1. Spirit Fanfics >
  2. Contos Eróticos - Jikook >
  3. Cunhado!

História Contos Eróticos - Jikook - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


🚨 ATENÇÃO 🚨
Neste capítulo o Jungkook será passivo!

•••••••••••••

Boa Leitura ♥️

Não esqueça o coraçãozinho 💜!

Capítulo 12 - Cunhado!


Fanfic / Fanfiction Contos Eróticos - Jikook - Capítulo 12 - Cunhado!

Park Jimin's P.O.V

– O meu irmão é um idiota! – falo irritado. – Seokjin, onde já se viu?! Trocar aquele anjo por um "Zé ninguém".

– Calma, Jimin. – Jin se senta no sofá. – Entendo seu nervoso mas tenta manter a calma.

– O Jungkook precisa saber disso!

Bom... Acho que vocês já sabem o que estou me referindo. Mas mesmo assim vou explicar.

Recentemente eu descobrir que meu irmão – Kim Taehyung – estava se relacionando com um outro cara, vulgo chamado Jung Hoseok. 

E como eu descobrir isso? Simples! O falso do meu irmão deixou aparecer um chupão no pescoço quando chegou em casa e ainda por cima com um cheiro de perfume masculino diferente do dele.

E então eu procurei saber mais. Não fui bisbilhotando a vida de Taehyung mas a cada vacilo que ele dava, comprovava ainda mais minhas suspeitas.

Quando foi semana retrasada eu descobrir que o desgraçado do meu irmão estava traindo o Jungkook.

Esse anjo lindo chamado Jungkook é um ser tão incrível! Fico triste e com raiva por saber que esse bebê namora meu irmão.

Eu amo o Jungkook muito antes dele namorar meu irmão. Eles se conheceram por causa de mim.

Mais tarde~

– Taehyung? – vejo o mais novo entrar na sala. – Finalmente resolveu aparecer na sua residência, né?! Falso!

– Do que você está falando seu idiota? – ele joga a chave na mesinha.

– Você traiu o Jungkook! Miserável! – dou um tapa na cara dele.

– Você está ficando louco? – ele fala com a mão no rosto.

– Louco está você, idiota! Onde já se viu?! Trair um anjo igual a Jungkook por um putinho igual ao Hoseok.

– Não fale assim dele! – Taehyung grita.

– Então é ele mesmo! – ri irônico. – Você vai sair dessa casa agora e vai até o Jungkook contar toda a verdade para ele! E nunca mais pise o pé aqui! – grito.

– Você não pode fazer isso!

– Posso e vou! A casa está somente no meu nome e quem paga as contas desse lar é eu! Enquanto você fica de putaria nos becos dessa cidade, fodendo com um puto! – grito. – Sai daqui agora! E eu quero que você vai até o Jungkook, e se você não for eu vou saber! – grito novamente e assim o mesmo se retira.

Mais tarde~

Ouço a campainha tocar e eu vou até a porta atender. Abro e vejo Jungkook.

– Jimin... – o mais novo me olha com os olhos cheios d'água. – O...

– Eu sei, Jun. Quer um abraço? – estico meus braços para o Jungkook e ele me abraça bem forte.

– Vamos entrar. – entramos. – Quer uma água, Kookie?

– Não, obrigado. – me sento no sofá. – Jiminie, eu não sei porque estou triste.

– Jungkook, você foi magoado pelo homem que você ama e....

– Não... Eu não o amo! Nunca amei, Jimin!

– Então... Por que ficou com ele? – pergunto perplexo.

– Eu... – ele suspira. – Eu queria te esquecer de alguma maneira, Jiminie. – o mais novo abaixa a cabeça. – Mas não deu.

– Jungkook... – olho fundo nos olhos dele. – Por que não falou comigo?

– Eu tive medo de eu levar um não.

– Jungkook, eu sempre quis você. – ele me olha. – Sempre te amei!

– Jiminie... Você me ama?

– Muito! Eu quero cuidar de você, te amar, te respeitar e... – sou pego de surpresa quando Jungkook "ataca" meus lábios em um beijo carinhoso.

– Por favor... Fique comigo essa noite! – o mais novo sussurra entre o beijo.

– Me fala o que você quer! – aperto a cintura de Jungkook.

– Ser seu! Me faça seu essa noite, Jiminie!

Pego Jungkook no colo e levo até o quarto o beijando. Ao chegar em meu conforto, deito Jungkook na cama ainda o beijando e fazendo carinho por todo o corpo do mesmo.

– Você é virgem? – sussurro suave.

– Não.

Retiro toda roupa de Jungkook e logo depois faço o mesmo comigo. Beijo novamente Jungkook nos lábios e em meio ao beijo, massageio o membro do mais novo ouvindo ele gemer baixinho.

– Jiminie, eu preciso de você logo. – Jungkook me olha. – Não precisa me preparar.

– Vou apenas passar lubrificante, amor. – estico meu braço até o criado-mudo e pego o tubo dentro da gaveta.

Passo na entrada de Jungkook e em meu membro. Guardo o gel e me posiciono entre as pernas do mais ficando olho a olho com ele.

– Posso? – ele confirma.

Nossos gemidos entraram em sincronia após eu entrar com meu membro dentro dele. O mais novo aperto meus braços enquanto eu fazia movimentos de vai e vem lentos.

– Ahn Jiminie... Isso! – os gemidos manhosos de Jungkook estavam me deixando louco e eu estava me segurando para não ir mais forte.

– Jungkook, tão gostoso... Uhrr... – sussurro no ouvido dele.

– Mais... rápido! – acelero os movimentos das estocadas.

Senti que eu ia gozar então masturbei o membro de Jungkook para nós gozarmos juntos.

– Jiminie... Uhrr... Eu vou ... Gozar...

– Goza, bebê... Goza pra mim! – fui mais rápido com os movimentos e logo depois gozamos juntos.

– Isso foi muito gostoso, Chim. – sorrimos.

– Eu amo você, Jungkook. – beijo carinhosamente meu pequeno.

– Eu também te amo, muito! – sorrimos e ficamos abraçados na cama.


Notas Finais


Ai, fiquei soft com esse conto✊😔

Gostou? Que tal comentar? Me ajuda bastante e me incentiva saber o que estão achando. ♥️

Me segue? Ainda não? Então me siga para você se tornar um bunnyzinhx e assim não perder nenhuma novidade que eu postar.♥️

Até o próximo, bunnyzinhos! ♥️🐰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...