História Contos de uma História Não Contada - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Shinigami, Violencia, Yaoi
Visualizações 1
Palavras 306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), LGBT, Mistério, Sobrenatural, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - O Laboratório


*No Bar*


S:Mas não daria pra ele ter deixado tudo isso de lado e seguido a vida? 

T: Você acha que isso é um livro escrito por um adolescente no meio da aulal?

S:Vai saber, podemos estar sendo lidos neste exato momento 

T:Vc bebeu de novo né?

S:Sim

T:Ata ksks, e onde é a casa dele? 

S:Lá nas cachoeiras, uma casa grande, dois andares, de madeira

T: Qual rua e número?

S:Rua dos bobos número zero~

T: Valeu, bem vou pra casa dele, tô cansado 

S:Nossa que liberdade em? É o que, namorado dele? 

*Fala brincando*

T: Não exatamente

*Fala pagando e saindo do bar*

S:Pera que!? 

T: Até mais~ 

*Sai do bar e vai pra casa do Reaper* 


*Na casa do Reaper*

T:Olha só, até que ele tem uma bela casa, da até vontade de morar aqui 

*Fica explorando a casa do Reaper* 

Quem diria, tudo arrumado, e pensar que nem a cama ele arrumava enquanto estava treinando 

*Olhando a casa*

Onde ele arranjou tanta grana assim? 

Tv enorme, consoles, um setup completo, nem ele sempre gostou de jogos

*Vai para o andar de cima*

Três quartos?

*Entra no primeiro*

Armas brancas, Kunais, espadas e bem desgastadas, mesmo depois de tudo ele não largou o treino? 

*Entra no segundo*

Então...ele só não desistiu como está certo de que vai ter sucesso, essa determinação é admirável.

*Vai pro terceiro quarto*

Cama de casal? Mas ele é solteiro...mas é confortável, bem pensado 

*Vai pra varanda*

Uma rede? Para um Ruronin até que ele tem uma bela casa 

*Vai pra sala*

Mas tem algo estranho, sinto a porra do cheiro de formol e é como se tivesse mais alguém aqui ou algo assim, hmmmmm

*Fica procurando por alguma passagem escondida*

…!!!Achei!!

Nossa, pra que tanta segurança assim? Código de segurança, e claro, uma chave…

Hmmmmm….

*Tenta forçar a porta e na mesma hora uma descarga elétrica atinge Tenshi que cai pra trás*

Eita porra!

Terei que conversar com ele sobre isso depois 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...