1. Spirit Fanfics >
  2. Contos de fadas atrapalhados. >
  3. O clarão.

História Contos de fadas atrapalhados. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal! tudo bem com vocês? espero que sim. estou trazendo mais um capítulo para vocês, espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 2 - O clarão.



Era de manhã e todos na Mansão Kido já estavam acordados e na cozinha tomando o café da manhã. Seiya estava um pouco cabisbaixo e Shun notou isso.

Shun: Que cara é essa Seiya?

Seiya: Eu queria estar comendo salgadinho agora..

Saori: lamento Seiya, mas só faremos compras na semana que vem.

Shiryu: Eu não acredito nisso Seiya.

Seiya: Você reclama muito Shiryu, Eu só disse que estava com vontade.

Hyoga: e Você se incomoda demais, Shiryu apenas disse o que ele pensou sobre a situação.

Ikki: Eu não digo nada, apenas observo.

Seiya: é claro, é a única coisa que você faz de bom.

Ikki: Escute Seiya, não vou me estressar com um moleque que nem você.

Seiya: Eu não sou um moleque!

Saori: Seiya e Ikki, parem vocês dois..!

Seiya: me desculpe..

Saori: se me derem licença, vou ao meu quarto.

Shiryu: Tudo bem Saori.

Saori se levantou e foi andando para o seu quarto. Enquanto isso na cozinha, o silêncio tomava conta do lugar.

Seiya: vamos para a sala?

Shiryu: tudo bem..

Shun: Ok, vamos..

Foram para a sala e cada um escolheu um lugar para se sentar. Shun e Shiryu sentaram no sofá grande, Ikki e Seiya sentaram em uma das poltronas e Hyoga foi sentar no balcão onde tinha as bebidas.

Seiya: e ai, o que vamos assistir?

Shun: Um programa de comédia talvez..

Shiryu: ligue a TV.

Seiya ligou a televisão e ficaram assistindo. estava passando uma novela, pelo jeito era romântica.

             {Na televisão}

- Kimiko, há algo que quero lhe contar faz muito tempo..

- pode falar, estou te ouvindo.

- somos amigos desde nossa infância, e sempre gostei de estar do seu lado e de ter a sua companhia. Quando você ia embora, eu ficava triste mas ao mesmo tempo feliz por que sabia que você voltaria para estar comigo no dia seguinte. até que um dia, Você me disse que precisava se mudar para longe com sua família. O meu coração doeu quando me disse aquela triste notícia, e vi você voltando para a casa. Eu jurei para mim mesmo, que eu voltaria a te encontrar novamente.

- e esse dia aconteceu, e eis que estamos aqui..

- Sim, por isso quero te pedir algo..

- diga..

- Kimiko.. EU TE AMO!

O mesmo estava com muita vergonha, e ela não acreditou no que ouviu.

- Eu também te amo, Yuri..

Quando os dois estavam prestes a se beijar, Seiya mudou o canal.

Seiya: ainda bem que troquei o canal, coisa clichê de adolescente.

Hyoga: também acho.

Seiya: ô Shiryu, quando você vai tirar essa armadura hein?

Shiryu: Eu preciso estar preparado, nunca se sabe o que vai acontecer.

Ikki: Ele tem razão.

Shun: Eu acho que ele está mais charmoso assim.

Seiya: a Shunrei pode ficar com ciúmes Shiryu.

Shiryu: Ela não é tão ciumenta assim.

Seiya: certeza Shiryu?

Shiryu: Sim Seiya, com toda a certeza.

Seiya: se você diz..

Shun: e agora? O que a gente faz?

Seiya: sei lá.

Shun encostou a cabeça no ombro de Shiryu, o mesmo sorriu e fez cafuné.

Seiya: que tal irmos ao shopping?

Shiryu: é uma boa sugestão, mas não tenho idéia do que fazer lá.

Seiya: comprar roupas novas, sei lá..

Hyoga: roupas e sapatos já temos o bastante Seiya, não vamos gastar dinheiro com o que nós não precisamos.

Ikki: Ele tem razão..

Seiya: então a gente vai ficar nessa mesmisse!

Shiryu: não me leve a mal Seiya, mas é melhor ficarmos aqui mesmo.

Shun: Shiryu tem razão, a Saori pode ficar preocupada com a gente.

Seiya: mas nós podemos avisar a ela.

Shiryu: não Seiya, hoje não.

Shun: Eu já vou indo dormir, já está ficando tarde.

Shiryu: Já Shun?

Shun: já sim, boa noite pessoal.

Seiya: Boa noite Shun.

Ikki: Boa noite Shun. - sorriu o mesmo.

Shun: Boa noite mano.

Hyoga: Boa noite Shun.

Shun subia a escada e foi andando até que quarto, abriu a porta e o mesmo entrou fechando atrás de si.

Shiryu: estranho.

Seiya: O que é estranho Shiryu?

Shiryu: Shun nunca dorme cedo, ele sempre dormiu tarde.

Ikki: Sinceramente, ás vezes nem eu entendo meu próprio irmão.

Seiya: Ele deve ter puxado a você Ikki.

Ikki: é bem provável que sim.

enquanto os três conversavam, Hyoga bebia a Vodka sem dizer nada.

Seiya: ei Hyoga.

Hyoga: Sim?

Seiya: Você está muito quieto.

Hyoga: Eu sempre fui quieto Seiya. - o mesmo revira os olhos.

Ikki: não se preocupe com ele Seiya, ele sempre foi assim.

Seiya bocejou de sono, e se esticou no sofá.

Seiya: é galera, parece que o sono já chegou para mim.

Shiryu: para mim também, já vou indo dormir.

Ikki: Eu também vou, antes que fique muito tarde.

Hyoga: também.

Os quatro foram subindo a escada, cada um entrou no seu seu quarto e fecharam as portas. Horas foram passando, e Shun se revirava na cama e provavelmente estava incomodado com algo. Shun se levantou da cama e saiu do seu quarto, para ir a cozinha beber água. chegando lá, ligou o interruptor e pegou um copo.

Quando olhou para o outro lado, viu um clarão no quarto da Saori e ficou de uma certa forma curioso em querer saber o que estava acontecendo. Mas ignorou, pois pensou que Saori estivesse assistindo algum filme ou alguma série. Bebeu a água, desligou o interruptor e foi andando até o quarto. entrou no quarto, fechou a porta e deitou-se na cama.

                 Continua..















Notas Finais


é isso pessoal, espero que tenham gostado. O que será aquele clarão no quarto da Saori? não percam o próximo capítulo, um beijão e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...