História Contos de terror- Baile - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias O Exorcista (The Exorcist)
Tags Suspense
Visualizações 32
Palavras 243
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Suspense, Terror e Horror
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Minha primeira fanfic,espero que gostem. =D

Capítulo 1 - Contos de terror- Baile


Fanfic / Fanfiction Contos de terror- Baile - Capítulo 1 - Contos de terror- Baile

Contos de terror- Baile


Então aqui estou... Eu jurava de pés juntos que nunca faria isso!
 Mas,já que comecei,pretendo ir até o fim. 
 Meu nome é Lena; tenho 15 anos,e eu sou mais uma daquelas adolescentes no qual o psicólogo recomendou o uso de um
diário(como se fosse ajudar em alguma coisa). Odeio aquele lugar. Odeio essa cidade. Odeio aquele psicólogo...Quero dizer,
como um diário ajudaria alguém? Enfim,acho que usarei isto apenas para reclamar mesmo.
 Meus pais são(ao menos eram) complicados,novamente aqueles pais clichês:
 ''Isso foi apenas um pesadelo''; ''É apenas uma fase,a adolescência,querida''... Isso me dá uma extrema raiva.
 Acho que você vai querer saber o que é,estou certa diário?(ainda acho muito bizarro ''falar'' com um diário,mas vamos lá.)
 Tudo começou exatamente três meses atrás,fiquei sozinha em casa(meus pais foram a um baile) e decidi assistir um filmezinho enquanto navegava em meu twitter,você já deve estar pensando como isso acabou,não é,diário?
 Deve estar pensando que eu vi coisas sobrenaturais,coisas se mexendo sozinha etc etc... MAS EU JURO,EU JURO,EU JURO,EU JURO,EU JURO,EU JURO,eu juro... Realmente aconteceu diário... Luzes apagando; sussurros dizendo que queria ''me possuir''... Essas coisas.
 Foi simplesmente isso diário,meus pais não acreditaram e eu fui para um psicologo,no qual estou odiando...No qual os meus pais me levam/levavam toda semana. 
 No momento estou sozinha diário,ao menos fisicamente estou sozinha... Vai que o espirito dos meus pais ainda estão aqui.
 Dizem que o espirito permanece no local onde foi morto,então não duvido nada.
 


Notas Finais


Um pequeno conto.
Vocês têm total direito de criticarem,fiquem a vontade.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...