História Contos do Passado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug), Mitologia Africana, Mitologia Egípcia, Mitologia Japonesa, Mitologia Romana, Mitologia Romena
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Tikki, Wayzz
Tags Adrien, Adrienette, Chat Noir, Hawk Moth, Ladybug, Ladynoir, Luka, Marichat, Marinette, Miraculous, Miraculous Ladybug
Visualizações 18
Palavras 934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi oi pessoas,como vão vocês?
Esta é a primeira história que posto aqui no Spirit,espero de coração que vocês gostem!
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Dos sonhos imersos


Logo que o céu espreguiçava seus primeiros raios no céu,Paris dava boas vindas a um novo dia. No entanto,como em diversas outras ocasiões rotineiras, Marinette Dupain-Cheng levantou-se atrasada,correndo de um lado a outro em seu quarto enquanto terminava de se arrumar, e Tikki,sua Kwami,observava a garota apressada em um canto,degustando um pequeno cookie. Logo que sua portadora a chamou,já pronta para descer,fazendo sinal para que a pequena criaturinha fosse para sua bolsa se esconder,a mesma emitiu uma risada descontraída.

- Marinette,hoje é sábado! Você não está atrasada para a escola!

A garota a encarou confusa - Não,Tikki,hoje é sext… - Ligou a tela de seu celular, visualizando a data correta - Eu não acredito nisso! Por que você não me avisou antes?

- E ia adiantar? Você estava igual a um furacão correndo por aqui. - A pequena voou em sua direção,observando o olhar esgotado da menina - Devia voltar a dormir, Marinette. Parece estar cansada,não descansou quase nada desde a luta contra o último Akuma!

- Só pareço? - Bocejou preguiçosamente,indo em direção á clarabóia,observando as construções ao longe - Mas tem razão,Tikki,estou exausta. Hawk Moth poderia ter me dado uma trégua,tivemos quatro alertas só essa semana! E eu ainda tive trabalhos para entregar,observar o Adrien na escola,provas… - Ela se voltou para a pequenina,caminhando de volta para sua cama - Parece que tudo conspira contra mim,são muitas responsabilidades!

- Ah, Marinette,ser a Ladybug exige um comprometimento muito sério. Mas eu sei que você é capaz. - Abraçou-lhe a bochecha,gerando um sorriso na maior - Você tem tanta capacidade quanto qualquer outra já teve,acredite em mim!

A garota de cabelos azulados olhou-a interessada - Tikki,você me disse uma vez que cada Ladybug tem sua particularidade,mas…Agora estou curiosa: Como você sabe quando tem um potencial latente dentro de uma de nós? Digo,você tem um sexto sentido ou algo parecido?

A kwami encarou de volta - São anos de experiência... Mais precisamente 5.000 deles. - Acabou emitindo um riso descontraído,fazendo a garota rir junto - Mas talvez seja um pouco do que você chama de "sexto sentido" sim,sempre tem algo me dizendo que fiz a escolha certa.

- E como era quando você não tinha os 5.000 anos de experiência? As primeiras Ladybugs devem ter tido histórias muito diferentes umas das outras… Digo,você deve ter tido trabalho pra entender como funcionava essa história de potencial,imagino que você deva…

A pequena joaninha gargalhou - Marinette,você tá morrendo de curiosidade pra saber sobre elas, não está?

- Ah,Tikki.…Tudo bem,confesso,estou sim! Você pode me contar? Já que não tenho aula hoje e perdi o sono mesmo…

A kwami olhou-a pensativa,com a cabeça pendendo para o lado direito - Não sei se é uma boa ideia…

- Vai,Tikki! São só umas histórias, não vai fazer mal nenhum!

- Não é isso, Marinette! É que eu mesma não me recordo de todos os detalhes,teríamos que fazer isso de outra forma.

A mestiça estreitou os olhos,arqueando a sobrancelha,em dúvida - E como seria,então?

- Através de sonhos. Mas estou preocupada com você,que vai ver tudo como se estivesse na sua frente,inclusive algumas coisas ruins, se der azar de cair em tempos complicados ...

- Espera,então você não tem controle sobre isso?

- Eu só consigo monitorar qual antiga portadora você vai conseguir ver,mas não o período da vida dela que vai ser mostrado. Por isso acho melhor deixar para lá essa história…

- Não,Tikki! Eu aceito esse revés,se ele vier. Prometo que não vai acontecer nada de ruim! E,além disso,pense comigo: Eu posso aprender coisas novas com esses eventos do passado. Seria um ganho aprender alguma técnica ancestral! - A garota se mostrava animada,ao passo de até conseguir convencer a criatura mágica que pairava à sua frente.

- Tudo bem,tudo bem. Mas já vou avisando que só consigo fazer isso uma vez,leva tempo até eu conseguir reunir energia para repetir esses sonhos,fora que eu nunca sei quando eles vão terminar,você vai ter que observar a história até sentir que vai retornar. E não pode,em circunstância nenhuma, interferir nos acontecimentos,mesmo que queira. Você vai ser como um fantasma nessas lembranças: Só poderá ser espectadora do que aconteceu naqueles tempos. Estamos combinadas?

- Sim,com certeza! Dou minha palavra que não vou interferir em nada! E como eu sei que é hora de voltar?

- Ótimo ouvir isso. E bem,acho que é a mesma sensação de quando você estiver chegando. Você vai perceber quando seu tempo estiver acabando. - A pequena circundou sua portadora,emitindo um brilho vermelho em sua cabeça,fazendo um sinal para a garota. - Feche os olhos, Marinette,e se concentre!

A portadora do Miraculous da joaninha encostou a cabeça sob o travesseiro,fechando os olhos na sequência. A luz se intensificou,de modo que até mesmo de olhos fechados era possível percebê-la por seu fulgor. Logo sentiu seu corpo pesar,como se estivesse imergindo em água,primeiro sinal do sono profundo. Tão logo a luz reduziu seu brilho,até que não pudesse mais saber se a mesma estava lá com os olhos fechados,sentiu seu tronco tornar-se leve,como se não estivesse mais presa a nenhum componente físico. Era completamente vaporoso,flutuando em meio a algo que ela não sabia definir,por um tempo que não conseguira estimar. Foi tomada por uma sensação inexplicável,tão única que somente quem sonha consegue sentir alguma vez na vida.

Mas logo essa sensação delicada foi substituída por uma queda brusca,que a fez cair de uma pequena altura e abrir os olhos em abrupta surpresa. Levantou-se,apoiando as mãos ao lado de seu corpo, e então percebeu que estava em meio a um gramado, num dia parcialmente ensolarado, vislumbrando o cenário mais inesperado para sua primeira viagem.

Um certo brilho tomava seu olhar. - Ah,Tikki,com toda certeza eu estou sonhando …


Notas Finais


Certo,eu sei que não dei dicas sobre o final,mas tem um bom motivo: Cada capítulo vai contar dos locais,então vocês só vão descobrir no próximo,heheheh...
Continuem acompanhando,ainda tenho muito a contar e a surpreender! ;) Se gostaram do capítulo,deixem um comentário! Gosto de saber a opinião de vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...