História Contos dos Uzumakis - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Baki, Chouji Akimichi, Deidara, , Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Han, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kin Tsuchi, Kisame Hoshigaki, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mei, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rock Lee, Roshi, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Shizune, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju, Utakata, Yagura, Yahiko, Yugito Nii, Zetsu
Tags Inosaku, Itadei, Menhina, Sasunaru
Visualizações 105
Palavras 2.978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa por ter postadado tarde hoje, é que teve uma ferira na escola a tarde toda e quando cheguei em casa o celular estava sem bateria.
Mas estamos aqui, firme e forte. Eapero que gostem.
Bjs
Boa leitura

Capítulo 9 - Nada como um dia normal


Fanfic / Fanfiction Contos dos Uzumakis - Capítulo 9 - Nada como um dia normal

Itachi estava possesso mas não sabia pelo que, se  era por Obito levar Deidara para beber ou Deidara não lher dar importância e desligar o telefone na sua cara. Com certeza iria mata-lo quando chegasse em casa.

Estava na sala da casa de Deidara andando para um lado e para o outro, já passava de duas horas da manhã e nada de Deidara aparecer, ouviu um barulho de chave do lado de fora do apartamento e encontrando um Deidara bêbado quase caindo no chão, correu até o namorado o ajudando a se equilibra.

_ Oi Tachi, o que faz no meu apartamento ?

_ Vem eu vou cuidar de você. - Itachi pegou Deidara no colo e o levando para o quarto.

_ Mas não quero dormi, me solta Tachi. - Deidara tentava se soltar em vão do braço de Itachi.

_ Que bom, por que não vou te levar para cama, vai tomar banho antes.

_ Só se você tomar banho comigo. 

Itachi colocou-o no chão do banheiro e começou a tira suas roupas, pegou uma toalha no armário e pendurou num cabide próximo ao box.

_ Toma banho comigo - repetiu puxando as roupas do moreno.

_ Deidara entra logo no box. - Deidara fez uma cara emburrada mas entrou no box, sorriu quando viu o namorado se despir e prender o cabelo num coque. - satisfeito ?

Deidara assentiu com a cabeça, Itachi deu banho em Deidara com um pouco de dificuldade já que o loiro queria fazer algumas brincadeiras e Itachi não tava com cabeça para isso, terminou de dar banho em Deidara o vestiu e o jogou na cama foi até a cozinha pegou um copo d'água e um comprimido e entregou a Deidara.

_ Toma.

_ O que é isso ?

_ E para não ficar de ressaca amanhã.

Dei bebeu o comprimido e deitou na cama, logo caiu no sono e Itachi foi arrumar a bagunça no banheiro e depois foi se deitar com o loiro e dormiu.

No dia seguinte Deidara acordou com uma puta de uma ressaca mesmo depois de ter tomado a aspirina na noite anterior, o que parece não ter feito muito coisa. Acordou e não encontrou Itachi na cama.

_ Itachi !

Itachi logo apareceu com uma xícara de café e mais um comprimido.

_ Bom dia, como estar se sentindo?

_ Com dor de cabeça .

_ Bebe, é café. - entregou a xícara e o comprimido que pôs na boca e bebeu um longo gole e fez uma cara feia 

_ Ta muito forte. - reclamou.

_ Bebe tudo Deidara.

_ Estar bravo comigo ?  Ta me chamando pelo nome . - notou a expressão indiferente de Itachi.

_ Eu não vou discutir isso com você agora. - Itachi se levantou da cama mas foi puxado de volta.

_ Fala Itachi, eu quero saber.

_ Quer começa uma briga ?

_ Não, quero resolver esse problema. Porque estar bravo comigo ?

_ Você saiu pra encher a cara e ainda com o Obito. - Itachi se levantou da cama e encarou Deidara na porta do quarto

_ Eu sempre saia com o Obito, ainda tem ciúmes dele, nós já discutirmos isso.

_ Não é ciúmes.

_ É o que então ? Por eu ter saído numa quinta ? - deduziu. - eu saia todos os dias até eu...

_ Até o que Deidara ? Termina a frase, até você começar a namora comigo.

_ Não foi o que quis disser.

_ Mas é o que pensou, não é ?

_ Não quero mais falar sobre isso.

Deidara nem mas na cama estava e Itachi andando de um lado para o outro, sábia que se continuasse com aquela discussão não daria em boa coisa.

_ Volta aqui. Você não queria conversa. - foi atrás do loiro

_ Falou bem, conversa e não brigar - se virou para Itachi e o olhou pro chão, não estava chorando mas tinha lágrimas que ameaçavam cair.

_ Dei olha pra mim - puxou o rosto do namorado para olhá-lo nos olhos e seguro seu rosto com as duas mãos. - você pode sair, mas só me avisa antes. Eu chego em casa e não te encontro e você não atendia o telefone, eu estava preocupado.

_ Desculpa, desculpa -  afundou o rosto no pescoço do moreno. - Tachi não quero ir para faculdade hoje, posso pedir a Konan a matéria depois.

_ Tudo bem. -  acariciou os cabelos loiros

_ Itachi. -  chamou quase como um susurru

_ Hum.

_ Eu te amo.

_ Também te amo.

(...)

Narumi passou mais uma noite em claro, no entanto já tinha feito o seu vestido e o da sua mãe, só faltava o terno dos meninos. Não tinha pregado os olhos nem um segundo e por conta disso ela estava...

_ Narumi, Narumi acorda - Menma balançava a irmã.

_ Para, me deixa dormi.

_ Narumi nós estamos em aula, acorda.

_ Nós estamos em... aula -  levantou a cabeça e viu o professor Orochimaru na frente da turma explicando alguma coisa.

_ Se mantém acordada, vai acabar indo para diretoria assim.

_ Eu só estou cansada, não precisa se preocupar com nada.

_ Eu não sei, o leilão é amanhã e você ainda não terminou de fazer as roupas, tem certeza que consegui ficar mais uma noite em claro ? - Narumi se virou e arqueou as sobrancelhas.

_ Eu vou consegui. - afirmou. - só eu não ser interrompida.

_  Eu não te interrompo.

_ Sério ? E a gritaria de ontem quando você e Naru jogavam. - olhou Menma com uma cara de culpado.

_ Eu... Não... Quer disser... Nós não... Ah desisto nós estávamos sim falando um pouquinho alto demais. - Narumi arqueou um sobrancelha em duvida. -  ou mais do que imaginávamos.

_ Só um pouquinho, mas por hora me deixa dormi, você pode me explicar depois. Boa noite - abaixou a cabeça e voltou a dormi.

O sinal tocou e todos saíram da sala e indo a o refeitório, Menma preferiu não acorda a irmã traria algo para ela comer. Encontrou com Naruto e os outros na mesa de sempre.

_ Cade a Narumi ? - perguntou Naruto olhando em volta e não encontrado a irmã.

_ Dormindo, depois vou levar algo para ela comer. - sentou-se na mesa.

_ Ela vai briga com você por não tê-la acordado, mas isso não e problema meu mesmo.

_ Você e tão protetor Naruto. - ironizou

_ Você vão ao passeio de sexta que vem ? - Sakura falou chamando a atenção de todos.

_ Nem vimos isso ainda, vamos ? - Naruto olhou pro irmão.

_ Eu não quero ir .

_ Por que não ?

_ Você sabe o quanto odeio passeios escolares.

_ Vai ser pro museu de história -  Shikamaru interrompeu a conversa dos Uzumakis .

_ O museu ficar na cidade mas antiga e Konoha e um pouco longe daqui, mas a viagem valeria a pena. - pronunciou-se Hinata.

_   Talvez eu pense no caso.

_ Tão dramático, Menma.

_ Fico imaginando como era a relação de vocês antes do Menma se protetor. - interveio Shikamaru.

_ Não era um inferno se é com estar pensando, por que quando nos dois brigávamos nos criamos o inferno.

_ Não é pra tanto Naruto.

_ Não é pra tanto -  repetiu a frase do irmão - você era um pé no saco.

_ E você era um santo né ?  

_ Não, mas...

_ Ah então cala a boca.

A difusão durou um tempinho, os em volta apenas encararam a briga vendo com era antes de camarote ainda por cima e outros ficaram rindo. O sinal tocou e todos se levantaram.

_ Menma - chamou Naruto - o lanche da Narumi.

_ Já peguei -  pegou dois biscoitos que havia pegado da mesa e uma caixinha de suco.

Cada um foi para sua sala e Menma sentou-se em seu lugar ao lado da loira.

_ Narumi, ei acorda, maninha -  sacudiu a irmã de leve - trouxe algo pra você comer.

_ Por que trouxe algo... - levantou a cabeça de pressa. - o sinal do intervalo já tocou, porque não me acordou ?

_ Você pediu para não ser acordada -  usou as palavras da irmã contra ela mesmo - mas não se preocupe, trouxe biscoitos e um suco. - entregou o lanche para Narumi que pegou e comeu.

_ O que o loiro disse - perguntou Narumi ainda comendo o biscoito.

_ Disse que você iria briga comigo por tê-la deixado dormi.

_ Hum, as vez fico pensando com seria a relação de vocês dois sem mim.

_ Um paraíso -  falou sendo sarcástico.

_ Tenho certeza que sim. - ironizou junto com o irmão.

(...)

_ Naruto se vocês forem no Museu sexta iria ser bem legal -  disse Kiba se virando para trás.

_ Até pode ser, mas ainda teria que ver com meus pais.

_ A... Naruto, porque o Menma  não gosta de passeios escolares ? - perguntou Hinata.

_ E que sempre que airamos num passeia acontecia um coisa.

_ Sempre ? - Shikamaru quis saber. 

_ Sempre -  afirmou -  teve uma vez que formos por laboratório de química e aconteceu uma coisa que tivemos evacuar a área. Alguns carmas leves ou outros são pesados como esse.

_ E impossível vocês terem tanto azar assim. - Ino comentou.

_ Quem dera, apesar de todos o passeios ter dado errado e divertido ir-los pelo menos.

_ Até pode ser, mas vocês três vão Naruto - afirmou a Yamanaka.

A aula per correu normalmente até a hora da saída onde esperava seus irmãos, só invés de encontra seus irmãos encontrou Sasuke e Suigetsu vindo em sua direção.

_ Teme, vocês viu o Menma e a Narumi ?

_ Esse vai ser meu apelido mesmo, Dobe ?

_ Vai continuar me chamando de Dobe ? - Sasuke assentiu com a cabeça-  então sim. Viu ou não meus irmãos?

_ Vão demora um pouco estão tendo aula com o Gai-sensei, acabei de sair de lá falando pro treinador a entrada de Menma no time.

_ To indo Sasuke. - despediu-se Suigetsu, antes de sair olhou para Naruto - manda um beijo por mim pra sua irmã, loiro.

_ Minha irmã ?

_ Tchau -  se virou e saiu andando.

_ Você sabia que ele...

_ Não importa, e ai, o que vai fazer segunda ?

Naruto parou de presta atenção em Suigetsu indo embora e virou-se para Sasuke em sua frente. 

_  Segunda ?  Nada porque ?

_ Quer sair?

_ Eu vou pagar dessa vez - disse antes que Sasuke o contraria-se - e nem adianta falar que não.

_ Eu já disse que e falta de educação, mas já que você insiste, ta certo  você paga. Até amanhã Dobe, fica bem arrumadinho. - se virou para ir embora, mas uma coisa loira o chamou atenção novamente.

_ E... Teme, você vai no passeio de sexta?  - perguntou sem jeito.

_ Porque ?  Estar me chamando pra sair Usuratonkashi? - falou com um sorriso malicioso nos lábios. 

_ Não - disse quase de imediato - só queria saber. - abaixou a cabeça encarando o chão. 

_ Talvez eu vá, porquê se importa? 

_ Por que sou seu amigo - levantou a cabeças e olhouno olhos onix - não é mesmo, e por causa disso eu me importo. 

sasuke tinha que admitir que ficou surpreso com a resposta do loiro em toda sua vida só três pessoas se importava com ele, e elas eram pessoas muito próximas dele, seriam Itachi, sua mãe e Suigetsu. Ter oUzumaki se importando sem ao menos o conhecer era algo meio que inesperado, porque ele começava a sentir um carinho pelo loiro ? 

Sasuke o encarou por um tempo e tentava organizar sua cabeça mas era em vão com ele por perto, precisava sair dali. 

_ Sim, então nós vemos amanhã Dobe. - voltou a andar, se afastando a cada passo. 

_ Mas Sasuke você -  diminui a voz sabendo que o moreno estava fora de alcance -  não me respondeu. 

_ Respondeu o que ? 

Naruto deu um pulo e virou-se pra trás para saber quem era. 

_ Porra, quer me matar de susto Menma. 

_ Respondeu o que ? - repetiu a pergunta. 

_ Nada - olhou Narumi atrás do irmão e encontrou Narumi -  você estar bem, ta quase dormindo em pé. 

_ Do conta, vamos eu to com fome, por que alguém não me acordou para comer. - olhou para o moreno. 

_ Você estava dormindo tão tranquilamente, que não queria atrapalhar seu sono da beleza - sorriu debochado. 

_ Olha, eu to cansada demais para ameaçar você. 

Caminharam por um tempo até chegaram em casa eNarumi ir direto para o quarto em quanto Naruto fazia a comida e Menma ajudava. 

_ Você não vai quere ir mesmo no passeio ?  - quebrou o silêncio.

_ Não, sabe como sempre termina, Naruto.

_ Ah Menma, pode ser diferente dessa vez. - tentou ser positivo.

_ E foi diferente alguma vez ? - olhou para o loiro como a resposta fosse óbvia.

_ Não mas, sempre foi divertido.

_ Talvez, você ter caído na piscina no ano retrasado foi realmente divertido. - começou rir da cara emburrada de Naruto.

_ Não foi, entrou água no meu ouvido.

Tentava não ri mas acabou cedendo e riram junto.

_ Naruto - chamou depois de recuperar o fôlego com uma voz mais séria -  o que tem entre você e o Uchiha ?

_ Nada, só samos amigos, ele não é a pessoa que pensei que fosse - disse com um sorriso no bobo no rosto.

_ Você gosta dele ? - foi direto.

_ Claro, ele é bem divertido, mas doque imaginava. - Menma fez uma cara de tédio com a lerdeza do irmão.

_ Não Naruto, você não entendeu -  desligou o fogo e se virou para o loiro e segurou seu ombro para que vira-se para si. - você Gosta dele ?

Depois de um uns cinco segundo tentando entender a pergunta do irmão ele respondeu.

_ Não, como disse eu só gosto dele como amigo.

_ Como poderia saber nunca esteve com uma mulher.

_ Como também nunca estive com um homem. O Sasuke e diferente.

_ Diferente como ?

_ Não sei, só sei que é diferente.

_ Certo então - tirou as mãos do ombro de Naruto.  - termina ai, vou chamar a Narumi.

Deu um beijo no topo da cabeça do loiro e subiu a escada indo para o quarto da irmã, entrou sem bater sabia que a mesma estaria dormindo.

Como imaginava Narumi estava jogada na cama dormindo, andou até a cama com cuidado para não pisar em nada que estava espalhado pelo chão. Chegou na irmã e a balanço u de leve.

_ Narumi, o almoço estar pronto. - a única coisa que ouviu vindo da irmã foi um murmuro vamos Rumi.

_ Não me chama assim - abriu o olhos, demonstrando os lindos olhos azulados que tinha. - só o Dei pode me chamar assim.

Se levantou da cama e seguiu para cozinha onde encontrou Naruto pegando os pratos e talheres.

_  O que vocês fizeram pra comer ? - perguntou assim que entrou na cozinha.

_ Sopa de legume - Menma respondeu por Naruto.

_ Ah Narumi, Suigetsu te mandou um beijo.

_ O que ? - Narumi de uma cara repulsiva foi para uma de raiva. - eu vou acabar com ele.

_ O Suigetsu ?  Aquele que bateu em Naruto. Narumi ! - falou num tom reprovador.

_ Eu não fiz nada, ele só me deu carona pra casa ontem. Ele...

_ Oi crianças - Kushina entra na cozinha e olhas pros filhos. - o que fizeram para o almoça.

_ Sopa de legumes -  respondeu Narumi desviando o olhar dos irmãos - como foi seu dia Okaa-chan ?

_ Infelizmente ele ainda não acabou querida - chegou mas perto da filha e beijou sua testa - e como você estar ? Parece cansada - deduziu.

_ Só um pouco, mas dou conta, além do mas eu sou uma Uzumaki.

_ Só não queremos que se esforce demais amor - o loiro mais velho entra na cozinha.

_ Oto-chan, o Menma entrou no time de basquete da escola - informou Naruto.

_ Sério ? Você sempre adorou esse tipo de jogos - pôs o a mão no braço de Menma. - quando vai ser o primeiro jogo.

_ Ainda não sabemos.

_ Olha eu amo reunião familiares, mas eu to como fome.

_ Narumi, eu não te dei essa educação - Kushina puxou de leve a orelha da mais nova.

_ Eu não to sendo mal educada, só apresando as coisas - acariciou a orelha puxada de leve.

Todos foram para mesa e começaram a comer até Kushina quebra o silêncio.

_ Como estar indo as roupas querida ?

_ Quase pronta, só falta fazer as dois meninos.

_ Suponho que vai precisar de nós pra isso.

_ E claro, eu não tenho as medidas exatas de você e Menma. Ah... Okaa-chan, eu vou fazer parte da líder de torcida.

_ Que bom que vocês estão se adaptando a nova vida.

_ Eu pensei que pra eles ia ser mais complicado.

_ Como assim Oto-san ? - Naruto olhou pro pai.

_ Eu e Minato, nós morávamos aqui antes de irmos para Uzushiogakure.

_ Vocês nunca nós contaram isso - Narumi olhou para os irmãos e depois para mãe.

_ Não era importante na época, nunca pensamos que voltaríamos.

_ Porque saíram ?

_ Bem pra começo tinha a faculdade, depois passou a ser o emprego. Depois de um tempo viramos donos da empresa e mudamos o nome delas e como administradores podíamos volta, já que o coração da empresa era aqui. - Minato explicou

_ Por isso aceitaram por Deidara vir pra cá, sábia que era uma cidade que você confia.

_ Continuou sendo um excelente em dedução Menma. - observou kushina.

_ Mas porque não se mudaram antes. - perguntou Narumi sem entende. 

_ Sua mãe estava começando a sentir falta de Deidara e só pensamos nisso no meio do ano passado, para resolver a papelada toda demorou um tempo.

_ E claro que vou sentir falta do meu filho, só não senti falta como fiquei preocupada também.

Todos voltaram a comer e logo Minato e kushina voltaram a o trabalho. Naruto insistiu que ele lavasse a louça enquanto Narumi ia terminar as roupas, o que demorou um tempo até que ala cedesse e ir-se para o quarto.

Depois de louça lavado e mesa arrumada, Menma e Naruto foram tomar banho e depois foram para o quarto de Narumi tira as medidas para o terno.


Notas Finais


O leilão estar chegando, e tem uma adorável surpresa nele. Eu tenho até o 13° capítulo escrito e a surpresa estar no 11°.
Obrigada por lerem e até sábado.
Bjs ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...