História Contos Eróticos-Jikook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 224
Palavras 1.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estou começando a praticar minha escrita agora, por isso lhes peço paciência comigo.
Obrigada e aproveitem a leitura!📚

Capítulo 1 - Encanador


O dia estava calmo, pelo menos do lado de fora, porque dentro do apartamento de um certo loiro baixinho estava definitivamente um caos.

Jimin estava correndo pra lá e pra cá a procura de alguma coisa que amenizasse o grande vazamento da pia de sua cozinha, que se demorasse muito a encontrar uma solução para a mesma, certamente seu apartamento se tornaria uma grande piscina.

Então ele correu fazer o que deveria ter feito desde o início, fechar o registro. Assim que o fechou, caiu no sofá e suspirou passando as mãos pelos cabelos. Enfim decidiu ligar para Namjoon, para ver se o platinado poderia o ajudar.

Pegou seu celular que estava na mesinha da sala e rapidamente discou o número do amigo. Em alguns instantes o mesmo atendeu.

-Alô?- disse do outro lado linha

-Oi, Nam. Desculpa te incomodar, mas é que a minha pia quebrou e eu tenho que dar um jeito. Será que você poderia me dar uma mãozinha?

-Desculpa Chim, mas é que não estou em casa no momento.- Jimin suspirou.

-Mas se quiser, tenho um amigo que é encanador. Quer que te passe o número dele?

-Sim Nam, por favor.

-Vou te mandar por mensagem então. Tchau.

-Tchau- se despediu

Alguns minutos depois sentiu seu celular vibrar. Era uma mensagem de Namjoon com o número do tal encanador.

Rapidamente ligou. Não foi atendido na primeira ligação, mas após discar a segunda vez após uns segundos foi atendido.

-Alô, em que posso ajudar?- uma voz forte e rouca adentrou os ouvidos de Jimin que se arrepiou no mesmo instante.

-É-e alô, sim o senhor é Jeon Jungkook?- falou de forma calma e doce.

-Sim, sou eu. O que deseja?

-B-bom, é que minha pia estragou e um amigo me recomendou seus serviços, o senhor está ocupado no momento?- estava completamente atordoado com aquele timbre de voz.

-Na verdade não, me passe seu endereço que eu vou até aí.

-Oh. Tudo bem, lhe mandarei por mensagem. 

-Está bem, até. É senhor?

-Jimin. Park Jimin.

-Okay, senhor Park.- Jimin se sentiu quente ao ouvir ser chamado de Park por aquela voz grave.

Jimin então mandou seu endereço ao encanador. Umas meia hora depois ouviu sua campainha tocar, estava com um shorts apertado e extremamente curto e uma camiseta larga. 

Não se importando com o que vestia, caminhou até a porta e prontamente a abriu, dando de cara com aquela obra-prima.

Moreno, alto, olhos escuros e um corpo de tirar o fôlego. Park sentiu o ar faltar em seus pulmões ao ver aquela escultura parada em sua porta, estava fascinado.

Porém Jungkook não estava diferente, assim que viu o loiro, com sua boca carnuda, olhos castanhos e aquele corpo divino, sentiu sua boca salivar e acabou por morder os lábios o olhando de cima a baixo.

-Olá Park.- Jimin saiu de seus devaneios ao ouvir a voz grossa direcionada a si, junto a um sorriso de lado.

-Olá Jeon.- mordeu os lábios e sorriu de forma despudorada ao mais alto.

Jimin iria adorar provocar aquele encanador gostoso.

-Poderia me mostrar o que aconteceu com sua pia?- perguntou ao loirinho

-Claro, me acompanhe por favor.- então Jimin saiu andando em sua frente para lhe guiar, e é claro que não perdeu a chance de rebolar sua bunda grande e empinada.

Jungkook que estava atrás de Jimin, já estava louco pelo baixinho que andava a sua frente, balançando aquela bunda deliciosa.

Jimin olhou por cima do ombro e percebeu o olhar de Jeon em suas nádegas e sorriu vitorioso.

Chegou na cozinha acompanhado pelo maior logo o mostrando o que havia acontecido. 

-Posso dar uma olhada?

-Claro, faça o que quiser.- Jimin disse e Jungkook sentiu as segundas intenções em suas palavras, então sorriu sacana.

Após Jungkook terminar seu trabalho, se levantou e ao olhar para a mesa atrás de si, prontamente pousou seu olhar na boca carnuda do mais baixo, avistando o pirulito vermelhinho.

Sentiu seu uma fisgada em seu pau ao olhar a forma pornográfica a qual o baixinho chupava a cabeça do pirulito.

Jimin percebendo o olhar quente sobre si, levantou-se calmamente andando até o moreno que parecia paralisado.

-Vejo que já terminou, gostaria de tomar alguma coisa ou comer algo?- disse a última coisa em um tom mais sensual.

Jeon percebendo a ousadia do mais baixo sussurrou em seu ouvido -Oh, sim. Estou faminto.

Jimin sentiu todos os pelinhos de seu corpo se arrepiarem.

Tomado pelo tesão, Jimin colou seus lábios aos do moreno, pedindo passagem com a língua que logo foi cedida.

Os dois se beijavam loucamente. Tudo estava quente, as roupas naquele momento lhes pareciam desnecessárias.

Jimin se livrou rapidamente da camisa de uniforme do mais velho e seus olhos brilharam ao verem aquele abdômen trincado e bronzeado de Jungkook.

Se livrou de sua própria camisa tendo o olhar sedento de Jeon sobre si. Começou a destribuir mordidas e chupões pelo pescoço do mesmo, logo descendo para seu abdômen.

Jungkook estava delirando, soltando arfares e logo pegou o loiro e puxou seu cabelo o trazendo para um beijo fogoso e terminou lhe dando uma mordida nós lábios vermelhos.  

Jimin se ajoelhou e de apenas uma vez abaixou a calça e a box do encanador, fazendo com que o pau do mesmo saltasse e batesse contra seu rosto. Os olhos de Jimin brilharam em excitação ao olhar aquele mastro duro que Jungkook tinha entre as pernas, sua boca se encheu d'água.

Começou a rodear a língua na glande, fazendo o maior soltar suspiros, não querendo mais torturar o mesmo, abocanhou seu membro até onde conseguiu e começou a masturbar o resto.

-I-isso J-Jimin.- revirou os olhos de prazer ao sentir a glande tocar a garganta do menor. -P-porra de boca gostosa.

O loiro se engasgava algumas vezes, mas nada que atrapalhasse. 

Jungkook sabia que gozaria rápido se Jimin continuasse o chupando tão gostoso. Então puxou o mais velho pra cima, que ao retirar o membro de sua boca fez um estalo erótico soar pela cozinha.

-Agora eu vou te foder- disse sussurrando e depois deu uma mordidinha na orelha de Jimin.

-Então me fode Jungkookie. -disse manhoso ao ser virado contra a pia e sentir aquele pauzão roçando em sua bunda.

Jungkook abaixou e ao tirar o shorts de Jimin quase rosnou de tesão ao ver o loirinho com uma calcinha vermelha.

-Ah Park, você me deixe louco- disse é depositou um belo tapa na banda esquerda de Jimin que choramingou de prazer ao sentir aquela mão lhe marcar. -Tão gostoso.

-Me fode logo Kookie- disse e empinou a bunda na direção do moreno rebolando em seu membro. 

Jungkook ajoelhou atrás de Jimin e afastou a calcinha para o lado.

-Vou te preparar primeiro baby.- disse e abriu as bandas do loiro, salivando ao ver a entradinha rosada do mesmo.

Sem esperar mais afundou o rosto entre a bunda do baixinho, chupando com gosto o cuzinho rosinha e se deliciando com os gemidos do Park.

-Ai J-Jungkookie. I-isso, a-assim. -disse em meio aos gemidos sôfregos que escapavam de sua boca enquanto rebolava contra o rosto de Jeon.

Assim que havia preparado Jimin o suficiente, Jungkook deu uma última lambida na entrada do loiro e então se levantou, encaixando seu pau no mesmo.

Entrou devargazinho no mesmo que choramingava de dor e prazer. Logo o moreno já intensificava as estocadas, fazendo Jimin soluçar de prazer.

-M-mais rápido Kookie.

-O que quiser loirinho.-Jungkook disse ofegante logo começando a entrar com mais força no baixinho. 

Jungkook estocava enquanto dava palmadas brutas nas nádegas, antes branquinhas de Jimin.

Jungkook achou o ponto doce de Jimin. Que gritou ao sentir sua próstata ser surrada tão deliciosamente.

-A-ahn, isso. Vai J-jeon, fode sua putinha  com força- disse manhosinho, o que só deixava o mais alto louco de tesão.

-Você gosta assim putinha? -puxou seu cabelo e começou a estocar mais fundo.

-U-uhum.

Depois de mais algumas estocadas, Jimin goza sujando a pia e um pouco de seu abdômen.

Jungkook se retira de dentro do baixinho e faz o mesmo se ajoelhar. Coloca a mão em seu falo e começa a se masturbar com seu pau diante do rosto do loiro, que está com a boca aberta e a linguinha esticada esperando seu leitinho.

Depois de uns dois minutos, o moreno goza sujando o rostinho e a boca do Park com sua porra, que logo foi engolida com gosto pelo loirinho safado.

Os dois nus, ofegante e cansados vão até a sala e se jogam no sofá. Jimin se deita sobre o peito de Jeon e o mesmo começa a acariciar os cabelos do Park.

Após um tempo em silêncio o loiro se pronuncia.

-Quanto te devo Jeon?-perguntou olhando para o moreno.







-Já me pagou extremamente bem loirinho. 

 


 

 

  




....






Notas Finais


Desculpa gente, sei que deve estar muito ruim. Mas prometo melhorar.
Obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...