1. Spirit Fanfics >
  2. Contos eróticos (kpop) >
  3. Meu melhor amigo "gay" (Jeon Jungkook)

História Contos eróticos (kpop) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eaeee voltei com mais uma one como foi pedida do Jungkook
Aproveitem e boa leitura 💗💗💗

Capítulo 2 - Meu melhor amigo "gay" (Jeon Jungkook)


Fanfic / Fanfiction Contos eróticos (kpop) - Capítulo 2 - Meu melhor amigo "gay" (Jeon Jungkook)

A garota de fios ruivos e longos checava se estava tudo como planejou. Nada naquela noite poderia dar errado, havia recebido uma mensagem de seu melhor amigo pela tarde, dizendo que precisava desabafar. A ruiva então sugeriu uma noite do pijama para alegrar o amigo, assim ele poderia desabafar e ela poderia consolar o mesmo. Vamos lá, checando:

Brigadeiro, ok! Quarto arrumado com muitos cobertores, ok! Pipoca, ok! Filme escolhido, ok! Camisola vermelha sexy e sem nada por baixo...ok

Exatamente isso o que vocês leram! A garota por mais que sabia da sexualidade de seu amigo, como o mesmo diz ser gay, sempre teve uma enorme desconfiança desde que pegou o garoto lhe olhando pela primeira vez, desde então ela tenta descobrir o que o realmente seu é. E hoje seria o dia.

A campainha tocou anunciando a chegada do garoto acastanhado, rapidamente a ruiva foi atender com um sorriso no rosto, mas seu sorriso sumiu quando o acastanhado a abraçou de surpresa, ela pôde escutar o mesmo chorar baixinho em seus ombros.

Sem saber muito o que dizer, a garota puxou o amigo para dentro e fechou a porta logo em seguida.


— Jungkook se acalma, deixe sua mochila aí no sofá que eu vou buscar uma água pra você! -a ruiva disse soltando o garoto de si podendo ver seu rosto vermelho e inchado.

— E-Está bem! -o acastanhado concordou e obedeceu a garota, logo após seguindo até a cozinha.

— Deixe me adivinhar...tem a ver com o Yoongi não é? -a garota ergueu uma sobrancelha enquanto pegava um copo de água para o amigo, este que se sentou num dos banquinhos da bancada ali.

— Como adivinhou? -o acastanhado perguntou com um biquinho choroso nos lábios.

— Eu te conheço Jungkook! -a garota sorriu de canto entregando o copo para o amigo- Me diz, o que aconteceu?

— Ai amiga, você sabe como ele é! -Jeon bufou- Ele fica lá com aquela sirigaita sem sal.

— Aish Jungkook, eu não sei como você ainda sofre por ele! -a garota revirou os olhos- Você está cansado de saber que ele é hétero.

— Mas você sabe que a gente ficou naquele dia na festa do Hoseok! -o acastanhado choramingou.

— Vocês estava bêbados Jungkook, foi só aquele momento, o Yoongi é hétero e todo mundo sabe disso...aceita que dói menos amigo! -a ruiva fez um carinho no ombro do amigo.

— Aish, eu ainda vou te provar que o Yoongi não é hetero! -jeon tomou a água e deixou o copo sobre a bancada.

— E eu vou te provar ue você não é gay! -a ruiva disse logo vendo o amigo cair na risada- Qual é a graça?

— É mais fácil a Beyoncé virar Presidente do Brasil do que eu ser hétero! -o acastanhado disse entre risos- Ai ai você é incrível, me fez rir em poucos minutos.

— Vai rindo Jeon, vai rindo, não esqueça de quem rir por último...rir melhor! -a ruiva cruzou os braços.

— Que medo! -o acastanhado cessou os risos ficando sério.

— Vamos lá pro quarto, já arrumei tudo para nossa noite do pijama! -a ruiva sorriu animada.

— Irra, vamos porque eu quero afogar minhas mágoas no brigadeiro! -Jeon se animou e foi até a sala pegar sua mochila.

— Tem brigadeiro e pipoca, mas se mistura os dois fica mais maravilhoso! -a ruiva subiu as escadas na frente do amigo, dando á ele uma certa visão de sua parte de trás.

— Nossa...para que essa camisola? -o acastanhado perguntou.

— Esta cansado de saber que eu amo roupas assim, qual é o problema? Você é gay não é mesmo? -a garota parou na escada e cruzou os braços.

— Ué...mas é claro! -Jeon a olhou.

— Então...não tem problema nenhum amigo! -a garota sorriu e voltou a caminhar até seu quarto que estava já arrumado.

— Que filme vamos ver? -o acastanhado perguntou deixando sua mochila num canto qualquer e se jogou na cama.

— Comédia romântica, que tal? -a garota sorriu dando play no filme.

— Você sabe melhorar mesmo meu dia! -o acastanhado sorriu se acomodando debaixo das cobertas juntamente com a ruiva, que pegou a bacia de pipoca e ofereceu ao amigo.


Assim que se acomodaram na cama, a garota deu o play no filme, ambos os dois começaram a comer e a ruiva deitou sua cabeça sobre o ombro do acastanhado, que nem se incomodou.

Conforme o filme ia passando, a comida foi se acabando, a bacia de pipoca estava vazia assim como a panela de brigadeiro por isso estavam sobre o criado mudo. Os dois amigos estavam deitados na cama ainda vendo o filme, que neste momento estava passando cenas 18. A ruiva percebeu que o acastanhado esta começando a se excitar, já que dava para ver seu membro crescendo debaixo do cobertor, pôde notar também que o amigo estava com o rosto bem vermelho de vergonha, o que fez a garota rir baixinho.


— Do que e-está rindo? -perguntou o garoto, fazendo o possível para não gaguejar, o que acabou falhando.

— Ah Jeon, ficou duro com o filme? -a garota perguntou entre risos.

— Cale a boca...você não sabe de nada! -Jeon cruzou os braços tentando se fazer de desentendido.

— Sei sim, e sei muito bem! -a ruiva puxou o cobertor revelando a ereção marcada na calça do amigo- Deixa, que eu te ajudo! -assim a garota se levantou e se sentou no colo do amigo.

— O que está fazendo? -o acastanhado se assustou.

— Te ajudando, se acalma Jeon! -a garota fez um carinho gostoso no rosto do amigo e se aproximou.

— S/n, você sabe...q-que...eu...-jeon gaguejava conforme a garota ia se aproximando de si.

— Você... -a garota sorriu de canto, por fim selando seus lábios aos do acastanhado.


Assim se iniciou um beijo lento, mas também fervente, a ruiva aprofundava mais o beijo enquanto me movimentava lentamente no colo do acastanhado, este que ao se tocar do que estava fazendo rapidamente se separou da ruiva assustado, fazendo a garota rir.


— N-Nao sei do que está rindo! -Jeon disse recuperando o fôlego com os olhos arregalados.

— Você parece gatinho assustado! -a ruiva disse entre risos- Relaxa vai, deixe me te ajudar...

— S/n, não vai rolar... -o acastanhado tentou explicar.

— Deixe me adivinhar...por que você é gay! -a garota rolou os olhos- Esqueça isso, hmm eu vou te ajudar você querendo ou não...e não se faça de difícil.

— Não s/n, é sério! -Jeon se desesperou vendo a garota se aproximar de seu pescoço e começar um caminho de chupões- Não...ah

— Relaxe bebê! -a ruiva sorriu malandra continuando os chupões, escutando Jeon deixar escapar baixos gemidos de vez enquando.


Desse jeito, ela começou a rebolar em cima do membro do garoto enquanto fazia um belo trabalho em seu pescoço, antes branquinho, que agora estava com marcas avermelhadas e roxas dos chupões.

Jeon se sentindo cada vez mais excitado, e deixando se levar por aquele momento prazeroso que a ruiva lhe proporcionava, levou suas mãos por impulso até as coxas da garota, esta que se encontrava rebolando me forma lenta e intensa no colo do acastanhado.

Assim, a garota voltou aos lábios de Jeon, os beijando com intensidade e fervor, ambos os dois estavam necessitados agora, suas línguas exploravam a boca um do outro de modo intenso, os fazendo querer mais contato. O acastanhado subiu suas mãos pelas coxas da garota, indo por baixo de sua camisola, onde sentiu que a mesma não estava usando sua peça íntima.


— Está sem calcinha? -o acastanhado perguntou após se separar do beijo, recuperando seu fôlego.

— Estou! -a garota sorriu de canto.

— Sua safada! -disse o acastanhado dando um aperto na bunda da mesma.


A garota foi puxando a calça de Jeon para baixo, podendo ver seu membro bem marcado na cueca, onde não demorou muito e tirou a cueca do mesmo vendo seu membro saltar para fora. A ruiva sorriu de canto, mordeu os lábios e inciou uma punheta lenta. Subindo e descendo devagar, escutando o acastanhado gemer baixo.

Tratou de aumentar os movimentos escutando os gemidos se intensificarem, percebendo que Jeon estava perto de atingir seu ápice resolveu parar, escutando um gemido de reprovação.


— Se acalma coelhinho...o melhor ainda estar por vim Hmm! -a ruiva se aproximou atacando os lábios de Jeon, o beijando com necessidade enquanto se acomodava no colo de Jeon.

Desta forma, enquanto o beijava, a garota foi se posicionando e encaixou o membro de Jeon em sua entrada, já que não usava calcinha, assim desceu o penetrando devagar e gemeu baixinho entre o beijo.

A garota se apoiou nos ombros largos do amigo, e o mesmo repousou suas mãos na cintura fina da ruiva para ajudar a mesma nos movimentos. Começou rebolando devagar, aos pouco foi começando a quicar devagar, alternando entre gemidos baixos e chupões no pescoço do acastanhado.

Dessa forma com um tempinho, a garota passou a fazer movimentos mais rápidos, subindo e descendo rápido no pau do garoto, se sentindo cada vez mais necessitada. O acastanhado segurava seu quadril a ajudando nos movimentos, algumas vezes dando tapas e apertando suas nádegas enquanto gemia baixinho.

— Oh assim hm, cavalgue hm... Sua gostosa! -Jeon dizia enquanto depositava beijos e chupões no pescoço da ruiva.


A garota obedeceu ao mesmo, começando a cavalgar jogou sua cabeça pra trás gemendo. O garoto ajudava estocando o mais rápido que conseguia, não demorando muito para achar o pontinho de prazer da ruiva, onde não deu mais sossego e passou a focar somente naquele ponto, estocando fundo enquanto ela cavalgava gemendo seu nome.

Desta forma, não demorou para que os dois chegassem ao ápice juntos, ambos os dois gemeram ao atingir o limite, assim Jeon foi diminuindo o ritmo das estocadas trazendo a ruiva para mais perto, onde beijous seus lábios com ternura a envolvendo num abraço gostoso.

Ofegante, a garota se retirou de Jeon e se deitou ao lado do amigo que estava exatamente no mesmo estado. Ambos ofegantes, e praticamente suando, eles encaravam o teto do quarto até que suas respirações voltassem ao normal.

E quando finalmente conseguiram normalizar tudo, a garota se deitou em cima do acastanhado, onde o observou lhe encarar e acariciar seus longos fios ruivos.


— Ainda vai dizer que é gay? -a ruiva perguntou sorrindo de canto.

— Xiu, esse será nosso segredo por enquanto não quero causar escândalos! -jeon riu baixinho.

— Eu disse que você não era gay! -a ruiva riu.

— É...talvez eu seja bi sabe! -o garoto pensou sobre e riu de leve.

— Quer um segundo round para ter a certeza de que é hetero? -a garota disse sugestiva mordendo os lábios.

— Topa lá no banheiro então? -o acastanhado perguntou erguendo uma sobrancelha sorrindo malandro.

— É pra já! -a garota foi até o ouvido do amigo e deu uma mordiscada o fazendo arrepiar- Eu sou toda sua...a noite toda...daddy! 




Notas Finais


O que acharam Hmmm?
Safrados vcs hehe, também adorom
Se cuidem e lave muito as mãos, sério.
Até a próxima one💕💞😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...