História Conto YOONGI - Trezentas Páginas De Um Diário Do Amor - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Capítulo 5 :3


O Que Foi Aquilo? Até Eu Fiquei Chocada! Meus Pais Olhavam o Yoongi Assustados, Com o Queixo Caído. Eu Olhei Meu Irmão e Ele Estava Sério, Bravo e Com Um Biquinho Nos Lábios. E Que Biquinho Hein... Não Tive Coragem De Perguntar o Porquê, Então, Minha Mãe Teve a Vez.

K : — Qual o Problema, Yoongi?

Y : — Sério Que Você Perguntou Isso? Você Nunca Fez Esse Papo De Agradecimento! Só Porque a S/N Está Aqui?

K : — Está Com Ciúmes, Yoongi?

Y : — Cala a Boca! — Ela Arregalou Os Olhos. — Você Fez o Prato Que Eu Mais Desprezo Na Vida, Só Pra Mim Comer Com a Presença Da S/N!

K : — Yoongi, CALA A BOCA!

Y : — NÃO! — Ele Se Levanta Brutalmente e Sobe As Escadas Correndo. Os Meus Pais Ainda Estavam De Queixo Caído.

K : — YOONGI, VOLTA AQUI!

— Eu Vou Falar Com Ele. — Me Levanto Também e o Sigo. Andei Pelo Corredor, Olhando Para As Portas. Logo, Ouvi Um Choro Da Segunda Com Uma Placa Escrita " Proibido Entrar ". Era o Quarto Do Yoongi! Eu Me Aproximei e Bati Na Porta.

Y : — Quem é? Me Deixa Em Paz! — Ele Fala Com Uma Voz Abafada e Fraca, Por Conta Do Choro.

— Yoon, Sou Eu, a S/N...

Y : — Me Deixa Em Paz, Por Favor.

— Eu Sei o Que Você Está Sentindo... Não Lhe Culpo Por Isso. Mas Por Favor, Abra a Porta... Você Pode Desabafar Comigo. Prometo Ser Fiel Com Você.

Y : — S/N, Sai!

— É Sério, Yoon... Por Favor... — Eu Encosto Minha Testa Na Porta, Esperando Alguma Resposta Do Mesmo. Depois De Alguns Segundos, Ouvi a Tranca Sendo Liberada e a Porta Sendo Aberta. Yoongi Estava Parado, Com o Rosto Vermelhinho e Os Cabelos Bagunçados e Grudados No Rosto, Por Causa Das Lágrimas e Do Suor. Eu o Abracei, Sem Pensar, Enquanto Ele Estava Parado, Pensando, Sem Me Retribuir. — Você Tá Bem?

Y : — Talvez... Não Sei. — Ele Vira o Rosto, Completamente Chateado.

— Yoon, Olha... Se For Por Minha Causa, Eu Posso Voltar Pro Orfanato e Vocês Ficam Na Paz De Novo.

Y : — Não é Você, S/N. São Eles... — Ele Deixa Uma Lágrima Escorrer e Eu Seguro o Rosto Do Mesmo, Com a Mão Esquerda.

— O Que Eles Fizeram Com Você, Yoon? — Ele Me Olhou, e Depois Fincou a Visão Para o Chão.

Y : — Quando Eu Era Pequeno... Todos Me Desprezavam... Tinham Medo De Mim, Por Causa Da Minha Aparência, Personalidade e Estilo. Tinham Medo Da Minha Voz Também. Ela Era Super Grossa.

— E Muito Boa De Se Ouvir.. — Ele Me Olha, Confuso, Me Fazendo Tampar a Minha Boca. — Nada Não... Continua.

Y : — Então, Eles Me Encontraram... E Cuidaram De Mim.

— Você Era De Rua??

Y : — Sim, Mas... As Crianças Da Família Deles Me Tratavam Como Um Ser Invisível Também.

— Por Isso o Ciúmes... Você Tem Medo De Ser Desprezado De Novo... E Ficar Sozinho Também!

Y : — Por Isso Que Eu Já Tive Depressão... — Ele Abaixa a Cabeça, e Eu Seguro Seu Rosto Novamente. Ele Me Olha, Com Uma Carinha Triste. Aaa Meu Deus!! Ele é Perfeito!!

— Ah Yoon... Só Não Fique Assim. Tá Tudo Bem Agora... Nada Vai Acontecer De Ruim Durante Anos Com Você. — Eu Acaricio a Bochecha Do Mesmo, Com o Polegar. — Eu Tô Aqui Com Você. — O Mesmo Deixa Escapar Um Sorrisinho Fofo, Mesmo Sem Vontade. Logo Nossa Mãe Apareceu, Nos Olhando Desconfiada.

K : — Yoongi!! Você Tá Bem, Filho? — Ela o Abraça. Pela Cara, Extremamente Preocupada. Eu Sorrio Com o Gesto.

Y : — Eu Tô Bem, Mãe... Me Desculpe...

K : — Me Desculpe Também, Filhão. Eu Fiquei Com Raiva Naquela Hora... Mas Retiro Tudo o Que Eu Disse!

Y : — Eu Também... — Ele Recebe Um Beijo Na Testa. — Te Amo, Mãe.

K : — Também Te Amo, Meu Pequeno. — Eles Se Abraçam, Sorrindo Um Para o Outro. Fico Feliz De Terem Feito As Pazes De Novo. — Vamos Tomar Sorvete! Seu Pai Já Tirou o Pote Do Congelador! Vamos Crianças. — Ela Sai Na Frente, Com Uma Distância Razoável. Eu Olhei Para o Yoongi.

— Não Foi Nada De Ruim! Viu?

Y : — Sim... Pensei Que Ela Ficaria Com Raiva De Mim Para Sempre...

— Nunca, Yoon! Ela é Sua Mãe, e Ela Te Ama Bem Aqui! — Eu Toco Em Seu Peito, Do Lado Esquerdo, Indicando o Coração. Ele Me Olha e Sorri Abertamente. Eu Corei Com o Gesto Simpático Dele. Seu Sorriso Me Matava...

Fomos Até a Cozinha, Nos Servir Para Pegarmos o Sorvete. Era De Flocos, o Sabor Preferido Do Yoongi. Ele e o Seu Pai Riam De Alguma Coisa Juntos. Isso Também Era Amigável. Logo Descobri Do Que Estavam Rindo : Minha Mãe Havia Sujado o Cabelo De Sorvete. Achei Engraçado Também, Pois Havia Chocolate No Sorvete, e Aquilo Grudava Fácil. Fiquei Olhando o Yoongi Por Alguns Momentos. Ele Deixava Explodir Uma Alegria Muito Forte. Seu Sorriso Era De Encantar Qualquer Um! Especialmente a Minha Pessoa. Quando Ele Irá Descobrir Que Eu Sou Caidinha Por Ele?

Já Eram 22hs Da Noite. Eu e a Minha Nova Família Estávamos Na Sala, Assistindo Filme. Em Alguns Momentos, Meus Pais Se Beijavam Na Nossa Frente, Fazendo Eu e o Yoongi Nos Sentir Desconfortáveis. Logo, Alguns Minutos Depois, o Casal Se Levantou, Se Espreguiçando.

K : — Nós Vamos Dormir, Anjinhos. — Nossa Mãe Nos Deu Um Beijinho Na Testa. — Boa Noite Meus Amores.

J : — Boa Noite Meus Bebês. — Bebês? Haha. Meu Pai Fez o Mesmo Gesto Amoroso Que Minha Mãe. Então, Eles Foram Pro Quarto Dormir, Eu Acho... Eu e o Yoongi Ainda Estávamos Assistindo Filme. Logo, Meus Olhos Começaram a Doer e Ameaçavam De Se Fechar. Yoongi Me Olhou Confuso.

Y : — Tá Com Sono, S/N? — Eu Já Estava Meio Sonolenta, Mas Consegui Responder.

— Um Pouco... — Eu Bocejo.

Y : — Quer Ir Pra Cama? — Ele Pergunta, Ameaçando Fazer Carinho Nos Meus Cabelos.

— Não... Eu Quero Ficar Com Você... — Minha Cabeça Estava Mole, Prestes a Cair e Se Encostar Em Algo. Yoongi Deu Uma Risadinha.

Y : — Hehe, Tudo Bem... — Alguns Minutos Se Passaram. Eu Sem Querer Acabo Apoiando Minha Cabeça Contra o Ombro Do Mesmo, Já Dormindo. Ouvi Uma Risadinha Novamente. Então, Yoongi Acariciou Meus Cabelos e Encostou a Sua Cabeça Na Minha, Dormindo Também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...