1. Spirit Fanfics >
  2. Contos da Leide Caramelo e Lord Tomate >
  3. A floresta, o troll e a camponesa

História Contos da Leide Caramelo e Lord Tomate - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiro conto. Este conto é bastante simples, mas acredito que ele cumpra sua missão em expressar uma boa mensagem. Espero que gostem.

Capítulo 1 - A floresta, o troll e a camponesa


Fanfic / Fanfiction Contos da Leide Caramelo e Lord Tomate - Capítulo 1 - A floresta, o troll e a camponesa

Era uma vez um vale chamado Elderin, um vale lindo e abundante. Este vale tinha tudo para ser considerado um paraíso, contudo, algo manchava sua reputação e terra. No centro deste vale existia uma floresta decadente e atroz, onde até as árvores se contorciam de tristeza. Muitos diziam que este vale havia sido esquecido por Deus, visto que nenhum ser vivo conseguia viver em meio a tamanha podridão.

Contrariando tudo e todos, um ser morava nesta floresta, seu nome era Kane, um troll horrendo e deformado. As pessoas que moram ao redor da floresta diziam que Kane costumava ser um fazendeiro, e que ao entrar na floresta por motivos que permanecem desconhecidos, ele mudou, se transformando num monstro. Sua pele havia escurecido, seus ossos se alongado e bolhas nasceram em todo seu corpo. Ele havia virado um conto de terror na vila.

Certo dia uma camponesa, curiosa sobre o ser que vivia na floresta, adentrou em meio as árvores contorcidas. Pouco tempo de caminhada depois, a jovem avistava uma pequena cabana. Destemida e curiosa, ela se aproximava do local, então empurrava a porta de madeira lentamente. Para sua surpresa ela via um ser de costa para a entrada. A costa do ser era peluda e cheia de verrugas, um claro sinal da conclusão de sua busca.

O troll, percebendo que alguém havia chegado, se virava subitamente, revelando seu rosto medonho. A jovem se assustava com sua feição deformada, mas logo recobrava a postura ao ver que ele não oferecia perigo algum.

Notando o susto da camponesa, ele cobria o rosto, envergonhado. A jovem achava timidez do troll engraçada, então se aproximava e tocava seu ombro. “Tudo bem?” dizia ela com uma voz doce e apaziguante. “Meu nome é Sena. E qual o seu?“ E ali começava uma linda amizade.

Depois do encontro inicial, a jovem passava a ir à floresta todos os dias para visitar o troll, o que o alegrava e devolvia o sorriso ao seu rosto. Sempre gastando as tardes tomando chá e conversando.

A vila percebia o modo como a jovem entrava na floresta todos os dias, alegre e sorridente. Ao ser questionada sobre o monstro que lá vivia, ela sempre respondia a mesma coisa. “A beleza está nos olhos de quem vê. E quem apenas enxerga um monstro dentro daquela cabana… então enxerga menos do que o homem mais cego.” 


Notas Finais


Espero que tenham gostado kk E eu sei que vão dizer que ele parece bem curto, mas fazer o que, era um conto de boa noite. Não acho que o destinatário leria um capítulo completo de um livro kkk. Obrigado por lerem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...