que eu aceito fazer essas coisas...porra eu podia tá em casa vendo um filme com a minha mulher. Murmura o guarda que percebe a aproximação de uma pessoa magra de baixa estatura que vestia roupas negras com um capuz cobrindo o rosto.

- Quem é você? Olha eu estou armado,não ouse se aproximar. Disse o guarda apontando a sua pistola na direção da pessoa encapuzada que apenas levanta as mãos. - Agora dê meia volta e saia daqui. 

- Arriverdeci. Disse a pessoa com uma voz grossa abaixando a mão direita. 

- O que você disse? O guarda arregala os olhos sentindo um projétil acertar a sua cabeça o matando na hora sem fazer um único barulho.

- Até logo idiota. Disse o homem olhando para a casa dos Yeagers.

- Você vai mesmo invadir a casa capitão? Disse uma voz vinda do fone sem fio que se encontrava na orelha direita do homem que coloca a mão no ouvido direito.

- Não se preocupe senhorita Rall isso vai ser rápido,aliás belo tiro. Disse o homem se agachando pegando a pistola do cadáver junto com uma pequena bolsa que continha munições e as guardando na pequena bolsa que carregava na sua cintura. - Vamos acabar logo com essa chatice.

O baixinho abre a porta da casa com cuidado e vê Carla na cozinha,o invasor caminha sem fazer barulho na direção dela colocando um pano que cobria as narinas e a boca da mulher que se debate por segundos e cai desacordada no chão.

“Agora só falta o moleque Yeager”. Pensa o homem começando a andar pela casa na procura do Eren que segue em seu quarto.

Eren tira os headphone os deixando na escrivania e se levanta da cadeira colocando as mãos nas costas começando a se espreguiçar.

- Hummmmm bateu uma fome...será que a mamãe terminou a janta? Eren fala sozinho e abre a porta do seu quarto descendo as escadas rápidamente notando a sua mãe caída no chão da cozinha.

- MÃE! Eren corre desesperadamente na direção da sua mãe se ajoelhando no chão e pegando a Carla a sacudindo na tentativa de despertar a mulher. - MÃE,O QUE ACONTENCEU. Eren recebe um chute no rosto do homem encapuzado.

- Você nessa posição estava mais fácil de chutar. Disse o homem colocando a mão na orelha direita. - Alvo capturado como estão as coisas aí? 

- Tudo limpo por enquanto capitão. Disse a voz feminina.

- Ótimo,então já posso tirar esse negócio da cara. Disse o homem removendo o capuz com seus cabelos repicados e liso caindo a mostra. - Isso é o que dá seguir com aquele projeto cientista Yeager. O invasor sai da casa arrastando Eren pelo cabelo.

O homem após sair da casa é barrado por três pessoas encapuzada que vestia as mesmas roupas que a dele.

- Então esse é o moleque? Sério que vamos levar ele para a base. Disse uma das pessoas com uma voz máscula.

- Ele vai ser útil para nós,segundo a prima do capitão ele odeia o pai,então quem sabe ele não vire um de nós. Disse outro homem encapuzado.

- Rapazes tem como parar de blablabla e saiam logo daí. Disse a voz feminina vinda do fone de cada uma das pessoas encapuzada.

- Erd,você carrega esse peso morto até o avião. Disse o invasor soltando os cabelo do Eren que bate a cabeça no chão.

- Sim capitão Levi. Disse o homem encapuzado cujo nome era Erd que pega Eren no colo.


Notas Finais


Eren sequestrado...e levando um chute na cara do Levi? Quem é Blood Night e o que eles querem?

E Espero que vocês tenham gostado desse capítulo assim como a fanfic em si,nos vemos na próxima pessoal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...