História Contos Eróticos (Primeira Temporada) - Capítulo 33


Escrita por: e Sophia1343

Postado
Categorias Alycia Debnam-Carey, Amanda Seyfried, Anahí, Andrew Garfield, Angelique Boyer, Ashley Benson, Ashley Tisdale, Avril Lavigne, Backstreet Boys, Bella Thorne, Beyoncé, Britney Spears, Camila Cabello, Christina Aguilera, Demi Lovato, Dua Lipa, Dulce María, Eliza Taylor-Cotter, Emma Roberts, Faking It, Fifth Harmony, Girls' Generation, Halsey, Harry Styles, Hayley Kiyoko, Hora de Aventura, Ian Somerhalder, Jared Leto, Jennifer Hudson, Jennifer Morrison, Juliana Paiva, Katie McGrath, La Casa de Papel, Lady Gaga, Lana Parrilla, Liam Payne, Lip Service, Little Mix, Louis Tomlinson, Lucy Hale, Madonna, Maite Perroni, Margot Robbie, Maria Gadú, Marie Avgeropoulos, Melissa Benoist, Once Upon a Time, Orange Is the New Black, Orphan Black, Ruby Rose, Selena Gomez, Supergirl, Wynonna Earp, Xena, a Princesa Guerreira
Personagens Alex Danvers, Alex Vause, Ally Brooke, Alycia Debnam-Carey, Amanda Seyfried, Amy Raudenfeld, Anahí, Andrew Garfield, Angelique Boyer, Ashley Benson, Ashley Tisdale, Avril Lavigne, Bella Thorne, Beyoncé, Britney Spears, Camila Cabello, Cat Grant, Christina Aguilera, Cosima Niehaus, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Dra. Delphine Cormier, Dua Lipa, Dulce Maria, Eliza Taylor-Cotter, Emma Roberts, Emma Swan, Halsey, Harry Styles, Hayley Kiyoko, Ian Somerhalder, Jared Leto, Jennifer Hudson, Jennifer Morrison, Kara Zor-El (Supergirl), Karma Ashcroft, Katie McGrath, Lady Gaga, Lana Parrilla, Lauren Jauregui, Lena Luthor, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luan Santana, Lucy Hale, Madonna, Maggie Sawyer, Maite Perroni, Marceline, Margot Robbie, Maria Gadú, Marie Avgeropoulos, Melissa Benoist, Nairobi, Nick Carter, Normani Hamilton, Personagens Originais, Piper Chapman, Princesa Jujuba, Regina Mills (Rainha Malvada), Selena Gomez, Taeyeon, Tiffany, Tókyo
Tags Camila Cabello, Camila G!p, Camren, Camren G!p, Contos Eróticos, Demi Lovato, Emma Swan, Emma Swan G!p, Harry Styles, Kara, Larry, Lauren G!p, Lauren Jauregui, Lena Luthor, Limantha, Regina Mills, Regina Mills G!p, Selena Gomes, Semi, Surpecorp, Swanqueen
Visualizações 2.495
Palavras 1.838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Magia, Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem e uma boa leitura pra todos.

Capítulo 33 - No elevador com Regina Parte 2 SwanQueen


Fanfic / Fanfiction Contos Eróticos (Primeira Temporada) - Capítulo 33 - No elevador com Regina Parte 2 SwanQueen

POV Regina

Já fazia uma semana que eu falava por telefone com Emma que me deixava subindo pelas paredes toda vez que faziamos sexo por telefone, e o pior gente fazia isso pelo menos três vezes por dia, desde o nosso encontro no elevador, já que durante essa semana ela não veio visitar a sua mãe, e mesmo que ela viesse e não estaria aqui , já que no escritório eu estava cheio de trabalho até no pescoço.

Finalmente a minha folga que serão a parti de quarta-feira di a visita de Emm sua mãe, dia tão esperado por mim chegou, mas não recebi nenhum telefonema ou mensagem de Emma dizendo que vem hoje, fico me perguntando se ela desistiu do nosso trato, vai ver ela tem namorado ou namorada, algo que não lhe perguntei, mas agora me preocupo de ter lhe perguntado.

Estava começando a me entediar, entãi resolvo me arrumar colocando uma saia de couro, uma blusinha de cor preta e solta e saltos da mesma cor, faço uma maquiag destancando os meus lábios e olhos, e no toque final fico em dúvida qual perfume devo usar, e coloco o meu mais cheiroso, pego o meu celular, minha bolsa e as minhaa chaves, já que Emma não vem até a minha pessoa então terei que ir atrás dela pra isso vou até o apartamento de sua mãe quase daqui do lado e pergunta o seu endereço, mas tenho que inventar uma desculpa muito boa para convencer a senhora Swan de me dar o endereço de Emma.

Fui várias vezes até a porta, mas perdia a coragem na hora H, pois desculpa nenhuma boa o suficiente vinha na minha mente, para convencer a senhora Swan para me dar o endereço de sua filha.

Encosto até a orelha na porta para ver se ouvia a voz dela, mas nada de Emma apenas a senhora Swan assistindo algum programa cúlinario na tv, frustada desisto e resolvo sair um pouco quem sabe essa sem coração resolve responder as minhas mensagens que foram de casuais até pornograficas tudo paea ela me responder e nada, de instante e imstante eu verificava o meu celular pra ver se era alguma mensagem dela dizendo qualquer coisa, menos que ela tenha desistido de passar esses meus dias de folga fazendo amor comigo de todas as formas já que ela me prometeu que iria me comer nesse elevador, que assim que abre as portas tem um homem estranho de paléto preto usando um chapéu que dificulta ver o seu rosto, já que ele estar de cabeça baixa, espero ele sair do elevador, mas o mesmo não se move do lugar.

Revirando os olhos e meio impaciente adentro o elevador ignorando a sua presença aperto o botão para descer até o terrio, e pego o meu celular e começo a digitar uma mensagem que em seguida envio para Emma esperando a sua resposta quando de repente o elevador para bruscamente então ouço o misterioso homem de palétor que na verdade se revela ser quem eu mais deseja falar.

-E promessa é divida minha cara Regina Mills.

Ela fala retirando a sua mão do botão de emergência do elevador, arracando o seu chapéu em seguida jogando no chão revelando o seu lindo cabelo dourados, e sem aviso prévio ela me agarra pela cintura me virando de costas pra ela e me impressa na parede gélida e metálica, me fazendo sentie um certo volume na minha bunda, então ela modisca a ponta da minha orelha e com uma voz sexy ela diz.

-Como eu havia lhe prometido comer você dentro desse elevador eu aprovetei para realizar uma fantasia que eu tinha de fuder uma mulher gostosa como você vestida de um homem com um pinto de borracha.

Ela diz precionando ainda mais o seu pau de borracha contra a minha bunda me deixando toda molhadinha de tesão, pois por essa eu não esperava, e sorte a nossa desse elevador não ter câmeras, se o sindico já teria nos dado uma bronca ou coisa pior por estamos fazendo esse tipo de coisa num elevador.

Ela chupa a minha orelha enquanto os seus lábios desce para o meu pescoço e suas mãos percorre pelo meu corpo, fazendo eu me arrepiar toda quando ela levanta a minha saia com certa dificuldade por ser de couro vendo que estou usando uma calcinha de fio dental preta enterrada na minha bunda então ela diz no meu ouvido.

-Huummmmm... Como você estar divinamente gostasa hoje Regina.

Em seguida dar um tapa na minha bunda me fazendo gemer de tesão pelo jeito que ela estar selvagem hoje, não lembrando aquela Emma passiva de uma semana atrás, então ela começa a roça o seu pau de borracha na minha bunda levando as suas mãos por debaixo da minha blusa, ela começa a massagear os meus seios enquanto a sua boca insaciavel chupa e morde delicadamente o meu pescoço me deixando louca de tesão.

-Ahhhhhhh.... Emma para de me torturar e me fode logoooo de uma vezzzz...

Gemo sentindo sentindo uma de suas mãos invadir a minha calcinha fio dental, fazendo ela vendo o quanto estou molhada por ela, e ela começa a esfregar o seu dedo medio no meu clitóris me fazendo revirar os olhos e morde o meu próprio lábio contendo uns gemidos desesperadores meus de prazer indiscutivel para mim.

Não aguentando a sede de sentir os seus lábios nos meus jogo o meu pescoço para trás fazendo ela parar de beijar e chupar o mesmo, e me beijar com força e selvagem, que eu amei, enquanto as nossas línguas dançam tentando ficar no comando, Emma para de me beijar por um instante quando penso em reclamar, ela retira o seu dedo de dentro da minha calcinha e começa a chupa ele e mais dois dedos, me deixando hipnotizada com ela chupando os seus dedos com um sorriso safado no rosto, seguida ela volta invadir a minha calcinha só que inves dela me masturbar, ela penetra um dedo de cada vez dentro de mim, me fazendo empinar a bunda na sua intimidade que agora se encontra com um pau de borracha me deixando ainda mais excitada.

E sem avisio prévio ela me penetra com os três dedos, ela fica me estacando cade vez rapido já me deixando mo ápice de pre gozo, então ela aumenta a velocidade de suas estocadas na minha vagina, e o meu corpo todo se extremesse e vários espasmos tomam conta de mim quando começo a goza em seus dedos e gemer alto.

-Aiiiiiiiii... Ahhhhhhhhhhhhhh... Que delicia!

Depois que eu gozo ela retira os seus dedos de dentro de mim, e leva até a minha boca me fazendo chupa-lo sentindo o meu própio gosto em seguida ela me beija, com uma fúria que me deixa louca, ficamos assim nos beijando até ela corta o nosso beijo, e vai com os seus lábios até no meu pescoço subindo até a minha orelha e diz.

-Agora eu quero que você chupe o meu pau de borracha até ele ficar bem molhadinho para eu comer o seu cuzinho aqui mesmo.

Sem pensar duas vezes me afasto dela e me agacho no chão, abrindo a fivela de seu cinto seguida a breguinha de sua calça e puxo o pinto de borracha que é imenso tendo uns 24 a 26 cm pra fora da cueca que ela estar usando, e faço que ela havia mandado começo a chupar com vontade por longos minutos até vejo que ele estar bem lubrificado.

Ela pede para eu impinar a minha bundo o máximo que posso e abrir as minhas pernas, faço o que ela pede em seguida ela afasta a minha calcinha que estava enfiada na minha bunda e sentindo a sua língua quente e molhada eu gemo feito louca, enquanto ela lambe toda e extensidade da meu cuzinho, fazendo o meu corpo se arrepiar, então ela para de enfiar a sua língua no meu orificio e começa a estocar o seu dedo e eu gemo alto.

-Aiiiiiiiii... Porra como isso é gostoso... É foda... Ahhhhhh...

Depois ela retira o seu dedo do meu cuzinho e aos poucos vai enfiando a sua rola de borracha, até que ela enfia ele todo e vai socando ele dentro de mim, no começo é lento pra eu me acostumar, e não demorou muito para que ela começasse a aumentar a velocidade de suas estocadas já me fazendo sentir que vou gozar rápido devido as suas rápidas estocadas.

-UF, UF, UF, UF, UF, UF, UF...

-Hammm... Hammm... Haaaarrrrrrrrrrrrrr...

E não demorou muito para que eu gozasse novamente, ela meio ofegante alguns minutos depois se aproxima do meu ouvido dizendo que havia gozando junto comigo, e pergunta se eu já estou exausta, eu respondo que não, que queria ianda mais ela, e principalmente chupa-la.

Ela sorrir e beija os meus lábios num beijo calma e ao mesmo tempo excitante, então ela abaixa a minha saia em seguida puxa o seu pau de bocha para dentro de sua calça arrumando o mesmo e aperta o botão de emergência para o elevador volta ao normal, ela perta no meu andar e volta me beijar até que o elevador se abre e saio arrastando Emma até o meu apartamento.

Assim que fecho aporta sem perder tempo empurro Emma até o meu sofá fazendo ela sentar, me ajoelho ficando entre as suas pernas puxo o seu sinto jogando em algum lugar da sala, abro a breguinha de sua calça puxando para fora de suas pernas, e logo depois a cinta com pinto de burracha, e Emma abre ainda mais a suas pernas para é receber a minha boca, que abocanho a sua xoxota ensopada, começo a lamber os lábios grande e depois os pequenos até chegar onde eu queria no seu clitóris e chupo grelinho endurecido por longos minutos até que ela anuncia que vai gozar, então me livro de minha saia e calcinha fio dental, e peço para Emma se posicionar que a gente fica na posição de tesoura no sofá e começamos a esfregar a xoxota uma na outra e não demorou muito e Emma gozou gemendo o meu nome em seguida eu também gozo.

-Hammm... Hammm... Haaaarrrrrrrrrrrrrr... Regina....

Depois de descançarmos um pouco resolvermos tomar um banho coisa que só fizemos depois que me chupou me fazendo sentar na pia e eu gozei mais umas duas vezes, e depois do banho ficamos na minha cama nuas entrelaçadas as nos pernas apenas nos cubrindo um lençol fininho e ficos nos beijando e acariciando uma a outra e pagamos no sono até a hora do jantar ondr fiz questão de acorda Emma com um sexo oral gostoso.

E a gente repitiu essa dosagem de sexo nos meus dias seguintes de folgas e nos finais de semana até que eu peço Emma em namoro, que ela aceita fazendo um jantar delicioso e me apresentando a senhora Swan como a sua namorada, que ela nos diz nos supreendendo que já estava na hora, já que ela não aguentava mais ouvir nossos gemidos pelo elevador, já que fizemos amor outras vezes no elevador nos dias que eu tinha muito trabalho e ela também e aproveitamos as nossas horas de almoço para nos encontrarmos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...