História Contigo Para a Eternidade - (Steroline) - Capítulo 1


Escrita por: e XErroX

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bill Forbes, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Enzo, Jeremy Gilbert, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Matt Donovan, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood, Vicki Donovan
Tags Amizade, Amor, Bonenzo, Brigas, Bruxos, Caroline Forbes, Ciumes, Damon Salvatore, Delena, Drama, Elena Gilbert, Klamille, Klaroline, Klaus Mikaelson, Magia, Maroline, Reencontros, Romance, Sobrenatural, Sonhos, Stebekkah, Stefan Salvatore, Steferine, Stelena, Steroline, The Originals, The Vampire Diaries, Tortura Psicológica, Tylorine, Vampiros
Visualizações 134
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Científica, Hentai, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nova Fic STEROLINE LOVIES! AHHH! Na parceria do meu cafajestemente adorável @XErroX em algumas cenas. Obrigada. Espero que gostem!
BOA LEITURA S2

Capítulo 1 - "O Começo de Tudo"


 

 

Pov's Narradora Em Terceira Pessoa

 

Stefan se encontrava deverasmente transtornado; Elena, a sua Elena, tinha dormido com Damon - o seu irmão.

Ok...Teoricamente, e pelo menos, ela não fez isso, enquanto estava com ele; mas...Ela realmente mal o largou, correu para os braços do Salvatore Mais Velho? Justo por ele? Pelo Damônio do Salvatore Mais Velho?

Certo...Digam o que quiserem, isso não colava na mente de qualquer ser racional. Pelo menos, não, quando esses 'seres racionais' se refiriam a Stefan Salvatore e Caroline Forbes...

 

O Salvatore mais novo, nem culpava Damon, sequer...Uma vez que sabia perfeitamente, que o mesmo, desde sempre, invejoso como sempre foi, estava perdidamente apaixonado pela sombra de Katherine...Porém, ele também não teve sequer a decência de esperar pelo menos, uma semana, para se envolver com sua ex.

Simplesmente, nem sequer teve a coragem de lhe contar; e muito menos teve o bom-senso, de fazer o que fizeram, em qualquer outro lugar! Porque, sim! Ele tinha a certeza absoluta de que eles o tinham traído de prepósito, assim que ele chegou para ficar em sua casa; pois queria matar seu próprio irmão, num impulso, temperamentalmente agressivo estúpido passageiro, quando sentiu sua raiva, o sangue o dominando, mesmo congelado, de suas veias, a seus olhos. Numa intensidade absurdamente cega; que ele nunca imaginou conhecer um dia... Simplesmente, ele tinha certeza, de que assim que foi para a casa de Caroline - visto que permanecer no mesmo ambiente que sua ex, e seu irmão bastardo, estava fora de cogistão; nem mais um segundo de possibilidade de existência -, ele tinha certeza: que ambas as pessoas que mais amava no mundo, o esfaquearam na hora, bem fundo, pelas costas...Ou melhor dizendo...No coração...

 

Enquanto Stefan, se entretia quebrando tudo que era vísivel, pela sala, Caroline permanecia sentada, o observando nervosamente chocada, mergulhada em pensamentos: 

"Meu Deus... Merda! Eu não devia ter contado...Se bem que, tecnicamente, não fui eu que contei; ele apenas deduziu e me questionou, enquanto eu me limitei a fechar os olhos e encarando o nada, sem coragem para confrontrar seus belos olhos e seu magnífico rosto...; Mas aí, claramente, foi quando ele confirmou todos os seus pensamentos...Droga! Por minha culpa, suas dúvidas se tornaram certezas! E agora...É isso...As consequências..."

A Linda Loira apenas cerra com bastante força os seus olhos, de novo, confirmando seu mais espetacular "show..." 

Um suspiro frustadamente cansado espaca de seu nariz reto.

"Merda! E agora o que eu faço!?!", Pensava, em questões mirabulantes que lhe giravam a cabeça, a deixando zonza, Caroline, quando Stefan finalmente agiu diferente; em direção à porta... 

Foi quando a loira se apercebeu, inquieta. E o alcançou, em questões de segundos, correndo em sua direção, de forma sobrenatural, o travando, em tentativas incertas, enquanto sua boca se adiantava sem mesmo perceber: 

 

"O que pensa que vai fazer? Ou; o que está fazendo?" 

Stefan rapidamente se surpreendeu, sentindo culpa fraca atingir seu coração; ele mesmo tinha se esquecido da presença ali de sua melhor amiga...

"Me deixa em paz, Caroline! Eu preciso de sair, de estar sozinho! Agora!" O Salvatore mais novo, praticamente, rosnou. Irreconhecível...

De imediato, ela se espantou. Inquieta demais. 

» O que ele achava? Que ela iria deixá-lo, completamente pacíficamente relaxados, para ele ir comer criançinhas por aí?!

 

"Lamento informar, mas, não, Stefan. Eu não o vou deixar sair, e ainda mais sozinho, por aí. Você primeiro tem que se controlar. OK?"

 

Em um intento em vão, uma falha instintiva, ele tentou se livrar da sua loira preferida, não obstante, já se antecipando a ele, a loira o encurralou, o empurrando, contra a parede gelada. Com mais força que a sua anterior. O desafiando. Só não esperava, a seguinte atitude...Quando...Ele rosnou, agressiva, fria e indiferentemente, seu hálito inebrientemente gelado soprando ameaçador contra seu rosto, como um desiquilíbrio por completo. 

"PÁRA! CHEGA! Pare de me controlar como se fosse, seu boneco! Me deixa, sair! Me deixa em paz! AGORA!" 

Confessemos...A príncipio, ela se assustou, visivelmente chocada. No entanto, rapidamente se recompôs, voltando a atuar firme. 

"NÃO, Stefan! Eu não vou deixar você! Muito menos sair! Não te vou deixar sozinho! Entendeu? Agora, relaxa seus cavalinhos da chuva, se acalma, e pelo menos, tenta voltar ao controle um 50%! Ok?!"

 

Por breves momentos, Stefan a encarou com raiva. Contudo, por mais alguns instantes seguintes, percebendo que sua âncora tinha toda a completa razão, se acalmou, vencido, suspirando como se aquilo, fosse seu mais gratificante pedido de desculpa. 

"Me desculpe, Caroline. Sério, de coração me desculpe mesmo por tudo, por lhe ter gritado, em principal. Não sei o que está havendo comigo...Só estou nervoso e chateado demais, e..."

"Tudo bem, Stef. Tudo bem...Apenas se acalme, e fique bem, sim? Não se preocupe, eu te entendo...E só quero que fique bem...". 

E profetizando essas simples palavras que eram tudo para ele, ela mais uma vez o acalmou, provocando inclusive que ele lhe concebesse um meio-sorriso de gratidão...Agradecendo:

"Obrigado... Obrigado por isso, mas..." Suspirou, mais, calmo, como se ela fosse seu próprio calmante...Sua âncora... "Eu agradeço-lhe muito, mas acho que o melhor para mim, queria ficar um pouco sozinho...Vc sabe...Para pensar, e...".

 

"Não! Sinto muito, mas não posso deixar!" Ela remateu, tentando soar firme. 

 

Repentinamente, Stefan a encarou, surpreso. Para suspirar em seguida:

"Caroline, eu prometo: eu não vou machucar ninguém."

"Não, Stefan. Não é por isso, te juro, que eu confio em você,  mas...Você é meu amigo! E nessas horas, a pior coisa que se pode fazer é permanecer sozinho 'para pensar'; acredite, pois falo por experiência própria."

"Caroline..."

"Stefan...." Espontaneamente,ela fez beicinho, aquele irresístivel por completo, em volta de um semblante facial tão angelical...

 

Então, ele sorriu. Verdadeiramente sincero. Não soube como, mas aquela loirinha tinha conseguido essa proeza. Ela havia vencido!

 

"Está bem. O que vc sugere?" Arqueou suas grossas sobrancelhas, cansado.

"Não vamos sair e nos divertir!" Exclamou, garantindo, ela, como se aquilo fosse a solução mais naturalmente curável do mundo. 

Todavia, ele rapidamente ganhou um bocadinho de humor, a desafiando:
 

"Hum...Não foi vc que disse que eu não devia sair, à pouco?"

Porém, ela rapidamente se defendeu, revirando os olhos, deixando ser dominada por sua naturalidade controladora. 

"AFF! Apenas me siga, calado, Salvatore!" 

E assim, eles saíram. Para um destino não tão surpresa como seria...

 

[...]

Assim que chegaram a seu destino, Stefan rapidamente tentou ser aborrecido, talvez em uma tentativa de se escapar.

Bufando, criticou: "UAU! Que divertido!" Suas narizes, seus lábios e seus pensamentos ironizaram mais vivos da silva, impossível. De forma irritantemente, engraçada. "O Grill...".

 

Como que automaizada, ela novamente revirou os olhos, demonstrando pequenas pontadas de irritação decepcionada diante de sua atitude completamente mal-agradecida!

 

"O que você esperava?! Ainda estamos em Mystic Falls!" Brincou, ela. Intentando quebrar o clima notoriamente tenso.

"Nã! Tudo bem. Eu meio que suspeitei, vindo de uma vampirinha neuróticamente enraizada em tradições de um mundinho pequeno, sua casinha de bonecas desde sempre!"  Debochou por segundos, ele. Entrando na onda relaxante que era o paraíso de sua melhor amiga! Levando, um soco, leve, de volta! Como resposta! "Parei! Pronto! Mas então, o que planeja?" 

 

"Bem, não importa! Pelo menos há duas coisas que vamos fazer essa noite! Beber, e obviamente, dançar nos divertindo!"

"São, na verdade, três coisas, Caroline..."

"UGH! Deixa de ser chatinho! Vc entendeu!"

E, dando de ombros, ele comentou: "É, entendi. mas quero adicionar um item na lista".

"Certo, o quê?"

"Sinuca!"  O Salvatore sorriu, vendo a loira se encolher.

"NÃO...Eu sou um tremendo desastre com esses tacos...Stefan, por favor..."

"Não! A noite hoje é minha! Por isso sim! Vc vai jogar sim, Caroline!" Afirmou ele, concebendo-lhe o irritante sorrisinho da vitória. Enquanto ela assentia, fixando perdidamente frustada a mesa de sinuca. 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


#Gostaram?
Está, ficou muito ruim, ou bom? #Conitinua?!
Beijinhos, i love you, my little lovies!

By: #GuidaCullen!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...