História Contanto que você me ame... - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Amor, Brigas, Romance
Visualizações 69
Palavras 573
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Alex


Fanfic / Fanfiction Contanto que você me ame... - Capítulo 7 - Alex

O restante da noite foram drinks e mais drinks, risos, e eu apenas observava tudo aquilo enquanto tomava o mesmo drik que pedi desde a hora que haviamos chegado.

- você está bem? - a mulher de sorriso acolhedor me perguntou

- ah, é... estou sim - falei me virando para ela, ela estava sentada ao meu lado.

- me desculpe pergunta, é que vi você tão quieta, todos conversando e rindo; e você. ..- a interrompi 

- sou tímida - falei - me desculpe a antipátia.

- oh, não, você nao está sendo antipática, me desculpe se dei a entender isso -ela falou acariciando meu ombro - sou lilian - completou.

- prazer lilian, sou Julie- sorri


Conversamos bastante, fazia tempo que nao conversava com ninguém a não ser com mariana e zedrik. Ele me passava uns rabos de olhos com uma cara nao muito boa dando a entender que nao estava gostando de me ver socializando, não queria que ninguém soubesse que me mantém prisioneira, eu também não falaria, claro, temo pela vida dos meus pais e a minha.

- onde ele está? - zedrik perguntou sobre alguém que um dos homens que se chamava Pedro havia comentado.

- ele avisou que iria se atrasar um pouco , mas já está a caminho - Pedro respondeu

- esses jovens, sem responsabilidade nenhuma - zedrik falou sobre o tal que esperavam, como se fosse muito velho aos 28 anos.

- eu fosse você não falava mal dele zedrik, a o Alex souber você tá feito - lilian falou rindo para zedrik que sorriu forçado, se eu bem conheço zedrik ele não gosta desse tal de Alex.

- devo admitir que Alex é muito talentoso no que faz, apesar de ter apenas 24 anos - o outro homem, ruivo de olhos verdes falou para zedrik que bufou, acho que queriam irritalo, eu ri.

- okay, ja entendi que vocês amam esse garoto idiota - zedrik falou e sorriu - mas vamos ao que interessa nao é? De quanto será nossas partes ja divididas?

Comecei a prestar mais atenção na conversa ja que meu drink havia acabado e a conversa com lilian também.

- muito zedrik, Gustavo é dono de uma fortuna gigantesca, tudo do tráfico é claro, ele indo para o outro mundo, tudo que ficar dentro daquela mansão será nosso, obviamente ninguém vai se opor  a isso ne? - o ruivo falou e eu me assustei, o que quer que seja que eles estejam tramando fazer, coisa boa nao é. Tentei novamente me desligar daquela conversa ao máximo, sabia que zedrik nao era boa peça, mas não ao ponto de se meter em coisas desse tipo, mas claro, como sou idiota, o que esperar de um cara que me mantém presa dentro de casa por 5 anos, me bate e ameaça meus pais de morte se eu o deixar!? Eu realmente não conheço zedrik como deveria. 

- olha ali quem finalmente chegou - Pedro falou sorrindo para um homem que adentrava o restaurante, ele era visivelmente mais novo que qualquer um presente naquela mesa, até mesmo que zedrik, provavelmente é o homem de que falavam antes. O homem logo parou na nossa mesa, um homem bastante bonito, seus olhos eram cor de mel, seu cabelo castanho em um topete meio bagunçado, ele tinha cílios enormes, tatuagens que eram visíveis apenas na parte de cima de suas mãos e dedos, se haviam mais o terno preto cobria, uma boca vermelha e bastante convidativa e.... julie, me poupeeeee.


Notas Finais


Até o próximo capitulooooooooooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...